Linguagens Funcionais, Internet Service Bus, SQL Azure e Windows Indentity Foundation

Com o feriado chegando sempre vale algumas recomendações (referentes a arquitetura de software) para as horas vagas.

1) Que tal melhorar seu conhecimento no uso de linguagens funcionais e alguns padrões de código úteis para construir melhores bibliotecas, frameworks, etc. Minhas sugestões são:

a. O artigo Functional Programming for Everyday .Net Development . Este artigo vai mostrar alguns padrões e princípios interessantes como essência/cerimônia, Princípio da Segregação de Interfaces e outros, ilustrando tudo com lambda expressions em C#. São conhecimentos e truques que podem ser úteis na sua próxima biblioteca;

b. Motivado com o uso de expressões funcionais? Por que não continuar com as duas primeiras aulas do Erik Meijer (um dos autores do Linq) sobre os fundamentos da programação funcional? Você encontra aqui a primeira aula, e aqui a segunda. Imperdível!

2) Que tal colocar seu conhecimento de ISB em dia lendo uma série de 3 artigos do Juval Loy sobre Azure Services? Este talvez seja o futuro do EDI... será? Você pode achá-los em 1, 2 e 3;

3) Se você já se cadastrou no SQL Azure no sql.azure.com, talvez valha apena baixar o SQL Azure Explorer http://sqlazureexplorer.codeplex.com/ para o Visual Studio 2010. Ele vai te dar uma experiência interessante para administrar tabelas, views e stored procedures no SQL Azure;

4) Por que não compreender melhor como você pode criar e testar um aplicativo no Azure que aceita identidades de um identity provider externo (por exemplo, o ActiveDirectory da sua empresa ou de uma empresa parceira) usando o Windows Identity Foundation (WIF)? Neste caso, recomendo a leitura do WIF e Autenticação Federada no Windows Azure Web Role.

…e, claro, reserve um tempo para passear e descançar.

Bom feriado

Otavio