Pacotes e programas no Configuration Manager

Aplica-se a: Configuration Manager (branch atual)

O Configuration Manager continua a dar suporte a pacotes e programas usados no Configuration Manager 2007. Uma implantação que usa pacotes e programas pode ser mais adequada do que um aplicativo quando você implanta qualquer uma das seguintes ferramentas ou scripts:

  • Ferramentas administrativas que não instalam um aplicativo em um computador
  • Scripts "one-off" que não precisam ser monitorados continuamente
  • Scripts que são executados em uma agenda recorrente e não podem usar a avaliação global

Dica

Considere usar o recurso Scripts no console do Configuration Manager. Os scripts podem ser uma solução melhor para alguns dos cenários anteriores em vez de usar pacotes e programas.

Ao migrar pacotes de uma versão anterior do Configuration Manager, você pode implantá-los na hierarquia do Configuration Manager. Depois que a migração for concluída, os pacotes aparecerão no nó Pacotes no espaço de trabalho biblioteca de software.

Você pode modificar e implantar esses pacotes da mesma maneira que fez usando a distribuição de software. O Import Package from Definition Wizard permanece no Configuration Manager para importar pacotes herdado. Os anúncios são convertidos em implantações quando você migra do Configuration Manager 2007 para uma hierarquia do Configuration Manager.

Observação

Use o Gerenciador de Conversão de Pacotes para converter pacotes e programas em aplicativos do Configuration Manager. O Gerenciador de Conversão de Pacotes é integrado ao Configuration Manager. Para obter mais informações, consulte Gerenciador de Conversão de Pacotes.

Os pacotes podem usar alguns novos recursos do Configuration Manager, incluindo grupos de pontos de distribuição e monitoramento. Não é possível implantar aplicativos do Microsoft Application Virtualization (App-V) com pacotes e programas no Configuration Manager. Para distribuir aplicativos virtuais, crie-os como aplicativos do Configuration Manager. Para obter mais informações, consulte Deploy App-V virtual applications.

Criar um pacote e um programa

Usar o assistente Criar Pacote e Programa

  1. No console do Configuration Manager, vá para o espaço de trabalho Biblioteca de Software, expanda Gerenciamento de Aplicativos e selecione o nó Pacotes.

  2. Na guia Página Principal da faixa de opções, no grupo Criar, escolha Criar Pacote.

  3. Na página Pacote do Assistente para Criar Pacote e Programa, especifique as seguintes informações:

    • Nome: Especifique um nome para o pacote com no máximo 50 caracteres.

    • Descrição: especifique uma descrição para este pacote com no máximo 128 caracteres.

    • Fabricante (opcional): especifique um nome de fabricante para ajudá-lo a identificar o pacote no console do Configuration Manager. Esse nome pode ter no máximo 32 caracteres.

    • Idioma (opcional): especifique a versão de idioma do pacote com no máximo 32 caracteres.

    • Versão (opcional): especifique um número de versão para o pacote com no máximo 32 caracteres.

    • Este pacote contém arquivos de origem: essa configuração indica se o pacote exige que os arquivos de origem sejam presentes em dispositivos cliente. Por padrão, o assistente não habilita essa opção e o Configuration Manager não usa pontos de distribuição para o pacote. Ao selecionar essa opção, especifique o conteúdo do pacote a ser distribuído aos pontos de distribuição.

    • Pasta de origem : se o pacote contiver arquivos de origem, escolha Procurar para abrir a caixa de diálogo Definir Pasta de Origem e especifique o local dos arquivos de origem do pacote.

      Observação

      A conta do computador do servidor do site deve ter permissões de acesso de leitura para a pasta de origem especificada.

      Windows limita o caminho de origem a 256 caracteres ou menos. Esse limite se aplica à fonte do pacote, bem como aos aplicativos. Para obter mais informações, consulte Noming Files, Paths, and Namespaces.

    • A partir da versão 1906, se você quiser pré-armazenar conteúdo em cache em um cliente, especifique a Arquitetura e o Idioma do pacote. Para obter mais informações, consulte Configure pre-cache content.

