Instalar o SQL Server por meio do prompt de comando

Aplica-se a:yesSQL Server (todas as versões com suporte) – somente Windows

Antes de executar a Configuração do SQL Server, examine Como planejar uma instalação do SQL Server.

A instalação de uma nova instância do SQL Server no prompt de comando permite especificar os recursos a serem instalados e como eles devem ser configurados. Você também pode especificar interação silenciosa, básica ou completa com a interface do usuário de Instalação.

Para instalar por meio do prompt de comando, abra um prompt de comando administrativo e navegue até onde setup.exe está localizado dentro da mídia de instalação do SQL Server. Execute o comando setup.exe, juntamente com os parâmetros obrigatórios e opcionais que realizam o que você está tentando fazer:

C:\SQLMedia\SQLServer2019> setup.exe /[Option] /[Option] = {value}

O exemplo a seguir instala o mecanismo de banco de dados do SQL Server, o SQL Server Analysis Services, o SQL Server Integration Services e as ferramentas do SQL Server no modo silencioso:

C:\SQLMedia\SQLServer2019> setup.exe /Q /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS /ACTION="install" /PID="AAAAA-BBBBB-CCCCC-DDDDD-EEEEE" /FEATURES=SQL,AS,IS,Tools
/INSTANCENAME=MSSQLSERVER /SQLSVCACCOUNT="MyDomain\MyAccount"
/SQLSVCPASSWORD="************" /SQLSYSADMINACCOUNTS="MyDomain\MyAccount "
/AGTSVCACCOUNT="MyDomain\MyAccount" /AGTSVCPASSWORD="************"
/ASSVCACCOUNT="MyDomain\MyAccount" /ASSVCPASSWORD="************"
/ISSVCAccount="MyDomain\MyAccount" /ISSVCPASSWORD="************"
/ASSYSADMINACCOUNTS="MyDomain\MyAccount"

Para exibir uma lista de todos os comandos possíveis no console, execute o executável com o sinalizador /help:

C:\SQLMedia\SQLServer2019> setup.exe /help

O restante do artigo fornece uma descrição detalhada dos parâmetros disponíveis.

Observação

Quando você instala pelo prompt de comando, o SQL Server dá suporte ao modo silencioso completo usando o parâmetro /Q ou o modo Silencioso Simples usando o parâmetro /QS. A opção /QS mostra apenas o andamento, não aceita nenhuma entrada e não exibe nenhuma mensagem de erro, se encontrado. O parâmetro /QS só tem suporte quando /Action=install é especificado.

Seja qual for o método de instalação, é necessário confirmar a aceitação dos termos da licença de software como indivíduo ou em nome de uma entidade, a menos que o uso do software seja governado por um contrato separado, como um contrato de licenciamento por volume da Microsoft ou um contrato de terceiros com um ISV ou OEM.

Os termos da licença são exibidos para exame e aceitação na interface do usuário da Instalação. As instalações autônomas (usando o parâmetro /Q ou /QS) devem incluir o parâmetro /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS. Você pode analisar as condições de licença separadamente em Microsoft Software License Terms(em inglês).

Observação

Dependendo de como você recebeu o software (por exemplo, por meio de licenciamento por volume da Microsoft ), o uso do software pode estar sujeito a termos e condições adicionais.

Há suporte à instalação de prompt de comando nos seguintes cenários:

  • Instalação, atualização ou remoção de uma instância e de componentes compartilhados do SQL Server em um computador local usando sintaxe e parâmetros especificados no prompt de comando.
  • Instalando, atualizando ou removendo uma instância de cluster de failover.
  • Atualizando de uma edição do SQL Server para outra edição do SQL Server.
  • Instalando uma instância do SQL Server em um computador local usando sintaxe e parâmetros especificados em um arquivo de configuração. É possível usar esse método para copiar uma configuração de instalação em vários computadores ou para instalar vários nós de uma instalação de cluster de failover.

Observação

Para instalações locais, você deve executar a Instalação como um administrador. Se você instalar o SQL Server de um compartilhamento remoto, deverá usar uma conta de domínio que tenha permissões de leitura e de execução no compartilhamento remoto. Para instalações de cluster de failover, você deve ter privilégios de administrador local com permissões para fazer logon como um serviço e atuar como parte do sistema operacional em todos os nós do cluster de failover.

Uso apropriado dos parâmetros de instalação

Use as diretrizes a seguir para desenvolver comandos de instalação com a sintaxe correta:

  • /PARAMETER (Exemplo: /INDICATEPROGRESS)
  • /PARAMETER=true/false (Exemplo: /SQLSVCINSTANTFILEINIT=True )
  • /PARAMETER=1/0 para tipos boolianos (Exemplo: /TCPENABLED=1)
  • /PARAMETER="valor" para todos os parâmetros de valor único. (Exemplo: /PID="PID" /SQLSVCSTARTUPTYPE="Automatic")
    • Para um parâmetro que requer um caminho: há suporte para /INSTANCEDIR=c:\Path ou /INSTANCEDIR="c:\Path".
  • /PARAMETER="value1" "value2" "value3" para todos os parâmetros de vários valores. (Exemplo: /SQLSYSADMINACCOUNTS="Contoso\John" "Contoso\Mary")
    • Exceção: /FEATURES, que é um parâmetro de vários valores, mas seu formato é /FEATURES=AS,RS,IS sem nenhum espaço e delimitado por vírgulas.

Importante

Ao instalar SQL Server, se você especificar o mesmo caminho de diretório para INSTANCEDIR e SQLUSERDBDIR, o SQL Server Agent e a Pesquisa de Texto Completo não iniciarão devido à falta de permissões.

Observação

Os valores de servidores relacionais dão suporte aos formatos de barra invertida finais adicionais (caracteres de barra invertida ou duas barras invertidas) para o caminho.

As seções a seguir fornecem parâmetros para o desenvolvimento de scripts de instalação de linha de comando a fim de instalar, atualizar e reparar cenários.

Os parâmetros listados para um componente do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server são específicos àquele componente. Os parâmetros do SQL Server Agent e do SQL Server Browser são aplicáveis quando você instala o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.

Parâmetros de instalação

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para instalação.

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da instalação.

Valores com suporte: Instalar.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SUPPRESSPRIVACYSTATEMENTNOTICE

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Suprime o aviso de privacidade. Ao usar este sinalizador, você estará concordando com o aviso de privacidade.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de instalação do Python do SQL Server /IACCEPTPYTHONLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas que incluem o pacote Anaconda Python.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação R do SQL Server /IACCEPTROPENLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas que incluem o pacote Microsoft R Open.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do SQL Server /UpdateEnabled

Opcional
Especifique se a instalação do SQL Server deve descobrir e incluir atualizações de produto. Os valores válidos são True e False ou 1 e 0. Por padrão, a instalação do SQL Server incluirá as atualizações localizadas.
Controle de Instalação do SQL Server /UpdateSource

Opcional
Especifique o local em que a instalação do SQL Server obterá as atualizações de produto. Os valores válidos são “MU” para pesquisar a Atualização Microsoft, um caminho de pasta válido, um caminho relativo, como .\MyUpdates ou um compartilhamento UNC. Por padrão, a instalação do SQL Server pesquisará o Microsoft Update ou um serviço Windows Update por meio do Windows Server Update Services.
Controle de Instalação do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do SQL Server /ERRORREPORTING

Opcional
Não tem efeito no SQL Server 2016 (13.x) e mais recente.

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, confira Como configurar o SQL Server 2016 e mais recente para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de erros do SQL Server.

Para obter mais informações, consulte a Política de Privacidade do Serviço de Relatório de Erros da Microsoft.

Valores com suporte:

0=desabilitado

1=habilitado
Controle de Instalação do SQL Server /FEATURES

- Ou -

/ROLE

Necessário
Especifica os componentes a serem instalados.

Escolha /FEATURES para especificar componentes SQL Server individuais para instalar. Para obter mais informações, consulte a Parâmetros de recursos abaixo.

Escolha /ROLE para especificar uma função de instalação. As funções de instalação instalam o SQL Server em uma configuração predeterminada.
Controle de Instalação do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros de instalação.
Controle de Instalação do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do SQL Server /INSTALLSHAREDDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados de 64 bits.

O padrão é %Program Files%\Microsoft SQL Server

Não pode ser definido como %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server
Controle de Instalação do SQL Server /INSTALLSHAREDWOWDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados de 32 bits. Com suporte apenas em sistemas de 64 bits.

O padrão é %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server

Não pode ser definido como %Program Files%\Microsoft SQL Server
Controle de Instalação do SQL Server /INSTANCEDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes específicos à instância.
Controle de Instalação do SQL Server /INSTANCEID

Opcional
Especifica um valor não padrão para uma InstanceID.
Controle de Instalação do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
PolyBase /PBENGSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço de mecanismo. O padrão é NT Authority\NETWORK SERVICE.
PolyBase /PBDMSSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha da conta de serviço de mecanismo. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
PolyBase /PBENGSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço de mecanismo PolyBase: Automático (padrão), Desabilitado e Manual.
PolyBase /PBPORTRANGE

Opcional
Especifica um intervalo de portas com pelo menos 6 portas para serviços do PolyBase. Exemplo:

/PBPORTRANGE=16450-16460
PolyBase /PBSCALEOUT

Opcional
Especifica se a instância Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server será usada como parte do grupo computacional de expansão do PolyBase. Use essa opção se estiver configurando um grupo computacional de expansão do PolyBase incluindo o nó de cabeçalho. Valores com suporte: True, False
Controle de Instalação do SQL Server /PID

Opcional
Especifica a chave do produto (Product Key) da edição do SQL Server. Se esse parâmetro não for especificado, a versão Evaluation será usada.
Controle de Instalação do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas. O parâmetro /Q substitui a entrada do parâmetro /QS.
Controle de Instalação do SQL Server /QS ou /QUIETSIMPLE

Opcional
Especifica que a Instalação é executada e mostra o andamento por meio da interface do usuário, mas não aceita nenhuma entrada nem mostra nenhuma mensagem de erro.
Controle de Instalação do SQL Server /UIMODE

Opcional
Especifica se deve apresentar somente o número mínimo de caixas de diálogo durante a instalação.

/UIMode somente pode ser usado com os parâmetros /ACTION=INSTALL e UPGRADE . Valores com suporte:

/UIMODE=Normal é o padrão para edições diferentes de Express e apresenta todas as caixas de diálogo de instalação para os recursos selecionados.

/UIMODE=AutoAdvance é o padrão para edições Express e ignora caixas de diálogo dispensáveis.



Observe que quando combinado com outros parâmetros, UIMODE é substituído. Por exemplo, quando /UIMODE=AutoAdvance e /ADDCURRENTUSERASSQLADMIN=FALSE são ambos fornecidos, a caixa de diálogo de provisionamento não é automaticamente populada com o usuário atual.

A configuração UIMode não pode ser usada com os parâmetros /Q ou /QS .
Controle de Instalação do SQL Server /SQMREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de uso do recurso do SQL Server.

Valores com suporte:

0=desabilitado

1=habilitado
Controle de Instalação do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
SQL Server Agent /AGTSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta para o serviço do SQL Server Agent.
SQL Server Agent /AGTSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha da conta de serviço do SQL Server Agent. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
SQL Server Agent /AGTSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização para o serviço do SQL Server Agent.

Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Serviços de análise /ASBACKUPDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de backup do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Backup

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Backup
Serviços de análise /ASCOLLATION

Opcional
Especifica a configuração de ordenação do Serviços de análise.

Valor padrão: Latin1_General_CI_AS
Serviços de análise /ASCONFIGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de configuração do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Config

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Config
Serviços de análise /ASDATADIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de dados do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Data

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Data
Serviços de análise /ASLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de log do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Log

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Log
Serviços de análise /ASSERVERMODE

Opcional
Especifica o modo de servidor da instância do Serviços de análise . Os valores válidos são MULTIDIMENSIONAL, POWERPIVOT ou TABULAR. ASSERVERMODE diferencia maiúsculas de minúsculas. Todos os valores devem ser expressos em maiúsculas. Para obter mais informações sobre valores válidos, consulte Instalar o Analysis Services.
Serviços de análise /ASSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta de serviço do Serviços de análise .
Serviços de análise /ASSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do serviço Serviços de análise . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Serviços de análise /ASSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço Serviços de análise . Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Serviços de análise /ASSYSADMINACCOUNTS

Necessário
Especifica as credenciais de administrador do Serviços de análise.
Serviços de análise /ASTEMPDIR

Opcional
Especifica o diretório de arquivos temporários do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server \<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Temp

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Temp
Serviços de análise /ASPROVIDERMSOLAP

Opcional
Especifica se o provedor MSOLAP pode ser executado no processo.

Valor padrão: 1=habilitado
Serviços de análise /FARMACCOUNT

Necessário para SPI_AS_NewFarm
Especifica uma conta de usuário de domínio para executar serviços de Administração Central do SharePoint e outros serviços essenciais em um farm.

