Instruções RESTORE – argumentos (Transact-SQL)RESTORE Statements - Arguments (Transact-SQL)

APLICA-SE A: simSQL Server nãoBanco de Dados SQL do Azure nãoSQL Data Warehouse do Azure nãoParallel Data Warehouse APPLIES TO: yesSQL Server noAzure SQL Database noAzure SQL Data Warehouse noParallel Data Warehouse

Este tópico documenta os argumentos descritos nas seções de Sintaxe da instrução RESTORE {DATABASE|LOG} e do conjunto associado de instruções auxiliares: RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, RESTORE REWINDONLY e RESTORE VERIFYONLY.This topic documents the arguments that are described in the Syntax sections of the RESTORE {DATABASE|LOG} statement and of the associated set of auxiliary statements: RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, RESTORE REWINDONLY, and RESTORE VERIFYONLY. Há suporte para a maioria dos argumentos apenas por um subconjunto dessas seis instruções.Most of the arguments are supported by only a subset of these six statements. O suporte a cada argumento é indicado na descrição do argumento.The support for each argument is indicated in the description of the argument.

Ícone de link do tópico Convenções de sintaxe de Transact-SQLTopic link icon Transact-SQL Syntax Conventions

SintaxeSyntax

Para obter a sintaxe, consulte os seguintes tópicos:For syntax, see the following topics:

ArgumentosArguments

DATABASEDATABASE
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Especifica o banco de dados de destino.Specifies the target database. Se uma lista de arquivos e grupos de arquivos estiver especificada, apenas esses arquivos e grupos de arquivos serão restaurados.If a list of files and filegroups is specified, only those files and filegroups are restored.

Para um banco de dados que usa o modelo de recuperação completa ou bulk-logged, o SQL ServerSQL Server requer que se faça backup do final do log antes da restauração do banco de dados.For a database using the full or bulk-logged recovery model, SQL ServerSQL Server requires in most cases that you back up the tail of the log before restoring the database. Restaurar um banco de dados sem antes fazer backup do final do log resultará em um erro, a não ser que a instrução RESTORE DATABASE contenha a cláusula WITH REPLACE ou WITH STOPAT, que deve especificar um momento ou transação que ocorreu após o final do backup de dados.Restoring a database without first backing up the tail of the log results in an error, unless the RESTORE DATABASE statement contains either the WITH REPLACE or the WITH STOPAT clause, which must specify a time or transaction that occurred after the end of the data backup. Para obter mais informações sobre backups da parte final do log, veja Backups da parte final do log (SQL Server).For more information about tail-log backups, see Tail-Log Backups (SQL Server).

LOGLOG
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Especifica que um backup do log de transações será aplicado a este banco de dados.Specifies that a transaction log backup is to be applied to this database. Os logs de transação devem ser aplicados em ordem sequencial.Transaction logs must be applied in sequential order. O SQL ServerSQL Server verifica o log de transações com backup para garantir que as transações estão sendo carregadas no banco de dados correto e na sequência correta.SQL ServerSQL Server checks the backed up transaction log to ensure that the transactions are being loaded into the correct database and in the correct sequence. Para aplicar vários logs de transações, use a opção NORECOVERY em todas as operações de restauração exceto na última.To apply multiple transaction logs, use the NORECOVERY option on all restore operations except the last.

Observação

Normalmente, o último log restaurado é o backup do final do log.Typically, the last log restored is the tail-log backup. Um backup da parte final do log é um backup de log feito exatamente antes da restauração de um banco de dados, normalmente após uma falha do banco de dados.A tail-log backup is a log backup taken right before restoring a database, typically after a failure on the database. Fazer um backup do final do log do banco de dados que está possivelmente danificado evita perda de trabalho capturando o log que ainda não tem backup (o final do log).Taking a tail-log backup from the possibly damaged database prevents work loss by capturing the log that has not yet been backed up (the tail of the log). Para obter mais informações, veja Backups da parte final do log (SQL Server).For more information, see Tail-Log Backups (SQL Server).

Para obter mais informações, veja Aplicar backups de log de transações (SQL Server).For more information, see Apply Transaction Log Backups (SQL Server).

{ database_name | @ database_name_var}{ database_name | @database_name_var}
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

É o banco de dados no qual o log ou banco de dados completo é restaurado.Is the database that the log or complete database is restored into. Se for fornecido como uma variável ( @ database_name_var), esse nome poderá ser especificado como uma constante de cadeia de caracteres ( @ database_name_var = database_name) ou como uma variável de tipo de dados string, exceto para os tipos de dados ntext ou text.If supplied as a variable (@database_name_var), this name can be specified either as a string constant (@database_name_var = database_name) or as a variable of character string data type, except for the ntext or text data types.

<file_or_filegroup_or_page> [ , ...n ]<file_or_filegroup_or_page> [ ,...n ]
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Especifica o nome de uma página, grupo de arquivos ou arquivo lógico a ser incluído em uma instrução RESTORE DATABASE ou RESTORE LOG.Specifies the name of a logical file or filegroup or page to include in a RESTORE DATABASE or RESTORE LOG statement. É possível especificar uma lista de arquivos ou grupos de arquivos.You can specify a list of files or filegroups.

Para um banco de dados que usa o modelo de recuperação simples, as opções FILE e FILEGROUP serão permitidas apenas se os arquivos de destino ou grupos de arquivos forem somente leitura ou se esta for uma restauração PARTIAL (que resulta em um grupo de arquivos extinto).For a database that uses the simple recovery model, the FILE and FILEGROUP options are allowed only if the target files or filegroups are read only, or if this is a PARTIAL restore (which results in a defunct filegroup).

Para um banco de dados que usa o modelo de recuperação completa ou bulk-logged, após usar RESTORE DATABASE para restaurar um ou mais arquivos, e/ou páginas, normalmente você deve aplicar o log de transações nos arquivos que contêm os dados restaurados. A aplicação do log torna esses arquivos consistentes com o restante do banco de dados.For a database that uses the full or bulk-logged recovery model, after using RESTORE DATABASE to restore one or more files, filegroups, and/or pages, typically, you must apply the transaction log to the files containing the restored data; applying the log makes those files consistent with the rest of the database. As exceções são as seguintes:The exceptions to this are as follows:

  • Se os arquivos que estão sendo restaurados eram somente leitura antes do último backup feito, um log de transações não precisará ser aplicado e a instrução RESTORE informará sobre essa situação.If the files being restored were read-only before they were last backed up-then a transaction log does not have to be applied, and the RESTORE statement informs you of this situation.

