CAST e CONVERT (Transact-SQL)

Aplica-se a:yesSQL Server (todas as versões compatíveis) YesBanco de Dados SQL do Azure YesInstância Gerenciada de SQL do Azure yesAzure Synapse Analytics yesAnalytics Platform System (PDW)

Essas funções convertem uma expressão de um tipo de dados em outro.

Sintaxe

-- CAST Syntax:  
CAST ( expression AS data_type [ ( length ) ] )  
  
-- CONVERT Syntax:  
CONVERT ( data_type [ ( length ) ] , expression [ , style ] )  

Topic link iconConvenções de sintaxe do Transact-SQL

Observação

Para ver a sintaxe do Transact-SQL para o SQL Server 2014 e versões anteriores, confira a Documentação das versões anteriores.

Argumentos

expressão
Qualquer expression válida.

data_type
O tipo de dados de destino. Isso inclui xml, bigint, e sql_variant. Tipos de dados alias não podem ser usados.

length
Um inteiro opcional que especifica o tamanho do tipo de dados de destino, para tipos de dados que permitem um comprimento especificado do usuário. O valor padrão é 30.

style
Uma expressão de inteiro que especifica como a função CONVERT converterá expression. Para um valor de estilo NULL, NULL é retornado. data_type determina o intervalo.

Tipos de retorno

Retorna a expression convertida em data_type.

Estilos de data e hora

Para uma expression de tipo de dados de data ou hora, style pode ter um dos valores mostrados na tabela a seguir. Outros valores são processados como 0. A partir do SQL Server 2012 (11.x), os únicos estilos compatíveis, ao converter dos tipos de data e hora em datetimeoffset, são 0 ou 1. Todos os outros estilos de conversão retornam erro 9809.

Observação

O SQL Server dá suporte ao formato de data, em estilo árabe, com o algoritmo kuwaitiano.

Sem século (yy) (1) Com século (aaaa) Standard Entrada/saída (3)
- 0 ou 100 (1,2) Padrão para datetime e smalldatetime mês dd aaaa hh:miAM (ou PM)
1 101 EUA 1 = mm/dd/aa
101 = mm/dd/aaaa
2 102 ANSI 2 = aa.mm.dd
102 = aaaa.mm.dd
3 103 Britânico/francês 3 = dd/mm/aa
103 = dd/mm/aaaa
4 104 Alemão 4 = dd.mm.aa
104 = dd.mm.aaaa
5 105 Italiano 5 = dd-mm-aa
105 = dd-mm-aaaa
6 106(1) - 6 = dd mês aa
106 = dd mês aaaa
7 107(1) - 7 = Mês dd, aa
107 = Mês dd, aaaa
8 ou 24 108 - hh:mi:ss
- 9 ou 109 (1,2) Padrão + milissegundos mês dd aaaa hh:mi:ss:mmmAM (ou PM)
10 110 EUA 10 = mm-dd-aa
110 = mm-dd-aaaa
11 111 JAPÃO 11 = aa/mm/dd
111 = aaaa/mm/dd
12 112 ISO 12 = aammdd
112 = aaaammdd
- 13 ou 113 (1,2) Padrão Europa + milissegundos dd mês aaaa hh:mi:ss:mmm (24h)
14 114 - hh:mi:ss:mmm (24h)
- 20 ou 120 (2) ODBC canônico aaaa-mm-dd hh:mi:ss (24h)
- 21 ou 25 ou 121 (2) ODBC canônico (com milissegundos) padrão para hora, data, datetime2 e datetimeoffset aaaa-mm-dd hh:mi:ss.mmm (24h)
22 - EUA mm/dd/aa hh:mi:ss AM (ou PM)
- 23 ISO8601 aaaa-mm-dd
- 126 (4) ISO8601 aaaa-mm-ddThh:mi:ss.mmm (sem espaços)

Observação: Para um valor de milissegundos (mmm) igual a 0, o valor da fração decimal de milissegundo não será exibido. Por exemplo, o valor '2012-11-07T18:26:20.000 é exibido como '2012-11-07T18:26:20'.
- 127(6, 7) ISO8601 com fuso horário Z. yyyy-MM-ddThh:mm:ss.fffZ (sem espaços)

Observação: Para um valor de milissegundos (mmm) igual a 0, o valor decimal de milissegundo não será exibido. Por exemplo, o valor '2012-11-07T18:26:20.000 é exibido como '2012-11-07T18:26:20'.
- 130 (1,2) Islâmico (5) dd mmm aaaa hh:mi:ss:mmmAM

Neste estilo, mon representa uma representação Unicode islâmico de vários tokens do nome completo do mês. Esse valor não é renderizado corretamente em uma instalação em inglês dos EUA padrão do SSMS.
- 131 (2) Islâmico (5) dd/mm/aaaa hh:mi:ss:mmmAM

1 Esses valores de estilo retornam resultados não determinísticos. Incluem todos os estilos (aa) (sem século) e um subconjunto de estilos (aaaa) (com século).

2 Os valores padrão (0 ou 100, 9 ou 109, 13 ou 113, 20 ou 120, 23 e 21 ou 25 ou 121) sempre retornam o século (aaaa).

3 Entrada quando é feita a conversão em datetime; saída quando é feita a conversão em dados de caractere.

4 Criado para uso do XML. Para a conversão de datetime ou smalldatetime em dados de caractere, veja o formato de saída na tabela anterior.