Esse parâmetro é usado apenas para instâncias do Serviços de análise instaladas por meio de /ROLE = SPI_AS_NEWFARM.
Serviços de análise /FARMPASSWORD

Necessário para SPI_AS_NewFarm
Especifica uma senha para a conta do farm. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Serviços de análise /PASSPHRASE

Necessário para SPI_AS_NewFarm
Especifica uma frase secreta que será usada para adicionar outros servidores de aplicativos ou servidores Web front-end a um farm do SharePoint.

Esse parâmetro é usado apenas para instâncias do Serviços de análise instaladas por meio de /ROLE = SPI_AS_NEWFARM.
Serviços de análise /FARMADMINIPORT

Necessário para SPI_AS_NewFarm
Especifica uma porta usada para conexão com o aplicativo Web Administração Central do SharePoint.

Esse parâmetro é usado apenas para instâncias do Serviços de análise instaladas por meio de /ROLE = SPI_AS_NEWFARM.
SQL Server Browser /BROWSERSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço do SQL Server Browser. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENABLERANU

Opcional
Habilita credenciais de executar como para instalações do SQL Server Express .
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTALLSQLDATADIR

Opcional
Especifica o diretório de dados dos arquivos de dados do SQL Server . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SAPWD

Necessário quando /SECURITYMODE=SQL
Especifica a senha da conta SA do SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SECURITYMODE

Opcional
Especifica o modo de segurança do SQL Server.

Se esse parâmetro não for fornecido, apenas o modo de autenticação do Windows terá suporte.

Valor com suporte: SQL
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLBACKUPDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de backup.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Backup
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLCOLLATION

Opcional
Especifica as configurações de ordenação do SQL Server.

A configuração de instalação padrão é determinada pela localidade do SO (sistema operacional). A ordenação no nível de servidor pode ser alterada durante a instalação ou por meio da alteração da localidade do SO antes da instalação. A ordenação padrão é definida como a versão disponível mais antiga associada a cada localidade específica. Isso ocorre por motivos de compatibilidade com versões anteriores. Por isso, essa nem sempre é a ordenação recomendada. Para aproveitar ao máximo os recursos do SQL Server, altere as configurações de instalação padrão para usar ordenações do Windows. Por exemplo, para a localidade do SO Inglês (Estados Unidos) (página de código 1252), a ordenação padrão durante a instalação é SQL_Latin1_General_CP1_CI_AS e pode ser alterado para sua ordenação equivalente do Windows mais próxima, Latin1_General_100_CI_AS_SC.

Para saber mais, confira Suporte para ordenações e Unicode.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ADDCURRENTUSERASSQLADMIN

Opcional
Adiciona o usuário atual à função de servidor fixa sysadmin do SQL Server. O parâmetro /ADDCURRENTUSERASSQLADMIN pode ser usado ao instalar edições Express ou quando /Role=ALLFeatures_WithDefaults estiver sendo usado. Para saber mais, confira /ROLE abaixo.

O uso de /ADDCURRENTUSERASSQLADMIN é opcional, mas /ADDCURRENTUSERASSQLADMIN ou /SQLSYSADMINACCOUNTS é obrigatório. Valores padrão:

True para edições do SQL Server Express

False para todas as outras edições
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta de inicialização do serviço SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha de SQLSVCACCOUNT. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço SQL Server . Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSYSADMINACCOUNTS

Necessário
Use este parâmetro para provisionar logons para serem membros da função sysadmin.

Para as edições do SQL Server diferentes da SQL Server Express, /SQLSYSADMINACCOUNTS é obrigatório. Para edições do SQL Server Express, o uso de /SQLSYSADMINACCOUNTS é opcional, mas /SQLSYSADMINACCOUNTS ou /ADDCURRENTUSERASSQLADMIN é necessário.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBDIR

Opcional
Especifica os diretórios para arquivos de dados do tempdb. Ao especificar mais de um diretório, separe os diretórios com um espaço em branco. Se vários diretórios forem especificados, os arquivos de dados tempdb serão espalhados pelos diretórios de modo round robin.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

Observação: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório para o arquivo de log tempdb.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

Observação: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILECOUNT

Opcional
Especifica o número de arquivos tempdb a ser adicionado pela configuração. Esse valor pode ser aumentado para o número de núcleos. Valor padrão:

1 para SQL Server Express

8 ou o número de núcleos, o que for menor para todas as outras edições

Importante: o arquivo de banco de dados primário para tempdb ainda será tempdb.mdf. Os arquivos tempdb adicionais são chamados de tempdb_mssql_#.ndf, em que # representa um número exclusivo para cada arquivo de banco de dados tempdb adicional criado durante a configuração. A finalidade dessa convenção de nomenclatura é torná-los exclusivos. Desinstalar uma instância do SQL Server exclui os arquivos com convenção de nomenclatura tempdb_mssql_#.ndf. Não use a convenção de nomenclatura tempdb_mssql_*.ndf para arquivos de banco de banco de dados de usuário.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILESIZE

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de dados do tempdb.

Padrão = 4 MB para o SQL Server Express e 8 MB para todas as outras edições.

Mín = (4 MB ou 8 MB).

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para SQL Server 2014 (12.x)
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILEGROWTH

Opcional
Especifica o incremento de aumento do arquivo de cada arquivo de dados tempdb em MB. Um valor 0 indica que o crescimento automático está desativado e nenhum espaço adicional é permitido. A configuração permite o tamanho de até 1024.

Valor padrão: 64. Intervalo permitido: Mín = 0, máx = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILESIZE

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de log do tempdb.

Padrão = 4 MB para o SQL Server Express e 8 MB para todas as outras edições.

Mín = (4 MB ou 8 MB).

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para SQL Server 2014 (12.x)
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILEGROWTH

Opcional
Especifica o incremento de aumento do arquivo de cada arquivo de dados tempdb em MB. Um valor 0 indica que o crescimento automático está desativado e nenhum espaço adicional é permitido. A configuração permite o tamanho de até 1024.

Valor padrão: 64. Intervalo permitido: Mín = 0, máx = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLUSERDBDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de dados de bancos de dados do usuário.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCINSTANTFILEINIT

Opcional
Permite a inicialização instantânea de arquivo para a conta de serviço do SQL Server. Para obter considerações sobre segurança e desempenho, consulte Inicialização imediata de arquivo do banco de dados.

Valor padrão: "False"

Valor opcional: "True"
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLUSERDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de log de bancos de dados do usuário.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLMAXDOP=parameter

Opcional
Se for omitida em instalações autônomas (silenciosas), a opção MAXDOP será alinhada com as diretrizes de grau máximo de paralelismo.
Especifica o grau máximo de paralelismo, que determina quantos processadores uma única instrução pode utilizar durante a execução de uma instrução. Somente disponível do SQL Server 2019 (15.x) em diante.

O valor padrão será alinhado com as diretrizes de grau máximo de paralelismo
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /USESQLRECOMMENDEDMEMORYLIMITS

Opcional
Se /USESQLRECOMMENDEDMEMORYLIMITS, /SQLMINMEMORY e /SQLMAXMEMORY forem omitidos em instalações autônomas (silenciosas), o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server usará a configuração de memória SQL Server padrão.
Especifica que o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server usará valores recomendados calculados que se alinham às diretrizes de configuração de memória de servidor para uma instância autônoma de SQL Server. Somente disponível do SQL Server 2019 (15.x) em diante.

Observação: Não é possível usar esse parâmetro com /SQLMINMEMORY e /SQLMAXMEMORY.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLMINMEMORY

Opcional
Se /USESQLRECOMMENDEDMEMORYLIMITS, /SQLMINMEMORY e /SQLMAXMEMORY forem omitidos em instalações autônomas (silenciosas), o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server usará a configuração de memória SQL Server padrão.
Especifica a configuração Memória Mínima do Servidor em MB. Somente disponível do SQL Server 2019 (15.x) em diante.

Valor padrão: 0.

Observação: Esse parâmetro não pode ser usado com /USESQLRECOMMENDEDMEMORYLIMITS.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLMAXMEMORY

Opcional
Se /USESQLRECOMMENDEDMEMORYLIMITS, /SQLMINMEMORY e /SQLMAXMEMORY forem omitidos em instalações autônomas (silenciosas), o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server usará a configuração de memória SQL Server padrão.
Especifica a configuração Memória Máxima do Servidor em MB. Somente disponível do SQL Server 2019 (15.x) em diante.

Valor padrão: valor recomendado calculado que se alinha às diretrizes de configuração de memória de servidor para uma instância autônoma de SQL Server.

Observação: Esse parâmetro não pode ser usado com /USESQLRECOMMENDEDMEMORYLIMITS.
FILESTREAM /FILESTREAMLEVEL

Opcional
Especifica o nível de acesso para o recurso FILESTREAM. Valores com suporte:

0 =Desabilitar o suporte ao FILESTREAM desta instância. (Valor padrão)

1=Habilitar FILESTREAM para acesso Transact-SQL.

2=Habilitar FILESTREAM para acesso Transact-SQL e acesso de streaming de E/S de arquivos. (Inválido para cenários de cluster)

3=Permitir que clientes remotos tenham acesso de streaming a dados FILESTREAM.
FILESTREAM /FILESTREAMSHARENAME

Opcional

Necessário quando FILESTREAMLEVEL for maior do que 1.
Especifica o nome do compartilhamento do Windows no qual os dados FILESTREAM serão armazenados.
Texto completo do SQL Server /FTSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço iniciador de filtro de texto completo.

Esse parâmetro é ignorado no Windows Server 2008 ou posterior. ServiceSID é usado para ajudar a proteger a comunicação entre o SQL Server e o Daemon de Filtro de Texto Completo. Se os valores não forem fornecidos, o Serviço Iniciador de Filtro de Texto Completo será desabilitado. É necessário usar o Gerenciador de Controle do SQL Server para alterar a conta do serviço e habilitar a funcionalidade de texto completo.

Valor padrão: Conta Serviço Local
Texto completo do SQL Server /FTSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha do serviço iniciador de filtro de texto completo.

Esse parâmetro é ignorado no Windows Server 2008 ou posterior. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta do Integration Services.

Valor padrão: NT AUTHORITY\NETWORK SERVICE
Integration Services /ISSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do Integration Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCStartupType

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço Integration Services .
Configuração de rede do SQL Server /NPENABLED

Opcional
Especifica o estado do protocolo de Pipes Nomeados para o serviço do SQL Server. Valores com suporte:

0=desabilitar o protocolo de Pipes Nomeados

1=habilitar o protocolo de Pipes Nomeados
Configuração de rede do SQL Server /TCPENABLED

Opcional
Especifica o estado do protocolo TCP para o serviço do SQL Server. Valores com suporte:

0=desabilitar o protocolo TCP

1=habilitar o protocolo TCP
Reporting Services /RSINSTALLMODE

Opcional
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de Instalação do Reporting Services. Valores com suporte:

SharePointFilesOnlyMode

DefaultNativeMode

FilesOnlyMode



Observação: se a instalação incluir o SQL ServerMecanismo de Banco de Dados, o RSINSTALLMODE padrão será DefaultNativeMode.

Se a instalação não incluir o SQL ServerMecanismo de Banco de Dados, o RSINSTALLMODE padrão será FilesOnlyMode.

Se você escolher DefaultNativeMode, mas a instalação não incluir o SQL ServerMecanismo de Banco de Dados, a instalação vai alterar automaticamente o RSINSTALLMODE para FilesOnlyMode.
Reporting Services /RSSVCACCOUNT

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a conta de inicialização do Reporting Services.
Reporting Services /RSSVCPASSWORD

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a senha da conta de inicialização do serviço Reporting Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Reporting Services /RSSVCStartupType

Opcional
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de inicialização do Reporting Services. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Serviços de Machine Learning/Python (no banco de dados) MPYCACHEDIRECTORY Reservado para uso futuro. Use %TEMP% para armazenar arquivos .CAB do Python para instalação em um computador que não tem uma conexão com a Internet.
Serviços de Machine Learning/R (no banco de dados) MRCACHEDIRECTORY Use esse parâmetro para especificar o diretório de Cache para suporte a recursos do Microsoft R Open, do SQL Server 2016 R Services, do SQL Server 2016 R Server (Autônomo) ou do R em Serviços de Machine Learning do SQL Server ou Machine Learning Server (Autônomo). Essa configuração normalmente é usada ao instalar componentes do R da linha de comando em um computador sem acesso à Internet.
Java/Extensões de Linguagem /SQL_INST_JAVA,
/SQLJAVADIR = "caminho"

Opcional
Do SQL Server 2019 em diante, especifica a instalação do Java com Extensões de Linguagem. Se /SQL_INST_JAVA for fornecido sem o parâmetro /SQLJAVADIR, será presumido que você deseja instalar o Zulu Open JRE fornecido pela mídia de instalação.

Fornecer um caminho para /SQLJAVADIR indica que você gostaria de usar um JRE ou JDK já instalado.
Extensão do agente do Azure Arc /FEATURES=ARC

Opcional
Conectar a instância com o Azure Arc. Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante.
Extensão do agente do Azure Arc /AZURESUBSCRIPTIONID

Opcional
Assinatura do Azure, o recurso de instância do SQL Server será criado. Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante.
Extensão do agente do Azure Arc /AZURERESOURCEGROUP

Opcional
Grupo de recursos do Azure em que o recurso de instância do SQL Server será criado. Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante.
Extensão do agente do Azure Arc /AZUREREGION

Opcional
Região do Azure em que o recurso de instância do SQL Server será criado. Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante.
Extensão do agente do Azure Arc /AZURETENANTID

Opcional
ID de locatário do Azure na qual a entidade de serviço existe. Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante.
Extensão do agente do Azure Arc /AZURESERVICEPRINCIPAL

Opcional
Entidade de serviço a ser autenticada em determinada ID de locatário, assinatura e grupo de recursos. Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante.
Extensão do agente do Azure Arc /AZURESERVICEPRINCIPALSECRET

Opcional
Segredo da entidade de serviço. Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante.
Extensão do agente do Azure Arc /AZUREARCPROXY

Opcional
Nome do servidor proxy usado para se conectar com o Azure Arc. Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante.

Sintaxe de exemplo

Para instalar uma nova instância autônoma com os componentes Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server, Replicação e Pesquisa de Texto Completo, e ainda habilitar a inicialização instantânea de arquivo para o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.

setup.exe /q /ACTION=Install /FEATURES=SQL /INSTANCENAME=MSSQLSERVER /SQLSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /SQLSVCPASSWORD="<StrongPassword>" /SQLSYSADMINACCOUNTS="<DomainName\UserName>" /AGTSVCACCOUNT="NT AUTHORITY\Network Service" /SQLSVCINSTANTFILEINIT="True" /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Implantar – Conectado ao Azure Arc

Da Versão Prévia do SQL Server 2022 (16.x) em diante, você pode instalar o agente do Azure Arc com a extensão do SQL Server durante a instalação do SQL Server. Ao instalar o agente do Azure Arc com a extensão do SQL Server, você poderá habilitar automaticamente a instância do Azure Arc, que registrará a instância do SQL Server como um recurso no Azure e a qualificará para a anexação de serviços de gerenciamento adicionais do Azure.

O exemplo a seguir implanta uma instância do SQL Server conectada ao Azure Arc. Antes de executar o exemplo, substitua as informações em colchetes angulares (< ... >) pelas suas informações.

setup.exe /qs /ACTION=Install /FEATURES=SQLEngine,ARC /INSTANCENAME=<instance name> /SQLSYSADMINACCOUNTS="<sysadmin account>" /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS /ONBOARDSQLTOARC /AZURESUBSCRIPTIONID="<Azure subscription>" /AZURETENANTID="<00000000-0000-0000-0000-000000000000" /AZURERESOURCEGROUP="<resource group name>" /AZURESERVICEPRINCIPAL="<service principal>" /AZURESERVICEPRINCIPALSECRET="<secret>" /AZUREREGION=<Azure region>

O exemplo a seguir instala o agente do Azure Arc e a extensão do SQL Server para gerenciar uma instância do SQL Server existente e todas as outras instâncias do SQL Server instaladas.

setup.exe /qs /ACTION=Install /FEATURES=ARC  /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS /AZURESUBSCRIPTIONID="<Azure subscription>" /AZURETENANTID="<00000000-0000-0000-0000-000000000000" /AZURERESOURCEGROUP="<resource group name>" /AZURESERVICEPRINCIPAL="<service principal>" /AZURESERVICEPRINCIPALSECRET="<secret>" /AZUREREGION=<Azure region>

O exemplo a seguir mostra como remover a extensão do SQL Server para o agente do Azure Arc da instalação.

Observação

Esse comando não desinstalará fisicamente a extensão do SQL Server. Nesse caso, o comando marcará esse recurso como não selecionado na configuração. Para remover o recurso do Azure desta instância, acesse o portal do Azure e exclua-o.

setup.exe /qs /ACTION=Uninstall /FEATURES=ARC  /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Para obter mais informações sobre como se conectar ao Azure Arc, confira:

Parâmetros do SysPrep

Para obter mais informações sobre o SysPrep do SQL Server, consulte

Instalar o SQL Server 2016 (13.x) usando o SysPrep.

Parâmetros de preparação de imagem

Use os parâmetros da tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para preparar uma instância do SQL Server sem configurá-la.

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da instalação.

Valores com suporte: PrepareImage
Controle de Instalação do SQL Server /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do SQL Server /UpdateEnabled

Opcional
Especifique se a instalação do SQL Server deve descobrir e incluir atualizações de produto. Os valores válidos são True e False ou 1 e 0. Por padrão, a instalação do SQL Server incluirá as atualizações localizadas.
Controle de Instalação do SQL Server /UpdateSource

Opcional
Especifique o local em que a instalação do SQL Server obterá as atualizações de produto. Os valores válidos são “MU” para pesquisar a Atualização Microsoft, um caminho de pasta válido, um caminho relativo, como .\MyUpdates ou um compartilhamento UNC. Por padrão, a instalação do SQL Server pesquisará o Microsoft Update ou um serviço Windows Update por meio do Windows Server Update Services.
Controle de Instalação do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do SQL Server /FEATURES

Necessário
Especifica os componentes a serem instalados.

Os valores com suporte são SQLEngine, Replication, FullText, DQ, AS, AS_SPI, RS, RS_SHP, RS_SHPWFE, DQC, Conn, IS, BC, SDK, DREPLAY_CTLR, DREPLAY_CLT, SNAC_SDK, SQLODBC, SQLODBC_SDK, LocalDB, MDS, POLYBASE
Controle de Instalação do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros de instalação.
Controle de Instalação do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
Controle de Instalação do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do SQL Server /INSTALLSHAREDDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados de 64 bits.

O padrão é %Program Files%\Microsoft SQL Server

Não pode ser definido como %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server
Controle de Instalação do SQL Server /INSTANCEDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes específicos à instância.
Controle de Instalação do SQL Server /INSTANCEID

Antes de SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 (janeiro de 2013) Necessário

Começando com SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 Necessário para recursos de instância.
Especifica um InstanceID para a instância que está sendo preparada.
PolyBase /PBENGSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço de mecanismo. O padrão é NT Authority\NETWORK SERVICE.
PolyBase /PBDMSSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha da conta de serviço de mecanismo. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
PolyBase /PBENGSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço de mecanismo PolyBase: Automático (padrão), Desabilitado e Manual.
PolyBase /PBPORTRANGE

Opcional
Especifica um intervalo de portas com pelo menos 6 portas para serviços do PolyBase. Exemplo:

/PBPORTRANGE=16450-16460
PolyBase /PBSCALEOUT

Opcional
Especifica se a instância Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server será usada como parte do grupo computacional de expansão do PolyBase. Valores com suporte: True, False
Controle de Instalação do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas. O parâmetro /Q substitui a entrada do parâmetro /QS.
Controle de Instalação do SQL Server /QS ou /QUIETSIMPLE

Opcional
Especifica que a Instalação é executada e mostra o andamento por meio da interface do usuário, mas não aceita nenhuma entrada nem mostra nenhuma mensagem de erro.
Sintaxe de exemplo

Para preparar uma nova instância autônoma com os componentes de Replicação e Pesquisa de Texto Completo do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Servere do Reporting Services.

setup.exe /q /ACTION=PrepareImage /FEATURES=SQL,RS /InstanceID =<MYINST> /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Parâmetros de conclusão de imagem

Use os parâmetros da tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para concluir e configurar uma instância preparada do SQL Server.

componente SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da instalação.

Valores com suporte: CompleteImage
Controle de Instalação do SQL Server /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do SQL Server /ERRORREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de erros do SQL Server.

Para obter mais informações, consulte a Política de Privacidade do Serviço de Relatório de Erros da Microsoft. Valores com suporte:

1=habilitado

0=desabilitado
Controle de Instalação do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros de instalação.
Controle de Instalação do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do SQL Server /INSTANCEID

Antes de SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 (janeiro de 2013) Necessário

Começando com SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 Opcional
Use a ID de Instância especificada durante a etapa de preparação da imagem.

Valores com suporte: InstanceID de uma instância preparada.
Controle de Instalação do SQL Server /INSTANCENAME

Antes de SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 (janeiro de 2013) Necessário

Começando com SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 Opcional
Especifica um nome de instância do SQL Server para a instância que está sendo concluída.

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
PolyBase /PBENGSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço de mecanismo. O padrão é NT Authority\NETWORK SERVICE.
PolyBase /PBDMSSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha da conta de serviço de mecanismo. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
PolyBase /PBENGSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço de mecanismo PolyBase: Automático (padrão), Desabilitado e Manual.
PolyBase /PBPORTRANGE

Opcional
Especifica um intervalo de portas com pelo menos 6 portas para serviços do PolyBase. Exemplo:

/PBPORTRANGE=16450-16460
PolyBase /PBSCALEOUT

Opcional
Especifica se a instância Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server será usada como parte do grupo computacional de expansão do PolyBase. Valores com suporte: True, False
Controle de Instalação do SQL Server /PID

Opcional
Especifica a chave do produto (Product Key) da edição do SQL Server. Se esse parâmetro não for especificado, a versão Evaluation será usada.

Observação: se você estiver instalando o SQL Server Express e o SQL Server Express com ferramentas ou o SQL Server Express com Advanced Services, o PID será predefinido.
Controle de Instalação do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas. O parâmetro /Q substitui a entrada do parâmetro /QS.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /QS ou /QUIETSIMPLE

Opcional
Especifica que a Instalação é executada e mostra o andamento por meio da interface do usuário, mas não aceita nenhuma entrada nem mostra nenhuma mensagem de erro.
Controle de Instalação do SQL Server /SQMREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de uso do recurso do SQL Server.

Valores com suporte:

0=desabilitado

1=habilitado
Controle de Instalação do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
SQL Server Agent /AGTSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta para o serviço do SQL Server Agent.
SQL Server Agent /AGTSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha da conta de serviço do SQL Server Agent. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
SQL Server Agent /AGTSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização para o serviço do SQL Server Agent. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
SQL Server Browser /BROWSERSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço do SQL Server Browser. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENABLERANU

Opcional
Habilita credenciais de executar como para instalações do SQL Server Express .
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTALLSQLDATADIR

Opcional
Especifica o diretório de dados dos arquivos de dados do SQL Server . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SAPWD

Necessário quando /SECURITYMODE=SQL
Especifica a senha da conta SA do SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SECURITYMODE

Opcional
Especifica o modo de segurança do SQL Server.

Se esse parâmetro não for fornecido, apenas o modo de autenticação do Windows terá suporte.

Valor com suporte: SQL
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLBACKUPDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de backup.

Valor padrão:

<InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Backup
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLCOLLATION

Opcional
Especifica as configurações de ordenação do SQL Server.

O valor padrão baseia-se na localidade do sistema operacional Windows. Para obter mais informações, veja Configurações de ordenação na Instalação.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta de inicialização do serviço SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha de SQLSVCACCOUNT. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço SQL Server . Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSYSADMINACCOUNTS

Necessário
Use este parâmetro para provisionar logons para serem membros da função sysadmin.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBDIR

Opcional
Especifica os diretórios para arquivos de dados do tempdb. Ao especificar mais de um diretório, separe os diretórios com um espaço em branco. Se vários diretórios forem especificados, os arquivos de dados tempdb serão espalhados pelos diretórios de modo round robin.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

OBSERVAÇÃO: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório para o arquivo de log tempdb.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

Observação: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILESIZE

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de dados do tempdb.

Padrão = 4 MB para o SQL Server Express e 8 MB para todas as outras edições.

Mín = (4 MB ou 8 MB).

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para o SQL Server 2014 (12.x).
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILEGROWTH

Opcional
Especifica o incremento de aumento do arquivo de cada arquivo de dados tempdb em MB. Um valor 0 indica que o crescimento automático está desativado e nenhum espaço adicional é permitido. A configuração permite o tamanho de até 1024.

Valor padrão: 64

Intervalo permitido: Mín = 0, máx = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILESIZE

Opcional
Especifica o tamanho inicial do arquivo de log tempdb em MB. A configuração permite o tamanho de até 1024.

Valor padrão:

4 para SQL Server Express

8 para todas as outras edições

Intervalo permitido: Mín. = valor padrão (4 ou 8) e Máx. = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILEGROWTH

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de log do tempdb.

Padrão = 4 MB para o SQL Server Express e 8 MB para todas as outras edições.

Mín = (4 MB ou 8 MB).

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para SQL Server 2014 (12.x)
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILECOUNT

Opcional
Especifica o número de arquivos tempdb a ser adicionado pela configuração. Esse valor pode ser aumentado para o número de núcleos. Valor padrão:

1 para SQL Server Express

8 ou o número de núcleos, o que for menor para todas as outras edições

Importante: o arquivo de banco de dados primário para tempdb ainda será tempdb.mdf. Os arquivos tempdb adicionais são chamados de tempdb_mssql_#.ndf, em que # representa um número exclusivo para cada arquivo de banco de dados tempdb adicional criado durante a configuração. A finalidade dessa convenção de nomenclatura é torná-los exclusivos. Desinstalar uma instância do SQL Server exclui os arquivos com convenção de nomenclatura tempdb_mssql_#.ndf. Não use a convenção de nomenclatura tempdb_mssql_*.ndf para arquivos de banco de banco de dados de usuário.

Aviso: não há suporte para SQL Server Express na configuração desse parâmetro. O programa de instalação instala apenas 1 arquivo de dados tempdb.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLUSERDBDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de dados de bancos de dados do usuário.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLUSERDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de log de bancos de dados do usuário.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data
FILESTREAM /FILESTREAMLEVEL

Opcional
Especifica o nível de acesso para o recurso FILESTREAM. Valores com suporte:

0 =Desabilitar o suporte ao FILESTREAM desta instância. (Valor padrão)

1=Habilitar FILESTREAM para acesso Transact-SQL.

2=Habilitar FILESTREAM para acesso Transact-SQL e acesso de streaming de E/S de arquivos. (Inválido para cenários de cluster)

3=Permitir que clientes remotos tenham acesso de streaming a dados FILESTREAM.
FILESTREAM /FILESTREAMSHARENAME

Opcional

Necessário quando FILESTREAMLEVEL for maior do que 1.
Especifica o nome do compartilhamento do Windows no qual os dados FILESTREAM serão armazenados.
Texto completo do SQL Server /FTSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço iniciador de filtro de texto completo.

Esse parâmetro é ignorado no Windows Server 2008 ou posterior. ServiceSID é usado para ajudar a proteger a comunicação entre o SQL Server e o Daemon de Filtro de Texto Completo. Se os valores não forem fornecidos, o Serviço Iniciador de Filtro de Texto Completo será desabilitado. É necessário usar o Gerenciador de Controle do SQL Server para alterar a conta do serviço e habilitar a funcionalidade de texto completo.

Valor padrão: Conta Serviço Local
Texto completo do SQL Server /FTSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha do serviço iniciador de filtro de texto completo.

Esse parâmetro é ignorado no Windows Server 2008 ou posterior. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Configuração de rede do SQL Server /NPENABLED

Opcional
Especifica o estado do protocolo de Pipes Nomeados para o serviço do SQL Server. Valores com suporte:

0=desabilitar o protocolo de Pipes Nomeados

1=habilitar o protocolo de Pipes Nomeados
Configuração de rede do SQL Server /TCPENABLED

Opcional
Especifica o estado do protocolo TCP para o serviço do SQL Server. Valores com suporte:

0=desabilitar o protocolo TCP

1=habilitar o protocolo TCP
Reporting Services /RSINSTALLMODE

Opcional
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de Instalação do Reporting Services.
Reporting Services /RSSVCACCOUNT

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a conta de inicialização do Reporting Services.
Reporting Services /RSSVCPASSWORD

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a senha da conta de inicialização do serviço Reporting Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Reporting Services /RSSVCStartupType

Opcional
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de inicialização do Reporting Services. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Sintaxe de exemplo

Para concluir uma instância autônoma preparada que inclui os componentes de Replicação e de Pesquisa de Texto Completo do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.

setup.exe /q /ACTION=CompleteImage /INSTANCENAME=MYNEWINST /INSTANCEID=<MYINST> /SQLSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /SQLSVCPASSWORD="<StrongPassword>" /SQLSYSADMINACCOUNTS="<DomainName\UserName>" /AGTSVCACCOUNT="NT AUTHORITY\Network Service" /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Parâmetros de atualização

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para atualização.

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da instalação. Valores com suporte:

Atualizar

EditionUpgrade



O valor EditionUpgrade é usado para atualizar uma edição existente do SQL Server para outra edição. Para obter mais informações sobre a versão e as atualizações de edição com suporte, consulte Supported Version and Edition Upgrades.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateEnabled

Opcional
Especifique se a instalação do SQL Server deve descobrir e incluir atualizações de produto. Os valores válidos são True e False ou 1 e 0. Por padrão, a instalação do SQL Server incluirá as atualizações localizadas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateSource

Opcional
Especifique o local em que a instalação do SQL Server obterá as atualizações de produto. Os valores válidos são “MU” para pesquisar Microsoft Update, um caminho de pasta válido, um caminho relativo, por exemplo .\MyUpdates ou um compartilhamento UNC. Por padrão, a instalação do SQL Server pesquisará a Microsoft Atualização ou um serviço Windows Update por meio do Windows Server Update Services.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ERRORREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de erros do SQL Server.

Para obter mais informações, consulte a Política de Privacidade do Serviço de Relatório de Erros da Microsoft. Valores com suporte:

1=habilitado

0=desabilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server / INSTANCEDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCEID

Necessário ao atualizar do SQL Server 2008 ou posterior.

Opcional ao atualizar do SQL Server 2005 (9.x)
Especifica um valor não padrão para uma InstanceID.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /PID

Opcional
Especifica a chave do produto (Product Key) da edição do SQL Server. Se esse parâmetro não for especificado, a versão Evaluation será usada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UIMODE

Opcional
Especifica se deve apresentar somente o número mínimo de caixas de diálogo durante a instalação.
/UIMode somente pode ser usado com os parâmetros /ACTION=INSTALL e UPGRADE . Valores com suporte:

/UIMODE=Normal é o padrão para edições diferentes de Express e apresenta todas as caixas de diálogo de instalação para os recursos selecionados.

/UIMODE=AutoAdvance é o padrão para edições Express e ignora caixas de diálogo dispensáveis.

Observe que a configuração UIMode não pode ser usada com os parâmetros /Q ou /QS .
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQMREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de uso do recurso do SQL Server.

Valores com suporte:

1=habilitado

0=desabilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console deve ser ocultada ou fechada.
SQL Server Browser Service /BROWSERSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço do SQL Server Browser. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Texto Completo do SQL Server /FTUPGRADEOPTION

Opcional
Especifica a opção de atualização do catálogo de Texto Completo. Valores com suporte:

RECOMPILAR

REDEFINIR

IMPORTAR
Integration Services /ISSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta do Integration Services.

Valor padrão: NT AUTHORITY\NETWORK SERVICE
Integration Services /ISSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do Integration Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCStartupType

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço Integration Services .
Reporting Services /RSUPGRADEDATABASEACCOUNT

Opcional
A propriedade só é usada ao atualizar um servidor de relatório no modo SharePoint que seja da versão 2008 R2 ou anterior. As demais operações de atualização são executadas para servidores de relatório que usam a arquitetura mais antiga do modo do SharePoint, que foi modificada no SQL Server 2012 (11.x) Reporting Services. Se essa opção não estiver incluída com a instalação de linha de comando, a conta de serviço padrão para a instância do servidor de relatório antigo será usada. Se esta propriedade for usada, forneça a senha para a conta usando a propriedade /RSUPGRADEPASSWORD .
Reporting Services /RSUPGRADEPASSWORD

Opcional
Senha da conta de serviço do Servidor de Relatórios existente. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Reporting Services /ALLOWUPGRADEFORSSRSSHAREPOINTMODE A troca é necessária ao atualizar uma instalação do modo SharePoint que se baseia na arquitetura de serviço compartilhado do SharePoint. A opção não é necessária para atualizar versões de serviço não compartilhadas do Reporting Services.
Sintaxe de exemplo

Para atualizar uma instância existente ou um nó de cluster de failover de uma versão anterior do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server,

setup.exe /q /ACTION=upgrade /INSTANCEID = <INSTANCEID>/INSTANCENAME=MSSQLSERVER /RSUPGRADEDATABASEACCOUNT="<Provide a SQL Server logon account that can connect to the report server during upgrade>" /RSUPGRADEPASSWORD="<Provide a password for the report server upgrade account>" /ISSVCAccount="NT Authority\Network Service" /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Parâmetros de reparo

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para reparação.

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho de reparo.

Valores com suporte: Repair
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FEATURES

Necessário
Especifica os componentes a serem reparados.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
PolyBase /PBENGSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço de mecanismo. O padrão é NT Authority\NETWORK SERVICE.
PolyBase /PBDMSSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha da conta de serviço de mecanismo. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
PolyBase /PBENGSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço de mecanismo PolyBase: Automático (padrão), Desabilitado e Manual.
PolyBase /PBPORTRANGE

Opcional
Especifica um intervalo de portas com pelo menos 6 portas para serviços do PolyBase. Exemplo:

/PBPORTRANGE=16450-16460
PolyBase /PBSCALEOUT

Opcional
Especifica se a instância Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server será usada como parte do grupo computacional de expansão do PolyBase. Valores com suporte: True, False
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
Sintaxe de exemplo

Reparar uma instância e os componentes compartilhados.

setup.exe /q /ACTION=Repair /INSTANCENAME=<instancename>

Parâmetros de recompilação do banco de dados do sistema

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para recompilar os bancos de dados do sistema master, model, msdb e tempdb. Para obter mais informações, consulte Recriar bancos de dados do sistema.

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho de reconstrução do banco de dados.

Valores com suporte: Rebuilddatabase
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLCOLLATION

Opcional
Especifica uma nova ordenação no nível do servidor.

O valor padrão baseia-se na localidade do sistema operacional Windows. Para obter mais informações, veja Configurações de ordenação na Instalação.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SAPWD

Necessário quando /SECURITYMODE=SQL tiver sido especificado durante a instalação da instância.
Especifica a senha da conta SA do SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSYSADMINACCOUNTS

Necessário
Use este parâmetro para provisionar logons para serem membros da função sysadmin.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBDIR

Opcional
Especifica os diretórios para arquivos de dados do tempdb. Ao especificar mais de um diretório, separe os diretórios com um espaço em branco. Se vários diretórios forem especificados, os arquivos de dados tempdb serão espalhados pelos diretórios de modo round robin.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

OBSERVAÇÃO: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório para o arquivo de log tempdb.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

Observação: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILECOUNT

Opcional
Especifica o número de arquivos tempdb a ser adicionado pela configuração. Esse valor pode ser aumentado para o número de núcleos. Valor padrão:

1 para SQL Server Express

8 ou o número de núcleos, o que for menor para todas as outras edições

Importante: o arquivo de banco de dados primário para tempdb ainda será tempdb.mdf. Os arquivos tempdb adicionais são chamados de tempdb_mssql_#.ndf, em que # representa um número exclusivo para cada arquivo de banco de dados tempdb adicional criado durante a configuração. A finalidade dessa convenção de nomenclatura é torná-los exclusivos. Desinstalar uma instância do SQL Server exclui os arquivos com convenção de nomenclatura tempdb_mssql_#.ndf. Não use a convenção de nomenclatura tempdb_mssql_*.ndf para arquivos de banco de banco de dados de usuário.

Aviso: não há suporte para SQL Server Express na configuração desse parâmetro. O programa de instalação instala apenas 1 arquivo de dados tempdb.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILESIZE

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de dados do tempdb.

Padrão = 4 MB para o SQL Server Express e 8 MB para todas as outras edições.

Mín = (4 MB ou 8 MB).

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para o SQL Server 2014 (12.x).
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILEGROWTH

Opcional
Especifica o incremento de aumento do arquivo de cada arquivo de dados tempdb em MB. Um valor 0 indica que o crescimento automático está desativado e nenhum espaço adicional é permitido. A configuração permite o tamanho de até 1024.

Valor padrão: 64

Intervalo permitido: Mín = 0, máx = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILESIZE

Opcional
Especifica o tamanho inicial do arquivo de log tempdb em MB. A configuração permite o tamanho de até 1024. Valor padrão:

4 para SQL Server Express

8 para todas as outras edições

Intervalo permitido: Mín. = valor padrão (4 ou 8) e Máx. = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILEGROWTH

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de log do tempdb.

Padrão = 4 MB para o SQL Server Express e 8 MB para todas as outras edições.

Mín = (4 MB ou 8 MB).

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para SQL Server 2014 (12.x)

Parâmetros de desinstalação

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para desinstalação.

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da desinstalação.

Valores com suporte: Desinstalação
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FEATURES

Necessário
Especifica os componentes a serem desinstalados.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HELP, H,?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
Sintaxe de exemplo

Para desinstalar uma instância existente do SQL Server.

setup.exe /Action=Uninstall /FEATURES=SQL,AS,RS,IS,Tools /INSTANCENAME=MSSQLSERVER

Para remover uma instância nomeada, especifique o nome da instância em vez de "MSSQLSERVER" no exemplo que foi mencionado anteriormente neste artigo.

Parâmetros de cluster de failover

Antes de instalar uma instância de cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server, verifique os artigos a seguir:

Teste e modifique os seguintes scripts de instalação de cluster de failover para que atendam às necessidades de sua organização.

Parâmetros de cluster de failover para instalação integrada

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para a instalação de cluster de failover.

Para obter mais informações sobre a instalação integrada, confira Instâncias de cluster de failover Always On (SQL Server).

Observação

Para adicionar outros nós após a instalação, use a ação Adicionar Nó .

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Detalhes
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da instalação do cluster de failover.

Valor com suporte: InstallFailoverCluster
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERGROUP

Opcional
Especifica o nome do grupo de recursos a ser usado para o cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server. Pode ser o nome de um grupo de clusters existente ou o nome de um novo grupo de recursos.

Valor padrão:

SQL Server (<InstanceName>)
PolyBase /PBENGSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço de mecanismo. O padrão é NT Authority\NETWORK SERVICE.
PolyBase /PBDMSSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha da conta de serviço de mecanismo. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
PolyBase /PBENGSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço de mecanismo PolyBase: Automático (padrão), Desabilitado e Manual.
PolyBase /PBPORTRANGE

Opcional
Especifica um intervalo de portas com pelo menos 6 portas para serviços do PolyBase. Exemplo:

/PBPORTRANGE=16450-16460
PolyBase /PBSCALEOUT

Opcional
Especifica se a instância Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server será usada como parte do grupo computacional de expansão do PolyBase. Valores com suporte: True, False
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateEnabled

Opcional
Especifique se a instalação do SQL Server deve descobrir e incluir atualizações de produto. Os valores válidos são True e False ou 1 e 0. Por padrão, a instalação do SQL Server incluirá as atualizações localizadas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateSource

Opcional
Especifique o local em que a instalação do SQL Server obterá as atualizações de produto. Os valores válidos são “MU” para pesquisar Microsoft Update, um caminho de pasta válido, um caminho relativo, por exemplo .\MyUpdates ou um compartilhamento UNC. Por padrão, a instalação do SQL Server pesquisará a Microsoft Atualização ou um serviço Windows Update por meio do Windows Server Update Services.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ERRORREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de erros do SQL Server.

Para obter mais informações, consulte a Política de Privacidade do Serviço de Relatório de Erros da Microsoft. Valores com suporte:

1=habilitado

0=desabilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FEATURES

Necessário
Especifica os componentes a serem instalados.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTALLSHAREDDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados de 64 bits.

O padrão é %Program Files%\Microsoft SQL Server

Não pode ser definido como %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTALLSHAREDWOWDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados de 32 bits. Com suporte apenas em sistemas de 64 bits.

O padrão é %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server

Não pode ser definido como %Program Files%\Microsoft SQL Server
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCEDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes específicos à instância.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCEID

Opcional
Especifica um valor não padrão para uma InstanceID.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /PID

Opcional
Especifica a chave do produto (Product Key) da edição do SQL Server. Se esse parâmetro não for especificado, a versão Evaluation será usada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas. O parâmetro /Q substitui a entrada do parâmetro /QS.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /QS ou /QUIETSIMPLE

Opcional
Especifica que a Instalação é executada e mostra o andamento por meio da interface do usuário, mas não aceita nenhuma entrada nem mostra nenhuma mensagem de erro.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQMREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de uso do recurso do SQL Server.

Valores com suporte:

1=habilitado

0=desabilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console deve ser ocultada ou fechada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERDISKS

Opcional
Especifica a lista de discos compartilhados a serem incluídos no grupo de recursos de cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.

Valor padrão: A primeira unidade é usada como a unidade padrão para todos os bancos de dados.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES

Necessário
Especifica um endereço IP codificado. As codificações são separadas por ponto e vírgula (;) e seguem o formato <Tipo de IP>;<endereço>;<nome da rede>;<máscara de sub-rede>. Os tipos IP com suporte incluem DHCP, IPv4 e IPv6.
Você pode especificar vários endereços IP de cluster de failover com um espaço entre eles. Veja os exemplos a seguir:

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=DEFAULT

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv4;DHCP;ClusterNetwork1

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv4;172.16.0.0;ClusterNetwork1;172.31.255.255

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv6;DHCP;ClusterNetwork1

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv6;2001:db8:23:1002:20f:1fff:feff:b3a3;ClusterNetwork1
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERNETWORKNAME

Necessário
Especifica o nome de rede do novo cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server. Esse nome é usado para identificar a nova instância de cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server na rede.
SQL Server Agent /AGTSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta para o serviço do SQL Server Agent.
SQL Server Agent /AGTSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha da conta de serviço do SQL Server Agent. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Serviços de análise /ASBACKUPDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de backup do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Backup

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Backup
Serviços de análise /ASCOLLATION

Opcional
Especifica a configuração de ordenação do Serviços de análise.

Valor padrão: Latin1_General_CI_AS
Serviços de análise /ASCONFIGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de configuração do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Config

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Config
Serviços de análise /ASDATADIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de dados do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Data

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Data
Serviços de análise /ASLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de log do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Log

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Log
Serviços de análise /ASSYSADMINACCOUNTS

Necessário
Especifica as credenciais de administrador do Serviços de análise.
Serviços de análise /ASTEMPDIR

Opcional
Especifica o diretório de arquivos temporários do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Temp

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Temp
Serviços de análise /ASPROVIDERMSOLAP

Opcional
Especifica se o provedor MSOLAP pode ser executado no processo.

Valor padrão: 1=habilitado
Serviços de análise /ASSERVERMODE

Opcional
Especifica o modo de servidor da instância do Analysis Services. Os valores válidos em um cenário de cluster são MULTIDIMENSIONAL ou TABULAR. ASSERVERMODE diferencia maiúsculas de minúsculas. Todos os valores devem ser expressos em maiúsculas. Para obter mais informações sobre os valores válidos, consulte Instalar o Analysis Services em modo Tabular.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTALLSQLDATADIR

Necessário
Especifica o diretório de dados dos arquivos de dados do SQL Server .

O diretório de dados precisa ser especificado em um disco de cluster compartilhado.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SAPWD

Necessário quando /SECURITYMODE=SQL
Especifica a senha da conta SA do SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SECURITYMODE

Opcional
Especifica o modo de segurança do SQL Server.

Se esse parâmetro não for fornecido, apenas o modo de autenticação do Windows terá suporte.

Valor com suporte: SQL
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLBACKUPDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de backup.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Backup
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLCOLLATION

Opcional
Especifica as configurações de ordenação do SQL Server.

O valor padrão baseia-se na localidade do sistema operacional Windows. Para obter mais informações, veja Configurações de ordenação na Instalação.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta de inicialização do serviço SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha de SQLSVCACCOUNT. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSYSADMINACCOUNTS

Necessário
Use este parâmetro para provisionar logons para serem membros da função sysadmin.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLUSERDBDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de dados de bancos de dados do usuário.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBDIR

Opcional
Especifica os diretórios para arquivos de dados do tempdb. Ao especificar mais de um diretório, separe os diretórios com um espaço em branco. Se vários diretórios forem especificados, os arquivos de dados tempdb serão espalhados pelos diretórios de modo round robin.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

OBSERVAÇÃO: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório para o arquivo de log tempdb.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

Observação: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILECOUNT

Opcional
Especifica o número de arquivos tempdb a ser adicionado pela configuração. Esse valor pode ser aumentado para o número de núcleos. Valor padrão:

1 para SQL Server Express

8 ou o número de núcleos, o que for menor para todas as outras edições

Importante: o arquivo de banco de dados primário para tempdb ainda será tempdb.mdf. Os arquivos tempdb adicionais são chamados de tempdb_mssql_#.ndf, em que # representa um número exclusivo para cada arquivo de banco de dados tempdb adicional criado durante a configuração. A finalidade dessa convenção de nomenclatura é torná-los exclusivos. Desinstalar uma instância do SQL Server exclui os arquivos com convenção de nomenclatura tempdb_mssql_#.ndf. Não use a convenção de nomenclatura tempdb_mssql_*.ndf para arquivos de banco de banco de dados de usuário.

Aviso: não há suporte para SQL Server Express na configuração desse parâmetro. O programa de instalação instala apenas 1 arquivo de dados tempdb.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILESIZE

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de dados do tempdb.

Padrão = 8 MB.

Mín. = 8 MB.

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para o SQL Server 2014 (12.x).
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILEGROWTH

Opcional
Especifica o incremento de aumento do arquivo de cada arquivo de dados tempdb em MB. Um valor 0 indica que o crescimento automático está desativado e nenhum espaço adicional é permitido. A configuração permite o tamanho de até 1024.

Valor padrão: 64

Intervalo permitido: Mín = 0, máx = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILESIZE

Opcional
Especifica o tamanho inicial do arquivo de log tempdb em MB. A configuração permite o tamanho de até 1024.
Valor padrão:

4 para SQL Server Express

8 para todas as outras edições

Intervalo permitido: Mín. = valor padrão (4 ou 8) e Máx. = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILEGROWTH

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de log do tempdb.

Padrão = 4 MB para o SQL Server Express e 8 MB para todas as outras edições.

Mín = (4 MB ou 8 MB).

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para SQL Server 2014 (12.x)
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLUSERDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de log de bancos de dados do usuário.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data
FILESTREAM /FILESTREAMLEVEL

Opcional
Especifica o nível de acesso para o recurso FILESTREAM. Valores com suporte:

0 =Desabilitar o suporte ao FILESTREAM desta instância. (Valor padrão)

1=Habilitar FILESTREAM para acesso Transact-SQL.

2=Habilitar FILESTREAM para acesso Transact-SQL e acesso de streaming de E/S de arquivos. (Inválido para cenários de cluster)

3=Permitir que clientes remotos tenham acesso de streaming a dados FILESTREAM.
FILESTREAM /FILESTREAMSHARENAME

Opcional

Necessário quando FILESTREAMLEVEL for maior do que 1.
Especifica o nome do compartilhamento do Windows no qual os dados FILESTREAM serão armazenados.
Texto completo do SQL Server /FTSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço iniciador de filtro de texto completo.

Esse parâmetro é ignorado no Windows Server 2008 ou posterior. ServiceSID é usado para ajudar a proteger a comunicação entre o SQL Server e o Daemon de Filtro de Texto Completo.

Se os valores não forem fornecidos, o Serviço Iniciador de Filtro de Texto Completo será desabilitado. É necessário usar o Gerenciador de Controle do SQL Server para alterar a conta do serviço e habilitar a funcionalidade de texto completo.

Valor padrão: Conta Serviço Local
Texto completo do SQL Server /FTSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha do serviço iniciador de filtro de texto completo.

Esse parâmetro é ignorado no Windows Server 2008 ou posterior. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta do Integration Services.

Valor padrão: NT AUTHORITY\NETWORK SERVICE
Integration Services /ISSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do Integration Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCStartupType

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço Integration Services .
Reporting Services /RSINSTALLMODE

Opcional
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de Instalação do Reporting Services.
Reporting Services /RSSVCACCOUNT

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a conta de inicialização do Reporting Services.
Reporting Services /RSSVCPASSWORD

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a senha da conta de inicialização do serviço Reporting Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Reporting Services /RSSVCStartupType

Opcional
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de inicialização do Reporting Services. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual

É recomendável usar a SID do Serviço em vez de grupos de domínio.

Observações adicionais

O Mecanismo de Banco de Dados e o Serviços de análise são os únicos componentes com suporte a cluster. Os outros recursos não oferecem suporte a cluster e não têm alta disponibilidade por meio de failover.

Sintaxe de exemplo

Para instalar uma instância de cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server de nó único com o Mecanismo de Banco de Dados e o Serviços de análise, a instância padrão.

setup.exe /q /ACTION=InstallFailoverCluster /InstanceName=MSSQLSERVER /INDICATEPROGRESS /ASSYSADMINACCOUNTS="<DomainName\UserName>" /ASDATADIR=<Drive>:\OLAP\Data /ASLOGDIR=<Drive>:\OLAP\Log /ASBACKUPDIR=<Drive>:\OLAP\Backup /ASCONFIGDIR=<Drive>:\OLAP\Config /ASTEMPDIR=<Drive>:\OLAP\Temp /FAILOVERCLUSTERDISKS="<Cluster Disk Resource Name - for example, 'Disk S:'" /FAILOVERCLUSTERNETWORKNAME="<Insert Network Name>" /FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES="IPv4;xx.xxx.xx.xx;Cluster Network;xxx.xxx.xxx.x" /FAILOVERCLUSTERGROUP="MSSQLSERVER" /Features=AS,SQL /ASSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /ASSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /AGTSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /AGTSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /INSTALLSQLDATADIR="<Drive>:\<Path>\MSSQLSERVER" /SQLCOLLATION="SQL_Latin1_General_CP1_CS_AS" /SQLSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /SQLSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /SQLSYSADMINACCOUNTS="<DomainName\UserName> /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Parâmetros de preparação de cluster de failover

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para a preparação do cluster de failover. Essa é a primeira etapa da instalação avançada de cluster, na qual você deve preparar as instâncias de cluster de failover em todos os nós do cluster de failover. Para obter mais informações, consulte Instâncias de cluster de failover Sempre ativo (SQL Server).

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da preparação do cluster de failover.

Valor com suporte: PrepareFailoverCluster
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateEnabled

Opcional
Especifique se a instalação do SQL Server deve descobrir e incluir atualizações de produto. Os valores válidos são True e False ou 1 e 0. Por padrão, a instalação do SQL Server incluirá as atualizações localizadas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateSource

Opcional
Especifique o local em que a instalação do SQL Server obterá as atualizações de produto. Os valores válidos são “MU” para pesquisar a Atualização Microsoft, um caminho de pasta válido, um caminho relativo, como .\MyUpdates ou um compartilhamento UNC. Por padrão, a instalação do SQL Server pesquisará o Microsoft Update ou um serviço Windows Update por meio do Windows Server Update Services.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ERRORREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de erros do SQL Server.

Para obter mais informações, consulte a Política de Privacidade do Serviço de Relatório de Erros da Microsoft. Valores com suporte:

0=desabilitado

1=habilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FEATURES

Necessário
Especifica os componentes a serem instalados.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTALLSHAREDDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados de 64 bits.

