Registro automático com extensão do agente de IaaS do SQL

APLICA-SE A: SQL Server na VM do Azure

Habilite o recurso de registro automático no portal do Azure para registrar automaticamente todos os SQL Server atuais e futuros em VMs (Máquinas Virtuais) do Azure com a extensão do agente de laaS do SQL no modo leve. Por padrão, as VMs do Azure que têm o SQL Server 2016 ou posterior instalado serão automaticamente registradas com a extensão do agente IaaS SQL quando detectadas pelo serviço CEIP. Consulte o Suplemento de privacidade do SQL Server para obter mais informações.

Este artigo ensina a habilitar o recurso de registro automático. Como alternativa, você pode registrar uma única VMou registrar suas VMs em massa com a extensão do agente de IaaS do SQL.

Observação

A partir de setembro de 2021, o registro com a extensão IaaS do SQL em modo completo não requer mais a reinicialização do serviço SQL Server.

Visão geral

Registrar sua VM do SQL Server com a extensão do Agende de IaaS do SQL para desbloquear um conjunto completo de recursos de benefícios.

Quando o registro automático está habilitado, um trabalho é executado diariamente para detectar se o SQL Server está instalado ou não em todas as VMs não registradas na assinatura. Para isso, é necessário copiar os binários de extensão do agente do IaaS do SQL para a VM e, em seguida, executar um utilitário único que verifica o hive do registro do SQL Server. Se o hive do SQL Server for detectado, a máquina virtual será registrada com a extensão no modo leve. Se não existir hive do SQL Server no registro, os binários serão removidos. O registro automático pode levar até 4 dias para detectar VMs do SQL Server recém-criadas.

Cuidado

Se o hive do SQL Server não estiver presente no registro, a remoção dos binários poderá ser impactada se houver bloqueios de recursos no local.

Quando o registro automático estiver habilitado para uma assinatura, todas as VMs atuais e futuras que têm o SQL Server instalado serão registradas com a extensão do agente do laaS do SQL no modo leve sem tempo de inatividade e sem reiniciar o serviço de SQL Server. Você ainda precisa fazer a atualização manual para o modo de gerenciamento completo para aproveitar o conjunto de recursos completo. O tipo de licença é padronizado automaticamente para a imagem da VM. Se você usar uma imagem paga conforme o uso para sua VM, o tipo de licença será PAYG; caso contrário, o tipo de licença AHUB será por padrão.

Por padrão, as VMs do Azure que têm o SQL Server 2016 ou posterior instalado serão automaticamente registradas com a extensão do Agente de IaaS de SQL quando detectadas pelo serviço do Programa de Aperfeiçoamento da Experiência do Usuário. Consulte o Suplemento de privacidade do SQL Server para obter mais informações.

Importante

A extensão do agente de IaaS do SQL coleta dados para a expressa finalidade de fornecer aos clientes benefícios opcionais ao usar SQL Server nas máquinas virtuais do Azure. A Microsoft não usará esses dados para auditorias de licenciamento sem o consentimento antecipado do cliente. Consulte o suplemento de privacidade do SQL Server para mais informações.

Pré-requisitos

Para registrar a sua VM do SQL Server na extensão, você precisará de:

Habilitar

Para habilitar o registro automático das VMs do SQL Server no portal do Azure, siga estas etapas:

  1. Faça logon no Portal do Azure.

  2. Navegue até a página do recurso Máquinas virtuais do SQL.

  3. Selecione Registro automático de VMs do SQL Server para abrir a página Registro automático.

    Select Automatic SQL Server VM registration to open the automatic registration page

  4. Selecione sua assinatura no menu de lista suspensa.

  5. Leia os termos e, se você concordar, escolhaAceito.

  6. Selecione Registrar para habilitar o recurso e registrar automaticamente todas as VMs do SQL Server atuais e futuras com a extensão do agente de IaaS do SQL. Isso não reiniciará o serviço SQL Server em nenhuma das VMs.

Desabilitar

Use a CLI do Azure ou o Azure PowerShell para desabilitar o recurso de registro automático. Quando o recurso de registro automático é desabilitado, as VMs do SQL Server adicionadas à assinatura precisam ser registradas manualmente com a extensão do agente de IaaS do SQL. Isso não cancelará o registro de VMs do SQL Server existentes que já tiverem sido registradas.

Para desabilitar o registro automático usando a CLI do Azure, execute o seguinte comando:

az feature unregister --namespace Microsoft.SqlVirtualMachine --name BulkRegistration

Habilite para várias assinaturas

Você pode habilitar o recurso de registro automático para várias assinaturas do Azure usando o PowerShell.

Para fazer isso, siga estas etapas:

  1. Salve este script.

  2. Navegue até onde você salvou o script usando um prompt de comando administrativo ou uma janela do PowerShell.

  3. Conecte-se ao Azure (az login).

  4. Execute o script, transmitindo SubscriptionIds como parâmetros. Se nenhuma assinatura for especificada, o script habilitará o registro automático para todas as assinaturas na conta de usuário.

    O comando a seguir habilitará o registro automático para duas assinaturas:

    .\EnableBySubscription.ps1 -SubscriptionList a1a1a-aa11-11aa-a1a1-a11a111a1,b2b2b2-bb22-22bb-b2b2-b2b2b2bb
    

    O comando a seguir habilitará o registro automático para todas as assinaturas:

    .\EnableBySubscription.ps1
    

Erros de registro com falha são armazenados em RegistrationErrors.csv localizado no mesmo diretório em que você salvou e executou o script .ps1.

Próximas etapas

Atualize o modo de gerenciamento para completo e aproveite o conjunto de recursos completo fornecido pela extensão do agente de IaaS do SQL.