5 Islâmico é um sistema de calendário com diversas variações. SQL Server usa o algoritmo kuwaitiano.

Importante

Por padrão, o SQL Server interpreta anos de dois dígitos com base em um ano de corte de 2049. Isso significa que o SQL Server interpreta o ano de dois dígitos 49 como 2049 e o ano de dois dígitos 50 como 1950. Muitos aplicativos cliente, como aqueles que se baseiam em objetos de Automação, usam um ano de corte de 2030. SQL Server fornece a opção de configuração de corte de ano de dois dígitos para alterar o ano de corte usado pelo SQL Server. Isso permite o tratamento consistente de datas. É recomendável especificar anos de quatro dígitos.

6 Apenas compatível na conversão de dados de caractere em datetime ou smalldatetime. Ao converter dados de caractere que representam componentes apenas de data ou apenas de hora em tipos de dados datetime ou smalldatetime, o componente de hora não especificado é definido como 00:00:00.000 e o componente de data não especificado é definido como 1900-01-01.

7 Use o indicador de fuso horário opcional Z para facilitar o mapeamento de valores datetime XML que contêm informações de fuso horário para valores datetime do SQL Server que não contêm fuso horário. Z indica o fuso horário UTC-0. O deslocamento de HH:MM, na direção + ou -, indica outros fusos horários. Por exemplo: 2006-12-12T23:45:12-08:00.

Ao converter smalldatetime em dados de caractere, os estilos que incluem segundos ou milissegundos mostram zeros nessas posições. Ao converter de valores datetime ou smalldatetime, use um tamanho de tipo de dados char ou varchar apropriado para truncar as partes de data indesejadas.

Ao converter dados de caractere em datetimeoffset, usando um estilo que inclui uma hora, um deslocamento de fuso horário é acrescentado ao resultado.

Estilos float e real

Para uma expression de float ou real, style pode ter um dos valores mostrados na tabela a seguir. Outros valores são processados como 0.

Valor Saída
0 (padrão) Um máximo de 6 dígitos. Use em notação científica, quando apropriado.
1 Sempre 8 dígitos. Use sempre em notação científica.
2 Sempre 16 dígitos. Use sempre em notação científica.
3 Sempre 17 dígitos. Use-o para a conversão sem perdas. Com esse estilo, cada valor float ou real distinto tem a garantia de ser convertido em uma cadeia de caracteres distinta.

Aplica-se a: SQL Server (Começando em SQL Server 2016 (13.x)) e Banco de Dados SQL do Azure.
126, 128, 129 Incluído por razões herdadas; uma versão futura pode substituir esses valores.

Estilos money e smallmoney

Para uma expression de money ou smallmoney, style pode ter um dos valores mostrados na tabela a seguir. Outros valores são processados como 0.

Valor Saída
0 (padrão) Nenhuma vírgula a cada três dígitos à esquerda do ponto decimal e dois dígitos à direita do ponto decimal

Exemplo: 4.235,98.
1 Vírgulas a cada três dígitos à esquerda do ponto decimal e dois dígitos à direita do ponto decimal

Exemplo: 3.510,92.
2 Nenhuma vírgula a cada três dígitos à esquerda do ponto decimal e quatro dígitos à direita do ponto decimal

Exemplo: 4.235,9819.
126 Equivalente ao estilo 2, ao converter em char(n) ou varchar(n)

Estilos xml

Para uma expressionxml, style pode ter um dos valores mostrados na tabela a seguir. Outros valores são processados como 0.

Valor Saída
0 (padrão) Use o comportamento de análise padrão que descarta o espaço em branco insignificante e não permite um subconjunto de DTD interno.

Observação: Ao fazer a conversão no tipo de dados xml, o espaço em branco insignificante do SQL Server é tratado de maneira diferente do XML 1.0. Para obter mais informações, consulte Criar instâncias de dados XML.
1 Preserva espaço em branco insignificante. Essa configuração de estilo define o tratamento padrão de xml:space para que ele corresponda ao comportamento de xml:space="preserve" .
2 Habilita o processamento de subconjunto de DTD interno limitado.

Se for habilitado, o servidor poderá usar as informações a seguir fornecidas em um subconjunto de DTD interno, para executar operações de análise de não validação.

- Os padrões de atributos são aplicados
- As referências a entidades internas são resolvidas e expandidas
- A correção sintática do modelo de conteúdo DTD é verificada

O analisador ignora subconjuntos de DTD externos. Além disso, ele não avalia a declaração XML para ver se o atributo standalone tem um valor sim ou não. Em vez disso, ele analisa a instância XML como um documento autônomo.
3 Preserva o espaço em branco insignificante e habilita o processamento de subconjunto de DTD interno limitado.

Estilos binários

Para uma expression de binary(n), char(n), varbinary(n) ou varchar(n), style pode ter um dos valores mostrados na tabela a seguir. Os valores de estilo que não estão listados na tabela retornarão um erro.

Valor Saída
0 (padrão) Converte caracteres ASCII em bytes binários ou bytes binários em caracteres ASCII. Cada caractere ou byte é convertido 1:1.

