Configurando o Gerenciador de Configurações LocalConfiguring the Local Configuration Manager

Aplica-se a: Windows PowerShell 5.0Applies To: Windows PowerShell 5.0

O Gerenciador de Configurações Local (LCM) é o mecanismo de Configuração de Estado Desejado (DSC).The Local Configuration Manager (LCM) is the engine of Desired State Configuration (DSC). Ele é executado em cada nó de destino e é responsável pela análise e aplicação das configurações que são enviadas para o nó.The LCM runs on every target node, and is responsible for parsing and enacting configurations that are sent to the node. Também é responsável por uma série de outros aspectos da DSC, incluindo os itens a seguir.It is also responsible for a number of other aspects of DSC, including the following.

  • Determinar o modo de atualização (push ou pull).Determining refresh mode (push or pull).
  • Especificar com que frequência um nó recebe e aplica as configurações.Specifying how often a node pulls and enacts configurations.
  • Associar o nó ao serviço de pull.Associating the node with pull service.
  • Especificar configurações parciais.Specifying partial configurations.

Um tipo especial de configuração é utilizado para configurar o LCM para especificar cada um desses comportamentos.You use a special type of configuration to configure the LCM to specify each of these behaviors. As seções a seguir descrevem como configurar o LCM.The following sections describe how to configure the LCM.

Observação: este tópico se aplica ao LCM introduzido no Windows PowerShell 5.0.Note: This topic applies to the LCM introduced in Windows PowerShell 5.0. Para obter informações sobre como configurar o LCM no Windows PowerShell 4.0, consulte o Gerenciador de Configurações Local (LCM) de Configuração de Estado Desejado do Windows PowerShell 4.0.For information about configuring the LCM in Windows PowerShell 4.0, see Windows PowerShell 4.0 Desired State Configuration Local Configuration Manager.

Escrevendo e aplicando uma configuração do LCMWriting and enacting an LCM configuration

Para configurar o LCM, você cria e executa um tipo especial de configuração que aplica as configurações de LCM.To configure the LCM, you create and run a special type of configuration that applies LCM settings. Para especificar uma configuração do LCM, é necessário usar o atributo DscLocalConfigurationManager.To specify an LCM configuration, you use the DscLocalConfigurationManager attribute. Segue uma configuração simples que define o LCM para o modo de push.The following shows a simple configuration that sets the LCM to push mode.

[DSCLocalConfigurationManager()]
configuration LCMConfig
{
    Node localhost
    {
        Settings
        {
            RefreshMode = 'Push'
        }
    }
} 

O processo de aplicação das configurações do LCM é semelhante à aplicação de uma configuração de DSC.The process of applying settings to LCM is similar to applying a DSC configuration. Você criará uma configuração do LCM, a compilará em um arquivo MOF e a aplicará ao nó.You will create an LCM configuration, compile it to a MOF file, and apply it to the node. Ao contrário de configurações de DSC, você não aplica uma configuração do LCM chamando o cmdlet Start-DscConfiguration.Unlike DSC configurations, you do not enact an LCM configuration by calling the Start-DscConfiguration cmdlet. Em vez disso, chama Set-DscLocalConfigurationManager, fornecendo o caminho até o MOF de configuração do LCM como parâmetro.Instead, you call Set-DscLocalConfigurationManager, supplying the path to the LCM configuration MOF as a parameter. Depois de aplicar a configuração do LCM, você pode ver as propriedades do LCM chamando o cmdlet Get-DscLocalConfigurationManager.After you enact the LCM configuration, you can see the properties of the LCM by calling the Get-DscLocalConfigurationManager cmdlet.

Uma configuração do LCM pode conter blocos somente para um conjunto limitado de recursos.An LCM configuration can contain blocks only for a limited set of resources. No exemplo anterior, o único recurso chamado é Settings.In the previous example, the only resource called is Settings. Os outros recursos disponíveis são:The other available resources are:

  • ConfigurationRepositoryWeb: especifica um serviço de pull de HTTP para configurações.ConfigurationRepositoryWeb: specifies an HTTP pull service for configurations.
  • ConfigurationRepositoryShare: especifica um serviço de pull de SMB para configurações.ConfigurationRepositoryShare: specifies an SMB share for configurations.
  • ResourceRepositoryWeb: especifica um serviço de pull de HTTP para os módulos.ResourceRepositoryWeb: specifies an HTTP pull service for modules.
  • ResourceRepositoryShare: especifica um compartilhamento de SMB para os módulos.ResourceRepositoryShare: specifies an SMB share for modules.
  • ReportServerWeb: especifica um serviço de pull de HTTP para o qual os relatórios serão enviados.ReportServerWeb: specifies an HTTP pull service to which reports are sent.
  • PartialConfiguration: fornece dados para habilitar as configurações parciais.PartialConfiguration: provides data to enable partial configurations.