  4. Na página Tipo de Programa do Assistente para Criar Pacote e Programa, selecione o tipo de programa a ser criado e escolha Próximo. Você pode criar um programa para um computador ou dispositivoou pode ignorar essa etapa e criar um programa posteriormente.

    Dica

    Para criar um novo programa para um pacote existente, primeiro selecione o pacote. Em seguida, na guia Página Principal, no grupo Pacote, escolha Criar Programa para abrir o Assistente para Criar Programa.

Criar um programa padrão

  1. Na página Tipo de Programa do Assistente para Criar Pacote e Programa, escolha Programa Padrão e escolha Próximo.

  2. Na página Programa Padrão, especifique as seguintes informações:

    • Nome: Especifique um nome para o programa com no máximo 50 caracteres.

      Observação

      O nome do programa deve ser exclusivo em um pacote. Depois de criar um programa, não é possível modificar seu nome.

    • Linha de Comando : insira a linha de comando a ser usada para iniciar este programa ou escolha Procurar para navegar até o local do arquivo.

      Se você não especificar uma extensão para um nome de arquivo, o Configuration Manager tentará usar .com, .exe e .bat como extensões possíveis.

      Quando o cliente executa o programa, o Configuration Manager pesquisa o arquivo nos seguintes locais:

      • Dentro do pacote
      • A pasta Windows local
      • O %path% local

      Se ele não conseguir encontrar o arquivo, o programa falhará.

    • Pasta de inicialização (opcional): Especifique a pasta da qual o programa é executado, até 127 caracteres. Essa pasta pode ser um caminho absoluto no cliente. Também pode ser um caminho relativo à pasta de ponto de distribuição que contém o pacote.

    • Executar: especifique o modo no qual o programa é executado em computadores cliente. Selecione uma das opções a seguir:

      • Normal: o programa é executado no modo normal com base nos padrões do sistema e do programa. Esse modo é o padrão.

      • Minimizado: o programa é executado minimizado em dispositivos cliente. Os usuários podem ver a atividade de instalação na área de notificação ou na barra de tarefas.

      • Maximizada: o programa é executado maximizada em dispositivos cliente. Os usuários veem todas as atividades de instalação.

      • Oculto: o programa é executado oculto em dispositivos cliente. Os usuários não veem nenhuma atividade de instalação.

    • Programa pode ser executado : Especifique se o programa será executado somente quando um usuário estiver assinado, somente quando nenhum usuário estiver assinado, ou independentemente de um usuário estar se inscreveu no computador cliente.

    • Modo de executar : Especifique se o programa é executado com permissões administrativas ou com as permissões do usuário que está atualmente inscreveu.

    • Permitir que os usuários visualizam e interajam com a instalação do programa : Use essa configuração, se disponível, para especificar se os usuários podem interagir com a instalação do programa. Essa opção só estará disponível se as seguintes condições são atendidas:

      • A configuração de programa pode ser executado somente quando um usuário está conectado ou se um usuário está conectado ou não
      • A configuração do modo de executar é Executar com direitos administrativos
    • Modo de unidade: especifique informações sobre como esse programa é executado na rede. Escolha uma das seguintes opções:

      • Executa com o nome UNC: Especifique que o programa é executado com um nome UNC (Convenção de Nomenização Universal). Esta é a configuração padrão.

      • Requer letra de unidade: especifique que o programa exige uma letra de unidade para qualificar totalmente seu local. Para essa configuração, o Configuration Manager pode usar qualquer letra de unidade disponível no cliente.

      • Requer uma letra de unidade específica: especifique que o programa requer uma letra de unidade específica que você especifique para qualificar totalmente seu local. Por exemplo, Z:. Se o cliente já estiver usando a letra da unidade especificada, o programa não será executado.

    • Reconecte-se ao ponto de distribuição no logoff : Indique se o cliente se reconecta ao ponto de distribuição quando o usuário entrar. Por padrão, o assistente não habilita essa opção.