Para um data_type binário, os caracteres 0x são adicionados à esquerda do resultado.
1, 2 Para um data_type binário, a expressão deve ser uma expressão de caracteres. A expression deve ter um número par de dígitos hexadecimais (0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, A, B, C, D, E, F, a, b, c, d, e, f). Se o style for definido como 1, a expressão deverá ter 0x como os dois primeiros caracteres. Se a expressão contiver um número ímpar de caracteres ou se um dos caracteres for inválido, um erro será gerado.

Se o tamanho da expressão convertida for maior que o tamanho do data_type, o resultado será truncado à direita.

data_types de comprimento fixo maiores que o resultado convertido têm zeros adicionados à direita do resultado.

Um data_type do tipo caractere exige uma expressão binária. Cada caractere binário é convertido em dois caracteres hexadecimais. Suponha que o tamanho da expressão convertida ultrapasse o tamanho do data_type. Nesse caso, ela será truncada.

Para um data_type de tipo de caractere de tamanho fixo, se o tamanho do resultado convertido for menor que o tamanho do data_type, serão adicionados espaços à direita da expressão convertida, a fim de manter um número par de dígitos hexadecimais.

Os caracteres 0x não são adicionados à esquerda do resultado convertido para style 2.

Conversões implícitas

Conversões implícitas não exigem a especificação da função CAST nem a função CONVERT. Conversões explícitas exigem a especificação da função CAST ou da função CONVERT. A ilustração a seguir mostra todas as conversões de tipo de dados explícitas e implícitas permitidas para tipos de dados fornecidos pelo sistema SQL Server. Isso inclui bigint, sql_variant e xml. Não há nenhuma conversão implícita na atribuição do tipo de dados sql_variant, mas há uma conversão implícita em sql_variant.

Dica

O Centro de Download da Microsoft disponibiliza este gráfico para download como um arquivo PNG.

Data type conversion table

O gráfico acima ilustra todas as conversões explícitas e implícitas permitidas em SQL Server, mas o tipo de dados resultante da conversão depende da operação que está sendo executada:

  • Para conversões explícitas, a própria instrução determina o tipo de dados resultante.
  • Para conversões implícitas, instruções de atribuição, como definir o valor de uma variável ou inserir um valor em uma coluna, resultarão no tipo de dados que foi definido pela declaração de variável ou definição de coluna.
  • Para operadores de comparação ou outras expressões, o tipo de dados resultante dependerá das regras da precedência de tipo de dados.

Dica

Um exemplo prático sobre os efeitos de precedência de tipo de dados em conversões pode ser visto posteriormente nesta seção.

Ao converter entre datetimeoffset e os tipos de caractere char, nchar, nvarchar e varchar, a parte do deslocamento de fuso horário convertido sempre deve ter dois dígitos para HH e MM. Por exemplo, -08:00.

Observação

Como os dados Unicode sempre usam um número par de bytes, tenha cuidado ao converter binary ou varbinary bidirecionalmente em tipos de dados Unicode compatíveis. Por exemplo, a conversão a seguir não retorna um valor hexadecimal igual a 41. Retorna um valor hexadecimal igual a 4100: SELECT CAST(CAST(0x41 AS nvarchar) AS varbinary). Para obter mais informações, consulte Suporte a ordenações e a Unicode.

Tipos de dados de valor grande

Tipos de dados de valor grande têm o mesmo comportamento de conversão implícita e explícita de seus equivalentes menores, escpecificamente, os tipos de dados varchar, nvarchar e varbinary. No entanto, considere as seguintes diretrizes:

  • A conversão de image em varbinary(max) e vice-versa opera como uma conversão implícita, assim como as conversões entre text e varchar(max) e ntext e nvarchar(max) .
  • A conversão de tipos de dados de valor grande, como varchar(max) , em um tipo de dados equivalente menor, como varchar, é uma conversão implícita, mas ocorrerá um truncamento se o tamanho do valor grande exceder o tamanho especificado do tipo de dados menor.
  • A conversão de nvarchar, varbinary ou varchar em seus tipos de dados de valor grande correspondentes ocorre implicitamente.
  • A conversão de tipo de dados sql_variant em tipos de dados de valor grande é uma conversão explícita.
  • Tipos de dados de valor grande não podem ser convertidos no tipo de dados sql_variant.

Para obter mais informações sobre a conversão do tipo de dados xml, consulte Criar instâncias de dados XML.

tipo de dados xml

Ao converter o tipo de dados xml explícita ou implicitamente em um tipo de dados de cadeia de caracteres ou binários, o conteúdo do tipo de dados xml é serializado de acordo com um conjunto de regras definido. Para obter informações sobre essas regras, consulte Definir a serialização de dados XML. Para obter informações sobre como converter de outros tipos de dados no tipo de dados xml, consulte Criar instâncias de dados XML.

Tipos de dados text e image

Os tipos de dados text e image não dão suporte a conversão automática de tipo de dados. Você pode converter explicitamente os dados text em dados de caractere, e os dados image em binary ou varbinary, mas o tamanho máximo é de 8.000 bytes. Se você tentar uma conversão incorreta, por exemplo, tentar a conversão de uma expressão de caractere que inclui letras em um int, o SQL Server retornará uma mensagem de erro.

