Adicionar suporte a IPv6 para emparelhamento privado usando o portal do Azure (versão prévia)

Este artigo descreve como adicionar suporte a IPv6 para se conectar via ExpressRoute a seus recursos no Azure usando o portal do Azure.

Entre no Portal do Azure

Em um navegador, vá para o portal do Azure e entre com sua conta do Azure.

Adicionar o emparelhamento privado IPv6 ao circuito do ExpressRoute

  1. Crie um circuito do ExpressRoute ou navegue até o circuito existente que você deseja alterar.

    Captura de tela da lista de circuitos do ExpressRoute.

  2. Selecione a configuração de emparelhamento privado do Azure .

    Captura de tela de página de visão geral deExpressRoute.

  3. Adicione um emparelhamento privado IPv6 à sua configuração de emparelhamento privado IPv4 existente selecionando "ambas" para sub-redes ou apenas habilita o emparelhamento privado IPv6 no novo circuito selecionando "IPv6". Forneça um par de sub-redes IPv6 /126 que você possui para seu link primário e links secundários. De cada uma dessas sub-redes, você atribuirá o primeiro endereço IP utilizável ao seu roteador, já que a Microsoft usa o segundo IP utilizável para o roteador dela. Salve a configuração depois que você tiver especificado todos os parâmetros.

    Captura de tela da adição de IPv6 na página de emparelhamento privado.

  4. Depois que a configuração é aceita com êxito, você vê algo semelhante ao exemplo a seguir:

    Captura de tela do IPv6 configurado para emparelhamento privado.

Atualizar sua conexão com uma rede virtual existente

Siga as etapas abaixo se você já tem um ambiente de recursos do Azure com o qual deseja usar o emparelhamento privado IPv6.

  1. Navegue até a rede virtual à qual seu circuito do ExpressRoute está conectado.

    Captura de tela da lista de redes virtuais.

  2. Navegue até a guia espaço de endereço e adicione um espaço de endereço IPv6 à sua rede virtual. Salve o espaço de endereço.

    Captura de tela de adicionar espaço de endereço IPv6 à rede virtual.

  3. Navegue até a guia sub-redes e selecione o GatewaySubnet. Marque adicionar espaço de endereço IPv6 e forneça um espaço de endereço IPv6 para sua sub-rede. A sub-rede IPv6 do gateway deve ser /64 ou maior. Salve a configuração depois que você tiver especificado todos os parâmetros.

    Captura de tela de adicionar espaço de endereço IPv6 à sub-rede.

  4. Se você já tem um gateway com redundância de zona, execute o comando a seguir no PowerShell para habilitar a conectividade IPv6 (observe que pode levar até uma hora para que as alterações sejam refletidas). Caso contrário, crie o gateway de rede virtual usando qualquer SKU e um endereço IP público Standard e Estático. Se você planeja usar o FastPath, use o UltraPerformance ou o ErGw3AZ (observe que essa opção só está disponível em circuitos que usam o ExpressRoute Direct).

    $gw = Get-AzVirtualNetworkGateway -Name "GatewayName" -ResourceGroupName "ExpressRouteResourceGroup"
    Set-AzVirtualNetworkGateway -VirtualNetworkGateway $gw
    
    

Observação

If you have an existing gateway that is not zone-redundant (meaning it is Standard, High Performance, or Ultra Performance SKU), you will need to delete and recreate the gateway using any SKU and a Standard, Static public IP address.

Create a connection to a new virtual network

Follow the steps below if you plan to connect to a new set of Azure resources using your IPv6 Private Peering.

  1. Create a dual-stack virtual network with both IPv4 and IPv6 address space. For more information, see Create a virtual network.

  2. Create the dual-stack gateway subnet.

  3. Create the virtual network gateway using any SKU and a Standard, Static public IP address. If you plan to use FastPath, use UltraPerformance or ErGw3AZ (note that this option is only available for circuits using ExpressRoute Direct).

  4. Link your virtual network to your ExpressRoute circuit.

Limitations

While IPv6 support is available for connections to deployments in Public Azure regions, it doesn't support the following use cases:

  • Connections to existing ExpressRoute gateways that are not zone-redundant
  • Global Reach connections between ExpressRoute circuits
  • Use of ExpressRoute with virtual WAN
  • FastPath with non-ExpressRoute Direct circuits
  • FastPath with circuits in the following peering locations: Dubai
  • Coexistence with VPN Gateway

Next steps

To troubleshoot ExpressRoute problems, see the following articles: