DELETE (Transact-SQL)

Aplica-se a: simSQL Server (todas as versões compatíveis) SimBanco de Dados SQL do Azure SimInstância Gerenciada do Azure SQL simAzure Synapse Analytics simParallel Data Warehouse

Remove uma ou mais linhas de uma tabela ou exibição no SQL Server.

Ícone de link do tópico Convenções da sintaxe Transact-SQL

Sintaxe

-- Syntax for SQL Server and Azure SQL Database  
  
[ WITH <common_table_expression> [ ,...n ] ]  
DELETE   
    [ TOP ( expression ) [ PERCENT ] ]   
    [ FROM ]   
    { { table_alias  
      | <object>   
      | rowset_function_limited   
      [ WITH ( table_hint_limited [ ...n ] ) ] }   
      | @table_variable  
    }  
    [ <OUTPUT Clause> ]  
    [ FROM table_source [ ,...n ] ]   
    [ WHERE { <search_condition>   
            | { [ CURRENT OF   
                   { { [ GLOBAL ] cursor_name }   
                       | cursor_variable_name   
                   }   
                ]  
              }  
            }   
    ]   
    [ OPTION ( <Query Hint> [ ,...n ] ) ]   
[; ]  
  
<object> ::=  
{   
    [ server_name.database_name.schema_name.   
      | database_name. [ schema_name ] .   
      | schema_name.  
    ]  
    table_or_view_name   
}  
-- Syntax for Azure Synapse Analytics

[ WITH <common_table_expression> [ ,...n ] ] 
DELETE [database_name . [ schema ] . | schema. ] table_name  
FROM [database_name . [ schema ] . | schema. ] table_name 
JOIN {<join_table_source>}[ ,...n ]  
ON <join_condition>
[ WHERE <search_condition> ]   
[ OPTION ( <query_options> [ ,...n ]  ) ]  
[; ]  

<join_table_source> ::=   
{  
    [ database_name . [ schema_name ] . | schema_name . ] table_or_view_name [ AS ] table_or_view_alias 
    [ <tablesample_clause>]  
    | derived_table [ AS ] table_alias [ ( column_alias [ ,...n ] ) ]  
}  
-- Syntax for Parallel Data Warehouse  
  
DELETE 
    [ FROM [database_name . [ schema ] . | schema. ] table_name ]   
    [ WHERE <search_condition> ]   
    [ OPTION ( <query_options> [ ,...n ]  ) ]  
[; ]  

Observação

Para ver a sintaxe do Transact-SQL para o SQL Server 2014 e versões anteriores, confira a Documentação das versões anteriores.

Argumentos

WITH <common_table_expression>
Especifica o conjunto de resultados nomeados temporário, também conhecido como expressão de tabela comum, definido dentro do escopo da instrução DELETE. O conjunto de resultados é derivado de uma instrução SELECT.

Também podem ser usadas expressões de tabela comuns com as instruções SELECT, INSERT, UPDATE e CREATE VIEW. Para obter mais informações, confira WITH common_table_expression (Transact-SQL).

TOP ( expression ) [ PERCENT ]
Especifica o número ou a porcentagem de linhas aleatórias que serão excluídas. expression pode ser um número ou uma porcentagem das linhas. As linhas referenciadas na expressão TOP usada com INSERT, UPDATE ou DELETE não são organizadas em qualquer ordem. Para obter mais informações, confira TOP (Transact-SQL).

FROM
Uma palavra-chave opcional que pode ser usada entre a palavra-chave DELETE e table_or_view_name ou rowset_function_limited de destino.

table_alias
O alias especificado na cláusula FROM table_source que representa a tabela ou exibição na qual as linhas devem ser excluídas.

server_name
Aplica-se a: SQL Server 2008 e posterior.

O nome do servidor (que usa um nome de servidor vinculado ou a função OPENDATASOURCE como nome do servidor) no qual a tabela ou exibição está localizada. Se server_name for especificado, database_name e schema_name serão necessários.

database_name
O nome do banco de dados.

schema_name
O nome do esquema ao qual a tabela ou exibição pertence.

table_or_view_name
O nome da tabela ou exibição da qual as linhas serão removidas.

Uma variável de tabela, dentro de seu escopo, também pode ser usada como origem da tabela em uma instrução DELETE.