  • Se o backup contiver o grupo de arquivos primário e uma restauração parcial estiver sendo executada.If the backup contains the primary filegroup and a partial restore is being performed. Nesse caso, o log de restauração não é necessário porque o log é restaurado automaticamente do conjunto de backup.In this case, the restore log is not needed because the log is restored automatically from the backup set.

FILE = { logical_file_name_in_backup| @ logical_file_name_in_backup_var}FILE = { logical_file_name_in_backup| @logical_file_name_in_backup_var}
Nomeia um arquivo a ser incluído na restauração do banco de dados.Names a file to include in the database restore.

FILEGROUP = { logical_filegroup_name | @ logical_filegroup_name_var }FILEGROUP = { logical_filegroup_name | @logical_filegroup_name_var }
Nomeia um grupo de arquivos a ser incluído na restauração do banco de dados.Names a filegroup to include in the database restore.

Observação FILEGROUP é permitido no modelo de recuperação simples apenas se o grupo de arquivos especificado é somente leitura e esta é uma restauração parcial (ou seja, se WITH PARTIAL é usado).Note FILEGROUP is allowed in simple recovery model only if the specified filegroup is read-only and this is a partial restore (that is, if WITH PARTIAL is used). Todos os grupos de arquivos de leitura/gravação não restaurados são marcados como expirados e não podem ser restaurados subsequentemente no banco de dados resultante.Any unrestored read-write filegroups are marked as defunct and cannot subsequently be restored into the resulting database.

READ_WRITE_FILEGROUPSREAD_WRITE_FILEGROUPS
Seleciona todos os grupos de arquivos de leitura/gravação.Selects all read-write filegroups. Essa opção é útil principalmente quando você tem vários grupos de arquivos somente leitura que deseja restaurar após os grupos de arquivos de leitura/gravação.This option is particularly useful when you have read-only filegroups that you want to restore after read-write filegroups before the read-only filegroups.

PAGE = ' file : _page* [ , ...n ] 'PAGE = 'file:_page* [ ,...n ]'
Especifica uma lista de uma ou mais páginas para uma restauração de página (o que tem suporte apenas para bancos de dados que usam os modelos de recuperação completa ou bulk-logged).Specifies a list of one or more pages for a page restore (which is supported only for databases using the full or bulk-logged recovery models). Os valores são os seguintes:The values are as follows:

PAGEPAGE
Indica uma lista de um ou mais arquivos e páginas.Indicates a list of one or more files and pages.

filefile
É a ID do arquivo que contém uma página específica a ser restaurada.Is the file ID of the file containing a specific page to be restored.

pagepage
É a ID da página a ser restaurada no arquivo.Is the page ID of the page to be restored in the file.

nn
É um espaço reservado que indica que várias páginas podem ser especificadas.Is a placeholder indicating that multiple pages can be specified.

O número máximo de páginas que podem ser restauradas em um único arquivo em uma sequência de restauração é 1000.The maximum number of pages that can be restored into any single file in a restore sequence is 1000. No entanto, se houver mais que um pequeno número de páginas danificadas em um arquivo, considere restaurar o arquivo inteiro em vez das páginas.However, if you have more than a small number of damaged pages in a file, consider restoring the whole file instead of the pages.

Observação

Restaurações de páginas nunca são recuperadas.Page restores are never recovered.

Para obter mais informações sobre restauração de página, consulte Restaurar páginas (SQL Server).For more information about page restore, see Restore Pages (SQL Server).

[ , ...n ][ ,...n ]
É um espaço reservado que indica que vários arquivos, grupos de arquivos e páginas podem ser especificados em uma lista separada por vírgulas.Is a placeholder indicating that multiple files and filegroups and pages can be specified in a comma-separated list. O número é ilimitado.The number is unlimited.

FROM { <backup_device> [ , ...n ]| <database_snapshot> } Normalmente, especifica os dispositivos de backup do qual restaurar o backup.FROM { <backup_device> [ ,...n ]| <database_snapshot> } Typically, specifies the backup devices from which to restore the backup. Como alternativa, em uma instrução RESTORE DATABASE, a cláusula FROM pode especificar o nome de um instantâneo do banco de dados para o qual você está revertendo o banco de dados e, nesse caso, nenhuma cláusula WITH é permitida.Alternatively, in a RESTORE DATABASE statement, the FROM clause can specify the name of a database snapshot to which you are reverting the database, in which case, no WITH clause is permitted.

Se a cláusula FROM for omitida, a restauração de um backup não ocorrerá.If the FROM clause is omitted, the restore of a backup does not take place. Em vez disso, o banco de dados é recuperado.Instead, the database is recovered. Isso permite recuperar um banco de dados que foi restaurado com a opção NORECOVERY ou reverter para um servidor em espera.This allows you to recover a database that has been restored with the NORECOVERY option or to switch over to a standby server. Se a cláusula FROM for omitida, NORECOVERY, RECOVERY ou STANDBY devem ser especificados na cláusula WITH.If the FROM clause is omitted, NORECOVERY, RECOVERY, or STANDBY must be specified in the WITH clause.

<backup_device> [ , ...n ] Especifica os dispositivos de backup lógicos ou físicos a serem usados para a operação de restauração.<backup_device> [ ,...n ] Specifies the logical or physical backup devices to use for the restore operation.

Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, RESTORE REWINDONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, RESTORE REWINDONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

<backup_device>::= Especifica um dispositivo de backup lógico ou físico a ser usado para a operação de backup, da seguinte maneira:<backup_device>::= Specifies a logical or physical backup device to use for the backup operation, as follows:

{ logical_backup_device_name | @ logical_backup_device_name_var }{ logical_backup_device_name | @logical_backup_device_name_var }
É o nome lógico que deve seguir as regras de identificadores dos dispositivos de backup criados por sp_addumpdevice dos quais o banco de dados é restaurado.Is the logical name, which must follow the rules for identifiers, of the backup device(s) created by sp_addumpdevice from which the database is restored. Se for fornecido como uma variável ( @ logical_backup_device_name_var), o nome do dispositivo de backup poderá ser especificado como uma constante de cadeia de caracteres ( @ logical_backup_device_name_var = logical_backup_device_name) ou como uma variável do tipo de dados string, exceto os tipos de dados ntext ou text.If supplied as a variable (@logical_backup_device_name_var), the backup device name can be specified either as a string constant (@logical_backup_device_name_var = logical_backup_device_name) or as a variable of character string data type, except for the ntext or text data types.