  3. Na página Requisitos do Assistente para Criar Pacote e Programa, especifique as seguintes informações:

    • Execute outro programa primeiro: identifique um pacote e um programa executado antes que este pacote e programa seja executado.

    • Requisitos da plataforma : Selecione Este programa pode ser executado em qualquer plataforma ou Este programa só pode ser executado em plataformas especificadas. Em seguida, escolha as versões do sistema operacional que os clientes devem ter para instalar esse pacote e programa.

    • Espaço em disco estimado : Especifique a quantidade de espaço em disco que o programa requer para ser executado no computador. A configuração padrão é Unknown. Se necessário, especifique um número inteiro maior ou igual a zero. Se você definir um valor, selecione também unidades para o valor.

    • Tempo máximo de duração permitido (minutos): Especifique o tempo máximo que você espera que o programa seja executado no computador cliente. O valor padrão é 120 minutos. Use apenas números inteiros maiores que zero.

      Importante

      Se você usar janelas de manutenção na mesma coleção para a qual você implanta este programa, poderá ocorrer um conflito se o tempo de duração máximo permitido for maior do que a janela de manutenção agendada. Se você definir o tempo de duração máximo como Desconhecido, o programa começará a ser executado durante a janela de manutenção. Em seguida, ele continua a ser executado conforme necessário depois que a janela de manutenção é fechada. Se você definir o tempo de duração máximo para um período específico maior do que o comprimento de qualquer janela de manutenção disponível, o cliente não executará o programa.

      Se você definir esse valor como Desconhecido, o Configuration Manager definirá o tempo máximo de execução permitido como 12 horas (720 minutos).

      Observação

      Se o programa exceder o tempo máximo de execução, o Configuration Manager o interrompe se as seguintes condições são atendidas:

      • Você habilita a opção executar com direitos administrativos
      • Você não habilita a opção para Permitir que os usuários visualizam e interajam com a instalação do programa

Criar um programa de dispositivo

  1. Na página Tipo de Programa do Assistente para Criar Pacote e Programa, selecione Programa para dispositivo e escolha Próximo.

  2. Na página Programa para Dispositivo, especifique as seguintes configurações:

    • Nome: Especifique um nome para o programa com no máximo 50 caracteres.

      Observação

      O nome do programa deve ser exclusivo em um pacote. Depois de criar um programa, não é possível modificar seu nome.

    • Comentário (opcional): especifique um comentário para este programa de dispositivo com no máximo 127 caracteres.

    • Pasta de download : Especifique o nome da pasta no dispositivo no qual armazenará os arquivos de origem do pacote. O valor padrão é \Temp\.

    • Linha de Comando: Insira a linha de comando a ser usada para iniciar este programa. Para navegar até o local do arquivo, escolha Procurar.

    • Executar linha de comando na pasta de download: Selecione essa opção para executar o programa na pasta de download.

    • Execute a linha de comando desta pasta: Selecione essa opção para especificar uma pasta diferente da qual executar o programa.

  3. Na página Requisitos, especifique as seguintes configurações:

    • Espaço em disco estimado : Especifique a quantidade de espaço em disco necessária para o software. O cliente exibe esse valor para usuários de dispositivo móvel antes de instalar o programa.

    • Programa de download: Especifique informações sobre quando o dispositivo móvel pode baixar esse programa. Você pode especificar Assim que possível, Somente em uma rede rápida ou Somente quando o dispositivo estiver encaixado.

    • Requisitos adicionais: Especifique quaisquer requisitos adicionais para este programa. Os usuários veem esses requisitos antes de instalar o software. Por exemplo, você pode notificar os usuários de que eles precisam fechar todos os outros aplicativos antes de executar o programa.

Implantar pacotes e programas

  1. No console do Configuration Manager, vá para o espaço de trabalho Biblioteca de Software, expanda Gerenciamento de Aplicativos e selecione o nó Pacotes.

  2. Selecione o pacote que você deseja implantar. Na guia Página Principal da faixa de opções, no grupo Implantação, escolha Implantar.