A exibição referenciada por table_or_view_name deve ser atualizável e referenciar exatamente uma tabela base na cláusula FROM da definição de exibição. Para obter mais informações sobre exibições atualizáveis, consulte CREATE VIEW (Transact-SQL).

rowset_function_limited
Aplica-se a: SQL Server 2008 e posterior.

A função OPENQUERY ou OPENROWSET, sujeita às funcionalidades do provedor.

WITH ( <table_hint_limited> [... n] )
Especifica uma ou mais dicas de tabela permitidas para uma tabela de destino. A palavra-chave WITH e parênteses são necessários. NOLOCK e READUNCOMMITTED não são permitidos. Para obter mais informações sobre dicas de tabela, consulte Dicas de tabela (Transact-SQL).

<OUTPUT_Clause>
Retorna linhas excluídas, ou expressões baseadas nelas, como parte da operação DELETE. A cláusula OUTPUT não tem suporte em nenhuma instrução DML destinada a exibições ou tabelas remotas. Para saber mais sobre os argumentos e o comportamento dessa cláusula, confira Cláusula OUTPUT (Transact-SQL).

FROM table_source
Especifica uma cláusula FROM adicional. Esta extensão Transact-SQL para DELETE permite especificar dados de <table_source> e excluir as linhas correspondentes da tabela na primeira cláusula FROM.

Essa extensão, especificando uma união, pode ser usada em vez de uma subconsulta na cláusula WHERE para identificar linhas a serem removidas.

Para obter mais informações, consulte FROM (Transact-SQL).

WHERE
Especifica as condições usadas para limitar o número de linhas que são excluídas. Se uma cláusula WHERE não for fornecida, DELETE removerá todas as linhas da tabela.

Há duas formas de excluir operações com base no que é especificado na cláusula WHERE:

  • Exclusões pesquisadas especificam um critério de pesquisa para qualificar as linhas a serem excluídas. Por exemplo, WHERE column_name = value.

  • Exclusões posicionadas usam a cláusula CURRENT OF para especificar um cursor. A operação de exclusão ocorre na posição atual do cursor. Isso pode ser mais preciso do que uma instrução DELETE pesquisada que usa uma cláusula WHERE search_condition para qualificar as linhas a serem excluídas. Uma instrução DELETE pesquisada exclui várias linhas se o critério de pesquisa não identificar exclusivamente uma única linha.

<search_condition>
Especifica os critérios de restrição para as linhas a serem excluídas. Não há nenhum limite para o número de predicados que podem ser incluídos em um critério de pesquisa. Para obter mais informações, consulte Condição de pesquisa (Transact-SQL).

CURRENT OF
Especifica que DELETE é executado na posição atual do cursor especificado.

GLOBAL
Especifica que cursor_name se refere a um cursor global.

cursor_name
É o nome do cursor aberto do qual a busca é feita. Se um cursor global e um cursor local com o nome cursor_name existirem, esse argumento fará referência ao cursor global se GLOBAL estiver especificado; caso contrário, fará referência ao cursor local. O cursor deve permitir atualizações.

cursor_variable_name
O nome de uma variável de cursor. A variável de cursor deve fazer referência a um cursor que permite atualizações.

OPTION ( <query_hint> [ , ... n] )
Palavras-chave que indicam as dicas de otimização que são usadas para personalizar a forma como o Mecanismo de Banco de Dados processa a instrução. Para obter mais informações, veja Dicas de consulta (Transact-SQL).

Práticas Recomendadas

Para excluir todas as linhas em uma tabela, use TRUNCATE TABLE. TRUNCATE TABLE é mais rápido que DELETE e usa menos recursos do sistema e do log de transações. TRUNCATE TABLE tem restrições; por exemplo, a tabela não pode participar da replicação. Para obter mais informações, veja TRUNCATE TABLE (Transact-SQL)

Use a função @@ROWCOUNT para retornar o número de linhas excluídas para o aplicativo cliente. Para obter mais informações, consulte @@ROWCOUNT (Transact-SQL).

Tratamento de erros

Você pode implementar o tratamento de erro para a instrução DELETE especificando a instrução em um constructo TRY...CATCH.

A instrução DELETE pode falhar se violar um gatilho ou tentar remover uma linha referenciada por dados em outra tabela com uma restrição FOREIGN KEY. Se DELETE remover várias linhas e qualquer uma das linhas removidas violar um gatilho ou uma restrição, a instrução será cancelada, um erro será retornado e nenhuma linha será removida.

Quando uma instrução DELETE encontra um erro aritmético (estouro, divisão por zero ou um erro de domínio) que ocorre durante a avaliação de expressão, o Mecanismo de Banco de Dados trata esses erros como se SET ARITHABORT estivesse definido como ON. O restante do lote é cancelado e uma mensagem de erro é retornada.

Interoperabilidade

DELETE poderá ser usado no corpo de uma função definida pelo usuário se o objeto modificado for uma variável de tabela.

Ao excluir uma linha que contém uma coluna FILESTREAM, você também excluirá os arquivos subjacentes do sistema de arquivos. Os arquivos subjacentes são removidos pelo coletor de lixo do FILESTREAM. Para obter mais informações, veja Acessar Dados FILESTREAM com Transact-SQL.

A cláusula FROM não pode ser especificada em uma instrução DELETE que faça referência, direta ou indiretamente, a uma exibição com um gatilho INSTEAD OF definido. Para obter mais informações sobre gatilhos INSTEAD OF, confira CREATE TRIGGER (Transact-SQL).

Limitações e Restrições

Quando TOP é usado com DELETE, as linhas referenciadas não são organizadas em ordem alguma e a cláusula ORDER BY não pode ser especificada diretamente nessa instrução. Se você precisar usar TOP para excluir linhas em uma ordem cronológica significativa, será preciso usar TOP junto com uma cláusula ORDER BY em uma instrução de subseleção. Consulte a seção Exemplos a seguir neste tópico.

TOP não pode ser usado em uma DELETE instrução para exibições particionadas.

Comportamento de bloqueio

Por padrão, uma instrução DELETE sempre adquire um bloqueio exclusivo (IX) de intenção no objeto de tabela que ela modifica e mantém esse bloqueio até que a transação seja concluída. Com um bloqueio exclusivo (IX) de intenção, nenhuma outra transação pode modificar os dados; as operações de leitura podem ser realizadas apenas com o uso da dica NOLOCK ou no nível de isolamento de leitura não confirmada. Você pode especificar dicas de tabela para substituir esse comportamento padrão durante a instrução DELETE especificando outro método de bloqueio; entretanto, é recomendável que as dicas só sejam usadas como último recurso por desenvolvedores experientes e administradores de bancos de dados. Para obter mais informações, consulte Dicas de tabela (Transact-SQL).

Quando linhas são excluídas de um heap, o Mecanismo de Banco de Dados pode usar bloqueio de linha ou página para a operação. Como resultado, as páginas que ficaram vazias pela operação de exclusão permanecem alocadas no heap. Quando páginas vazias não são desalocadas, o espaço associado não pode ser usado novamente por outros objetos do banco de dados.

Para excluir linhas em um heap e desalocar páginas, use um dos seguintes métodos.

  • Especifique a dica TABLOCK na instrução DELETE. Usar a dica TABLOCK faz com que a operação de exclusão use um bloqueio exclusivo na tabela em vez de um bloqueio de linha ou página. Isso permite que as páginas sejam desalocadas. Para obter mais informações sobre a dica TABLOCK, veja Dicas de tabela (Transact-SQL).

  • Use TRUNCATE TABLE se todas as linhas forem excluídas da tabela.

  • Crie um índice clusterizado no heap antes de excluir as linhas. Você pode cancelar o índice clusterizado depois que as linhas forem excluídas. Esse método consome mais tempo do que os métodos anteriores e usa mais recursos temporários.

Observação

Páginas vazias podem ser removidas de um heap a qualquer momento usando a instrução ALTER TABLE <table_name> REBUILD.

Comportamento de log

A DELETE instrução sempre é registrada em log completamente.

Segurança

Permissões

São necessárias permissões DELETE na tabela alvo. Também serão necessárias permissões SELECT se a instrução tiver uma cláusula WHERE.

As permissões DELETE usam como padrão os membros da função de servidor fixa sysadmin, as funções de banco de dados fixas db_owner e db_datawriter e o proprietário da tabela. Os membros das funções sysadmin, db_owner e db_securityadmin, bem como o proprietário da tabela, podem transferir permissões para outros usuários.