{DISK | TAPE } = { ' physical_backup_device_name ' | @ physical_backup_device_name_var }{DISK | TAPE } = { 'physical_backup_device_name' | @physical_backup_device_name_var }
Permite restaurar backups do disco nomeado ou dispositivo de fita.Allows backups to be restored from the named disk or tape device. Os tipos de dispositivo de disco e fita devem ser especificados com o nome real (por exemplo, caminho completo e nome de arquivo) do dispositivo: DISK ='Z:\SQLServerBackups\AdventureWorks.bak' ou TAPE ='\\\\.\TAPE0'.The device types of disk and tape should be specified with the actual name (for example, complete path and file name) of the device: DISK ='Z:\SQLServerBackups\AdventureWorks.bak' or TAPE ='\\\\.\TAPE0'. Se for especificado como uma variável ( @ physical_backup_device_name_var), o nome do dispositivo poderá ser especificado como uma constante de cadeia de caracteres ( @ physical_backup_device_name_var = 'physcial_backup_device_name') ou como uma variável do tipo de dados String, exceto para os tipos de dados ntext ou text.If specified as a variable (@physical_backup_device_name_var), the device name can be specified either as a string constant (@physical_backup_device_name_var = 'physical_backup_device_name') or as a variable of character string data type, except for the ntext or text data types.

Se usando um servidor de rede com um nome de UNC (que deve conter o nome de máquina), especifique um tipo de dispositivo de disco.If using a network server with a UNC name (which must contain machine name), specify a device type of disk. Para obter informações sobre como usar nomes UNC, consulte Dispositivos de backup (SQL Server).For more information about how to use UNC names, see Backup Devices (SQL Server).

A conta sob a qual você está executando o SQL ServerSQL Server deve ter acesso READ ao computador remoto ou servidor de rede para executar uma operação RESTORE.The account under which you are running SQL ServerSQL Server must have READ access to the remote computer or network server in order to perform a RESTORE operation.

nn
É um espaço reservado que indica que até 64 dispositivos de backup podem ser especificados em uma lista separada por vírgula.Is a placeholder indicating that up to 64 backup devices may be specified in a comma-separated list.

Se uma sequência de restauração precisar de tantos dispositivos de backup quantos foram usados para criar o conjunto de mídias ao qual o backup pertence, dependerá de se a restauração é offline ou online, da seguinte maneira:Whether a restore sequence requires as many backup devices as were used to create the media set to which the backups belong, depends on whether the restore is offline or online, as follows:

  • A restauração off-line permite que um backup seja restaurado usando menos dispositivos que os usados para criar o backup.Offline restore allows a backup to be restored using fewer devices than were used to create the backup.

  • A restauração on-line requer todos os dispositivos de backup.Online restore requires all the backup devices of the backup. Uma tentativa de restaurar com menos dispositivos falhará.An attempt to restore with fewer devices fails.

Por exemplo, considere um caso em que o backup de um banco de dados foi feito para quatro unidades de fita conectadas ao servidor.For example, consider a case in which a database was backed up to four tape drives connected to the server. Uma restauração online requer que você tenha quatro unidades conectadas ao servidor. Uma restauração offline permite restaurar o backup se houver menos de quatro unidades na máquina.An online restore requires that you have four drives connected to the server; an offline restore allows you to restore the backup if there are less than four drives on the machine.

Observação

Ao restaurar um backup de um conjunto de mídias espelhado, você pode especificar apenas um único espelho para cada família de mídia.When you are restoring a backup from a mirrored media set, you can specify only a single mirror for each media family. Porém, na presença de erros, a existência de outros espelhos permite que alguns problemas de restauração sejam resolvidos rapidamente.In the presence of errors, however, having the other mirrors enables some restore problems to be resolved quickly. Você pode substituir um volume de mídia danificado pelo volume correspondente de outro espelho.You can substitute a damaged media volume with the corresponding volume from another mirror. Lembre-se de que, para restaurações offline, é possível restaurar a partir de menos dispositivos do que as famílias de mídia, mas cada família é processada apenas uma vez.Be aware that for offline restores you can restore from fewer devices than media families, but each family is processed only once.

<database_snapshot>::=<database_snapshot>::=
Com suporte de: RESTORE DATABASESupported by: RESTORE DATABASE

DATABASE_SNAPSHOT = database_snapshot_nameDATABASE_SNAPSHOT =database_snapshot_name
Reverte o banco de dados no instantâneo do banco de dados especificado por database_snapshot_name.Reverts the database to the database snapshot specified by database_snapshot_name. A opção DATABASE_SNAPSHOT está disponível apenas para uma restauração completa do banco de dados.The DATABASE_SNAPSHOT option is available only for a full database restore. Em uma operação de reversão, o instantâneo do banco de dados ocupa o lugar de um backup completo do banco de dados.In a revert operation, the database snapshot takes the place of a full database backup.

Uma operação de reversão requer que o instantâneo do banco de dados especificado seja o único no banco de dados.A revert operation requires that the specified database snapshot is the only one on the database. Durante a operação de reversão, o instantâneo e o banco de dados de origem são marcados como In restore.During the revert operation, the database snapshot and the destination database and are both marked as In restore. Para obter mais informações, consulte a seção "Comentários" em RESTORE DATABASE.For more information, see the "Remarks" section in RESTORE DATABASE.

Opções WITHWITH Options

Especifica as opções a serem usadas por uma operação de restauração.Specifies the options to be used by a restore operation. Para obter um resumo de quais instruções usam cada opção, consulte "Resumo de suporte para opções WITH" mais adiante neste tópico.For a summary of which statements use each option, see "Summary of Support for WITH Options," later in this topic.

