Tutorial: implantar um grupo com vários contêineres usando um modelo do Resource Manager

As Instâncias de Contêiner do Azure são compatíveis com a implantação de vários contêineres em um único host utilizando um grupo de contêineres. Um grupo de contêineres é útil ao criar um aplicativo secundário para registro em log, monitoramento ou qualquer outra configuração em que um serviço precise de um segundo processo anexado.

Neste tutorial, você seguirá as etapas para executar uma configuração simples secundária de dois contêineres implantando um modelo do Azure Resource Manager usando a CLI do Azure. Você aprenderá como:

  • Configurar um modelo de grupo com vários contêineres
  • Implantar o grupo de contêineres
  • Exibir os logs de contêineres

Um modelo do Resource Manager poderá ser adaptado prontamente para cenários quando você precisar implantar recursos de serviço do Azure adicionais (por exemplo, compartilhamento de Arquivos do Azure ou uma rede virtual) com o grupo de contêineres.

Observação

Grupos com vários contêineres são atualmente restritos a contêineres do Linux.

Se você não tiver uma assinatura do Azure, crie uma conta gratuita antes de começar.

Pré-requisitos

  • Use o ambiente Bash no Azure Cloud Shell.

    Inicie o Cloud Shell em uma nova janela

  • Se preferir, instale a CLI do Azure para executar comandos de referência da CLI.

    • Se estiver usando uma instalação local, entre com a CLI do Azure usando o comando az login. Para concluir o processo de autenticação, siga as etapas exibidas no terminal. Para mais opções de entrada, confira Entrar com a CLI do Azure.

    • Quando solicitado, instale as extensões da CLI do Azure no primeiro uso. Para obter mais informações sobre extensões, confira Usar extensões com a CLI do Azure.

    • Execute az version para localizar a versão e as bibliotecas dependentes que estão instaladas. Para fazer a atualização para a versão mais recente, execute az upgrade.

Configurar um modelo

Comece copiando o JSON a seguir em um novo arquivo chamado azuredeploy.json. No Azure Cloud Shell, você pode usar o Visual Studio Code para criar o arquivo em seu diretório de trabalho:

code azuredeploy.json

Este modelo do Resource Manager define um grupo de contêineres com dois contêineres, um endereço IP público e duas portas expostas. O primeiro contêiner no grupo executa um aplicativo Web voltado para a Internet. O outro contêiner, o secundário, faz uma solicitação HTTP para o aplicativo Web principal por meio da rede local do grupo.

{
  "$schema": "https://schema.management.azure.com/schemas/2015-01-01/deploymentTemplate.json#",
  "contentVersion": "1.0.0.0",
  "parameters": {
    "containerGroupName": {
      "type": "string",
      "defaultValue": "myContainerGroup",
      "metadata": {
        "description": "Container Group name."
      }
    }
  },
  "variables": {
    "container1name": "aci-tutorial-app",
    "container1image": "mcr.microsoft.com/azuredocs/aci-helloworld:latest",
    "container2name": "aci-tutorial-sidecar",
    "container2image": "mcr.microsoft.com/azuredocs/aci-tutorial-sidecar"
  },
  "resources": [
    {
      "name": "[parameters('containerGroupName')]",
      "type": "Microsoft.ContainerInstance/containerGroups",
      "apiVersion": "2019-12-01",
      "location": "[resourceGroup().location]",
      "properties": {
        "containers": [
          {
            "name": "[variables('container1name')]",
            "properties": {
              "image": "[variables('container1image')]",
              "resources": {
                "requests": {
                  "cpu": 1,
                  "memoryInGb": 1.5
                }
              },
              "ports": [
                {
                  "port": 80
                },
                {
                  "port": 8080
                }
              ]
            }
          },
          {
            "name": "[variables('container2name')]",
            "properties": {
              "image": "[variables('container2image')]",
              "resources": {
                "requests": {
                  "cpu": 1,
                  "memoryInGb": 1.5
                }
              }
            }
          }
        ],
        "osType": "Linux",
        "ipAddress": {
          "type": "Public",
          "ports": [
            {
              "protocol": "tcp",
              "port": 80
            },
            {
                "protocol": "tcp",
                "port": 8080
            }
          ]
        }
      }
    }
  ],
  "outputs": {
    "containerIPv4Address": {
      "type": "string",
      "value": "[reference(resourceId('Microsoft.ContainerInstance/containerGroups/', parameters('containerGroupName'))).ipAddress.ip]"
    }
  }
}

Para usar um registro de imagem de contêiner privado, adicione um objeto ao documento JSON com o formato a seguir. Para um exemplo de implementação dessa configuração, consulte a documentação Referência de modelo do Resource Manager de ACI.