O padrão é %Program Files%\Microsoft SQL Server

Não pode ser definido como %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTALLSHAREDWOWDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados de 32 bits. Com suporte apenas em sistemas de 64 bits.

O padrão é %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server

Não pode ser definido como %Program Files%\Microsoft SQL Server
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCEDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes específicos à instância.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCEID

Opcional
Especifica um valor não padrão para uma InstanceID.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
PolyBase /PBENGSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço de mecanismo. O padrão é NT Authority\NETWORK SERVICE.
PolyBase /PBDMSSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha da conta de serviço de mecanismo. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
PolyBase /PBENGSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço de mecanismo PolyBase: Automático (padrão), Desabilitado e Manual.
PolyBase /PBPORTRANGE

Opcional
Especifica um intervalo de portas com pelo menos 6 portas para serviços do PolyBase. Exemplo:

/PBPORTRANGE=16450-16460
PolyBase /PBSCALEOUT

Opcional
Especifica se a instância Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server será usada como parte do grupo computacional de expansão do PolyBase. Valores com suporte: True, False
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /PID

Opcional
Especifica a chave do produto (Product Key) da edição do SQL Server. Se esse parâmetro não for especificado,

a versão Evaluation será usada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas. O parâmetro /Q substitui a entrada do parâmetro /QS.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /QS ou /QUIETSIMPLE

Opcional
Especifica que a Instalação é executada e mostra o andamento por meio da interface do usuário, mas não aceita nenhuma entrada nem mostra nenhuma mensagem de erro.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQMREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de uso do recurso do SQL Server.

Valores com suporte:

0=desabilitado

1=habilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
SQL Server Agent /AGTSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta para o serviço do SQL Server Agent.
SQL Server Agent /AGTSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha da conta de serviço do SQL Server Agent. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Serviços de análise /ASSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta de serviço do Serviços de análise .
Serviços de análise /ASSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do serviço Serviços de análise . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta de inicialização do serviço SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha de SQLSVCACCOUNT. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
FILESTREAM /FILESTREAMLEVEL

Opcional
Especifica o nível de acesso para o recurso FILESTREAM. Valores com suporte:

0 =Desabilitar o suporte ao FILESTREAM desta instância. (Valor padrão)

1=Habilitar FILESTREAM para acesso Transact-SQL.

2=Habilitar FILESTREAM para acesso Transact-SQL e acesso de streaming de E/S de arquivos. (Inválido para cenários de cluster)

3=Permitir que clientes remotos tenham acesso de streaming a dados FILESTREAM.
FILESTREAM /FILESTREAMSHARENAME

Opcional

Obrigatório quando FILESTREAMLEVEL é maior que 1.
Especifica o nome do compartilhamento do Windows no qual os dados FILESTREAM serão armazenados.
Texto completo do SQL Server /FTSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço iniciador de filtro de texto completo.

Esse parâmetro é ignorado no Windows Server 2008 ou posterior. ServiceSID é usado para ajudar a proteger a comunicação entre o SQL Server e o Daemon de Filtro de Texto Completo.

Se os valores não forem fornecidos, o Serviço Iniciador de Filtro de Texto Completo será desabilitado. É necessário usar o Gerenciador de Controle do SQL Server para alterar a conta do serviço e habilitar a funcionalidade de texto completo.

Valor padrão: Conta Serviço Local
Texto completo do SQL Server /FTSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha do serviço iniciador de filtro de texto completo.

Esse parâmetro é ignorado no Windows Server 2008 ou posterior. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta do Integration Services.

Valor padrão: NT AUTHORITY\NETWORK SERVICE
Integration Services /ISSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do Integration Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCStartupType

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço Integration Services .
Reporting Services /RSINSTALLMODE

Disponível apenas no modo Somente arquivos.
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de Instalação do Reporting Services.
Reporting Services /RSSVCACCOUNT

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a conta de inicialização do Reporting Services.
Reporting Services /RSSVCPASSWORD

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a senha da conta de inicialização do serviço Reporting Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Reporting Services /RSSVCStartupType

Opcional
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de inicialização do Reporting Services. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual

É recomendável usar a SID do Serviço em vez de grupos de domínio.

Sintaxe de exemplo

Para executar a etapa de "Preparação" de um cenário de instalação avançada de cluster de failover para o Mecanismo de Banco de Dados e o Serviços de análise.

No prompt de comando, execute o seguinte comando para preparar uma instância padrão:

setup.exe /q /ACTION=PrepareFailoverCluster /InstanceName=MSSQLSERVER /Features=AS,SQL /INDICATEPROGRESS /ASSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /ASSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /SQLSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /SQLSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /AGTSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /AGTSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

No prompt de comando, execute o seguinte comando para preparar uma instância nomeada:

setup.exe /q /ACTION=PrepareFailoverCluster /InstanceName="<Insert Instance name>" /Features=AS,SQL /INDICATEPROGRESS /ASSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /ASSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /SQLSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /SQLSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /AGTSVCACCOUNT="<DomainName\UserName>" /AGTSVCPASSWORD="xxxxxxxxxxx" /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Parâmetros de conclusão de cluster de failover

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para a conclusão do cluster de failover. Esta é a segunda etapa na opção de instalação avançada de cluster de failover. Depois de executar a preparação em todos os nós de cluster de failover, execute esse comando no nó que possui os discos compartilhados. Para obter mais informações, consulte Instâncias de cluster de failover Sempre ativo (SQL Server).

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da conclusão do cluster de failover.

Valor com suporte: CompleteFailoverCluster
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERGROUP

Opcional
Especifica o nome do grupo de recursos a ser usado para o cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server. Pode ser o nome de um grupo de clusters existente ou o nome de um novo grupo de recursos.

Valor padrão:

SQL Server (<InstanceName>)
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ERRORREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de erros do SQL Server.

Para obter mais informações, consulte a Política de Privacidade do Serviço de Relatório de Erros da Microsoft. Valores com suporte:

1=habilitado

0=desabilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Configuração da Instância
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /PID

Opcional
Especifica a chave do produto (Product Key) da edição do SQL Server. Se esse parâmetro não for especificado, a versão Evaluation será usada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas. O parâmetro /Q substitui a entrada do parâmetro /QS.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /QS ou /QUIETSIMPLE

Opcional
Especifica que a Instalação é executada e mostra o andamento por meio da interface do usuário, mas não aceita nenhuma entrada nem mostra nenhuma mensagem de erro.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQMREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de uso do recurso do SQL Server.

Valores com suporte:

1=habilitado

0=desabilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERDISKS

Opcional
Especifica a lista de discos compartilhados a serem incluídos no grupo de recursos de cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.

Valor padrão:

A primeira unidade é usada como a unidade padrão para todos os bancos de dados.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES

Necessário
Especifica um endereço IP codificado. As codificações são separadas por ponto e vírgula (;) e seguem o formato <Tipo de IP>;<endereço>;<nome da rede>;<máscara de sub-rede>. Os tipos IP com suporte incluem DHCP, IPv4 e IPv6.
Você pode especificar vários endereços IP de cluster de failover com um espaço entre eles. Veja os exemplos a seguir:

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=DEFAULT

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv4;DHCP;ClusterNetwork1

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv4;172.16.0.0;ClusterNetwork1;172.31.255.255

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv6;DHCP;ClusterNetwork1

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv6;2001:db8:23:1002:20f:1fff:feff:b3a3;ClusterNetwork1
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERNETWORKNAME

Necessário
Especifica o nome de rede do novo cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server. Esse nome é usado para identificar a nova instância de cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server na rede.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIRMIPDEPENDENCYCHANGE Indica o consentimento para definir a dependência de recurso de endereço IP como OR para clusters de failover de várias sub-redes. Para obter mais informações, confira Criar um cluster de failover do SQL Server (Instalação). Valores com suporte:

0 = False (padrão)

1 = True
Serviços de análise /ASBACKUPDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de backup do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Backup

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Backup
Serviços de análise /ASCOLLATION

Opcional
Especifica a configuração de ordenação do Serviços de análise.

Valor padrão: Latin1_General_CI_AS
Serviços de análise /ASCONFIGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de configuração do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Config

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Config
Serviços de análise /ASDATADIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de dados do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Data

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Data
Serviços de análise /ASLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de log do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Log

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Log
Serviços de análise /ASSERVERMODE

Opcional
Especifica o modo de servidor da instância do Analysis Services. Os valores válidos em um cenário de cluster são MULTIDIMENSIONAL ou TABULAR. ASSERVERMODE diferencia maiúsculas de minúsculas. Todos os valores devem ser expressos em maiúsculas. Para obter mais informações sobre os valores válidos, consulte Instalar o Analysis Services em modo Tabular.
Serviços de análise /ASSYSADMINACCOUNTS

Necessário
Especifica as credenciais de administrador do Serviços de análise.
Serviços de análise /ASTEMPDIR

Opcional
Especifica o diretório de arquivos temporários do Serviços de análise . Valores padrão:

Para o modo WOW em 64 bits: %Program Files(x86)%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Temp

Para todas as outras instalações: %Program Files%\Microsoft SQL Server\<INSTANCEDIR>\<ASInstanceID>\OLAP\Temp
Serviços de análise /ASPROVIDERMSOLAP

Opcional
Especifica se o provedor MSOLAP pode ser executado no processo.

Valor padrão: 1=habilitado
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTALLSQLDATADIR

Necessário
Especifica o diretório de dados dos arquivos de dados do SQL Server .

O diretório de dados deve ser especificado em um disco de cluster compartilhado.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SAPWD

Necessário quando /SECURITYMODE=SQL
Especifica a senha da conta SA do SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SECURITYMODE

Opcional
Especifica o modo de segurança do SQL Server.

Se esse parâmetro não for fornecido, apenas o modo de autenticação do Windows terá suporte.

Valor com suporte: SQL
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLBACKUPDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de backup.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Backup
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLCOLLATION

Opcional
Especifica as configurações de ordenação do SQL Server.

O valor padrão baseia-se na localidade do sistema operacional Windows. Para obter mais informações, veja Configurações de ordenação na Instalação.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSYSADMINACCOUNTS

Necessário
Use este parâmetro para provisionar logons para serem membros da função sysadmin.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLUSERDBDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de dados de bancos de dados do usuário.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLUSERDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório dos arquivos de log de bancos de dados do usuário.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data
Reporting Services /RSINSTALLMODE

Disponível no modo Somente arquivos.
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de Instalação do Reporting Services.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBDIR

Opcional
Especifica os diretórios para arquivos de dados do tempdb. Ao especificar mais de um diretório, separe os diretórios com um espaço em branco. Se vários diretórios forem especificados, os arquivos de dados tempdb serão espalhados pelos diretórios de modo round robin.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

OBSERVAÇÃO: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGDIR

Opcional
Especifica o diretório para o arquivo de log tempdb.

Valor padrão: <InstallSQLDataDir>\<SQLInstanceID>\MSSQL\Data (Diretório de Dados do Sistema)

Observação: esse parâmetro também é adicionado ao cenário RebuildDatabase.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILECOUNT

Opcional
Especifica o número de arquivos tempdb a ser adicionado pela configuração. Esse valor pode ser aumentado para o número de núcleos. Valor padrão:

1 para SQL Server Express

8 ou o número de núcleos, o que for menor para todas as outras edições.

Importante: o arquivo de banco de dados primário para tempdb ainda será tempdb.mdf. Os arquivos tempdb adicionais são chamados de tempdb_mssql_#.ndf, em que # representa um número exclusivo para cada arquivo de banco de dados tempdb adicional criado durante a configuração. A finalidade dessa convenção de nomenclatura é torná-los exclusivos. Desinstalar uma instância do SQL Server exclui os arquivos com convenção de nomenclatura tempdb_mssql_#.ndf. Não use a convenção de nomenclatura tempdb_mssql_*.ndf para arquivos de banco de banco de dados de usuário.

Aviso: não há suporte para SQL Server Express na configuração desse parâmetro. O programa de instalação instala apenas 1 arquivo de dados tempdb.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILESIZE

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de dados do tempdb.

Padrão = 8 MB.

Mín. = 8 MB.

Máx. = 1.024 MB (262.144 MB para o SQL Server 2014 (12.x)).
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBFILEGROWTH

Opcional
Especifica o incremento de aumento do arquivo de cada arquivo de dados tempdb em MB. Um valor 0 indica que o crescimento automático está desativado e nenhum espaço adicional é permitido. A configuração permite o tamanho de até 1024.

Valor padrão: 64

Intervalo permitido: Mín = 0, máx = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILESIZE

Opcional
Especifica o tamanho inicial do arquivo de log tempdb em MB. A configuração permite o tamanho de até 1024.
Valor padrão:

4 para SQL Server Express

8 para todas as outras edições

Intervalo permitido: Mín. = valor padrão (4 ou 8) e Máx. = 1.024
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLTEMPDBLOGFILEGROWTH

Opcional
Introduzido no SQL Server 2016 (13.x). Especifica o tamanho inicial de cada arquivo de log do tempdb.