  3. Na página Geral do Assistente para Implantar Software, especifique o nome do pacote e do programa que você deseja implantar. Selecione a coleção para a qual você deseja implantar o pacote e o programa e quaisquer comentários opcionais.

    Para armazenar o conteúdo do pacote no grupo de pontos de distribuição padrão da coleção, selecione a opção Usar grupos de pontos de distribuição padrão associados a essa coleção. Se você não associou essa coleção a um grupo de pontos de distribuição, essa opção não estará disponível.

  4. Na página Conteúdo, escolha Adicionar. Selecione os pontos de distribuição ou grupos de pontos de distribuição para os quais você deseja distribuir o conteúdo para este pacote e programa.

  5. Na página Implantação Configurações, configure as seguintes configurações:

    • Finalidade: escolha uma das seguintes opções:

      • Disponível: o usuário vê o pacote e o programa publicados no Centro de Software e pode instalá-lo sob demanda.

      • Obrigatório: o pacote e o programa são implantados automaticamente, de acordo com a agenda configurada. No Centro de Software, você pode acompanhar seu status de implantação e instalá-lo antes do prazo final.

      Observação

      Se vários usuários estão conectados ao dispositivo, as implantações de pacote e sequência de tarefas podem não aparecer no Centro de Software.

    • Enviar pacotes de alerta : se você definir a finalidade de implantação como Obrigatório e selecionar essa opção, o site enviará primeiro um pacote de alerta para computadores no prazo de instalação. Antes de poder usar essa opção, configure computadores para Wake On LAN. Para obter mais informações, consulte Como configurar Wake on LAN.

    • Permitir que os clientes em uma conexão de Internet com medida baixem conteúdo após o prazo de instalação, o que pode incorrer em custos adicionais

    Observação

    Quando você implanta um pacote e um programa, a opção de Pré-implantação de software no dispositivo principal do usuário não está disponível.

  6. Na página Agendamento, configure quando implantar esse pacote e programa em dispositivos cliente.

    As opções nesta página variam dependendo de você definir a ação de implantação como Disponível ou Obrigatório.

    Para implantações necessárias, configure o comportamento de repetição do programa no menu suspenso Comportamento de Repetição. Escolha entre as seguintes opções:

    Comportamento de repetição Descrição
    Nunca reprisar programa implantado O cliente não irá reprisar o programa. Esse comportamento acontece mesmo se o programa originalmente falhou ou se os arquivos do programa foram alterados.
    Programa sempre reprisado O cliente sempre reprisa o programa quando a implantação está agendada. Esse comportamento acontece mesmo que o programa já tenha sido executado com êxito. É útil com implantações recorrentes quando você atualiza o programa.
    Rerun if failed previous attempt O cliente reprisa o programa quando a implantação é agendada, somente se ele falhou na tentativa de executar anteriormente.
    Reprise se tiver êxito na tentativa anterior O cliente reprisa o programa somente se ele tiver sido realizado anteriormente com êxito no cliente. Esse comportamento é útil com implantações recorrentes quando você atualiza o programa rotineiramente, e cada atualização exige que a atualização anterior seja instalada com êxito.
  7. Na página Experiência do Usuário, especifique as seguintes informações:

    • Permitir que os usuários executem o programa independentemente das atribuições: os usuários podem instalar esse software a partir do Centro de Software, independentemente de qualquer hora de instalação agendada.

    • Instalação de software : permite que o software seja instalado fora de qualquer janela de manutenção configurada.

    • Reinicialização do sistema (se necessário para concluir a instalação) : se a instalação de software exigir que uma reinicialização do dispositivo seja concluída, permita que essa ação aconteça fora de qualquer janela de manutenção configurada.

    • Dispositivos incorporados : quando você implanta pacotes e programas para Windows dispositivos incorporados habilitados para filtro de gravação, você pode especificar que eles instalam pacotes e programas na sobreposição temporária e confirma alterações posteriormente. Como alternativa, confirma as alterações no prazo de instalação ou durante uma janela de manutenção. Quando você confirma alterações no prazo de instalação ou durante uma janela de manutenção, uma reinicialização é necessária e as alterações persistem no dispositivo.

