Preparar computadores locais para migração para AzurePrepare on-premises machines for migration to Azure

Este artigo descreve como preparar computadores locais antes de começar a migrá-los para o Azure usando a ferramenta Migrações para Azure: Migração de Servidor.This article describes how to prepare on-premises machines before you migrate them to Azure using the Azure Migrate:Server Migration tool.

Neste artigo você:In this article, you:

  • Examinará limitações de migração.Review migration limitations.
  • Selecionará um método para migrar VMs VMwareSelect a method for migrating VMware VMs
  • Verifique os requisitos do hipervisor e do sistema operacional para computadores que você deseja migrar.Check hypervisor and operating system requirements for machines you want to migrate.
  • Examinará o acesso a URL e à porta dos computadores que deseja migrar.Review URL and port access for machines you want to migrate.
  • Examinará alterações que você pode precisar fazer antes de começar a migração.Review changes you might need to make before you begin migration.
  • Verificar os requisitos de VMs do Azure para computadores migradosCheck Azure VMs requirements for migrated machines
  • Vai preparar os computadores, de modo que você possa se conectar às VMs do Azure após a migração.Prepare machines so you can connect to the Azure VMs after migration.

Verificará limitações de migraçãoVerify migration limitations

A tabela resume os limites de descoberta, avaliação e migração para as Migrações para Azure.The table summarizes discovery, assessment, and migration limits for Azure Migrate. Recomendamos que você avalie os computadores antes da migração, mas isso não é necessário.We recommend that you assess machines before migration, but you don't have to.

CenárioScenario ProjetoProject Descoberta/AvaliaçãoDiscovery/Assessment MigraçãoMigration
VMs VMwareVMware VMs Descubra e avalie até 35.000 VMs do VMware em um único projeto das Migrações para Azure.Discover and assess up to 35,000 VMs in a single Azure Migrate project. Descubra até 10 mil VMs VMware com um único dispositivo de Migrações para Azure para VMware.Discover up to 10,000 VMware VMs with a single Azure Migrate appliance for VMware. Migração sem agente: você pode replicar simultaneamente um máximo de 300 VMs.Agentless migration: you can simultaneously replicate a maximum of 300 VMs. Para obter o melhor desempenho, é recomendável criar vários lotes de VMs se você tem mais de 50 delas.For best performance, we recommend creating multiple batches of VMs if you have more than 50.

Migração baseada em agente: você pode escalar horizontalmente o dispositivo de replicação para replicar grandes números de VMs.Agent-based migration: you can scale out the replication appliance to replicate large numbers of VMs.

No portal, você pode selecionar até 10 computadores ao mesmo tempo para replicação.In the portal, you can select up to 10 machines at once for replication. Para replicar mais computadores, adicione lotes de 10.To replicate more machines, add in batches of 10.
VMs Hyper-VHyper-V VMs Descubra e avalie até 35.000 VMs do VMware em um único projeto das Migrações para Azure.Discover and assess up to 35,000 VMs in a single Azure Migrate project. Descobrir até 5.000 VMs Hyper-V com um único dispositivo de Migrações para AzureDiscover up to 5,000 Hyper-V VMs with a single Azure Migrate appliance Um dispositivo não é usado para a migração do Hyper-V.An appliance isn't used for Hyper-V migration. Em vez disso, o Provedor de Replicação do Hyper-V é executado em cada host Hyper-V.Instead, the Hyper-V Replication Provider runs on each Hyper-V host.

A capacidade de replicação é influenciada por fatores de desempenho, como rotatividade de VM e largura de banda de upload para dados de replicação.Replication capacity is influenced by performance factors such as VM churn, and upload bandwidth for replication data.

No portal, você pode selecionar até 10 computadores ao mesmo tempo para replicação.In the portal, you can select up to 10 machines at once for replication. Para replicar mais computadores, adicione lotes de 10.To replicate more machines, add in batches of 10.
Computadores físicosPhysical machines Descubra e avalie até 35.000 computadores do VMware em um único projeto das Migrações para Azure.Discover and assess up to 35,000 machines in a single Azure Migrate project. Descubra até 250 servidores físicos com um único dispositivo de Migrações para Azure para servidores físicos.Discover up to 250 physical servers with a single Azure Migrate appliance for physical servers. Você pode escalar horizontalmente o dispositivo de replicação para replicar grandes números de servidores.You can scale out the replication appliance to replicate large numbers of servers.