Ordenação da saída

Quando as funções CAST ou CONVERT produzem uma cadeia de caracteres e elas recebem uma entrada de cadeia de caracteres, a saída tem a mesma ordenação e o mesmo rótulo de ordenação da entrada. Se a entrada não for uma cadeia de caracteres, a saída terá a ordenação padrão do banco de dados e um rótulo de ordenação de padrão coercível. Para obter mais informações, consulte Precedência de ordenação (Transact-SQL).

Para atribuir uma ordenação diferente à saída, aplique a cláusula COLLATE à expressão do resultado da função CAST ou CONVERT. Por exemplo:

SELECT CAST('abc' AS varchar(5)) COLLATE French_CS_AS

Truncando e arredondando resultados

Ao converter expressões de caractere ou binárias (binary, char, nchar, nvarchar, varbinary ou varchar) em uma expressão de um tipo de dados diferente, a operação de conversão pode truncar os dados de saída, apenas parcialmente exibir os dados de saída ou retornar um erro. Esses casos ocorrerão se o resultado for curto demais para ser exibido. As conversões em binary, char, nchar, nvarchar, varbinary ou varchar são truncadas, com exceção das conversões mostradas na tabela a seguir.

De tipo de dados Em tipo de dados Result
int, smallint ou tinyint char *
varchar *
nchar E
nvarchar E
money, smallmoney, numeric, decimal, float ou real char E
varchar E
nchar E
nvarchar E

* = O tamanho do resultado é curto demais para ser exibido

E = Um erro é retornado porque o comprimento de resultado é curto demais para ser exibido.

O SQL Server garante que apenas conversões de ida e volta, em outras palavras, conversões que convertem um tipo de dados original e, em seguida, novamente no tipo de dados original, geram os mesmos valores de versão para versão. O exemplo a seguir mostra essa conversão de ida e volta:

DECLARE @myval DECIMAL (5, 2);  
SET @myval = 193.57;  
SELECT CAST(CAST(@myval AS VARBINARY(20)) AS DECIMAL(10,5));  
-- Or, using CONVERT  
SELECT CONVERT(DECIMAL(10,5), CONVERT(VARBINARY(20), @myval));  

Aviso

Não construa valores binary e depois converta-os em um tipo de dados da categoria de tipo de dados numéricos. O SQL Server não garante que o resultado de uma conversão de tipo de dados decimal ou numeric em binary será igual entre as versões do SQL Server.

O exemplo a seguir mostra uma expressão resultante que é muito pequena para ser exibida.

USE AdventureWorks2012;  
GO  
SELECT p.FirstName, p.LastName, SUBSTRING(p.Title, 1, 25) AS Title,
    CAST(e.SickLeaveHours AS char(1)) AS [Sick Leave]  
FROM HumanResources.Employee e JOIN Person.Person p 
    ON e.BusinessEntityID = p.BusinessEntityID  
WHERE NOT e.BusinessEntityID > 5;  

Este é o conjunto de resultados.

FirstName   LastName      Title   Sick Leave
---------   ------------- ------- --------`
Ken         Sanchez       NULL   *
Terri       Duffy         NULL   *
Roberto     Tamburello    NULL   *
Rob         Walters       NULL   *
Gail        Erickson      Ms.    *

(5 row(s) affected)  

Quando você converter tipos de dados que têm casas decimais diferentes, às vezes, o SQL Server retornará um valor de resultado truncado e, em outros momentos, retornará um valor arredondado. Esta tabela mostra o comportamento.

De Para Comportamento
numeric numeric Round
numeric int Truncate
numeric money Round
money int Round
money numeric Round
float int Truncate
float numeric Round

A conversão de valores float que usam notação científica para decimal ou numeric é restrita a valores de precisão de 17 dígitos apenas. Qualquer valor com precisão mais alto que 17 rodadas para zero.
float datetime Round
datetime int Round

Por exemplo, os valores 10,6496 e -10,6496 podem ser truncados ou arredondados durante a conversão em tipos int ou numeric:

SELECT  CAST(10.6496 AS INT) as trunc1,
        CAST(-10.6496 AS INT) as trunc2,
        CAST(10.6496 AS NUMERIC) as round1,
        CAST(-10.6496 AS NUMERIC) as round2;

Os resultados da consulta são mostrados na seguinte tabela:

trunc1 trunc2 round1 round2
10 -10 11 -11

Ao converter tipos de dados em que o tipo de dados de destino tem menos casas decimais do que o tipo de dados de origem, o valor é arredondado. Por exemplo, esta conversão retorna $10.3497:

SELECT CAST(10.3496847 AS money);

SQL Server retorna uma mensagem de erro ao converter dados não numéricos char, nchar, nvarchar ou varchar em decimal, float, int, numeric. O SQL Server também retorna erro quando uma cadeia de caracteres vazia (" ") é convertida em numeric ou decimal.

Algumas conversões de datetime não são determinísticas

Os estilos para os quais a conversão de cadeia de caracteres em datetime é não determinística são os seguintes:

  • Todos os estilos inferiores a 1001
  • 106
  • 107
  • 109
  • 113
  • 130

1 Com exceção dos estilos 20 e 21

Para obter mais informações, confira Conversão não determinística de cadeias de caracteres de data literal em valores de DATA.