"imageRegistryCredentials": [
  {
    "server": "[parameters('imageRegistryLoginServer')]",
    "username": "[parameters('imageRegistryUsername')]",
    "password": "[parameters('imageRegistryPassword')]"
  }
]

Implantar o modelo

Crie um grupo de recursos com o comando az group create.

az group create --name myResourceGroup --location eastus

Implante o modelo com o comando az deployment group create.

az deployment group create --resource-group myResourceGroup --template-file azuredeploy.json

Em alguns segundos, você deverá receber uma resposta inicial do Azure.

Exibir estado da implantação

Para exibir o estado da implantação, use o seguinte comando az container show:

az container show --resource-group myResourceGroup --name myContainerGroup --output table

Se quiser exibir o aplicativo em execução, navegue até o endereço IP dele em seu navegador. Por exemplo, o IP é 52.168.26.124 nesta saída de exemplo:

Name              ResourceGroup    Status    Image                                                                                               IP:ports              Network    CPU/Memory       OsType    Location
----------------  ---------------  --------  --------------------------------------------------------------------------------------------------  --------------------  ---------  ---------------  --------  ----------
myContainerGroup  danlep0318r      Running   mcr.microsoft.com/azuredocs/aci-tutorial-sidecar,mcr.microsoft.com/azuredocs/aci-helloworld:latest  20.42.26.114:80,8080  Public     1.0 core/1.5 gb  Linux     eastus

Exibir logs do contêiner

Exiba a saída de log de um contêiner usando o comando az container logs. O argumento --container-name especifica o contêiner do qual efetuar pull dos logs. Neste exemplo, o contêiner aci-tutorial-app é especificado.

az container logs --resource-group myResourceGroup --name myContainerGroup --container-name aci-tutorial-app

Saída:

listening on port 80
::1 - - [02/Jul/2020:23:17:48 +0000] "HEAD / HTTP/1.1" 200 1663 "-" "curl/7.54.0"
::1 - - [02/Jul/2020:23:17:51 +0000] "HEAD / HTTP/1.1" 200 1663 "-" "curl/7.54.0"
::1 - - [02/Jul/2020:23:17:54 +0000] "HEAD / HTTP/1.1" 200 1663 "-" "curl/7.54.0"

Para ver os logs do contêiner secundário, execute um comando similar, especificando o contêiner aci-tutorial-sidecar.

az container logs --resource-group myResourceGroup --name myContainerGroup --container-name aci-tutorial-sidecar

Saída:

Every 3s: curl -I http://localhost                          2020-07-02 20:36:41

  % Total    % Received % Xferd  Average Speed   Time    Time     Time  Current
                                 Dload  Upload   Total   Spent    Left  Speed
  0  1663    0     0    0     0      0      0 --:--:-- --:--:-- --:--:--     0
HTTP/1.1 200 OK
X-Powered-By: Express
Accept-Ranges: bytes
Cache-Control: public, max-age=0
Last-Modified: Wed, 29 Nov 2017 06:40:40 GMT
ETag: W/"67f-16006818640"
Content-Type: text/html; charset=UTF-8
Content-Length: 1663
Date: Thu, 02 Jul 2020 20:36:41 GMT
Connection: keep-alive

Como você pode ver, o secundário está periodicamente fazendo uma solicitação HTTP ao aplicativo Web principal por meio da rede local do grupo a fim de garantir que ele esteja em execução. Este exemplo secundário pode ser expandido para disparar um alerta, caso receba um código de resposta HTTP diferente de 200 OK.

Próximas etapas

Neste tutorial, você usou um modelo do Azure Resource Manager para implantar um grupo de vários contêineres em Instâncias de Contêiner do Azure. Você aprendeu a:

  • Configurar um modelo de grupo com vários contêineres
  • Implantar o grupo de contêineres
  • Exibir os logs de contêineres

Para exemplos de modelo adicionais, confira Modelos do Azure Resource Manager para Instâncias de Contêiner do Azure.

Você também pode especificar um grupo com vários contêineres usando um arquivo YAML. Como o formato YAML é mais conciso, a implantação com um arquivo YAML é uma boa escolha quando sua implantação inclui somente instâncias de contêiner.