Padrão = 4 MB para o SQL Server Express e 8 MB para todas as outras edições.

Mín = (4 MB ou 8 MB).

Máx. = 1024 MB (262.144 MB para SQL Server 2014 (12.x)
Sintaxe de exemplo

Para executar a etapa de "Conclusão" de um cenário de instalação avançada de cluster de failover para o Mecanismo de Banco de Dados e o Serviços de análise. Execute o comando a seguir no computador que será o nó ativo no cluster de failover para torná-lo utilizável. Você deve executar a ação "CompleteFailoverCluster" no nó que possui o disco compartilhado no cluster de failover do Serviços de análise .

No prompt de comando, execute o comando a seguir para concluir a instalação do cluster de failover para uma instância padrão:

setup.exe /q /ACTION=CompleteFailoverCluster /InstanceName=MSSQLSERVER /INDICATEPROGRESS /ASSYSADMINACCOUNTS="<DomainName\Username>" /ASDATADIR=<Drive>:\OLAP\Data /ASLOGDIR=<Drive>:\OLAP\Log /ASBACKUPDIR=<Drive>:\OLAP\Backup /ASCONFIGDIR=<Drive>:\OLAP\Config /ASTEMPDIR=<Drive>:\OLAP\Temp /FAILOVERCLUSTERDISKS="<Cluster Disk Resource Name - for example, 'Disk S:'>:" /FAILOVERCLUSTERNETWORKNAME="<Insert FOI Network Name>" /FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES="IPv4;xx.xxx.xx.xx;Cluster Network;xxx.xxx.xxx.x" /FAILOVERCLUSTERGROUP="MSSQLSERVER" /INSTALLSQLDATADIR="<Drive>:\<Path>\MSSQLSERVER" /SQLCOLLATION="SQL_Latin1_General_CP1_CS_AS" /SQLSYSADMINACCOUNTS="<DomainName\UserName>"

No prompt de comando, execute o comando a seguir para concluir a instalação do cluster de failover para uma instância nomeada:

setup.exe /q /ACTION=CompleteFailoverCluster /InstanceName="<Insert Instance Name>" /INDICATEPROGRESS /ASSYSADMINACCOUNTS="<DomainName\UserName>" /ASDATADIR=<Drive>:\KATMAI\Data /ASLOGDIR=<drive>:\KATMAI\Log /ASBACKUPDIR=<Drive>:\KATMAI\Backup /ASCONFIGDIR=<Drive>:\KATMAI\Config /ASTEMPDIR=<Drive>:\KATMAI\Temp /FAILOVERCLUSTERDISKS="<Cluster Disk Resource Name - for example, 'Disk S:'>" /FAILOVERCLUSTERNETWORKNAME="CompNamedFOI" /FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES="IPv4;xx.xxx.xx.xx;ClusterNetwork1;xxx.xxx.xxx.x" /FAILOVERCLUSTERGROUP="<Insert New Group Name>" /INSTALLSQLDATADIR="<Drive>:\<Path>\MSSQLSERVER_KATMAI" /SQLCOLLATION="SQL_Latin1_General_CP1_CS_AS" /SQLSYSADMINACCOUNTS="<DomainName\Username>"

Parâmetros de atualização de cluster de failover

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para a atualização de cluster de failover. Para obter mais informações, confira Atualizar uma instância de cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server e Instâncias de cluster de failover Always On (SQL Server).

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho da instalação.

Valor com suporte: Atualizar
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateEnabled

Opcional
Especifique se a instalação do SQL Server deve descobrir e incluir atualizações de produto. Os valores válidos são True e False ou 1 e 0. Por padrão, a instalação do SQL Server incluirá as atualizações localizadas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateSource

Opcional
Especifique o local em que a instalação do SQL Server obterá as atualizações de produto. Os valores válidos são “MU” para pesquisar a Atualização Microsoft, um caminho de pasta válido, um caminho relativo, como .\MyUpdates ou um compartilhamento UNC. Por padrão, a instalação do SQL Server pesquisará o Microsoft Update ou um serviço Windows Update por meio do Windows Server Update Services.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ERRORREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x).

Para gerenciar como os comentários de erro são enviados à Microsoft, veja Como configurar SQL Server 2016 (13.x) para enviar comentários à Microsoft.

Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de erros do SQL Server.

Para obter mais informações, consulte a Política de Privacidade do Serviço de Relatório de Erros da Microsoft. Valores com suporte:

0=desabilitado

1=habilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server / INSTANCEDIR

Opcional
Especifica um diretório de instalação não padrão para componentes compartilhados.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCEID

Necessário ao atualizar do SQL Server 2008 ou superior.

Opcional ao atualizar do SQL Server 2005 (9.x)
Especifica um valor não padrão para uma InstanceID.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /PID

Opcional
Especifica a chave do produto (Product Key) da edição do SQL Server. Se esse parâmetro não for especificado, a versão Evaluation será usada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQMREPORTING

Opcional
Não tem nenhum efeito no SQL Server 2016 (13.x). Em versões mais antigas, isso especifica o relatório de uso do recurso do SQL Server.

Valores com suporte:

0=desabilitado

1=habilitado
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERROLLOWNERSHIP Especifica o comportamento de failover durante a atualização.
SQL Server Browser Service /BROWSERSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço do SQL Server Browser. Valores com suporte:

Automático

Desabilitado

Manual
Texto Completo do SQL Server /FTUPGRADEOPTION

Opcional
Especifica a opção de atualização do catálogo de Texto Completo. Valores com suporte:

RECOMPILAR

REDEFINIR

IMPORTAR
Integration Services /ISSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta do Integration Services.

Valor padrão: NT AUTHORITY\NETWORK SERVICE
Integration Services /ISSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do Integration Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCStartupType

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço Integration Services .
Reporting Services /RSUPGRADEDATABASEACCOUNT

Opcional
A propriedade só é usada ao atualizar um servidor de relatório no modo SharePoint que seja da versão 2008 R2 ou anterior. As demais operações de atualização são executadas para servidores de relatório que usam a arquitetura mais antiga do modo do SharePoint, que foi modificada no SQL Server 2012 (11.x) Reporting Services. Se essa opção não estiver incluída com a instalação de linha de comando, a conta de serviço padrão para a instância do servidor de relatório antigo será usada. Se esta propriedade for usada, forneça a senha para a conta usando a propriedade /RSUPGRADEPASSWORD .
Reporting Services /RSUPGRADEPASSWORD

Opcional
Senha da conta de serviço do Servidor de Relatórios existente.

Parâmetros de adição de nó

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para AddNode.

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho de AddNode.

Valor com suporte: AddNode
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS

Necessário somente quando o parâmetro /Q ou /QS é especificado para instalações autônomas.
Necessário para confirmar a aceitação dos termos de licença.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ENU

Opcional
Use esse parâmetro para instalar a versão em inglês do SQL Server em um sistema operacional localizado quando a mídia de instalação incluir pacotes do idioma inglês e do idioma correspondente ao sistema operacional.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateEnabled

Opcional
Especifique se a instalação do SQL Server deve descobrir e incluir atualizações de produto. Os valores válidos são True e False ou 1 e 0. Por padrão, a instalação do SQL Server incluirá as atualizações localizadas.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /UpdateSource

Opcional
Especifique o local em que a instalação do SQL Server obterá as atualizações de produto. Os valores válidos são “MU” para pesquisar a Atualização Microsoft, um caminho de pasta válido, um caminho relativo, como .\MyUpdates ou um compartilhamento UNC. Por padrão, a instalação do SQL Server pesquisará o Microsoft Update ou um serviço Windows Update por meio do Windows Server Update Services.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
PolyBase /PBENGSVCACCOUNT

Opcional
Especifica a conta do serviço de mecanismo. O padrão é NT Authority\NETWORK SERVICE.
PolyBase /PBDMSSVCPASSWORD

Opcional
Especifica a senha da conta de serviço de mecanismo. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
PolyBase /PBENGSVCSTARTUPTYPE

Opcional
Especifica o modo de inicialização do serviço de mecanismo PolyBase: Automático (padrão), Desabilitado e Manual.
PolyBase /PBPORTRANGE

Opcional
Especifica um intervalo de portas com pelo menos 6 portas para serviços do PolyBase. Exemplo:

/PBPORTRANGE=16450-16460
PolyBase /PBSCALEOUT

Opcional
Especifica se a instância Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server será usada como parte do grupo computacional de expansão do PolyBase. Valores com suporte: True, False
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /PID

Opcional
Especifica a chave do produto (Product Key) da edição do SQL Server. Se esse parâmetro não for especificado, a versão Evaluation será usada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas. O parâmetro /Q substitui a entrada do parâmetro /QS.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /QS ou /QUIETSIMPLE

Opcional
Especifica que a Instalação é executada e mostra o andamento por meio da interface do usuário, mas não aceita nenhuma entrada nem mostra nenhuma mensagem de erro.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES

Necessário
Especifica um endereço IP codificado. As codificações são separadas por ponto e vírgula (;) e seguem o formato <Tipo de IP>;<endereço>;<nome da rede>;<máscara de sub-rede>. Os tipos IP com suporte incluem DHCP, IPv4 e IPv6.
Você pode especificar vários endereços IP de cluster de failover com um espaço entre eles. Veja os exemplos a seguir:

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=DEFAULT

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv4;DHCP;ClusterNetwork1

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv4;172.16.0.0;ClusterNetwork1;172.31.255.255

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv6;DHCP;ClusterNetwork1

FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES=IPv6;2001:db8:23:1002:20f:1fff:feff:b3a3;ClusterNetwork1



Para obter mais informações, confira Adicionar ou remover nós em um cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server (Instalação).
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIRMIPDEPENDENCYCHANGE

Necessário
Indica o consentimento para definir a dependência de recurso de endereço IP como OR para clusters de failover de várias sub-redes. Para obter mais informações, confira Adicionar ou remover nós em um cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server (Instalação). Valores com suporte:

0 = False (padrão)

1 = True
SQL Server Agent /AGTSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta para o serviço do SQL Server Agent.
SQL Server Agent /AGTSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha da conta de serviço do SQL Server Agent. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Serviços de análise /ASSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta de serviço do Serviços de análise .
Serviços de análise /ASSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do serviço Serviços de análise . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCACCOUNT

Necessário
Especifica a conta de inicialização do serviço SQL Server.
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha de SQLSVCACCOUNT. Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Integration Services /ISSVCPASSWORD

Necessário
Especifica a senha do Integration Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Reporting Services /RSINSTALLMODE

Disponível no modo Somente arquivos
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica o modo de Instalação do Reporting Services.
Reporting Services /RSSVCPASSWORD

Necessário
Não é mais aplicável do SQL Server 2017 em diante. Especifica a senha da conta de inicialização do serviço Reporting Services . Esse parâmetro pode ser omitido ao usar uma conta de serviço gerenciado, uma conta virtual ou uma conta interna.
Observações adicionais

O Mecanismo de Banco de Dados e o Serviços de análise são os únicos componentes com suporte a cluster. Os outros recursos não oferecem suporte a cluster e não têm alta disponibilidade por meio de failover.

Sintaxe de exemplo

Para adicionar um nó a uma instância de cluster de failover existente com o Mecanismo de Banco de Dados e o Serviços de análise.

setup.exe /q /ACTION=AddNode /INSTANCENAME="<Insert Instance Name>" /SQLSVCACCOUNT="<SQL account that is used on other nodes>" /SQLSVCPASSWORD="<password for SQL account>" /AGTSVCACCOUNT="<SQL Server Agent account that is used on other nodes>", /AGTSVCPASSWORD="<SQL Server Agent account password>" /ASSVCACCOUNT="<AS account that is used on other nodes>" /ASSVCPASSWORD="<password for AS account>" /INDICATEPROGRESS /IACCEPTSQLSERVERLICENSETERMS /FAILOVERCLUSTERIPADDRESSES="IPv4;xx.xxx.xx.xx;ClusterNetwork1;xxx.xxx.xxx.x" /CONFIRMIPDEPENDENCYCHANGE=0

Parâmetros de remoção de nó

Use os parâmetros listados na tabela a seguir para desenvolver scripts de linha de comando para RemoveNode. Para desinstalar um cluster de failover, execute RemoveNode em cada nó de cluster de failover. Para obter mais informações, consulte Instâncias de cluster de failover Sempre ativo (SQL Server).

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro Descrição
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /ACTION

Necessário
Necessário para indicar o fluxo de trabalho de RemoveNode.

Valor com suporte: RemoveNode
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIGURATIONFILE

Opcional
Especifica o ConfigurationFile a ser usado.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HELP, ?

Opcional
Exibe as opções de uso dos parâmetros.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INDICATEPROGRESS

Opcional
Especifica que o arquivo de log de Instalação detalhado será conectado ao console.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /INSTANCENAME

Necessário
Especifica um nome de instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server .