Observação

As opções WITH são organizadas aqui na mesma ordem que na seção "Sintaxe" em RESTORE {DATABASE|LOG}.WITH options are organized here in the same order as in the "Syntax" section in RESTORE {DATABASE|LOG}.

PARTIALPARTIAL
Com suporte de: RESTORE DATABASESupported by: RESTORE DATABASE

Especifica uma operação de restauração parcial que restaura o grupo de arquivos primário e qualquer grupo de arquivos secundário especificado.Specifies a partial restore operation that restores the primary filegroup and any specified secondary filegroup(s). A opção PARCIAL seleciona o grupo de arquivos primário implicitamente. Não é necessário especificar FILEGROUP = 'PRIMARY'.The PARTIAL option implicitly selects the primary filegroup; specifying FILEGROUP = 'PRIMARY' is unnecessary. Para restaurar um grupo de arquivos secundário, você deve especificar o grupo de arquivos usando a opção FILE ou a opção FILEGROUP explicitamente.To restore a secondary filegroup, you must explicitly specify the filegroup using the FILE option or FILEGROUP option.

A opção PARTIAL não é permitida em instruções RESTORE LOG.The PARTIAL option is not allowed on RESTORE LOG statements.

A opção PARTIAL inicia o estágio inicial de uma restauração por etapas, o que permite que os grupos de arquivos restantes sejam restaurados posteriormente.The PARTIAL option starts the initial stage of a piecemeal restore, which allows remaining filegroups to be restored at a later time. Para obter mais informações, veja Restaurações por etapas (SQL Server).For more information, see Piecemeal Restores (SQL Server).

[ RECOVERY | NORECOVERY | STANDBY ][ RECOVERY | NORECOVERY | STANDBY ]
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

RECOVERYRECOVERY
Instrui a operação de restauração a reverter todas as transações não confirmadas.Instructs the restore operation to roll back any uncommitted transactions. Após o processo de recuperação, o banco de dados está pronto para uso.After the recovery process, the database is ready for use. Se NORECOVERY, RECOVERY ou STANDBY não estiverem especificados, RECOVERY será o padrão.If neither NORECOVERY, RECOVERY, nor STANDBY is specified, RECOVERY is the default.

Se operações subsequentes de RESTORE (RESTORE LOG ou RESTORE DATABASE de diferencial) forem planejadas, NORECOVERY ou STANDBY deverão ser especificadas no lugar.If subsequent RESTORE operations (RESTORE LOG, or RESTORE DATABASE from differential) are planned, NORECOVERY or STANDBY should be specified instead.

Ao restaurar conjuntos de backup de uma versão anterior do SQL ServerSQL Server, uma atualização do banco de dados pode ser necessária.When restoring backup sets from an earlier version of SQL ServerSQL Server, a database upgrade might be required. Essa atualização é executada automaticamente quando WITH RECOVERY é especificado.This upgrade is performed automatically when WITH RECOVERY is specified. Para obter mais informações, veja Aplicar backups de log de transações (SQL Server).For more information, see Apply Transaction Log Backups (SQL Server).

Observação

Se a cláusula FROM for omitida, NORECOVERY, RECOVERY ou STANDBY devem ser especificados na cláusula WITH.If the FROM clause is omitted, NORECOVERY, RECOVERY, or STANDBY must be specified in the WITH clause.

NORECOVERYNORECOVERY
Instrui a operação de restauração a não reverter nenhuma transação não confirmada.Instructs the restore operation to not roll back any uncommitted transactions. Se outro log de transações precisar ser aplicado posteriormente, especifique a opção NORECOVERY ou STANDBY.If another transaction log has to be applied later, specify either the NORECOVERY or STANDBY option. Se NORECOVERY, RECOVERY ou STANDBY não estiverem especificados, RECOVERY será o padrão.If neither NORECOVERY, RECOVERY, nor STANDBY is specified, RECOVERY is the default. Durante uma operação de restauração offline usando a opção NORECOVERY, o banco de dados não será utilizável.During an offline restore operation using the NORECOVERY option, the database is not usable.

Para restaurar um backup do banco de dados e um ou mais logs de transações ou sempre que várias instruções RESTORE forem necessárias (por exemplo, ao restaurar um backup completo seguido por um backup diferencial do banco de dados), RESTORE requer a opção WITH NORECOVERY em todas as instruções, menos na RESTORE final.For restoring a database backup and one or more transaction logs or whenever multiple RESTORE statements are necessary (for example, when restoring a full database backup followed by a differential database backup), RESTORE requires the WITH NORECOVERY option on all but the final RESTORE statement. A prática recomendada é usar WITH NORECOVERY em TODAS as instruções em uma sequência de restauração de várias etapas até que o ponto de recuperação desejado seja atingido e, em seguida, usar uma instrução RESTORE WITH RECOVERY separada apenas para recuperação.A best practice is to use WITH NORECOVERY on ALL statements in a multi-step restore sequence until the desired recovery point is reached, and then to use a separate RESTORE WITH RECOVERY statement for recovery only.

Quando usado com uma operação de restauração de arquivos ou de grupos de arquivos, NORECOVERY força o banco de dados a permanecer no estado de restauração após a operação de restauração.When used with a file or filegroup restore operation, NORECOVERY forces the database to remain in the restoring state after the restore operation. Isto é útil em qualquer um destas situações:This is useful in either of these situations:

  • Um script de restauração está sendo executado e o log sempre está sendo aplicado.A restore script is being run and the log is always being applied.

  • Uma sequência de restaurações de arquivos é usada e o banco de dados não tem o objetivo de ser utilizável entre duas das operações de restauração.A sequence of file restores is used and the database is not intended to be usable between two of the restore operations.

Em alguns casos RESTORE WITH NORECOVERY efetua o conjunto de roll-forward com avanço suficiente para ficar consistente com o banco de dados.In some cases RESTORE WITH NORECOVERY rolls the roll forward set far enough forward that it is consistent with the database. Nesses casos, a reversão não ocorre e os dados permanecem offline, como é esperado com essa opção.In such cases, roll back does not occur and the data remains offline, as expected with this option. No entanto, o Mecanismo de Banco de DadosDatabase Engine emite uma mensagem informando que o conjunto de roll-forward pode ser recuperado agora usando a opção RECOVERY.However, the Mecanismo de Banco de DadosDatabase Engine issues an informational message that states that the roll-forward set can now be recovered by using the RECOVERY option.

