Habilitar e configurar o FILESTREAMEnable and configure FILESTREAM

APLICA-SE A: simSQL Server nãoBanco de Dados SQL do Azure nãoAzure Synapse Analytics (SQL DW) nãoParallel Data Warehouse APPLIES TO: yesSQL Server noAzure SQL Database noAzure Synapse Analytics (SQL DW) noParallel Data Warehouse

Antes de começar a usar FILESTREAM, é necessário habilitá-lo na instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL ServerSQL Server Database Engine.Before you can start to use FILESTREAM, you must enable FILESTREAM on the instance of the Mecanismo de Banco de Dados do SQL ServerSQL Server Database Engine. Este tópico descreve como habilitar o FILESTREAM usando o SQL Server Configuration Manager.This topic describes how to enable FILESTREAM by using SQL Server Configuration Manager.

Habilitando FILESTREAMEnabling FILESTREAM

Para habilitar e alterar configurações de FILESTREAMTo enable and change FILESTREAM settings

  1. No menu Iniciar , aponte para Todos os Programas, aponte para SQL ServerSQL Server, aponte para Ferramentas de Configuraçãoe clique em SQL Server Configuration Manager.On the Start menu, point to All Programs, point to SQL ServerSQL Server, point to Configuration Tools, and then click SQL Server Configuration Manager.

  2. Na lista de serviços, clique com o botão direito do mouse em Serviços do SQL Servere clique em Abrir.In the list of services, right-click SQL Server Services, and then click Open.

  3. No snap-in SQL Server Configuration Manager , localize a instância do SQL ServerSQL Server na qual deseja habilitar o FILESTREAM.In the SQL Server Configuration Manager snap-in, locate the instance of SQL ServerSQL Server on which you want to enable FILESTREAM.

  4. Clique com o botão direito do mouse na instância e clique em Propriedades.Right-click the instance, and then click Properties.

  5. Na caixa de diálogo Propriedades do SQL Server , clique na guia FILESTREAM .In the SQL Server Properties dialog box, click the FILESTREAM tab.

  6. Marque a caixa de seleção Habilitar FILESTREAM para acesso a Transact-SQL .Select the Enable FILESTREAM for Transact-SQL access check box.

  7. Se você quiser ler e gravar dados FILESTREAM no Windows, clique em Habilitar FILESTREAM para acesso de streaming de E/S de arquivos.If you want to read and write FILESTREAM data from Windows, click Enable FILESTREAM for file I/O streaming access. Insira o nome do compartilhamento do Windows na caixa Nome de Compartilhamento do Windows .Enter the name of the Windows share in the Windows Share Name box.

  8. Se os clientes remotos precisarem acessar os dados do FILESTREAM armazenados em seu compartilhamento, selecione Permitir que os clientes remotos tenham acesso de streaming aos dados de FILESTREAM.If remote clients must access the FILESTREAM data that is stored on this share, select Allow remote clients to have streaming access to FILESTREAM data.

  9. Clique em Aplicar.Click Apply.

  10. No SQL Server Management StudioSQL Server Management Studio, clique em Nova Consulta para exibir o Editor de Consultas.In SQL Server Management StudioSQL Server Management Studio, click New Query to display the Query Editor.

  11. No Editor de Consultas, insira o seguinte código Transact-SQLTransact-SQL :In Query Editor, enter the following Transact-SQLTransact-SQL code:

    EXEC sp_configure filestream_access_level, 2  
    RECONFIGURE  
    
  12. Clique em Executar.Click Execute.

  13. Reinicie o serviço SQL ServerSQL Server .Restart the SQL ServerSQL Server service.

Práticas recomendadasBest practices

Configuração e manutenção físicaPhysical configuration and maintenance

Ao configurar volumes de armazenamento de FILESTREAM, considere as seguintes diretrizes:When you set up FILESTREAM storage volumes, consider the following guidelines:

  • Desative nomes de arquivos curtos em sistemas de computador FILESTREAM.Turn off short file names on FILESTREAM computer systems. Nomes de arquivos curtos precisam de significativamente mais tempo para serem criados.Short file names take significantly longer to create. Para desabilitar nomes de arquivos curtos, use o utilitário fsutil do Windows.To disable short file names, use the Windows fsutil utility.