Exemplos

Categoria Elementos de sintaxe em destaque
Sintaxe básica Delete (excluir)
Limitando as linhas excluídas WHERE • FROM • cursor •
Excluindo linhas de uma tabela remota Servidor vinculado • Função de conjunto de linhas OPENQUERY • Função de conjunto de linhas OPENDATASOURCE
Capturando os resultados da instrução DELETE cláusula OUTPUT

Sintaxe básica

Os exemplos nesta seção demonstram a funcionalidade básica da instrução DELETE usando a sintaxe mínima necessária.

a. Usando DELETE sem a cláusula WHERE

O exemplo a seguir exclui todas as linhas de uma tabela SalesPersonQuotaHistory no banco de dados AdventureWorks2012 porque uma cláusula WHERE não é usada para limitar o número de linhas excluídas.

DELETE FROM Sales.SalesPersonQuotaHistory;  
GO  

Limitando as linhas excluídas

Exemplos nesta seção demonstram como limitar o número de linhas que serão excluídas.

B. Usando a cláusula WHERE para excluir um conjunto de linhas

O exemplo a seguir exclui todas as linhas de uma tabela ProductCostHistory no banco de dados AdventureWorks2012 na qual o valor da coluna StandardCost é maior que 1000.00.

DELETE FROM Production.ProductCostHistory  
WHERE StandardCost > 1000.00;  
GO  

O exemplo a seguir mostra uma cláusula WHERE mais complexa. A cláusula WHERE define duas condições que devem ser atendidas para determinar as linhas a serem excluídas. O valor na coluna StandardCost deve ser entre 12.00 e 14.00 , e o valor na coluna SellEndDate deve ser nulo. O exemplo também imprime o valor da função @@ROWCOUNT para retornar o número de linhas excluídas.

DELETE Production.ProductCostHistory  
WHERE StandardCost BETWEEN 12.00 AND 14.00  
      AND EndDate IS NULL;  
PRINT 'Number of rows deleted is ' + CAST(@@ROWCOUNT as char(3));  

C. Usando um cursor para determinar a linha a ser excluída

O exemplo a seguir exclui uma única linha da tabela EmployeePayHistory no banco de dados AdventureWorks2012 que usa um cursor chamado complex_cursor. O operação de exclusão afeta somente a única linha buscada atualmente pelo cursor.

DECLARE complex_cursor CURSOR FOR  
    SELECT a.BusinessEntityID  
    FROM HumanResources.EmployeePayHistory AS a  
    WHERE RateChangeDate <>   
         (SELECT MAX(RateChangeDate)  
          FROM HumanResources.EmployeePayHistory AS b  
          WHERE a.BusinessEntityID = b.BusinessEntityID) ;  
OPEN complex_cursor;  
FETCH FROM complex_cursor;  
DELETE FROM HumanResources.EmployeePayHistory  
WHERE CURRENT OF complex_cursor;  
CLOSE complex_cursor;  
DEALLOCATE complex_cursor;  
GO  

D. Usando junções e subconsultas para dados em uma tabela para excluir linhas em outra tabela

Os exemplos a seguir mostram dois modos de excluir linhas em uma tabela com base em dados de outra tabela. Nos dois exemplos, as linhas da tabela SalesPersonQuotaHistory no banco de dados AdventureWorks2012 são excluídas com base nas vendas acumuladas no ano armazenadas na tabela SalesPerson. A primeira instrução DELETE mostra a solução de subconsulta compatível com ISO e a segunda instrução DELETE mostra a extensão FROM Transact-SQL para unir as duas tabelas.

-- SQL-2003 Standard subquery  
  
DELETE FROM Sales.SalesPersonQuotaHistory   
WHERE BusinessEntityID IN   
    (SELECT BusinessEntityID   
     FROM Sales.SalesPerson   
     WHERE SalesYTD > 2500000.00);  
GO  
-- Transact-SQL extension  
  
DELETE FROM Sales.SalesPersonQuotaHistory   
FROM Sales.SalesPersonQuotaHistory AS spqh  
INNER JOIN Sales.SalesPerson AS sp  
ON spqh.BusinessEntityID = sp.BusinessEntityID  
WHERE sp.SalesYTD > 2500000.00;  
GO  
-- No need to mention target table more than once.  
  
DELETE spqh  
  FROM  
        Sales.SalesPersonQuotaHistory AS spqh  
    INNER JOIN Sales.SalesPerson AS sp  
        ON spqh.BusinessEntityID = sp.BusinessEntityID  
  WHERE  sp.SalesYTD > 2500000.00;  

E. Usando TOP para limitar o número de linhas excluídas

Quando uma cláusula TOP (n) é usada com DELETE, a operação de exclusão é executada em uma seleção aleatória de um número n de linhas. O exemplo a seguir exclui 20 linhas aleatórias da tabela PurchaseOrderDetail no banco de dados AdventureWorks2012 que têm datas de vencimento anteriores a 1º de julho de 2006.