STANDBY = standby_file_nameSTANDBY =standby_file_name
Especifica um arquivo em espera que permite que os efeitos da recuperação sejam desfeitos.Specifies a standby file that allows the recovery effects to be undone. A opção STANDBY é permitida para restauração offline (incluindo restauração parcial).The STANDBY option is allowed for offline restore (including partial restore). A opção não é permitida para restauração online.The option is disallowed for online restore. Tentar especificar a opção STANDBY para uma operação de restauração online faz com que a operação de restauração falhe.Attempting to specify the STANDBY option for an online restore operation causes the restore operation to fail. STANDBY também não é permitido quando uma atualização de banco de dados é necessária.STANDBY is also not allowed when a database upgrade is necessary.

O arquivo em espera é usado para manter uma pré-imagem de "copy-on-write" durante a fase de desfazer um RESTORE WITH STANDBY.The standby file is used to keep a "copy-on-write" pre-image for pages modified during the undo pass of a RESTORE WITH STANDBY. O arquivo em espera permite que um banco de dados seja aberto para acesso somente leitura entre restaurações do log de transações e possa ser usado com situações de servidor em espera passiva ou em situações especiais de recuperação, nas quais é útil inspecionar o banco de dados entre restaurações do log.The standby file allows a database to be brought up for read-only access between transaction log restores and can be used with either warm standby server situations or special recovery situations in which it is useful to inspect the database between log restores. Após uma operação RESTORE WITH STANDBY, o arquivo de desfazer é excluído automaticamente pela próxima operação RESTORE.After a RESTORE WITH STANDBY operation, the undo file is automatically deleted by the next RESTORE operation. Se esse arquivo em espera for excluído manualmente antes da próxima operação RESTORE, o banco de dados inteiro deverá ser restaurado novamente.If this standby file is manually deleted before the next RESTORE operation, then the entire database must be re-restored. Enquanto o banco de dados está em estado STANDBY, você deve tratar esse arquivo em espera com o mesmo cuidado como com qualquer outro arquivo do banco de dados.While the database is in the STANDBY state, you should treat this standby file with the same care as any other database file. Ao contrário de outros arquivos do banco de dados, esse arquivo é mantido aberto pelo Mecanismo de Banco de DadosDatabase Engine apenas durante operações de restauração ativas.Unlike other database files, this file is only kept open by the Mecanismo de Banco de DadosDatabase Engine during active restore operations.

O standby_file_name especifica um arquivo em espera cujo local é armazenado no log do banco de dados.The standby_file_name specifies a standby file whose location is stored in the log of the database. Se um arquivo existente estiver usando o nome especificado, o arquivo será substituído. Caso contrário, o Mecanismo de Banco de DadosDatabase Engine criará o arquivo.If an existing file is using the specified name, the file is overwritten; otherwise, the Mecanismo de Banco de DadosDatabase Engine creates the file.

O requisito de tamanho de um determinado arquivo em espera depende do volume de ações de desfazer resultantes das transações não confirmadas durante a operação de restauração.The size requirement of a given standby file depends on the volume of undo actions resulting from uncommitted transactions during the restore operation.

Importante

Se o espaço em disco disponível se esgotar na unidade que contém o nome do arquivo em espera especificado, a operação de restauração será parada.If free disk space is exhausted on the drive containing the specified standby file name, the restore operation stops.

Para obter uma comparação de RECOVERY e NORECOVERY, consulte a seção "Comentários" em RESTORE.For a comparison of RECOVERY and NORECOVERY, see the "Remarks" section in RESTORE.

LOADHISTORYLOADHISTORY
Com suporte de: RESTORE VERIFYONLYSupported by: RESTORE VERIFYONLY

Especifica que a operação de restauração carrega as informações nas tabelas de histórico do msdb.Specifies that the restore operation loads the information into the msdb history tables. A opção LOADHISTORY carrega informações, do único conjunto de backup que está sendo verificado, sobre backups do SQL ServerSQL Server armazenados no conjunto de mídias nas tabelas do histórico de backup e restauração no banco de dados msdb.The LOADHISTORY option loads information, for the single backup set being verified, about SQL ServerSQL Server backups stored on the media set to the backup and restore history tables in the msdb database. Para obter mais informações sobre tabelas de histórico, consulte Tabelas do sistema (Transact-SQL).For more information about history tables, see System Tables (Transact-SQL).

<general_WITH_options> [ ,...n ]<general_WITH_options> [ ,...n ]

Todas as opções gerais de WITH têm suporte nas instruções RESTORE DATABASE e RESTORE LOG.The general WITH options are all supported in RESTORE DATABASE and RESTORE LOG statements. Algumas dessas opções também são compatíveis com uma ou mais instruções auxiliares, conforme indicado abaixo.Some of these options are also supported by one or more auxiliary statements, as noted below.

Opções da operação de restauraçãoRestore Operation Options

Essas opções afetam o comportamento da operação de restauração.These options affect the behavior of the restore operation.

MOVE ' logical_file_name_in_backup ' TO ' operating_system_file_name ' [ ...n ]MOVE 'logical_file_name_in_backup' TO 'operating_system_file_name' [ ...n ]
Com suporte de: RESTORE e RESTORE VERIFYONLYSupported by: RESTORE and RESTORE VERIFYONLY

Especifica que o arquivo de dados ou de log cujo nome lógico é especificado por logical_file_name_in_backup deve ser movido com sua restauração no local especificado por operating_system_file_name.Specifies that the data or log file whose logical name is specified by logical_file_name_in_backup should be moved by restoring it to the location specified by operating_system_file_name. O nome do arquivo lógico de um arquivo de log ou de dados em um conjunto de backup corresponde ao seu nome lógico no banco de dados quando o conjunto de backup foi criado.The logical file name of a data or log file in a backup set matches its logical name in the database when the backup set was created.

n é um espaço reservado que indica que você pode especificar instruções MOVE adicionais.n is a placeholder indicating that you can specify additional MOVE statements. Especifique uma instrução MOVE para cada arquivo lógico que você deseja restaurar do conjunto de backup para um novo local.Specify a MOVE statement for every logical file you want to restore from the backup set to a new location. Por padrão, o arquivo logical_file_name_in_backup é restaurado em seu local original.By default, the logical_file_name_in_backup file is restored to its original location.