Configurações básicasBasic settings

Além de especificar pontos de extremidade/caminhos do serviço de pull e configurações parciais, todas as propriedades do LCM são configuradas em um bloco Settings.Other than specifying pull service endpoints/paths and partial configurations, all of the properties of the LCM are configured in a Settings block. As seguintes propriedades estão disponíveis em um bloco Settings.The following properties are available in a Settings block.

PropriedadeProperty TipoType DescriçãoDescription
ActionAfterRebootActionAfterReboot cadeia de caracteresstring Especifica o que acontece após uma reinicialização durante a aplicação de uma configuração.Specifies what happens after a reboot during the application of a configuration. Os valores possíveis são "ContinueConfiguration" e "StopConfiguration".The possible values are "ContinueConfiguration" and "StopConfiguration".
  • ContinueConfiguration: continue a aplicar a configuração atual após a reinicialização do computador.ContinueConfiguration: Continue applying the current configuration after machine reboot. Este é o valor padrãoThis is the default falue
  • StopConfiguration: interrompa a configuração atual após a reinicialização do computador.StopConfiguration: Stop the current configuration after machine reboot.
AllowModuleOverwriteAllowModuleOverwrite boolbool $TRUE se as novas configurações baixadas do serviço de pull tiverem permissão para substituir as antigas no nó de destino.$TRUE if new configurations downloaded from the pull service are allowed to overwrite the old ones on the target node. Caso contrário, $FALSE.Otherwise, $FALSE.
CertificateIDCertificateID cadeia de caracteresstring A impressão digital de um certificado usado para proteger as credenciais passadas em uma configuração.The thumbprint of a certificate used to secure credentials passed in a configuration. Para obter mais informações, consulte Quer proteger credenciais na Configuração de Estado Desejado do Windows PowerShell?For more information see Want to secure credentials in Windows PowerShell Desired State Configuration?.
Observação: isso será gerenciado automaticamente se estiver usando o serviço de pull de DSC de Automação do Azure.Note: this is managed automatically if using Azure Automation DSC pull service.
ConfigurationDownloadManagersConfigurationDownloadManagers CimInstance[]CimInstance[] Obsoleto.Obsolete. Use os blocos ConfigurationRepositoryWeb e ConfigurationRepositoryShare para definir pontos de extremidade de serviço de pull de configuração.Use ConfigurationRepositoryWeb and ConfigurationRepositoryShare blocks to define configuration pull service endpoints.
ConfigurationIDConfigurationID cadeia de caracteresstring Para compatibilidade com versões anteriores do serviço de pull.For backwards compatibility with older pull service versions. Um GUID que identifica o arquivo de configuração que deve ser obtido de um serviço de pull.A GUID that identifies the configuration file to get from a pull service. O nó efetuará o pull das configurações serviço de pull se o nome do MOF de configuração for ConfigurationID.mof.The node will pull configurations on the pull service if the name of the configuration MOF is named ConfigurationID.mof.
Observação: se você definir essa propriedade, registrar o nó com um serviço de pull usando RegistrationKey não funcionará.Note: If you set this property, registering the node with a pull service by using RegistrationKey does not work. Para obter mais informações, consulte Configurando um cliente de pull com nomes de configuração.For more information, see Setting up a pull client with configuration names.
ConfigurationModeConfigurationMode cadeia de caracteresstring Especifica como o LCM realmente aplica a configuração aos nós de destino.Specifies how the LCM actually applies the configuration to the target nodes. Os valores possíveis são "ApplyOnly", "ApplyandMonitior" e "ApplyandAutoCorrect".Possible values are "ApplyOnly","ApplyandMonitior", and "ApplyandAutoCorrect".
  • ApplyOnly: a DSC aplica a configuração e não faz nada além disso, a menos que uma nova configuração seja enviada por push para o nó de destino ou quando o pull de uma nova configuração for efetuado de um serviço.ApplyOnly: DSC applies the configuration and does nothing further unless a new configuration is pushed to the target node or when a new configuration is pulled from a service. Depois da aplicação inicial de uma nova configuração, a DSC não procura um dessincronização em relação a um estado previamente configurado.After initial application of a new configuration, DSC does not check for drift from a previously configured state. Observe que a DSC tentará aplicar a configuração até obter êxito antes que ApplyOnly entre em vigor.Note that DSC will attempt to apply the configuration until it is successful before ApplyOnly takes effect.
  • ApplyAndMonitor: este é o valor padrão.ApplyAndMonitor: This is the default value. O LCM aplica as novas configurações.The LCM applies any new configurations. Após a aplicação inicial de uma nova configuração, se o nó de destino estiver dessincronizado em relação ao estado desejado, a DSC relatará a discrepância nos logs.After initial application of a new configuration, if the target node drifts from the desired state, DSC reports the discrepancy in logs. Observe que a DSC tentará aplicar a configuração até obter êxito antes que ApplyAndMonitor entre em vigor.Note that DSC will attempt to apply the configuration until it is successful before ApplyAndMonitor takes effect.
