Opções de disponibilidade para máquinas virtuais do Azure

Aplica-se a: ✔️ VMs do Linux ✔️ VMs do Windows ✔️ Conjuntos de dimensionamento flexíveis ✔️ Conjuntos de dimensionamento uniformes

Este artigo apresenta uma visão geral das opções de disponibilidade para VMs (máquinas virtuais) do Azure.

Zonas de disponibilidade

Zonas de disponibilidade expandem o nível de controle de que você precisa para manter a disponibilidade dos aplicativos e dos dados em suas VMs. Uma Zona de Disponibilidade é uma zona fisicamente separada em uma região do Azure. Há três Zonas de Disponibilidade por região do Azure com suporte.

Cada zona de disponibilidade tem uma rede, resfriamento e fonte de energia distintos. Ao arquitetar suas soluções para usar VMs replicadas em zonas, você pode proteger seus aplicativos e seus dados contra a perda de um data center. Se uma zona for comprometida, os aplicativos e os dados replicados ficarão instantaneamente disponíveis em outra zona.

Conjuntos de Escala de Máquinas Virtuais

Os conjuntos de dimensionamento de máquinas virtuais do Azure permitem criar e gerenciar um grupo de VMs com balanceamento de carga. O número de instâncias de VM pode aumentar ou diminuir automaticamente em resposta à demanda ou a um agendamento definido. Os conjuntos de dimensionamento fornecem alta disponibilidade para seus aplicativos e permitem que você gerencie, configure e atualize muitas máquinas virtuais de forma centralizada. Não há nenhum custo para o conjunto de dimensionamento em si, você paga apenas por cada instância de VM que criar.

As máquinas virtuais em um conjunto de dimensionamento também podem ser implantadas em diversas zonas de disponibilidade, em uma única zona de disponibilidade ou regionalmente. As opções de implantação da zona de disponibilidade podem ser diferentes com base no modo de orquestração.

Conjuntos de disponibilidade

Um conjunto de disponibilidade é um agrupamento lógico de VMs que permite que o Azure entenda como o seu aplicativo foi criado para fornecer redundância e disponibilidade. Recomenda-se que duas ou mais VMs sejam criadas dentro de um conjunto de disponibilidade para fornecer um aplicativo altamente disponível e para atender o SLA de 99,95% do Azure. Não há nenhum custo para o conjunto de disponibilidade em si, você paga apenas por cada instância de VM que criar.

Balanceador de carga

Combine o Azure Load Balancer com um conjunto ou uma zona de disponibilidade para obter a melhor resiliência do aplicativo. O Balanceador de Carga do Azure distribui o tráfego entre as múltiplas máquinas virtuais. Para as nossas máquinas virtuais de camadas padrões, o Balanceador de carga do Azure está incluso. Nem todas as camadas de máquinas virtuais incluem o Azure Load Balancer. Para saber mais sobre o balanceamento de carga de suas máquinas virtuais, confira Balanceamento de Carga em máquinas virtuais para Linux ou Windows.

Redundância do Armazenamento do Azure

A redundância do Armazenamento do Azure sempre armazena várias cópias dos seus dados para que eles sejam protegidos contra eventos planejados e não planejados, incluindo falhas de hardware transitórias, interrupções de energia ou rede e desastres naturais de grandes proporções. A redundância garante que sua conta de armazenamento atenda às suas metas de disponibilidade e durabilidade mesmo diante de falhas.

Ao decidir qual opção de redundância é melhor para seu cenário, considere os benefícios comparativos entre custos menores e maior disponibilidade. Os fatores que ajudam a determinar qual opção de redundância você deve escolher incluem:

  • Como os dados são replicados na região primária
  • Se os dados são replicados para uma segunda região que está geograficamente distante da região primária, para protegê-los contra desastres regionais
  • Se o aplicativo requer acesso de leitura aos dados replicados na região secundária se a região primária ficar indisponível por qualquer motivo

Para obter mais informações, confira Redundância do Armazenamento do Microsoft Azure

Azure Site Recovery

Como uma organização, você precisa adotar uma estratégia de BCDR (continuidade dos negócios e recuperação de desastres) que mantenha seus dados seguros e seus aplicativos e cargas de trabalho online quando ocorrerem interrupções planejadas e não planejadas.

O Azure Site Recovery ajuda a garantir a continuidade dos negócios mantendo os aplicativos de negócios e as cargas de trabalho em execução durante interrupções. O Site Recovery replica as cargas de trabalho em execução em máquinas físicas e virtuais (VMs) de um site primário para um local secundário. Quando uma interrupção ocorre no seu site primário, você faz failover para o local secundário e acessa os aplicativos a partir daí. Depois que a localização primária estiver novamente em execução, você poderá fazer failback a ela.

O Site Recovery pode gerenciar a replicação para:

  • VMs do Azure que replicam entre regiões do Azure.
  • VMs locais, VMs do Azure Stack e servidores físicos.

Próximas etapas