Caracteres suplementares (pares alternativos)

Começando com SQL Server 2012 (11.x), ao usar ordenações SC (caracteres suplementares), uma operação CAST de nchar ou nvarchar em um tipo nchar ou nvarchar de tamanho menor não será truncada dentro de um par alternativo. Em vez disso, a operação é truncada antes do caractere suplementar. Por exemplo, o fragmento de código a seguir deixa @x que contém só 'ab'. Não há espaço suficiente para conter o caractere suplementar.

DECLARE @x NVARCHAR(10) = 'ab' + NCHAR(0x10000);  
SELECT CAST (@x AS NVARCHAR(3));  

Ao usar ordenações SC, o comportamento de CONVERT é análogo ao comportamento de CAST. Para saber mais, confira Suporte a ordenações e a Unicode – caracteres suplementares.

Suporte de compatibilidade

Nas versões anteriores do SQL Server, o estilo padrão das operações CAST e CONVERT nos tipos de dados time e datetime2 é 121, exceto quando um dos tipos é usado em uma expressão de coluna computada. Para colunas computadas, o estilo padrão é 0. Esse comportamento afeta as colunas computadas quando são criadas, usadas em consultas que envolvam parametrização automática ou usadas em definições de restrição.

No nível de compatibilidade 110 e posterior, as operações CAST e CONVERT nos tipos de dados time e datetime2 sempre têm 121 como o estilo padrão. Se uma consulta depender do comportamento antigo, use um nível de compatibilidade inferior a 110 ou especifique explicitamente o estilo 0 na consulta afetada.

Valor do nível de compatibilidade Estilo padrão para CAST e CONVERT1 Estilo padrão para coluna computada
<110 121 0
> = 110 121 121

1 Exceto para colunas computadas

A atualização do banco de dados para o nível de compatibilidade 110 e superior não alterará os dados de usuário que foram armazenados em disco. Você deve corrigir esses dados manualmente conforme apropriado. Por exemplo, se você usar SELECT INTO para criar uma tabela com base em uma fonte que contém uma expressão de coluna computada descrita acima, os dados (usando o estilo 0) serão armazenados, em vez da própria definição de coluna computada. Você precisa atualizar manualmente esses dados para que correspondam ao estilo 121.

Exemplos

a. Usando CAST e CONVERT

Cada exemplo recupera o nome dos produtos que têm um 3 no primeiro dígito de seu preço de lista e converte seus valores ListPrice em int.

-- Use CAST  
USE AdventureWorks2012;  
GO  
SELECT SUBSTRING(Name, 1, 30) AS ProductName, ListPrice  
FROM Production.Product  
WHERE CAST(ListPrice AS int) LIKE '33%';  
GO  
  
-- Use CONVERT.  
USE AdventureWorks2012;  
GO  
SELECT SUBSTRING(Name, 1, 30) AS ProductName, ListPrice  
FROM Production.Product  
WHERE CONVERT(int, ListPrice) LIKE '33%';  
GO  

Este é o conjunto de resultados. O conjunto de resultados de exemplo é o mesmo para CAST e CONVERT.

ProductName                    ListPrice
------------------------------ ---------------------
LL Road Frame - Black, 58      337.22
LL Road Frame - Black, 60      337.22
LL Road Frame - Black, 62      337.22
LL Road Frame - Red, 44        337.22
LL Road Frame - Red, 48        337.22
LL Road Frame - Red, 52        337.22
LL Road Frame - Red, 58        337.22
LL Road Frame - Red, 60        337.22
LL Road Frame - Red, 62        337.22
LL Road Frame - Black, 44      337.22
LL Road Frame - Black, 48      337.22
LL Road Frame - Black, 52      337.22
Mountain-100 Black, 38         3374.99
Mountain-100 Black, 42         3374.99
Mountain-100 Black, 44         3374.99
Mountain-100 Black, 48         3374.99
HL Road Front Wheel            330.06
LL Touring Frame - Yellow, 62  333.42
LL Touring Frame - Blue, 50    333.42
LL Touring Frame - Blue, 54    333.42
LL Touring Frame - Blue, 58    333.42
LL Touring Frame - Blue, 62    333.42
LL Touring Frame - Yellow, 44  333.42
LL Touring Frame - Yellow, 50  333.42
LL Touring Frame - Yellow, 54  333.42
LL Touring Frame - Yellow, 58  333.42
LL Touring Frame - Blue, 44    333.42
HL Road Tire                   32.60

(28 rows affected)

B. Usando CAST com operadores aritméticos

Este exemplo calcula uma computação de coluna única (Computed) dividindo as vendas totais acumuladas no ano (SalesYTD) pelo percentual de comissão (CommissionPCT). Esse valor é arredondado para o próximo número inteiro e, em seguida, é convertido em um tipo de dados int.

USE AdventureWorks2012;  
GO  
SELECT CAST(ROUND(SalesYTD/CommissionPCT, 0) AS INT) AS Computed  
FROM Sales.SalesPerson   
WHERE CommissionPCT != 0;  
GO  

Este é o conjunto de resultados.

Computed
------
379753754
346698349
257144242
176493899
281101272
0  
301872549
212623750
298948202
250784119
239246890
101664220
124511336
97688107

(14 row(s) affected)  

C. Usando CAST para concatenar

Este exemplo concatena expressões de não caractere usando CAST. Ele usa o banco de dados AdventureWorksDW.

