MSDN Magazine Maio 2013

MSDN Magazine Maio 2013

JSON:Analisar as cadeias de caracteres JSON nos componentes do Tempo de Execução do Windows

Alguns aspectos do trabalho com código gerenciado nos aplicativos da Windows Store podem surpreender os desenvolvedores tradicionais do .NET. Uma maneira de oferecer suporte a mensagens estruturadas entre a camada do JavaScript e o código gerenciado é contar com os objetos JSON. Este artigo mostra como ler objetos JSON e alimentar objetos fortemente tipados com valores de entrada. Craig Shoemaker

ASP.NET:Aproveitar as várias estruturas de código com um ASP.NET

Jeffrey Fritz demonstra como é possível usar as quatro principais estruturas de código do ASP.NET -- ASP.NET Web Forms, MVC, WebAPI e SignalR -- juntas para criar uma solução coesa. Jeff Fritz

Microsoft .NET Framework:Migrando bibliotecas herdadas do .NET para plataformas modernas

As bibliotecas do .NET que tão bem lhe serviram nos últimos anos ainda podem se provar úteis nos novos ambientes de hoje, desde que você esteja disposto a fazer o esforço de migração necessário. Utilizando o Sterling NoSQL OODB, Josh Lane analisa as práticas recomendadas e os padrões de migração diretos que minimizam as dificuldades potenciais e maximizam as oportunidades de reutilização entre várias plataformas. Josh Lane

Windows Phone:Captura de vídeo do Windows Phone: uma abordagem de ponta

Aprenda como manter seu projeto do Windows Phone 7.5 e, ao mesmo tempo, proporcionar uma experiência mais avançada a seus usuários do Windows Phone 8. As técnicas discutidas aqui vão além da captura de vídeo e se aplicam a qualquer uma das APIs reinventadas para o Windows Phone 8. Chris Barker

SharePoint 2013:Compreendendo e usando a interface REST do SharePoint 2013

A interface REST do SharePoint 2013 é ampla e robusta o suficiente para fornecer tudo o que os desenvolvedores da Web e de aplicativos móveis quiserem. Este artigo mostra como integrar o SharePoint a seus aplicativos usando a interface REST. Jim Crowley

CLR:Análise de gráficos de caminho mais curto usando um procedimento CLR armazenado

A análise de gráficos está se tornando cada vez mais importante nos aplicativos de software, e este artigo mostra como executar uma análise de caminho mais curto com técnicas que também podem ser usadas para várias outras tarefas de programação do acesso a dados. James McCaffrey

Colunas

Nota do editor:O design é importante

Na era do Windows 8 e do Windows Phone 8, os desenvolvedores não podem mais se dar ao luxo de ignorar a importância do design.Michael Desmond

Cutting Edge:Autenticação social no ASP.NET MVC 4

Agora, o ASP.NET MVC 4 inclui uma estrutura ad hoc de autenticação de usuários via redes sociais, e Dino Esposito mostra como ele faz isso.Dino Esposito

Windows com C++:Apresentando o Direct2D 1.1

O Direct2D deu um grande passo à frente e, agora, é suportado pelo Windows 8, pelo Windows RT, pelo Windows Phone 8 e pelo Windows 7. Kenny Kerr explica como o D2D 1.1 funciona e como começar a trabalhar com ele.Kenny Kerr

Windows Azure Insider:Proteção geográfica para blobs de vídeo usando um proxy de mídia Node.js

Os blobs do Windows Azure são muito úteis para armazenar ativos de vídeo, mas algumas vezes níveis diferentes de acesso são exigidos com base em local ou domínio. Este artigo mostra como gerenciar esses requisitos criando um servidor proxy reverso no Windows Azure.Bruno Terkaly, Ricardo Villalobos

Execução de teste:Clustering de dados usando o Category Utility

James McCaffrey apresenta um novo e poderoso algoritmo de clustering que é relativamente simples de implementar, que funciona bem na prática e pode ser aplicado a dados numéricos e de categoria, além de poder ser usado com grandes conjuntos de dados.James McCaffrey

Fator DirectX:Explorando filtros no XAudio2

Charles Petzold explica como é possível alterar a composição harmônica do som usando filtros e mostra como conseguir isso usando o XAudio2 no Windows 8.Charles Petzold

Não me deixe começar a falar:Faça o que eu digo, não faça o que eu faço

Quando a Microsoft ignora suas próprias diretrizes de design da interface do usuário no Windows 8, isso só pode gerar confusão.David Platt