  • ApplyAndAutoCorrect: a DSC aplica as novas configurações.ApplyAndAutoCorrect: DSC applies any new configurations. Após a aplicação inicial de uma nova configuração, se o nó de destino estiver dessincronizado em relação ao estado desejado, a DSC relatará a discrepância nos logs e reaplica a configuração atual.After initial application of a new configuration, if the target node drifts from the desired state, DSC reports the discrepancy in logs, and then re-applies the current configuration.
ConfigurationModeFrequencyMinsConfigurationModeFrequencyMins UInt32UInt32 A frequência, em minutos, em que a configuração atual é verificada e aplicada.How often, in minutes, the current configuration is checked and applied. Essa propriedade será ignorada se a propriedade ConfigurationMode estiver definida como ApplyOnly.This property is ignored if the ConfigurationMode property is set to ApplyOnly. O valor padrão é 15.The default value is 15.
DebugModeDebugMode cadeia de caracteresstring Os valores possíveis são None, ForceModuleImport e All.Possible values are None, ForceModuleImport, and All.
  • Defina como None para usar os recursos armazenados em cache.Set to None to use cached resources. Este é o padrão e deve ser usada em cenários de produção.This is the default and should be used in production scenarios.
  • Definir como ForceModuleImport fará com que o LCM recarregue todos os módulos de recursos DSC, mesmo se tiverem sido carregados e armazenados em cache anteriormente.Setting to ForceModuleImport, causes the LCM to reload any DSC resource modules, even if they have been previously loaded and cached. Isso afeta o desempenho das operações de DSC, já que cada módulo é recarregado no momento do uso.This impacts the performance of DSC operations as each module is reloaded on use. Normalmente, você usaria esse valor durante a depuração de um recursoTypically you would use this value while debugging a resource
  • Nesta versão, All é o mesmo que ForceModuleImportIn this release, All is same as ForceModuleImport
RebootNodeIfNeededRebootNodeIfNeeded boolbool Defina como $true para reinicializar automaticamente o nó após uma configuração que requer que a reinicialização seja aplicada.Set this to $true to automatically reboot the node after a configuration that requires reboot is applied. Caso contrário, você precisará reinicializar manualmente o nó para qualquer configuração que exigir.Otherwise, you will have to manually reboot the node for any configuration that requires it. O valor padrão é $false.The default value is $false. Para usar essa configuração quando uma condição de reinicialização for representada por algo diferente do DSC (como o Windows Installer), combine essa configuração com o módulo xPendingReboot.To use this setting when a reboot condition is enacted by something other than DSC (such as Windows Installer), combine this setting with the xPendingReboot module.
RefreshModeRefreshMode cadeia de caracteresstring Especifica como o LCM obtém as configurações.Specifies how the LCM gets configurations. Os valores possíveis são "Disabled", "Push" e "Pull".The possible values are "Disabled", "Push", and "Pull".
  • Disabled: as configurações DSC estão desabilitadas para este nó.Disabled: DSC configurations are disabled for this node.
  • Push: as configurações são iniciadas chamando o cmdlet Start-DscConfiguration.Push: Configurations are initiated by calling the Start-DscConfiguration cmdlet. A configuração é aplicada imediatamente ao nó.The configuration is applied immediately to the node. Este é o valor padrão.This is the default value.
  • Pull: o nó está configurado para verificar regularmente as configurações de um serviço de pull ou caminho SMB.Pull: The node is configured to regularly check for configurations from a pull service or SMB path. Se essa propriedade estiver definida como Pull, você deverá especificar um caminho de (serviço) HTTP ou (compartilhamento) SMB em um bloco ConfigurationRepositoryWeb ou ConfigurationRepositoryShare.If this property is set to Pull, you must specify an HTTP (service) or SMB (share) path in a ConfigurationRepositoryWeb or ConfigurationRepositoryShare block.
RefreshFrequencyMinsRefreshFrequencyMins Uint32Uint32 O intervalo de tempo, em minutos, em que o LCM verifica um serviço de pull para obter configurações atualizadas.The time interval, in minutes, at which the LCM checks a pull service to get updated configurations. Esse valor será ignorado se o LCM não estiver configurado no modo de pull.This value is ignored if the LCM is not configured in pull mode. O valor padrão é 30.The default value is 30.
ReportManagersReportManagers CimInstance[]CimInstance[] Obsoleto.Obsolete. Use blocos ReportServerWeb para definir um ponto de extremidade para enviar dados de relatório a um serviço de pull.Use ReportServerWeb blocks to define an endpoint to send reporting data to a pull service.
ResourceModuleManagersResourceModuleManagers CimInstance[]CimInstance[] Obsoleto.Obsolete. Use os blocos ResourceRepositoryWeb e ResourceRepositoryShare para definir pontos de extremidade HTTP do serviço de pull ou caminhos SMB, respectivamente.Use ResourceRepositoryWeb and ResourceRepositoryShare blocks to define pull service HTTP endpoints or SMB paths, respectively.
PartialConfigurationsPartialConfigurations CimInstanceCimInstance Não foi implementado.Not implemented. Não use.Do not use.
StatusRetentionTimeInDaysStatusRetentionTimeInDays UInt32UInt32 O número de dias que o LCM mantém o status da configuração atual.The number of days the LCM keeps the status of the current configuration.