DELETE TOP (20)   
FROM Purchasing.PurchaseOrderDetail  
WHERE DueDate < '20020701';  
GO  

Se você precisar usar TOP para excluir linhas em uma ordem cronológica significativa, será preciso usar TOP junto com ORDER BY em uma instrução de subseleção. A consulta a seguir exclui as 10 linhas da tabela PurchaseOrderDetail que têm as primeiras datas de vencimento. Para garantir que apenas 10 linhas sejam excluídas, a coluna especificada na instrução de subseleção (PurchaseOrderID) é a chave primária da tabela. O uso de uma coluna não chave na instrução de subseleção pode resultar na exclusão de mais de 10 linhas se a coluna especificada contiver valores duplicados.

DELETE FROM Purchasing.PurchaseOrderDetail  
WHERE PurchaseOrderDetailID IN  
   (SELECT TOP 10 PurchaseOrderDetailID   
    FROM Purchasing.PurchaseOrderDetail   
    ORDER BY DueDate ASC);  
GO  

Excluindo linhas de uma tabela remota

Os exemplos nesta seção demonstram como excluir linhas de uma tabela de remota usando um servidor vinculado ou uma função de conjunto de linhas para referenciar a tabela remota. Uma tabela remota existe em um servidor diferente ou em uma instância do SQL Server.

Aplica-se a: SQL Server 2008 e posterior.

F. Excluindo dados de uma tabela remota por meio de um servidor vinculado

O exemplo a seguir exclui uma linhas de uma tabela remota. O exemplo começa criando um link com a fonte de dados remota usando sp_addlinkedserver. O nome do servidor vinculado, MyLinkServer, é especificado, em seguida, como parte do nome de objeto de quatro partes no formulário server.catalog.schema.object.

USE master;  
GO  
-- Create a link to the remote data source.   
-- Specify a valid server name for @datasrc as 'server_name' or 'server_name\instance_name'.  
  
EXEC sp_addlinkedserver @server = N'MyLinkServer',  
    @srvproduct = N' ',  
    @provider = N'SQLNCLI',   
    @datasrc = N'server_name',  
    @catalog = N'AdventureWorks2012';  
GO  
-- Specify the remote data source using a four-part name   
-- in the form linked_server.catalog.schema.object.  
  
DELETE MyLinkServer.AdventureWorks2012.HumanResources.Department 
WHERE DepartmentID > 16;  
GO  

G. Excluindo dados de uma tabela remota por meio da função OPENQUERY

O exemplo a seguir exclui linhas de uma tabela remota especificando a função do conjunto de linhas OPENQUERY. O nome de servidor vinculado criado no exemplo anterior é usado neste exemplo.

DELETE OPENQUERY (MyLinkServer, 'SELECT Name, GroupName 
FROM AdventureWorks2012.HumanResources.Department  
WHERE DepartmentID = 18');  
GO  

H. Excluindo dados de uma tabela remota por meio da função OPENDATASOURCE

O exemplo a seguir exclui linhas de uma tabela remota especificando a função do conjunto de linhas OPENDATASOURCE. Especifique um nome do servidor válido para a fonte de dados usando o formato server_name ou server_name\instance_name.

DELETE FROM OPENDATASOURCE('SQLNCLI',  
    'Data Source= <server_name>; Integrated Security=SSPI')  
    .AdventureWorks2012.HumanResources.Department   
WHERE DepartmentID = 17;

Capturando os resultados da instrução DELETE

I. Usando DELETE com a cláusula OUTPUT

O exemplo a seguir mostra como salvar os resultados de uma instrução DELETE em uma variável de tabela no banco de dados AdventureWorks2012.