No portal, você pode selecionar até 10 computadores ao mesmo tempo para replicação.In the portal, you can select up to 10 machines at once for replication. Para replicar mais computadores, adicione lotes de 10.To replicate more machines, add in batches of 10.

Selecione um método de migração do VMwareSelect a VMware migration method

Se você estiver migrando VMs VMware para o Azure, compare os métodos de migração baseados em agente e sem agente para decidir qual funciona para você.If you're migrating VMware VMs to Azure, compare the agentless and agent-based migration methods, to decide what works for you.

Verificar os requisitos do hipervisorVerify hypervisor requirements

Verificar requisitos do sistema operacionalVerify operating system requirements

Verificar os sistemas operacionais compatíveis para migração:Verify supported operating systems for migration:

Examinar o acesso a URL e à portaReview URL and port access

Examine quais URLs e portas são acessadas durante a migração.Review which URLs and ports are accessed during migration.

CenárioScenario DetalhesDetails URLsURLs PortasPorts
Migração sem agente do VMwareVMware agentless migration Usa o dispositivo de Migrações para Azure para migração.Uses the Azure Migrate appliance for migration. Nada é instalado em VMs VMware.Nothing is installed on VMware VMs. Examine URLs de nuvem pública e do governo necessárias para descoberta, avaliação e migração com o dispositivo.Review the public cloud and government URLs needed for discovery, assessment, and migration with the appliance. Examine os requisitos de porta para migração sem agente.Review the port requirements for agentless migration.
Migração baseada em agente do VMwareVMware agent-based migration Usa o dispositivo de replicação para migração.Uses the replication appliance for migration. O agente do Serviço de Mobilidade é instalado em VMs.The Mobility service agent is installed on VMs. Examine as URLs de nuvem pública e do Azure Government que o dispositivo de replicação precisa acessar.Review the public cloud and Azure Government URLs that the replication appliance needs to access. Examine as portas usadas durante a migração baseada em agente.Review the ports used during agent-based migration.
Migração do Hyper-VHyper-V migration Usa um provedor instalado em hosts Hyper-V para migração.Uses a Provider installed on Hyper-V hosts for migration. Nada é instalado em VMs Hyper-V.Nothing is installed on Hyper-V VMs. Examine as URLs de nuvem pública e do Azure Government que o Provedor de Replicação em execução nos hosts precisa acessar.Review the public cloud and Azure Government URLs that the Replication Provider running on the hosts needs to access. O Provedor de Replicação no host Hyper-V usa conexões de saída na porta HTTPS 443 para enviar dados de replicação de VM.The Replication Provider on the Hyper-V host uses outbound connections on HTTPS port 443 to send VM replication data.
Computadores físicosPhysical machines Usa o dispositivo de replicação para migração.Uses the replication appliance for migration. O agente do Serviço de Mobilidade é instalado nos computadores físicos.The Mobility service agent is installed on the physical machines. Examine as URLs de nuvem pública e do Azure Government que o dispositivo de replicação precisa acessar.Review the public cloud and Azure Government URLs that the replication appliance needs to access. Examine as portas usadas durante a migração física.Review the ports used during physical migration.

Verificar as alterações necessárias antes da migraçãoVerify required changes before migrating

Há algumas alterações necessárias nas VMs antes de migrá-las para o Azure.There are some changes needed on VMs before you migrate them to Azure.

  • Para alguns sistemas operacionais, as Migrações para Azure fazem alterações automaticamente durante o processo de replicação/migração.For some operating systems, Azure Migrate makes changes automatically during the replication/migration process.
  • Para outros sistemas operacionais, você precisa definir as configurações manualmente.For other operating systems, you need to configure settings manually.
  • É importante definir as configurações manualmente antes de começar a migração.It's important to configure settings manually before you begin migration. Se você migrar a VM antes de fazer a alteração, ela não poderá ser inicializada no Azure.If you migrate the VM before you make the change, the VM might not boot up in Azure.

Examine as tabelas para identificar as alterações que você precisa fazer.Review the tables to identify the changes you need to make.

Máquinas do WindowsWindows machines

As alterações necessárias estão resumidas na tabela.Required changes are summarized in the table.