Serviço de pullPull service

As configurações de DSC permitem que um nó seja gerenciado obtendo por pull as configurações e os módulos, e publicando dados de relatório, em um local remoto.DSC settings allow a node to be managed by pulling configurations and modules, and publishing reporting data, to a remote location. As opções atuais para o serviço de pull incluem:The current options for pull service include:

  • Serviço de Configuração de Estado Desejado da Automação do AzureAzure Automation Desired State Configuration service
  • Uma instância do serviço de pull em execução no Windows ServerA pull service instance running on Windows Server
  • Um compartilhamento SMB (não dá suporte a publicação de dados de relatórios)An SMB share (does not support publishing reporting data)

A configuração do LCM dá suporte à definição dos seguintes tipos de ponto de extremidade de serviço de pull:LCM configuration supports defining the following types of pull service endpoints:

  • Servidor de configuração: um repositório de configurações DSC.Configuration server: A repository for DSC configurations. Defina os servidores de configuração usando blocos ConfigurationRepositoryWeb (para servidores baseados na Web) e ConfigurationRepositoryShare (para servidores baseados em SMB).Define configuration servers by using ConfigurationRepositoryWeb (for web-based servers) and ConfigurationRepositoryShare (for SMB-based servers) blocks.
  • Servidor de recursos: um repositório de recursos de DSC, empacotados como módulos do PowerShell.Resource server: A repository for DSC resources, packaged as PowerShell modules. Defina os servidores de recurso usando blocos ResourceRepositoryWeb (para servidores baseados na Web) e ResourceRepositoryShare (para servidores baseados em SMB).Define resource servers by using ResourceRepositoryWeb (for web-based servers) and ResourceRepositoryShare (for SMB-based servers) blocks.
  • Servidor de relatório: um serviço para o qual a DSC envia dados de relatório.Report server: A service that DSC sends report data to. Defina os servidores de relatório usando blocos ReportServerWeb.Define report servers by using ReportServerWeb blocks. Um servidor de relatório deve ser um serviço Web.A report server must be a web service.