Para obter mais informações, consulte Instance Configuration.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /Q ou /QUIET

Opcional
Especifica que a Instalação é executada em modo silencioso sem nenhuma interface do usuário. Isso é usado para instalações autônomas. O parâmetro /Q substitui a entrada do parâmetro /QS.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /QS ou /QUIETSIMPLE

Opcional
Especifica que a Instalação é executada e mostra o andamento por meio da interface do usuário, mas não aceita nenhuma entrada nem mostra nenhuma mensagem de erro.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /HIDECONSOLE

Opcional
Especifica se a janela do console é ocultada ou fechada.
Controle de Instalação do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /CONFIRMIPDEPENDENCYCHANGE

Necessário
Indica o consentimento para alterar a definição da dependência de recurso de endereço IP de OR para AND para clusters de failover de várias sub-redes. Para obter mais informações, confira Adicionar ou remover nós em um cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server (Instalação). Valores com suporte:

0 = False (padrão)

1 = True
Sintaxe de exemplo

Para remover um nó de uma instância de cluster de failover existente com o Mecanismo de Banco de Dados e o Serviços de análise.

setup.exe /q /ACTION=RemoveNode /INSTANCENAME="<Insert Instance Name>" [/INDICATEPROGRESS] /CONFIRMIPDEPENDENCYCHANGE=0

Parâmetros de conta de serviço

É possível configurar os serviços do SQL Server com uma conta interna, uma conta local ou uma conta de domínio.

Observação

Ao usar uma conta de serviço gerenciada, conta virtual ou uma conta interna, você não deve especificar os parâmetros de senha correspondentes. Para obter mais informações sobre estas contas de serviço, consulte a seção Novos tipos de conta disponíveis com o Windows 7 e Windows Server 2008 R2 em Configurar contas de serviço e permissões do Windows.

Para obter mais informações sobre configuração de contas de serviço, consulte Configurar contas de serviço e permissões do Windows.

componente Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server Parâmetro de conta Parâmetro de senha Tipo de inicialização
SQL Server Agent /AGTSVCACCOUNT /AGTSVCPASSWORD /AGTSVCSTARTUPTYPE
Serviços de análise /ASSVCACCOUNT /ASSVCPASSWORD /ASSVCSTARTUPTYPE
Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server /SQLSVCACCOUNT /SQLSVCPASSWORD /SQLSVCSTARTUPTYPE
Integration Services /ISSVCACCOUNT /ISSVCPASSWORD /ISSVCStartupType
Reporting Services /RSSVCACCOUNT /RSSVCPASSWORD /RSSVCStartupType

Observação

Os recursos do Reporting Services foram removidos do SQL Server 2017. Os parâmetros de conta para o SQL Server Reporting Services são aplicáveis somente às versões anteriores à SQL Server 2017.

Parâmetros de recursos

Para instalar recursos específicos, use o parâmetro /FEATURES e especifique o recurso pai ou os valores de recursos listados na tabela a seguir. Para obter uma lista de recursos compatíveis com as edições do SQL Server, confira Edições e recursos compatíveis com o SQL Server 2016 (13.x), Edições e recursos compatíveis com o SQL Server 2017 (14.x) ou Edições e recursos compatíveis com o SQL Server 2019 (15.x).

Parâmetro de recurso pai Parâmetro de recurso Descrição
SQL Instala o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server, a Replicação, o Texto Completo e o Data Quality Server.
SQLEngine Instala apenas o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.
Replicação Instala o componente Replicação juntamente com o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.
FullText Instala o componente FullText com o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.
DQ Copia os arquivos necessários para concluir a instalação do Data Quality Server . Depois de concluir a instalação do SQL Server, execute o arquivo DQSInstaller.exe para concluir a instalação do Data Quality Server . Para obter mais informações, consulte Executar o DQSInstaller.exe para concluir a instalação do Data Quality Server. O Mecanismo de Banco de Dados do SQL Servertambém é instalado.
PolyBase Instala componentes do PolyBase.
PolyBaseCore Começando pelo SQL Server 2019, emparelhe com o PolyBase para instalar a tecnologia PolyBase que permite uma consulta verdadeiramente integrada entre Oracle, Teradata, SQL Server e outros dados relacionais e não relacionais usando instruções T-SQL padrão.
PolyBaseJava Começando pelo SQL Server 2019, emparelhe com PolyBase para instalar o conector Java do PolyBase que permite consulta verdadeiramente integrada em dados do HDFS usando instruções T-SQL padrão.
AdvancedAnalytics Instala os Serviços de Machine Learning do SQL Server ou o SQL Server 2016 R Services (no Banco de Dados).
SQL_INST_MR Aplica-se aos Serviços de Machine Learning do SQL Server (2017 ou posterior) e SQL Server 2016 R Services (no banco de dados). Emparelhe com AdvancedAnalytics para instalar pacotes R Open e R proprietários.
SQL_INST_MPY Aplica-se aos Serviços de Machine Learning do SQL Server (2017 ou posterior). Emparelhe com AdvancedAnalytics para instalar pacotes Python e Anaconda proprietários.
SQL_INST_JAVA Aplica-se à Extensão de Linguagem Java do SQL Server (2019 e posterior). Emparelhe com AdvancedAnalytics para instalar extensões que habilitam a integração com Java usando instruções T-SQL padrão.
AS Instala todos os componentes do Serviços de análise .
RS Instala todos os componentes do Reporting Services . Removido do SQL Server 2017 e posteriores.
RS_SHP Instala os componentes do Reporting Services para o SharePoint. Removido do SQL Server 2017 e posteriores.
RS_SHPWFE Instala o suplemento do Reporting Services para produtos do SharePoint. Removido do SQL Server 2017 e posteriores.
DQC Instala Cliente Data Quality.
IS Instala todos os componentes do Integration Services .
IS_Master Inclui um Mestre de Scale Out para Scale Out do Integration Services.
IS_Worker Inclui um trabalho de Scale Out para Scale Out do Integration Services.
MDS Instala Master Data Services.
SQL_SHARED_MPY Instala os pacotes Python para o Machine Learning Server do SQL Server 2017 (Autônomo)
SQL_SHARED_MR Instala os pacotes R para o SQL Server 2016 R Server (Autônomo) ou o Machine Learning Server do SQL Server (Autônomo)
Ferramentas* Instala ferramentas de cliente e componentes dos Manuais Online do SQL Server.
BC Instala componentes de compatibilidade com versões anteriores.
Conn Instala os componentes de conectividade.
DREPLAY_CTLR Instala o Distributed Replay Controller
DREPLAY_CLT Instala o Distributed Replay Client
SNAC_SDK Instala o SDK para o Microsoft SQL Server Native Client
. Instala o Software Development Kit.
LocalDB** Instala o LocalDB, um modo de execução do SQL Server Express destinado a desenvolvedores de programas.

*O SSMS (SQL Server Management Studio) agora está em um instalador autônomo separado do instalador do SQL Server. Para obter detalhes, consulte Instalar o SQL Server Management Studio.

Exemplos de parâmetros de funcionalidades

Parâmetro e valores Descrição
/FEATURES=SQLEngine Instala o Mecanismo de Banco de Dados sem os componentes de replicação e texto completo.
/FEATURES=SQLEngine,FullText Instala o Mecanismo de Banco de Dados e o texto completo.
/FEATURES=SQL,Tools Instala o Mecanismo de Banco de Dados completo e todas as ferramentas.
/FEATURES=BOL Instala componentes de Manuais Online do SQL Server para exibir e gerenciar o conteúdo da ajuda.
/FEATURES=SQLEngine,PolyBase Instala o mecanismo PolyBase.

Parâmetros de função

A função de instalação ou o parâmetro /Role é usado para instalar uma seleção pré-configurada de recursos. As funções do SSAS instalam uma instância do SSAS em um farm existente do SharePoint ou em um novo farm não configurado. São fornecidas duas funções de instalação para dar suporte a cada cenário. Você pode escolher somente uma função de instalação para instalar de cada vez. Se você escolher uma função de instalação, serão instalados os recursos e os componentes que pertencem à função. Você não pode variar os recursos e os componentes que são designados para aquela função. Para saber mais sobre como usar o parâmetro da função de recurso, consulte Instalar o Power Pivot no Prompt de Comando.

A função AllFeatures_WithDefaults é o comportamento padrão de edições do SQL Server Express e reduz o número de caixas de diálogo apresentadas ao usuário. Ela pode ser especificada na linha de comando ao instalar uma edição do SQL Server que não seja o SQL Server Express.

Função Descrição Instala...
SPI_AS_ExistingFarm Instala o Serviços de análise como uma instância nomeada do Power Pivot em um farm existente do SharePoint Server 2010 ou em um servidor autônomo. Mecanismo de cálculo doServiços de análise pré-configurado para o armazenamento e o processamento de dados na memória.

Pacotes de solução doPower Pivot

Programa instalador do Power Pivot para Excel

Manuais Online do SQL Server
SPI_AS_NewFarm Instala o Serviços de análise e o Mecanismo de Banco de Dados como uma instância nomeada do Power Pivot em um novo farm não configurado do Office SharePoint Server 2010 ou em um servidor autônomo. A Instalação do SQL Server configurará o farm durante a instalação da função de recurso. Mecanismo de cálculo doServiços de análise pré-configurado para o armazenamento e o processamento de dados na memória.

Pacotes de solução doPower Pivot

Manuais Online do SQL Server

Mecanismo de Banco de Dados

Ferramentas de configuração

SQL Server Management Studio
AllFeatures_WithDefaults Instala todos os recursos que estão disponíveis com a edição atual.

Adiciona o usuário atual à função de servidor fixa sysadmin do SQL Server.

No Windows Server 2008 ou posterior e quando o sistema operacional não é controlador de domínios, o Mecanismo de Banco de Dados, and Reporting Services são padronizados para usar a conta NTAUTHORITY\NETWORK SERVICE e o Integration Services é padronizado para usar a conta NTAUTHORITY\NETWORK SERVICE.

Essa função é habilitada por padrão em edições do SQL Server Express. Para todas as outras edições, essa função não é habilitada, mas pode ser especificada por meio da interface do usuário ou de parâmetros de linha de comando.
Em edições do SQL Server Express, instala somente os recursos disponíveis na edição. Nas outras edições, instala todos os recursos do SQL Server .

O parâmetro AllFeatures_WithDefaults pode ser combinado com outros parâmetros que substituem as configurações de parâmetro AllFeatures_WithDefaults. Por exemplo, o uso do parâmetro AllFeatures_WithDefaults e do parâmetro /Features=RS substitui o comando para instalar todos os recursos e instala apenas o Reporting Services, mas obriga o parâmetro AllFeatures_WithDefaults a usar a conta de serviço padrão do Reporting Services.

Ao usar o parâmetro AllFeatures_WithDefaults junto com /ADDCURRENTUSERASSQLADMIN=FALSE , a caixa de diálogo de provisionamento não será preenchida automaticamente com o usuário atual. Adicione /AGTSVCACCOUNT e /AGTSVCPASSWORD para especificar uma conta de serviço e uma senha para o SQL Server Agent.

Controlando o comportamento de failover com o parâmetro /FAILOVERCLUSTERROLLOWNERSHIP

Para atualizar um cluster de failover do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server, você deve executar a Instalação em um nó de cluster de failover de cada vez, começando com os nós passivos. A Instalação determina quando executar o failover para o nó atualizado, dependendo do número total de nós na instância de cluster de failover e do número de nós que já foram atualizados. Quando metade ou mais da metade dos nós já tiver sido atualizada, por padrão, a Instalação provocará um failover em um nó atualizado.

Para controlar o comportamento de failover de nós de cluster durante o processo de atualização, execute a operação de atualização no prompt de comando e use o parâmetro /FAILOVERCLUSTERROLLOWNERSHIP para controlar o comportamento de failover antes de a operação de atualização colocar o nó offline. Este parâmetro é usado da seguinte maneira:

  • /FAILOVERCLUSTERROLLOWNERSHIP=0 não estenderá a propriedade do cluster (mover grupo) para nós atualizados e não adicionará esse nó à lista de possíveis proprietários do cluster do SQL Server no final da atualização.

  • /FAILOVERCLUSTERROLLOWNERSHIP=1 estenderá a propriedade do cluster (mover grupo) para nós atualizados e adicionará esse nó à lista de possíveis proprietários do cluster do SQL Server no final da atualização.

  • /FAILOVERCLUSTERROLLOWNERSHIP=2 é a configuração padrão. Ele será usado se esse parâmetro não for especificado. Essa configuração indica que a Instalação do SQL Server gerenciará a propriedade (mover grupo) do cluster conforme necessário.

Configuração de ID da Instância ou InstanceID

O parâmetro ID da Instância ou /InstanceID é usado para especificar onde você pode instalar os componentes da instância e o caminho do Registro da instância. O valor de INSTANCEID é uma cadeia de caracteres e deve ser exclusivo.

  • ID de Instância do SQL: MSSQLxx.<INSTANCEID>

  • ID de Instância do AS: MSASxx.<INSTANCEID>

  • ID de Instância do RS: MSRSxx.<INSTANCEID>

Os componentes com suporte à instância são instalados nos seguintes locais:

%Program Files%\Microsoft SQL Server\<SQLInstanceID>

%Program Files%\Microsoft SQL Server\<ASInstanceID>

%Program Files%\Microsoft SQL Server\<RSInstanceID>

Observação

Se INSTANCEID não for especificado na linha de comando, por padrão, a Instalação substituirá <INSTANCEID> por <INSTANCENAME>.

Confira também