      Observação

      Ao implantar um pacote ou programa em um Windows incorporado, certifique-se de que o dispositivo seja membro de uma coleção que tenha uma janela de manutenção configurada. Para obter mais informações sobre como as janelas de manutenção são usadas quando você implanta pacotes e programas Windows dispositivos incorporados, consulte Creating Windows Embedded applications.

  8. Na página Pontos de Distribuição, especifique as seguintes informações:

    • Opções de implantação : Especifique a ação que um cliente quando usa um ponto de distribuição em seu grupo de limite atual. Selecione também a ação para o cliente quando ele usa um ponto de distribuição de um grupo de limite de vizinhos ou o grupo de limite de site padrão.

      Importante

      Se você configurar a opção de implantação para Executar programa do ponto de distribuição, certifique-se de habilitar a opção para Copiar o conteúdo neste pacote para um compartilhamento de pacote em pontos de distribuição na guia Acesso aos Dados das propriedades do pacote. Caso contrário, o pacote não está disponível para ser executado a partir de pontos de distribuição.

    • Permitir que os clientes usem pontos de distribuição do grupo de limite de site padrão : quando esse conteúdo não estiver disponível de qualquer ponto de distribuição nos grupos de limite atual ou vizinho, habilita essa opção para permitir que eles experimentem pontos de distribuição no grupo de limite padrão do site.

  9. Conclua o assistente.

Exibir a implantação no nó Implantações do espaço de trabalho Monitoramento e no painel de detalhes da guia implantação do pacote ao selecionar a implantação. Para obter mais informações, consulte Monitor packages and programs.

Monitorar pacotes e programas

Para monitorar implantações de pacote e programa, use os mesmos procedimentos que você usa para monitorar aplicativos conforme detalhado em Monitor applications.

Pacotes e programas também incluem vários relatórios integrados, que permitem monitorar informações sobre o status de implantação de pacotes e programas. Esses relatórios têm a categoria de relatório de Distribuição de Software – Pacotes e Programas e Distribuição de Software – Status de Implantação de Pacote e Programa.

Para obter mais informações sobre como configurar relatórios no Configuration Manager, consulte Introdução ao relatório.

Gerenciar pacotes e programas

No espaço de trabalho Biblioteca de Software, expanda o Gerenciamento de Aplicativos e selecione o nó Pacotes. Selecione o pacote que você deseja gerenciar e escolha uma tarefa de gerenciamento.

Criar arquivo de conteúdo prestage

Abre o Assistente para Criar Arquivo de Conteúdo Prestaged, para criar um arquivo que contém o conteúdo do pacote. Use este arquivo para importar manualmente o pacote para um ponto de distribuição remoto. Essa ação é útil quando você tem baixa largura de banda de rede entre o servidor do site e o ponto de distribuição.

Criar Programa

Abre o Assistente para Criar Programa, para criar um novo programa para este pacote.

Exportar

Abre o Assistente para Exportar Pacote, para exportar o pacote selecionado e seu conteúdo para um arquivo. Use esse arquivo para importar o arquivo para outra hierarquia.

Implantar

Abre o Assistente de Implantação de Software, para implantar o pacote e o programa selecionados em uma coleção. Para obter mais informações, consulte Deploy packages and programs.

Distribuir conteúdo

Abre o Assistente de Distribuição de Conteúdo, para enviar o conteúdo de um pacote e programa para os pontos de distribuição selecionados ou grupos de pontos de distribuição.

Importar

Abre o Assistente para Importar Pacote, para importar um pacote exportado anteriormente de um arquivo .zip.

Dica

A partir da versão 2010, quando você importa um objeto no console do Configuration Manager, ele agora importa para a pasta atual. Anteriormente, o Configuration Manager sempre colocou objetos importados no nó raiz.

Atualizar pontos de distribuição

Atualiza os pontos de distribuição com o conteúdo mais recente para o pacote e o programa selecionados.

Próximas etapas