A solução recomendada, e a opção com a maioria dos recursos disponíveis, é DSC de Automação do Azure.The recommended solution, and the option with the most features available, is Azure Automation DSC.

O serviço do Azure pode gerenciar nós localmente em datacenters privados ou em nuvens públicas, como AWS e o Azure.The Azure service can manage nodes on-premises in private datacenters, or in public clouds such as Azure and AWS. Para ambientes privados, onde os servidores não podem se conectar diretamente à Internet, considere limitar o tráfego de saída apenas ao intervalo de IPs do Azure publicado (consulte Intervalos de IP de Datacenter do Azure).For private environments where servers cannot directly connect to the Internet, consider limiting outbound traffic to only the published Azure IP range (see Azure Datacenter IP Ranges).

Entre os recursos do serviço online que não estão disponíveis no serviço de pull no Windows Server estão:Features of the online service that are not currently available in the pull service on Windows Server include:

  • Todos os dados são criptografados em trânsito e em repousoAll data is encrypted in transit and at rest
  • Certificados de cliente são criados e gerenciados automaticamenteClient certificates are created and managed automatically
  • Armazenamento de segredos para gerenciar centralmente senhas/credenciais, ou variáveis como nomes de servidor ou cadeias de conexãoSecrets store for centrally managing passwords/credentials, or variables such as server names or connection strings
  • Gerenciar centralmente o nó Configuração do LCMCentrally manage node LCM configuration
  • Atribuir centralmente configurações a nós do clienteCentrally assign configurations to client nodes
  • Alterações na configuração de versão de "grupos canário" para teste antes de chegar à produçãoRelease configuration changes to "canary groups" for testing before reaching production
  • Relatório gráficoGraphical reporting
    • Detalhes de status no nível de granularidade de recursos de DSCStatus detail at the DSC resource level of granularity
    • Mensagens de erro detalhadas de computadores cliente para solução de problemasVerbose error messages from client machines for troubleshooting
  • Integração com o Azure Log Analytics para alertas, tarefas automatizadas, aplicativo para Android/iOS para relatórios e alertasIntegration with Azure Log Analytics for alerting, automated tasks, Android/iOS app for reporting and alerting

Como alternativa, para obter informações sobre a configuração e o uso do serviço de pull de HTTP no Windows Server, consulte Configurar um servidor de pull de DSC.Alternatively, for information about setting up and using HTTP pull service on Windows Server, see Setting up a DSC pull server. Lembre-se de que se trata de uma implementação limitada com apenas os recursos básicos de armazenamento de configurações/módulos e captura de dados de relatório em um banco de dados local.Please be advised that it is a limited implementation with only basic capabilities of storing configurations/modules and capturing report data in to a local database.

Blocos do servidor de configuraçãoConfiguration server blocks

Para definir um servidor de configuração baseado na Web, crie um bloco ConfigurationRepositoryWeb.To define a web-based configuration server, you create a ConfigurationRepositoryWeb block. Um ConfigurationRepositoryWeb define as propriedades a seguir.A ConfigurationRepositoryWeb defines the following properties.

PropriedadeProperty TipoType DescriçãoDescription
AllowUnsecureConnectionAllowUnsecureConnection boolbool Defina como $TRUE para permitir conexões entre o nó e o servidor sem autenticação.Set to $TRUE to allow connections from the node to the server without authentication. Defina como $FALSE para exigir autenticação.Set to $FALSE to require authentication.
CertificateIDCertificateID cadeia de caracteresstring A impressão digital de um certificado usado para autenticar o servidor.The thumbprint of a certificate used to authenticate to the server.
ConfigurationNamesConfigurationNames String[]String[] Uma matriz de nomes de configurações que serão retiradas por pull pelo nó de destino.An array of names of configurations to be pulled by the target node. Serão usadas apenas se o nó for registrado com o serviço de pull usando uma RegistrationKey.These are used only if the node is registered with the pull service by using a RegistrationKey. Para obter mais informações, consulte Configurando um cliente de pull com nomes de configuração.For more information, see Setting up a pull client with configuration names.
RegistrationKeyRegistrationKey cadeia de caracteresstring Um GUID que registra o nó com o serviço de pull.A GUID that registers the node with the pull service. Para obter mais informações, consulte Configurando um cliente de pull com nomes de configuração.For more information, see Setting up a pull client with configuration names.
ServerURLServerURL cadeia de caracteresstring A URL do serviço de configuração.The URL of the configuration service.