SELECT 'The list price is ' + CAST(ListPrice AS VARCHAR(12)) AS ListPrice  
FROM dbo.DimProduct  
WHERE ListPrice BETWEEN 350.00 AND 400.00;  

Este é o conjunto de resultados.

ListPrice
------------------------
The list price is 357.06
The list price is 364.09
The list price is 364.09
The list price is 364.09
The list price is 364.09  

D. Usando CAST para produzir texto mais legível

Este exemplo usa CAST na lista SELECT para converter a coluna Name em uma coluna char(10) . Ele usa o banco de dados AdventureWorksDW.

SELECT DISTINCT CAST(EnglishProductName AS CHAR(10)) AS Name, ListPrice  
FROM dbo.DimProduct  
WHERE EnglishProductName LIKE 'Long-Sleeve Logo Jersey, M';  

Este é o conjunto de resultados.

Name        ListPrice
----------  ---------
Long-Sleev  31.2437
Long-Sleev  32.4935
Long-Sleev  49.99  

E. Usando CAST com a cláusula LIKE

Este exemplo converte os valores SalesYTD da coluna money no tipo de dados int e, em seguida, no tipo de dados char(20), de modo que a cláusula LIKE possa usá-lo.

USE AdventureWorks2012;  
GO  
SELECT p.FirstName, p.LastName, s.SalesYTD, s.BusinessEntityID  
FROM Person.Person AS p   
JOIN Sales.SalesPerson AS s   
    ON p.BusinessEntityID = s.BusinessEntityID  
WHERE CAST(CAST(s.SalesYTD AS INT) AS char(20)) LIKE '2%';  
GO  

Este é o conjunto de resultados.

FirstName        LastName            SalesYTD         BusinessEntityID
---------------- ------------------- ---------------- -------------
Tsvi             Reiter              2811012.7151      279
Syed             Abbas               219088.8836       288
Rachel           Valdez              2241204.0424      289

(3 row(s) affected)  

F. Usando CONVERT ou CAST com XML com tipo

Estes exemplos mostram o uso de CONVERT para converter dados em XML tipado, usando Tipo de dados e colunas XML (SQL Server).

Este exemplo converte uma cadeia de caracteres com espaço em branco, texto e marcação em XML tipado e remove todos os espaços em branco insignificantes (espaço em branco delimitador entre nós):

SELECT CONVERT(XML, '<root><child/></root>')  

Este exemplo converte uma cadeia de caracteres semelhante com espaço em branco, texto e marcação em XML com tipo e preserva todos os espaços em branco insignificantes (espaço em branco delimitador entre nós):

SELECT CONVERT(XML, '<root>          <child/>         </root>', 1)  

Este exemplo converte uma cadeia de caracteres com espaço branco, texto e marcação em XML com tipo:

SELECT CAST('<Name><FName>Carol</FName><LName>Elliot</LName></Name>'  AS XML)  

Consulte Criar instâncias de dados XML para obter mais exemplos.

G. Usando CAST e CONVERT com dados datetime

Começando com valores GETDATE(), este exemplo exibe a data e hora atual, usa CAST para alterar a data e hora atual para um tipo de dados de caractere e, em seguida, usa CONVERT para exibir a data e hora no formato ISO 8601.

SELECT   
   GETDATE() AS UnconvertedDateTime,  
   CAST(GETDATE() AS NVARCHAR(30)) AS UsingCast,  
   CONVERT(nvarchar(30), GETDATE(), 126) AS UsingConvertTo_ISO8601  ;  
GO  

Este é o conjunto de resultados.

UnconvertedDateTime     UsingCast              UsingConvertTo_ISO8601
----------------------- ---------------------- ------------------------------
2006-04-18 09:58:04.570 Apr 18 2006  9:58AM    2006-04-18T09:58:04.570

(1 row(s) affected)  

Este exemplo é aproximadamente o oposto do exemplo anterior. Este exemplo exibe uma data e hora como dados de caracteres, usa CAST para alterar os dados de caractere no tipo de dados datetime e, em seguida, usa CONVERT para alterar os dados de caractere no tipo de dados datetime.

SELECT   
   '2006-04-25T15:50:59.997' AS UnconvertedText,  
   CAST('2006-04-25T15:50:59.997' AS datetime) AS UsingCast,  
   CONVERT(datetime, '2006-04-25T15:50:59.997', 126) AS UsingConvertFrom_ISO8601 ;  
GO  

Este é o conjunto de resultados.

UnconvertedText         UsingCast               UsingConvertFrom_ISO8601
----------------------- ----------------------- ------------------------
2006-04-25T15:50:59.997 2006-04-25 15:50:59.997 2006-04-25 15:50:59.997

(1 row(s) affected)  

H. Usando CONVERT com dados binários e de caractere

Estes exemplos mostram os resultados da conversão de dados binários e de caractere usando estilos diferentes.

--Convert the binary value 0x4E616d65 to a character value.  
SELECT CONVERT(CHAR(8), 0x4E616d65, 0) AS [Style 0, binary to character];  

Este é o conjunto de resultados.

Style 0, binary to character
----------------------------
Name  

(1 row(s) affected)  

Este exemplo mostra que Style 1 pode impor o truncamento do resultado. Os caracteres 0x no conjunto de resultados forçam o truncamento.

SELECT CONVERT(CHAR(8), 0x4E616d65, 1) AS [Style 1, binary to character];  

Este é o conjunto de resultados.