Observação

Para obter uma lista dos arquivos lógicos do conjunto de backup, use RESTORE FILELISTONLY.To obtain a list of the logical files from the backup set, use RESTORE FILELISTONLY.

Se uma instrução RESTORE for usada para relocar um banco de dados no mesmo servidor ou copiá-lo para um servidor diferente, a opção MOVE poderá ser necessária para relocar os arquivos do banco de dados e para evitar colisões com os arquivos existentes.If a RESTORE statement is used to relocate a database on the same server or copy it to a different server, the MOVE option might be necessary to relocate the database files and to avoid collisions with existing files.

Quando usada com RESTORE LOG, a opção MOVE pode ser usada apenas para relocar arquivos que foram adicionados durante o intervalo coberto pelo log que está sendo restaurado.When used with RESTORE LOG, the MOVE option can be used only to relocate files that were added during the interval covered by the log being restored. Por exemplo, se o backup do log contiver uma operação de adição de arquivo para o arquivo file23, esse arquivo poderá ser relocado usando a opção MOVE em RESTORE LOG.For example, if the log backup contains an add file operation for file file23, this file may be relocated using the MOVE option on RESTORE LOG.

Quando usada com o Backup de Instantâneo do SQL ServerSQL Server, a opção MOVE pode ser usada somente para relocar arquivos em um blob do Azure na mesma conta de armazenamento do blob original.When used with SQL ServerSQL Server Snaphot Backup, the MOVE option can be used only to relocate files to an Azure blob within the same storage account as the original blob. A opção MOVE não pode ser usada para restaurar o backup de instantâneo em um arquivo local ou em outra conta de armazenamento.The MOVE option cannot be used to restore the snapshot backup to a local file or to a different storage account.

Se uma instrução RESTORE VERIFYONLY for usada quando você planejar relocar um banco de dados no mesmo servidor ou copiá-lo para um servidor diferente, a opção MOVE poderá ser necessária para verificar se há espaço suficiente disponível no destino e para identificar potenciais colisões com arquivos existentes.If a RESTORE VERIFYONLY statement is used when you plan to relocate a database on the same server or copy it to a different server, the MOVE option might be necessary to verify that sufficient space is available in the target and to identify potential collisions with existing files.

Para obter mais informações, veja Copiar bancos de dados com Backup e Restauração.For more information, see Copy Databases with Backup and Restore.

CREDENTIALCREDENTIAL
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

Aplica-se ao: SQL Server 2012 (11.x)SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 a SQL Server 2017SQL Server 2017Applies to: SQL Server 2012 (11.x)SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 through SQL Server 2017SQL Server 2017

Usado apenas ao restaurar um backup do serviço de Armazenamento de Blobs do Microsoft Azure.Used only when restoring a backup from the Microsoft Azure Blob storage service.

Observação

Com o SQL Server 2012 (11.x)SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 até o SQL Server 2016 (13.x)SQL Server 2016 (13.x), você pode apenas restaurar de um único dispositivo ao fazer uma restauração de uma URL.With SQL Server 2012 (11.x)SQL Server 2012 (11.x) SP1 CU2 until SQL Server 2016 (13.x)SQL Server 2016 (13.x), you can only restore from a single device when restoring from URL. Para fazer uma restauração de vários dispositivos ao restaurar de uma URL, é necessário usar o SQL Server 2016 (13.x)SQL Server 2016 (13.x) ao versão atual) e usar os tokens SAS (Assinatura de Acesso Compartilhado).In order to restore from multiple devices when restoring from URL you must use SQL Server 2016 (13.x)SQL Server 2016 (13.x) through current version) and you must use Shared Access Signature (SAS) tokens. Para obter mais informações, consulte Habilitar o backup gerenciado do SQL Server no Microsoft Azure e Simplificando a criação de credenciais do SQL com tokens SAS (Assinatura de Acesso Compartilhado) no Armazenamento do Azure com o PowerShell.For more information, see Enable SQL Server Managed Backup to Microsoft Azure and Simplifying creation of SQL Credentials with Shared Access Signature ( SAS ) tokens on Azure Storage with Powershell.

REPLACEREPLACE
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Especifica que o SQL ServerSQL Server deve criar o banco de dados especificado e seus arquivos relacionados, mesmo que já exista outro banco de dados com o mesmo nome.Specifies that SQL ServerSQL Server should create the specified database and its related files even if another database already exists with the same name. Nesse caso, o banco de dados existente é excluído.In such a case, the existing database is deleted. Quando a opção REPLACE não é especificada, ocorre uma verificação de segurança.When the REPLACE option is not specified, a safety check occurs. Isto impede que um banco de dados diferente seja substituído por acidente.This prevents overwriting a different database by accident. A verificação de segurança garante que a instrução RESTORE DATABASE não restaurará o banco de dados no servidor atual, se existirem as seguintes condições:The safety check ensures that the RESTORE DATABASE statement does not restore the database to the current server if the following conditions both exist:

  • O banco de dados nomeado na instrução RESTORE já existe no servidor atual, eThe database named in the RESTORE statement already exists on the current server, and

  • O nome do banco de dados é diferente do nome de banco de dados registrado no conjunto de backup.The database name is different from the database name recorded in the backup set.

REPLACE também permite que RESTORE substitua um arquivo existente que não pode ser verificado como pertencente ao banco de dados que está sendo restaurado.REPLACE also allows RESTORE to overwrite an existing file that cannot be verified as belonging to the database being restored. Normalmente, RESTORE se recusa a substituir arquivos preexistentes.Normally, RESTORE refuses to overwrite pre-existing files. WITH REPLACE também pode ser usado da mesma maneira para a opção RESTORE LOG.WITH REPLACE can also be used in the same way for the RESTORE LOG option.

REPLACE também substitui o requisito de fazer backup do log final antes da restauração do banco de dados.REPLACE also overrides the requirement that you back up the tail of the log before restoring the database.

