Caixa de diálogo Converter CRI (Construtor de Relatórios)

Este relatório contém CRIs (itens de relatório personalizados) com recursos sem suporte. CRIs são extensões para a linguagem RDL (Report Definition Language) que oferecem suporte a objetos personalizados que exibem dados em um relatório. Os CRIs incluem componentes em tempo de design e em tempo de execução oferecidos por fornecedores de software de terceiros.

Observação

Optar por oferecer suporte a itens de relatório personalizados em um servidor de relatório é uma decisão tomada pelo administrador do sistema. Para exibir CRIs em um relatório, os componentes do CRI devem ser instalados no cliente de criação do relatório para visualizar um relatório e no servidor de relatório para exibir um relatório publicado ou carregado.

Alguns CRIs podem ser convertidos em itens de relatório no novo formato de definição do relatório. Quando você abre o relatório, precisa confirmar se deseja atualizar. Use as seguintes informações para decidir se você deve converter os CRIs nesse relatório:

  • Sim Escolha Sim para converter todos os CRIs do relatório, quando possível. Recursos para os quais não há suporte nos CRIs não podem ser atualizados, sendo removidos do arquivo de definição do relatório. Para obter a lista dos recursos sem suporte, consulte Atualizar relatórios. Ao exibir o relatório, você pode ver as diferenças na forma como o CRI é exibido no relatório.

  • Não Escolha Não quando não quiser converter os CRIs do relatório. Esses CRIs não podem ser exibidos pelo processador de relatório na versão atual. Caso o administrador do sistema pretenda instalar uma nova versão da CRI do fornecedor de software de terceiros compatível com o novo formato de definição do relatório, escolha Não. Até que as novas versões estejam disponíveis, os CRIs são exibidos no relatório como uma caixa de texto vazia com um X vermelho.

Em ambos os casos, o relatório é atualizado para o novo formato de definição de relatório e uma cópia de backup do relatório original é salva como <Report Name> - Backup.rdl. Caso salve o relatório na ferramenta de criação do relatório, você está salvando o relatório atualizado no novo formato de definição do relatório. Caso você publique o relatório, ele é salvo primeiro no computador e, em seguida, publicado no servidor de relatório. Você está publicando a versão atualizada do relatório no servidor de relatório.

Caso você não salve o relatório, o relatório original permanece inalterado. No entanto, não é possível editá-lo em uma versão SQL Server 2008 posterior do SQL Server Data Tools ou em um ambiente de criação do relatório que usa este formato de definição do relatório. É possível continuar executando a versão original do relatório carregando-o em um servidor de relatório do SQL Server 2008 ou de versão posterior do Reporting Services usando o Gerenciador de Relatórios. Para obter mais informações, consulte Carregar um arquivo ou relatório (Gerenciador de Relatórios).

Para relatórios carregados, e não publicados em um servidor de relatório, o processador de relatórios determina se o relatório pode ser atualizado no primeiro uso. Os relatórios que não podem ser atualizados são processados no modo de compatibilidade com versões anteriores e continuam a ser exibidos como ocorria na versão anterior do Reporting Services. Para obter mais informações, consulte Upgrade Reports.

Para identificar o formato de definição do relatório atual de um relatório, de um servidor de relatório ou do ambiente de criação do relatório, consulte Localizar a versão do esquema de definição de relatório (SSRS).