AçãoAction VMware (migração sem agente)VMware (agentless migration) VMware (migração baseada em agente)/computadores físicosVMware (agent-based)/physical machines Windows no Hyper-VWindows on Hyper-V
Configurar a política de SAN como Todos OnlineConfigure the SAN policy as Online All

Isso verifica se os volumes do Windows na VM do Azure usam as mesmas atribuições de letra da unidade que a VM local.This ensures that Windows volumes in Azure VM use the same drive letter assignments as the on-premises VM.
Defina automaticamente para computadores que executam o Windows Server 2008 R2 ou posterior.Set automatically for machines running Windows Server 2008 R2 or later.

Configure manualmente para sistemas operacionais anteriores.Configure manually for earlier operating systems.
Defina automaticamente na maioria dos casos.Set automatically in most cases. Configure manualmente.Configure manually.
Instalar a Integração Convidada do Hyper-VInstall Hyper-V Guest Integration Instale manualmente em computadores que executam o Windows Server 2003.Install manually on machines running Windows Server 2003. Instale manualmente em computadores que executam o Windows Server 2003.Install manually on machines running Windows Server 2003. Instale manualmente em computadores que executam o Windows Server 2003.Install manually on machines running Windows Server 2003.
Habilite o Console Serial do Azure.Enable Azure Serial Console.

Habilite o console em VMs do Azure para ajudar na solução de problemas.Enable the console on Azure VMs to help with troubleshooting. Não é necessário reinicializar a VM.You don't need to reboot the VM. A VM do Azure será inicializada com a imagem de disco.The Azure VM will boot by using the disk image. A inicialização da imagem de disco é equivalente a uma reinicialização para a nova VM.The disk image boot is equivalent to a reboot for the new VM.
Habilitar manualmenteEnable manually Habilitar manualmenteEnable manually Habilitar manualmenteEnable manually
Conectar-se após a migraçãoConnect after migration

Para se conectar após a migração, há várias etapas a serem seguidas antes da migração.To connect after migration, there are a number of steps to take before you migrate.
Instalar manualmente.Set up manually. Instalar manualmente.Set up manually. Instalar manualmente.Set up manually.

Configurar a política SANConfigure SAN policy

Por padrão, é atribuída a unidade D às VMs do Azure para uso como armazenamento temporário.By default, Azure VMs are assigned drive D to use as temporary storage.

  • Essa atribuição de unidades faz todas as outras atribuições de unidade de armazenamento anexadas serem incrementadas em uma letra.This drive assignment causes all other attached storage drive assignments to increment by one letter.
  • Por exemplo, se a instalação local usar um disco de dados atribuído à unidade D para instalações de aplicativos, a atribuição dessa unidade será incrementada para a unidade E após você migrar a VM para o Azure.For example, if your on-premises installation uses a data disk that is assigned to drive D for application installations, the assignment for this drive increments to drive E after you migrate the VM to Azure.
  • Para evitar essa atribuição automática e para garantir que o Azure atribua a próxima letra da unidade livre ao volume temporário, defina a política de SAN (rede de área de armazenamento) como OnlineAll:To prevent this automatic assignment, and to ensure that Azure assigns the next free drive letter to its temporary volume, set the storage area network (SAN) policy to OnlineAll:

Defina essa configuração manualmente da seguinte maneira:Configure this setting manually as follows:

  1. No computador local (não no servidor host), abra um prompt de comandos com privilégios elevados.On the on-premises machine (not the host server), open an elevated command prompt.
  2. Insira diskpart.Enter diskpart.
  3. Insira SAN.Enter SAN. Se a letra da unidade do sistema operacional convidado não for mantida, Todos Offline ou Compartilhados Offline será retornado.If the drive letter of the guest operating system isn't maintained, Offline All or Offline Shared is returned.
  4. No prompt DISKPART, insira SAN Policy=OnlineAll.At the DISKPART prompt, enter SAN Policy=OnlineAll. Essa configuração garante que os discos sejam colocados online e que você possa fazer leituras e gravações nos dois discos.This setting ensures that disks are brought online, and it ensures that you can read and write to both disks.
  5. Durante essa migração de teste, você poderá verificar se as letras da unidade foram preservadas.During the test migration, you can verify that the drive letters are preserved.