Style 1, binary to character
------------------------------
0x4E616D

(1 row(s) affected)  

Este exemplo mostra que Style 2 não trunca o resultado porque o resultado não inclui os caracteres 0x.

SELECT CONVERT(CHAR(8), 0x4E616d65, 2) AS [Style 2, binary to character];  

Este é o conjunto de resultados.

Style 2, binary to character
------------------------------
4E616D65

(1 row(s) affected)  

Converta o valor de caractere 'Name' em um valor binário.

SELECT CONVERT(BINARY(8), 'Name', 0) AS [Style 0, character to binary];  

Este é o conjunto de resultados.

Style 0, character to binary
----------------------------
0x4E616D6500000000

(1 row(s) affected)  
SELECT CONVERT(BINARY(4), '0x4E616D65', 1) AS [Style 1, character to binary];  

Este é o conjunto de resultados.

Style 1, character to binary
---------------------------- 
0x4E616D65

(1 row(s) affected)  
SELECT CONVERT(BINARY(4), '4E616D65', 2) AS [Style 2, character to binary];  

Este é o conjunto de resultados.

Style 2, character to binary  
----------------------------------  
0x4E616D65

(1 row(s) affected)  

I. Convertendo os tipos de dados de data e hora

Este exemplo mostra a conversão de tipos de dados de data, hora e datetime.

DECLARE @d1 DATE, @t1 TIME, @dt1 DATETIME;  
SET @d1 = GETDATE();  
SET @t1 = GETDATE();  
SET @dt1 = GETDATE();  
SET @d1 = GETDATE();  
-- When converting date to datetime the minutes portion becomes zero.  
SELECT @d1 AS [DATE], CAST (@d1 AS DATETIME) AS [date as datetime];  
-- When converting time to datetime the date portion becomes zero   
-- which converts to January 1, 1900.  
SELECT @t1 AS [TIME], CAST (@t1 AS DATETIME) AS [time as datetime];  
-- When converting datetime to date or time non-applicable portion is dropped.  
SELECT @dt1 AS [DATETIME], CAST (@dt1 AS DATE) AS [datetime as date], 
   CAST (@dt1 AS TIME) AS [datetime as time];  

J. Usar CONVERT com dados datetime em diferentes formatos

Começando com valores GETDATE(), este exemplo usa CONVERT para exibir todos os estilos de data e hora na seção Estilos de data e hora deste artigo.

Nº do formato Consulta de exemplo Resultado de exemplo
0 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 0) Aug 23 2019 1:39PM
1 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 1) 08/23/19
2 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 2) 19.08.23
3 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 3) 23/08/19
4 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 4) 23.08.19
5 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 5) 23-08-19
6 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 6) 23 Aug 19
7 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 7) Aug 23, 19
8 ou 24 ou 108 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 8) 13:39:17
9 ou 109 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 9) Aug 23 2019 1:39:17:090PM
10 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 10) 08-23-19
11 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 11) 19/08/23
12 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 12) 190823
13 ou 113 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 13) 23 Aug 2019 13:39:17:090
14 ou 114 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 14) 13:39:17:090
20 ou 120 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 20) 2019-08-23 13:39:17
21 ou 25 ou 121 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 21) 2019-08-23 13:39:17.090
22 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 22) 08/23/19 1:39:17 PM
23 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 23) 2019-08-23
101 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 101) 08/23/2019
102 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 102) 2019.08.23
103 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 103) 23/08/2019
104 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 104) 23.08.2019
105 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 105) 23-08-2019
106 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 106) 23 Aug 2019
107 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 107) Aug 23, 2019
110 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 110) 08-23-2019
111 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 111) 2019/08/23
112 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 112) 20190823
113 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 113) 23 Aug 2019 13:39:17.090
120 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 120) 2019-08-23 13:39:17
121 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 121) 2019-08-23 13:39:17.090
126 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 126) 2019-08-23T13:39:17.09
127 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 127) 2019-08-23T13:39:17.09
130 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 130) 22 ذو الحجة 1440 1:39:17.090P
131 SELECT CONVERT(NVARCHAR, GETDATE(), 131) 22/12/1440 1:39:17.090PM

K. Efeitos da precedência de tipo de dados em conversões permitidas

O exemplo a seguir define uma variável do tipo VARCHAR, atribui um valor inteiro à variável e seleciona uma concatenação da variável com uma cadeia de caracteres.

DECLARE @string VARCHAR(10);
SET @string = 1;
SELECT @string + ' is a string.' AS Result

Este é o conjunto de resultados.

Result
-----------------------
1 is a string.

O valor int de 1 foi convertido em um VARCHAR.

O exemplo mostra uma consulta semelhante, que usa uma variável em vez de:

DECLARE @notastring INT;
SET @notastring = '1';
SELECT @notastring + ' is not a string.' AS Result

Nesse caso, a instrução SELECT gerará o seguinte erro:

Msg 245, Level 16, State 1, Line 3
Conversion failed when converting the varchar value ' is not a string.' to data type int.

Para avaliar a expressão @notastring + ' is not a string.', o SQL Server segue as regras de precedência de tipo de dados para concluir a conversão implícita antes que o resultado da expressão possa ser calculado. Como int tem uma precedência mais alta do que VARCHAR, o SQL Server tenta converter a cadeia de caracteres em um inteiro e falha porque essa cadeia de caracteres não pode ser convertida em um inteiro.

