Hospedagem do plano de consumo do Azure Functions

Ao usar um plano de consumo, as instâncias do host do Azure Functions são adicionadas e removidas dinamicamente com base no número de eventos de entrada. O plano de consumo é a opção de hospedagem totalmente sem servidor para Azure Functions.

Benefícios

O plano de consumo é dimensionado automaticamente, mesmo durante períodos de alta carga. Ao executar funções em um plano de consumo, você será cobrado pelos recursos de computação somente quando suas funções estiverem em execução. Em um plano de consumo, a execução de uma função expire após um período configurável.

Para obter uma comparação do plano de consumo com relação aos outros tipos de plano e hospedagem, VEJA opções de escala e hospedagem de função.

Cobrança

A cobrança baseia-se no número de execuções, no tempo de execução e na memória usada. O uso é agregado entre todas as funções em um aplicativo de funções. Para saber mais, confira a página de preços do Azure Functions.

Para saber mais sobre como estimar os custos durante a execução em um plano de consumo, veja Noções básicas sobre custos do plano de consumo.

Criar um aplicativo de funções em um plano de consumo

Quando você cria um aplicativo de funções no portal do Azure, o plano de Consumo é o padrão. Ao usar APIs para criar seu aplicativo de funções, você não precisa criar primeiro um Plano do Serviço de Aplicativo como nos planos Premium e Dedicado.

Use os links a seguir para saber como criar um aplicativo de funções sem servidor em um plano de consumo, seja de forma programática ou no portal do Azure:

Você pode também criar aplicativos de funções em um plano de consumo ao publicar um projeto do Functions no Visual Studio Code ou no Visual Studio.

Vários aplicativos no mesmo plano

Os aplicativos de funções na mesma região podem ser atribuídos ao mesmo plano de consumo. Não há nenhuma desvantagem ou impacto em ter vários aplicativos em execução no mesmo plano de consumo. A atribuição de vários aplicativos ao mesmo plano de consumo não afeta a resiliência, a escalabilidade ou a confiabilidade de cada aplicativo.

Próximas etapas