Máquinas do LinuxLinux machines

As Migrações para Azure concluem essas ações automaticamente para estas versõesAzure Migrate completes these actions automatically for these versions

  • Red Hat Enterprise Linux 7.0 e posterior, 6.5 e posteriorRed Hat Enterprise Linux 7.0+, 6.5+
  • CentOS 7.0 e posterior, 6.5 e posteriorCentOS 7.0+, 6.5+
  • SUSE Linux Enterprise Server 12 SP1+SUSE Linux Enterprise Server 12 SP1+
  • Ubuntu 18.04 LTS, 16.04 LTS, 14.04 LTSUbuntu 18.04LTS, 16.04LTS, 14.04LTS
  • Debian 8, 7Debian 8, 7

Para outras versões, prepare os computadores conforme resumido na tabela.For other versions, prepare machines as summarized in the table.

AçãoAction DetalhesDetails Versão do LinuxLinux version
Instalar o Integration Services do Linux para Hyper-VInstall Hyper-V Linux Integration Services Recompile a imagem de inicialização do Linux, de modo que ela contenha os drivers necessários do Hyper-V.Rebuild the Linux init image so it contains the necessary Hyper-V drivers. A recompilação da imagem de inicialização verifica se a VM será inicializada no Azure.Rebuilding the init image ensures that the VM will boot in Azure. A maioria das novas versões das distribuições do Linux tem isso incluído por padrão.Most new versions of Linux distributions have this included by default.

Se não estiver incluído, instale manualmente para todas as versões, exceto aquelas informadas acima.If not included, install manually for all versions except those called out above.
Habilitar o log do Console Serial do AzureEnable Azure Serial Console logging A habilitação do log do console ajuda a solucionar problemas.Enabling console logging helps you troubleshoot. Não é necessário reinicializar a VM.You don't need to reboot the VM. A VM do Azure será inicializada com a imagem de disco.The Azure VM will boot by using the disk image. A inicialização da imagem de disco é equivalente a uma reinicialização para a nova VM.The disk image boot is equivalent to a reboot for the new VM.

Siga estas instruções para habilitar.Follow these instructions to enable.
Atualizar arquivo do mapa do dispositivoUpdate device map file Atualize o arquivo do mapa do dispositivo com as associações nome do dispositivo/volume, a fim de usar identificadores de dispositivo persistentes.Update the device map file with the device name-to-volume associations, so you use persistent device identifiers. Instale manualmente para todas as versões, exceto aquelas informadas acima.Install manually for all versions except those called out above. (Aplicável somente em cenário do VMware baseado em agente)(Only applicable in agent-based VMware scenario)
Atualizar entradas fstabUpdate fstab entries Atualize entradas para usar identificadores de volume persistentes.Update entries to use persistent volume identifiers. Atualize manualmente para todas as versões, exceto aquelas informadas acima.Update manually for all versions except those called out above.
Remover regra udevRemove udev rule Remova as regras udev que reservam os nomes de interface em endereços MAC etc.Remove any udev rules that reserves interface names based on mac address etc. Remova manualmente para todas as versões, exceto aquelas informadas acima.Remove manually for all versions except those called out above.
Atualizar adaptadores de redeUpdate network interfaces Atualizar os adaptadores de rede para receber endereço IP baseado em DHCP.nstUpdate network interfaces to receive IP address based on DHCP.nst Atualize manualmente para todas as versões, exceto aquelas informadas acima.Update manually for all versions except those called out above.
Habilitar sshEnable ssh Verifique se o ssh está habilitado e se o serviço sshd foi definido para ser iniciado automaticamente na reinicialização.Ensure ssh is enabled and the sshd service is set to start automatically on reboot.

Verifique se as solicitações de conexão ssh de entrada não estão bloqueadas pelo firewall do sistema operacional ou por regras programáveis.Ensure that incoming ssh connection requests are not blocked by the OS firewall or scriptable rules.
Habilite manualmente para todas as versões, exceto aquelas informadas acima.Enable manually for all versions except those called out above.

Saiba mais sobre as etapas para executar uma VM do Linux no Azure e obtenha instruções para algumas distribuições populares do Linux.Learn more about steps for running a Linux VM on Azure, and get instructions for some of the popular Linux distributions.

Verificar os requisitos de VM do AzureCheck Azure VM requirements

Os computadores locais replicados no Azure precisam atender aos requisitos da VM do Azure de sistema operacional e arquitetura, discos, configurações de rede e nomenclatura da VM.On-premises machines that you replicate to Azure must comply with Azure VM requirements for the operating system and architecture, the disks, network settings, and VM naming.