Para obter mais informações sobre o impacto do uso da opção REPLACE, consulte RESTORE (Transact-SQL).For information the impact of using the REPLACE option, see RESTORE (Transact-SQL).

RESTARTRESTART
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Especifica que o SQL ServerSQL Server deve reinicializar uma operação de restauração que foi interrompida.Specifies that SQL ServerSQL Server should restart a restore operation that has been interrupted. RESTART reinicia a operação de restauração no ponto em que foi interrompida.RESTART restarts the restore operation at the point it was interrupted.

RESTRICTED_USERRESTRICTED_USER
Com suporte de: RESTORE.Supported by: RESTORE.

Restringe o acesso para o banco de dados recém-restaurado a membros das funções db_owner, dbcreator ou sysadmin.Restricts access for the newly restored database to members of the db_owner, dbcreator, or sysadmin roles. RESTRICTED_USER substitui a opção DBO_ONLY.RESTRICTED_USER replaces the DBO_ONLY option. DBO_ONLY foi descontinuado com SQL Server 2008SQL Server 2008.DBO_ONLY has been discontinued with SQL Server 2008SQL Server 2008.

Use com a opção RECOVERY.Use with the RECOVERY option.

Opções de conjunto de backupBackup Set Options

Essas opções funcionam no conjunto de backup que contém o backup a ser restaurado.These options operate on the backup set containing the backup to be restored.

FILE = { backup_set_file_number | @ backup_set_file_number }FILE ={ backup_set_file_number | @backup_set_file_number }
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

Identifica o conjunto de backup a ser restaurado.Identifies the backup set to be restored. Por exemplo, um backup_set_file_number de 1 indica o primeiro conjunto de backup na mídia de backup e um backup_set_file_number de 2 indica o segundo conjunto de backup.For example, a backup_set_file_number of 1 indicates the first backup set on the backup medium and a backup_set_file_number of 2 indicates the second backup set. Você pode obter o backup_set_file_number de um backup definido usando a instrução RESTORE HEADERONLY .You can obtain the backup_set_file_number of a backup set by using the RESTORE HEADERONLY statement.

Quando não especificado, o padrão é 1, com exceção de RESTORE HEADERONLY, em que todos os conjuntos de backup no conjunto de mídias são processados.When not specified, the default is 1, except for RESTORE HEADERONLY in which case all backup sets in the media set are processed. Para obter mais informações, consulte "Especificando um conjunto de backup", mais adiante neste tópico.For more information, see "Specifying a Backup Set," later in this topic.

Importante

Essa opção FILE não está relacionada à opção FILE para especificar um arquivo de banco de dados, FILE = { logical_file_name_in_backup | @ logical_file_name_in_backup_var }.This FILE option is unrelated to the FILE option for specifying a database file, FILE = { logical_file_name_in_backup | @logical_file_name_in_backup_var }.

PASSWORD = { password | @ password_variable }PASSWORD = { password | @password_variable }
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

Fornece a senha do conjunto de backup.Supplies the password of the backup set. A senha de um conjunto de backup é uma cadeia de caracteres.A backup-set password is a character string.

Observação

Este recurso está em modo de manutenção e talvez seja removido em uma versão futura do Microsoft SQL Server.This feature is in maintenance mode and may be removed in a future version of Microsoft SQL Server. Evite usar esse recurso em desenvolvimentos novos e planeje modificar os aplicativos que atualmente o utilizam.Avoid using this feature in new development work, and plan to modify applications that currently use this feature.

Se uma senha foi especificada quando o conjunto de backup foi criado, essa senha será necessária para executar qualquer operação de restauração do conjunto de backup.If a password was specified when the backup set was created, that password is required to perform any restore operation from the backup set. É um erro para especificar a senha incorreta ou para especificar uma senha se o conjunto de backup não tiver uma.It is an error to specify the wrong password or to specify a password if the backup set does not have one.

Importante

Essa senha fornece apenas uma proteção fraca para o conjunto de mídias.This password provides only weak protection for the media set. Para obter mais informações, consulte a seção Permissões da instrução relevante.For more information, see the Permissions section for the relevant statement.

Opções de conjunto de mídiasMedia Set Options

Essas opções funcionam no conjunto de mídias como um todo.These options operate on the media set as a whole.

MEDIANAME = { media_name | @ media_name_variable}MEDIANAME = { media_name | @media_name_variable}
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

Especifica o nome da mídia.Specifies the name for the media. Se fornecido, o nome da mídia deve corresponder ao nome da mídia nos volumes de backup. Caso contrário, a operação de restauração será finalizada.If provided, the media name must match the media name on the backup volumes; otherwise, the restore operation terminates. Se nenhum nome de mídia for fornecido na instrução RESTORE, a verificação de um nome de mídia correspondente nos volumes de backup não será executada.If no media name is given in the RESTORE statement, the check for a matching media name on the backup volumes is not performed.

Importante

O uso consistente de nomes de mídia em operações de backup e restauração fornece uma verificação extra de segurança para a mídia selecionada para a operação de restauração.Consistently using media names in backup and restore operations provides an extra safety check for the media selected for the restore operation.

MEDIAPASSWORD = { mediapassword | @ mediapassword_variable }MEDIAPASSWORD = { mediapassword | @mediapassword_variable }
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

Fornece a senha do conjunto de mídias.Supplies the password of the media set. A senha de um conjunto de mídias é uma cadeia de caracteres.A media-set password is a character string.

Observação

Este recurso está em modo de manutenção e talvez seja removido em uma versão futura do Microsoft SQL Server.This feature is in maintenance mode and may be removed in a future version of Microsoft SQL Server. Evite usar esse recurso em desenvolvimentos novos e planeje modificar os aplicativos que atualmente o utilizam.Avoid using this feature in new development work, and plan to modify applications that currently use this feature.

Se uma senha foi fornecida quando o conjunto de mídias foi formatado, essa senha será necessária para acessar qualquer conjunto de backup no conjunto de mídias.If a password was provided when the media set was formatted, that password is required to access any backup set on the media set. É um erro para especificar a senha incorreta ou para especificar uma senha se o conjunto de mídias não tiver uma.It is an error to specify the wrong password or to specify a password if the media set does not have any.