Um exemplo de script para simplificar a configuração do valor ConfigurationRepositoryWeb para nós locais está disponível - confira Geração de metaconfigurações de DSCAn example script to simplify configuring the ConfigurationRepositoryWeb value for on-premises nodes is available - see Generating DSC metaconfigurations

Para definir um servidor de configuração baseado em SMB, crie um bloco ConfigurationRepositoryShare.To define an SMB-based configuration server, you create a ConfigurationRepositoryShare block. Um ConfigurationRepositoryShare define as propriedades a seguir.A ConfigurationRepositoryShare defines the following properties.

PropriedadeProperty TipoType DescriçãoDescription
CredentialCredential MSFT_CredentialMSFT_Credential A credencial usada para autenticar para o compartilhamento SMB.The credential used to authenticate to the SMB share.
SourcePathSourcePath cadeia de caracteresstring O caminho do compartilhamento SMB.The path of the SMB share.

Blocos do servidor de recursoResource server blocks

Para definir um servidor de recurso baseado na Web, crie um bloco ResourceRepositoryWeb.To define a web-based resource server, you create a ResourceRepositoryWeb block. Um ResourceRepositoryWeb define as propriedades a seguir.A ResourceRepositoryWeb defines the following properties.

PropriedadeProperty TipoType DescriçãoDescription
AllowUnsecureConnectionAllowUnsecureConnection boolbool Defina como $TRUE para permitir conexões entre o nó e o servidor sem autenticação.Set to $TRUE to allow connections from the node to the server without authentication. Defina como $FALSE para exigir autenticação.Set to $FALSE to require authentication.
CertificateIDCertificateID cadeia de caracteresstring A impressão digital de um certificado usado para autenticar o servidor.The thumbprint of a certificate used to authenticate to the server.
RegistrationKeyRegistrationKey cadeia de caracteresstring Um GUID que identifica o nó para o serviço de pull.A GUID that identifies the node to the pull service.
ServerURLServerURL cadeia de caracteresstring A URL do servidor de configuração.The URL of the configuration server.

Um exemplo de script para simplificar a configuração do valor ResourceRepositoryWeb para nós locais está disponível - confira Geração de metaconfigurações de DSCAn example script to simplify configuring the ResourceRepositoryWeb value for on-premises nodes is available - see Generating DSC metaconfigurations

Para definir um servidor de recurso baseado em SMB, crie um bloco ResourceRepositoryShare.To define an SMB-based resource server, you create a ResourceRepositoryShare block. O ResourceRepositoryShare define as propriedades a seguir.ResourceRepositoryShare defines the following properties.

PropriedadeProperty TipoType DescriçãoDescription
CredentialCredential MSFT_CredentialMSFT_Credential A credencial usada para autenticar para o compartilhamento SMB.The credential used to authenticate to the SMB share. Para obter um exemplo de passagem de credenciais, consulte Configurando um servidor de pull de SMB para DSCFor an example of passing credentials, see Setting up a DSC SMB pull server
SourcePathSourcePath cadeia de caracteresstring O caminho do compartilhamento SMB.The path of the SMB share.

Blocos do servidor de relatórioReport server blocks

Para definir um servidor de relatório, crie um bloco ReportServerWeb.To define a report server, you create a ReportServerWeb block. A função de servidor de relatório não é compatível com o serviço de pull baseado em SMB.The report server role is not compatible with SMB based pull service. O ReportServerWeb define as propriedades a seguir.ReportServerWeb defines the following properties.

PropriedadeProperty TipoType DescriçãoDescription
AllowUnsecureConnectionAllowUnsecureConnection boolbool Defina como $TRUE para permitir conexões entre o nó e o servidor sem autenticação.Set to $TRUE to allow connections from the node to the server without authentication. Defina como $FALSE para exigir autenticação.Set to $FALSE to require authentication.
CertificateIDCertificateID cadeia de caracteresstring A impressão digital de um certificado usado para autenticar o servidor.The thumbprint of a certificate used to authenticate to the server.
RegistrationKeyRegistrationKey cadeia de caracteresstring Um GUID que identifica o nó para o serviço de pull.A GUID that identifies the node to the pull service.
ServerURLServerURL cadeia de caracteresstring A URL do servidor de configuração.The URL of the configuration server.