Antes de migrar, examine os requisitos de VMs do Azure para migração do VMware, do Hyper-V e de servidor físico.Before migrating, review the Azure VMs requirements for VMware, Hyper-V, and physical server migration.

Prepare-se para se conectar após a migraçãoPrepare to connect after migration

As VMs do Azure são criadas durante a migração para o Azure.Azure VMs are created during migration to Azure. Após a migração, você precisará conseguir se conectar às novas VMs do Azure.After migration, you must be able to connect to the new Azure VMs. Várias etapas são necessárias para uma conexão bem-sucedida.Multiple steps are required to connect successfully.

Preparar a conexão com as VMs do Azure para WindowsPrepare to connect to Azure Windows VMs

Em computadores Windows locais:On on-premises Windows machines:

  1. Defina as configurações do Windows.Configure Windows settings. As configurações incluem a remoção de rotas persistentes estáticas ou do proxy WinHTTP.Settings include removing any static persistent routes or WinHTTP proxy.
  2. Verifique se todos os serviços necessários estão em execução.Make sure required services are running.
  3. Habilite a RDP (Área de Trabalho Remota) para permitir conexões remotas com o computador local.Enable remote desktop (RDP) to allow remote connections to the on-premises machine. Saiba como usar o PowerShell para habilitar o RDP.Learn how to use PowerShell to enable RDP.
  4. Para acessar uma VM do Azure pela Internet após a migração, no Firewall do Windows, no computador local, dê permissão ao TCP e UDP no Perfil público e defina RDP como um aplicativo com permissão para todos os perfis.To access an Azure VM over the internet after migration, in Windows Firewall on the on-premises machine, allow TCP and UDP in the Public profile, and set RDP as an allowed app for all profiles.
  5. Se desejar acessar uma VM do Azure por um VPN site a site após a migração, no Firewall do Windows no computador local, dê permissão ao RDP para os perfis Domínio e Privado.If you want to access an Azure VM over a site-to-site VPN after migration, in Windows Firewall on the on-premises machine, allow RDP for the Domain and Private profiles. Saiba como permitir o tráfego RDP.Learn how to allow RDP traffic.
  6. Verifique se não há nenhuma atualização do Windows pendente na VM local quando você fizer a migração.Make sure there are no Windows updates pending on the on-premises VM when you migrate. Se houver, a instalação das atualizações poderá ser iniciada na VM do Azure após a migração e você não poderá entrar na VM até a conclusão das atualizações.If there are, updates might start installing on the Azure VM after migration, and you won't be able to sign into the VM until updates finish.

Preparar-se para se conectar às VMs do Azure para LinuxPrepare to connect with Linux Azure VMs

Em computadores Linux locais:On on-premises Linux machines:

  1. Verifique se o serviço Secure Shell está definido para iniciar automaticamente na inicialização do sistema.Check that the Secure Shell service is set to start automatically on system boot.
  2. Verifique se as regras de firewall permitem uma conexão SSH.Check that firewall rules allow an SSH connection.

Configurar VMs do Azure após a migraçãoConfigure Azure VMs after migration

Após a migração, conclua estas etapas nas VMs do Azure criadas:After migration, complete these steps on the Azure VMs that are created:

  1. Para se conectar à VM pela Internet, atribua um endereço IP público à VM.To connect to the VM over the internet, assign a public IP address to the VM. É necessário usar um endereço IP público diferente para a VM do Azure daquele que usou para o computador local.You must use a different public IP address for the Azure VM than you used for your on-premises machine. Saiba mais.Learn more.
  2. Verifique se as regras do NSG (grupo de segurança de rede) na VM permitem conexões de entrada à porta RDP ou SSH.Check that network security group (NSG) rules on the VM allow incoming connections to the RDP or SSH port.
  3. Confira Diagnóstico de inicialização para visualizar a VM.Check boot diagnostics to view the VM.

Próximas etapasNext steps

Decida qual método você deseja usar para migrar as VMs do VMware para o Azure ou comece a migrar VMs do Hyper-V ou servidores físicos ou VMs virtualizadas ou de nuvem.Decide which method you want to use to migrate VMware VMs to Azure, or begin migrating Hyper-V VMs or physical servers or virtualized or cloud VMs.

Veja o que é compatívelSee what's supported

Para VMs do VMware, a Migração de Servidor dá suporte à migração sem agente ou baseada em agente.For VMware VMs, Server Migration supports agentless or agent-based migration.