  • Desfragmente regularmente os sistemas de computador FILESTREAM.Regularly defragment FILESTREAM computer systems.

  • Use clusters de NTFS de 64 KB.Use 64-KB NTFS clusters. Volumes compactados devem ser definidos como clusters de NTFS de 4 KB.Compressed volumes must be set to 4-KB NTFS clusters.

  • Desabilite a indexação em volumes de FILESTREAM e defina disablelastaccess.Disable indexing on FILESTREAM volumes and set disablelastaccess. Para definir disablelastaccess, use o utilitário do Windows fsutil.To set disablelastaccess, use the Windows fsutil utility.

  • Desabilite a verificação antivírus de volumes FILESTREAM quando ela não for necessária.Disable antivirus scanning of FILESTREAM volumes when it is not necessary. Se a verificação antivírus for necessária, evite políticas de configuração que excluirão automaticamente os arquivos incorretos.If antivirus scanning is necessary, avoid setting policies that will automatically delete offending files.

  • Configure e ajuste o nível de RAID para tolerância a falhas e para o desempenho exigido por um aplicativo.Set up and tune the RAID level for fault tolerance and the performance that is required by an application.

Nível de RAIDRAID level Desempenho de gravaçãoWrite performance Desempenho de leituraRead performance Tolerância a falhasFault tolerance RemarksRemarks
RAID 5RAID 5 NormalNormal NormalNormal ExcelenteExcellent O desempenho é melhor do que o de um disco ou JBOD; e menor do que o do RAID 0 ou do RAID 5 com distribuição.Performance is better than one disk or JBOD; and less than RAID 0 or RAID 5 with striping.
RAID 0RAID 0 ExcelenteExcellent ExcelenteExcellent NoneNone
RAID 5 + distribuiçãoRAID 5 + striping ExcelenteExcellent ExcelenteExcellent ExcelenteExcellent A opção mais cara.Most expensive option.
         

Design físico do banco de dadosPhysical database design

Ao criar um banco de dados de FILESTREAM, considere as seguintes diretrizes:When you design a FILESTREAM database, consider the following guidelines:

  • As colunas de FILESTREAM devem ser acompanhadas por uma coluna correspondente uniqueidentifierROWGUID.FILESTREAM columns must be accompanied by a corresponding uniqueidentifierROWGUID column. Esses tipos de tabelas também devem ser acompanhados por um índice exclusivo.These kinds of tables must also be accompanied by a unique index. Normalmente esse índice não é um índice clusterizado.Typically this index is not a clustered index. Se a lógica corporativa do bancos de dados exigir um índice clusterizado, você precisará verificar se os valores armazenados no índice não são aleatórios.If the databases business logic requires a clustered index, you have to make sure that the values stored in the index are not random. Valores aleatórios farão com que o índice seja reorganizado toda vez que uma linha for adicionada ou removida da tabela.Random values will cause the index to be reordered every time that a row is added or removed from the table.

  • Por razões de desempenho, grupos de arquivos e contêineres de FILESTREAM devem residir em volumes diferentes do sistema operacional, do banco de dados do SQL ServerSQL Server , do log do SQL ServerSQL Server , do tempdb ou do arquivo de paginação.For performance reasons, FILESTREAM filegroups and containers should reside on volumes other than the operating system, SQL ServerSQL Server database, SQL ServerSQL Server log, tempdb, or paging file.

  • Gerenciamento e políticas de espaço não são diretamente suportados por FILESTREAM.Space management and policies are not directly supported by FILESTREAM. No entanto, você pode gerenciar espaço e aplicar políticas indiretamente atribuindo cada grupo de arquivos de FILESTREAM a um volume separado e usando os recursos do gerenciamento do volume.However, you can manage space and apply policies indirectly by assigning each FILESTREAM filegroup to a separate volume and using the volume's management features.