DELETE Sales.ShoppingCartItem  
OUTPUT DELETED.*   
WHERE ShoppingCartID = 20621;  
  
--Verify the rows in the table matching the WHERE clause have been deleted.  
SELECT COUNT(*) AS [Rows in Table] 
FROM Sales.ShoppingCartItem 
WHERE ShoppingCartID = 20621;  
GO  

J. Usando OUTPUT com <do_nome_da_tabela> em uma instrução DELETE

O exemplo a seguir exclui linhas da tabela ProductProductPhoto no banco de dados AdventureWorks2012 com base em critérios de pesquisa definidos na cláusula FROM da instrução DELETE. A cláusula OUTPUT retorna colunas da tabela que está sendo excluída, DELETED.ProductID, DELETED.ProductPhotoID, e colunas da tabela Product . É usada na cláusula FROM para especificar as linhas a serem excluídas.

DECLARE @MyTableVar table (  
    ProductID int NOT NULL,   
    ProductName nvarchar(50)NOT NULL,  
    ProductModelID int NOT NULL,   
    PhotoID int NOT NULL);  
  
DELETE Production.ProductProductPhoto  
OUTPUT DELETED.ProductID,  
       p.Name,  
       p.ProductModelID,  
       DELETED.ProductPhotoID  
    INTO @MyTableVar  
FROM Production.ProductProductPhoto AS ph  
JOIN Production.Product as p   
    ON ph.ProductID = p.ProductID   
    WHERE p.ProductModelID BETWEEN 120 and 130;  
  
--Display the results of the table variable.  
SELECT ProductID, ProductName, ProductModelID, PhotoID   
FROM @MyTableVar  
ORDER BY ProductModelID;  
GO  

Exemplos: Azure Synapse Analytics e Parallel Data Warehouse

K. Excluir todas as linhas de uma tabela

O exemplo a seguir exclui todas as linhas de uma tabela Table1 porque uma cláusula WHERE não é usada para limitar o número de linhas excluídas.

DELETE FROM Table1;  

L. Excluir um conjunto de linhas de uma tabela com DELETE

O exemplo a seguir exclui todas as linhas do Table1 tabela que tem um valor maior que 1.000,00 na coluna StandardCost.

DELETE FROM Table1  
WHERE StandardCost > 1000.00;  

M. Usando LABEL com uma instrução DELETE

O exemplo a seguir usa um rótulo com a instrução DELETE.

DELETE FROM Table1  
OPTION ( LABEL = N'label1' );  
  

N. Usando um rótulo e uma dica de consulta com a instrução DELETE

Essa consulta mostra a sintaxe básica para uso de uma dica de consulta de junção com a instrução DELETE. Para obter mais informações sobre dicas de junção e como usar a cláusula OPTION, confira Cláusula OPTION (Transact-SQL&).

-- Uses AdventureWorks  
  
DELETE FROM dbo.FactInternetSales  
WHERE ProductKey IN (   
    SELECT T1.ProductKey FROM dbo.DimProduct T1   
    JOIN dbo.DimProductSubcategory T2  
    ON T1.ProductSubcategoryKey = T2.ProductSubcategoryKey  
    WHERE T2.EnglishProductSubcategoryName = 'Road Bikes' )  
OPTION ( LABEL = N'CustomJoin', HASH JOIN ) ;  

O. Exclusão com uma cláusula WHERE

Esta consulta mostra como fazer uma exclusão com uma cláusula WHERE e não com uma cláusula FROM.

DELETE tableA WHERE EXISTS (
SELECT TOP 1 1 FROM tableB tb WHERE tb.col1 = tableA.col1
)

P. Excluir com base no resultado da junção com outra tabela

Este exemplo mostra como fazer a exclusão de uma tabela com base no resultado da junção com outra tabela.

CREATE TABLE dbo.Table1   
    (ColA int NOT NULL, ColB decimal(10,3) NOT NULL);  
GO  

CREATE TABLE dbo.Table2   
    (ColA int PRIMARY KEY NOT NULL, ColB decimal(10,3) NOT NULL);  
GO  
INSERT INTO dbo.Table1 VALUES(1, 10.0), (1, 20.0);  
INSERT INTO dbo.Table2 VALUES(1, 0.0);  
GO  

DELETE dbo.Table2   
FROM dbo.Table2   
    INNER JOIN dbo.Table1   
    ON (dbo.Table2.ColA = dbo.Table1.ColA)
    WHERE dboTable2.ColA = 1;  

Consulte Também

CREATE TRIGGER (Transact-SQL)
INSERT (Transact-SQL)
SELECT (Transact-SQL)
TRUNCATE TABLE (Transact-SQL)
UPDATE (Transact-SQL)
WITH common_table_expression (Transact-SQL)
@@ROWCOUNT (Transact-SQL)