Se fornecermos uma cadeia de caracteres que possa ser convertida, a instrução terá sucesso, conforme foi visto no exemplo a seguir:

DECLARE @notastring INT;
SET @notastring = '1';
SELECT @notastring + '1'

Nesse caso, a cadeia de caracteres '1' pode ser convertida no valor inteiro 1; assim, a instrução SELECT retornará o valor 2. Quando os tipos de dados fornecidos forem inteiros, o operador + se tornará o operador matemático de adição, em vez de uma concatenação de cadeia de caracteres.

Exemplos: Azure Synapse Analytics e PDW (Analytics Platform System)

L. Usando CAST e CONVERT

Este exemplo recupera o nome dos produtos que têm um 3 no primeiro dígito de seu preço de lista e converte o ListPrice desses produtos em int. Ele usa o banco de dados AdventureWorksDW2016.

SELECT EnglishProductName AS ProductName, ListPrice  
FROM dbo.DimProduct  
WHERE CAST(ListPrice AS int) LIKE '3%';  

Este exemplo mostra a mesma consulta, usando CONVERT em vez de CAST. Ele usa o banco de dados AdventureWorksDW2016.

SELECT EnglishProductName AS ProductName, ListPrice  
FROM dbo.DimProduct  
WHERE CONVERT(INT, ListPrice) LIKE '3%';  

M. Usando CAST com operadores aritméticos

Este exemplo faz um cálculo de um valor de coluna única, dividindo o preço unitário do produto (UnitPrice) pelo percentual de desconto (UnitPriceDiscountPct). Esse resultado é então arredondado para o número inteiro mais próximo e, por fim, convertido em um tipo de dados int. Este exemplo usa o banco de dados AdventureWorksDW2016.

SELECT ProductKey, UnitPrice,UnitPriceDiscountPct,  
       CAST(ROUND (UnitPrice*UnitPriceDiscountPct,0) AS int) AS DiscountPrice  
FROM dbo.FactResellerSales  
WHERE SalesOrderNumber = 'SO47355'   
      AND UnitPriceDiscountPct > .02;  

Este é o conjunto de resultados.

ProductKey  UnitPrice  UnitPriceDiscountPct  DiscountPrice
----------  ---------  --------------------  -------------
323         430.6445   0.05                  22
213         18.5043    0.05                  1
456         37.4950    0.10                  4
456         37.4950    0.10                  4
216         18.5043    0.05                  1  

N. Usando CAST com a cláusula LIKE

Este exemplo converte a coluna ListPricemoney em um tipo int e, em seguida, em um tipo char(20) , de modo que a cláusula LIKE possa usá-lo. Este exemplo usa o banco de dados AdventureWorksDW2016.

SELECT EnglishProductName AS Name, ListPrice  
FROM dbo.DimProduct  
WHERE CAST(CAST(ListPrice AS INT) AS CHAR(20)) LIKE '2%';  

O. Usando CAST e CONVERT com dados datetime

Este exemplo exibe a data e a hora atuais, usa CAST para alterar a data e a hora atuais em um tipo de dados de caractere e, por fim, usa CONVERT para exibir a data e a hora no formato ISO 8601. Este exemplo usa o banco de dados AdventureWorksDW2016.

SELECT TOP(1)  
   SYSDATETIME() AS UnconvertedDateTime,  
   CAST(SYSDATETIME() AS NVARCHAR(30)) AS UsingCast,  
   CONVERT(NVARCHAR(30), SYSDATETIME(), 126) AS UsingConvertTo_ISO8601  
FROM dbo.DimCustomer;  

Este é o conjunto de resultados.

UnconvertedDateTime     UsingCast                     UsingConvertTo_ISO8601  
---------------------   ---------------------------   ---------------------------  
07/20/2010 1:44:31 PM   2010-07-20 13:44:31.5879025   2010-07-20T13:44:31.5879025  

Este exemplo é o oposto aproximado do exemplo anterior. Este exemplo exibe uma data e hora como dados de caractere, usa CAST para alterar os dados de caractere no tipo de dados datetime e, em seguida, usa CONVERT para alterar os dados de caractere no tipo de dados datetime. Este exemplo usa o banco de dados AdventureWorksDW2016.

SELECT TOP(1)   
   '2010-07-25T13:50:38.544' AS UnconvertedText,  
CAST('2010-07-25T13:50:38.544' AS DATETIME) AS UsingCast,  
   CONVERT(DATETIME, '2010-07-25T13:50:38.544', 126) AS UsingConvertFrom_ISO8601  
FROM dbo.DimCustomer;  

Este é o conjunto de resultados.

UnconvertedText         UsingCast               UsingConvertFrom_ISO8601
----------------------- ----------------------- ------------------------
2010-07-25T13:50:38.544 07/25/2010 1:50:38 PM   07/25/2010 1:50:38 PM  

Confira também

Precedência de tipo de dados (Transact-SQL)
Conversão de tipo de dados (Mecanismo de Banco de Dados)
FORMAT (Transact-SQL)
STR (Transact-SQL)
SELECT (Transact-SQL)
Funções de sistema (Transact-SQL)
Suporte a ordenações e a Unicode
Gravar instruções Transact-SQL internacionais