Um exemplo de script para simplificar a configuração do valor ReportServerWeb para nós locais está disponível - confira Geração de metaconfigurações de DSCAn example script to simplify configuring the ReportServerWeb value for on-premises nodes is available - see Generating DSC metaconfigurations

Configurações parciaisPartial configurations

Para definir uma configuração parcial, você cria um bloco PartialConfiguration.To define a partial configuration, you create a PartialConfiguration block. Para obter mais informações sobre configurações parciais, consulte Configurações parciais de DSC.For more information about partial configurations, see DSC Partial configurations. O PartialConfiguration define as propriedades a seguir.PartialConfiguration defines the following properties.

PropriedadeProperty TipoType DescriçãoDescription
ConfigurationSourceConfigurationSource string[]string[] Uma matriz de nomes de servidores de configuração, definidos previamente nos blocos ConfigurationRepositoryWeb e ConfigurationRepositoryShare, dos quais a configuração parcial é retirada.An array of names of configuration servers, previously defined in ConfigurationRepositoryWeb and ConfigurationRepositoryShare blocks, where the partial configuration is pulled from.
DependsOnDependsOn string{}string{} Uma lista de nomes de outras configurações que devem ser concluídas antes que essa configuração parcial seja aplicada.A list of names of other configurations that must be completed before this partial configuration is applied.
DescriçãoDescription cadeia de caracteresstring Texto usado para descrever a configuração parcial.Text used to describe the partial configuration.
ExclusiveResourcesExclusiveResources string[]string[] Uma matriz de recursos exclusivos para essa configuração parcial.An array of resources exclusive to this partial configuration.
RefreshModeRefreshMode cadeia de caracteresstring Especifica como o LCM obtém essa configuração parcial.Specifies how the LCM gets this partial configuration. Os valores possíveis são "Disabled", "Push" e "Pull".The possible values are "Disabled", "Push", and "Pull".
  • Disabled: esta configuração parcial está desabilitada.Disabled: This partial configuration is disabled.
  • Push: a configuração parcial é enviada por push para o nó ao chamar o cmdlet Publish-DscConfiguration.Push: The partial configuration is pushed to the node by calling the Publish-DscConfiguration cmdlet. Depois que todas as configurações parciais para o nó são enviadas por push ou recebidas por pull de um serviço, a configuração pode ser iniciada chamando Start-DscConfiguration –UseExisting.After all partial configurations for the node are either pushed or pulled from a service, the configuration can be started by calling Start-DscConfiguration –UseExisting. Este é o valor padrão.This is the default value.
  • Pull: o nó é configurado para verificar regularmente a configuração parcial de um serviço de pull.Pull: The node is configured to regularly check for partial configuration from a pull service. Se essa propriedade for definida como Pull, você deverá especificar um serviço de pull em uma propriedade ConfigurationSource.If this property is set to Pull, you must specify a pull service in a ConfigurationSource property. Para saber mais sobre o serviço de pull da Automação do Azure, consulte Visão geral do DSC de Automação do Azure.For more information about Azure Automation pull service, see Azure Automation DSC Overview.
ResourceModuleSourceResourceModuleSource string[]string[] Uma matriz de nomes de servidores de recurso por meio dos quais é possível baixar os recursos necessários para essa configuração parcial.An array of the names of resource servers from which to download required resources for this partial configuration. Esses nomes devem se referir a pontos de extremidade de serviço definidos previamente nos blocos ResourceRepositoryWeb e ResourceRepositoryShare.These names must refer to service endpoints previously defined in ResourceRepositoryWeb and ResourceRepositoryShare blocks.

Observação: configurações parciais são compatíveis com o DSC de Automação do Azure, mas somente uma configuração pode ser extraída de cada conta de automação por nó.Note: partial configurations are supported with Azure Automation DSC, but only one configuration can be pulled from each automation account per node.

Consulte TambémSee Also

ConceitosConcepts

Visão geral da Configuração do Estado DesejadoDesired State Configuration Overview

Introdução à DSC de Automação do AzureGetting started with Azure Automation DSC

Outros recursosOther Resources

Set-DscLocalConfigurationManagerSet-DscLocalConfigurationManager

Configurando um cliente de pull com nomes de configuraçãoSetting up a pull client with configuration names