Importante

Essa senha fornece apenas uma proteção fraca para o conjunto de mídias.This password provides only weak protection for the media set. Para obter mais informações, consulte a seção "Permissões" da instrução relevante.For more information, see the "Permissions" section for the relevant statement.

BLOCKSIZE = { blocksize | @ blocksize_variable }BLOCKSIZE = { blocksize | @blocksize_variable }
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Especifica o tamanho do bloco físico, em bytes.Specifies the physical block size, in bytes. Os tamanhos com suporte são 512, 1024, 2048, 4096, 8192, 16384, 32768 e 65536 (64 KB) bytes.The supported sizes are 512, 1024, 2048, 4096, 8192, 16384, 32768, and 65536 (64 KB) bytes. O padrão é 65536 para dispositivos de fita e 512 para outros dispositivos.The default is 65536 for tape devices and 512 otherwise. Normalmente, essa opção é desnecessária porque RESTORE seleciona automaticamente um tamanho de bloco apropriado ao dispositivo.Typically, this option is unnecessary because RESTORE automatically selects a block size that is appropriate to the device. A declaração explícita de um tamanho de bloco substitui a seleção automática de tamanho de bloco.Explicitly stating a block size overrides the automatic selection of block size.

Se estiver restaurando um backup de um CD-ROM, especifique BLOCKSIZE=2048.If you are restoring a backup from a CD-ROM, specify BLOCKSIZE=2048.

Observação

Normalmente, essa opção afeta o desempenho apenas durante a leitura de dispositivos de fita.This option typically affects performance only when reading from tape devices.

Opções de transferência de dadosData Transfer Options

As opções permitem otimizar a transferência de dados do dispositivo de backup.The options enable you to optimize data transfer from the backup device.

BUFFERCOUNT = { buffercount | @ buffercount_variable }BUFFERCOUNT = { buffercount | @buffercount_variable }
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Especifica o número total de buffers de E/S a ser usado para a operação de restauração.Specifies the total number of I/O buffers to be used for the restore operation. É possível especificar qualquer inteiro positivo. No entanto, grandes números de buffers podem provocar erros de "memória insuficiente" devido a espaço de endereço virtual inadequado no processo Sqlservr.exe.You can specify any positive integer; however, large numbers of buffers might cause "out of memory" errors because of inadequate virtual address space in the Sqlservr.exe process.

O espaço total usado pelos buffers é determinado por: buffercount* * maxtransfersize.The total space used by the buffers is determined by: buffercount**maxtransfersize.

MAXTRANSFERSIZE = { maxtransfersize | @ maxtransfersize_variable }MAXTRANSFERSIZE = { maxtransfersize | @maxtransfersize_variable }
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Especifica a maior unidade de transferência em bytes a ser usada entre a mídia de backup e o SQL ServerSQL Server.Specifies the largest unit of transfer in bytes to be used between the backup media and SQL ServerSQL Server. Os valores possíveis são múltiplos de 65536 bytes (64 KB), estendendo-se até 4194304 bytes (4 MB).The possible values are multiples of 65536 bytes (64 KB) ranging up to 4194304 bytes (4 MB).

Observação

Quando o banco de dados tiver configurado o FILESTREAM ou incluir Grupos de Arquivos OLTP In-Memory, MAXTRANSFERSIZE, no momento da restauração deve ser maior ou igual ao que foi usado quando o backup foi criado.When the database has configured FILESTREAM, or includes or In-Memory OLTP File Groups, MAXTRANSFERSIZE at the time of restore should be greater than or equal to what was used when the backup was created.

Opções de gerenciamento de errosError Management Options

Essas opções permitem determinar se somas de verificação de backup estão habilitadas para a operação de restauração e se a operação será interrompida quando um erro for encontrado.These options allow you to determine whether backup checksums are enabled for the restore operation and whether the operation stops on encountering an error.

{ CHECKSUM | NO_CHECKSUM }{ CHECKSUM | NO_CHECKSUM }
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

O comportamento padrão é verificar somas de verificação se elas estiverem presentes e continuar sem verificação se não estiverem presentes.The default behavior is to verify checksums if they are present and proceed without verification if they are not present.

CHECKSUMCHECKSUM
Especifica que as somas de verificação de backup devem ser verificadas e, se o backup não tiver somas de verificação, faz com que a operação de restauração falhe com uma mensagem indicando que somas de verificação não estão presentes.Specifies that backup checksums must be verified and, if the backup lacks backup checksums, causes the restore operation to fail with a message indicating that checksums are not present.

Observação

As somas de verificação de página serão relevantes para operações de backup somente se as somas de verificação de backup forem usadas.Page checksums are relevant to backup operations only if backup checksums are used.

Por padrão, ao encontrar uma soma de verificação inválida, RESTORE relata um erro de soma de verificação e para.By default, on encountering an invalid checksum, RESTORE reports a checksum error and stops. No entanto, se você especificar CONTINUE_AFTER_ERROR, a operação RESTORE continuará após retornar um erro de soma de verificação e o número da página que contém a soma de verificação inválida, se o dano permitir.However, if you specify CONTINUE_AFTER_ERROR, RESTORE proceeds after returning a checksum error and the number of the page containing the invalid checksum, if the corruption permits.

Para obter mais informações sobre como trabalhar com somas de verificação de backup, consulte Possíveis erros de mídia durante backup e restauração (SQL Server).For more information about working with backup checksums, see Possible Media Errors During Backup and Restore (SQL Server).

NO_CHECKSUMNO_CHECKSUM
Desabilita explicitamente a validação de somas de verificação pela operação de restauração.Explicitly disables the validation of checksums by the restore operation.

{ STOP_ON_ERROR | CONTINUE_AFTER_ERROR }{ STOP_ON_ERROR | CONTINUE_AFTER_ERROR }
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

STOP_ON_ERRORSTOP_ON_ERROR
Especifica que a operação de restauração para com o primeiro erro encontrado.Specifies that the restore operation stops with the first error encountered. Esse é o comportamento padrão para RESTORE, com exceção de VERIFYONLY que tem CONTINUE_AFTER_ERROR como o padrão.This is the default behavior for RESTORE, except for VERIFYONLY which has CONTINUE_AFTER_ERROR as the default.

CONTINUE_AFTER_ERRORCONTINUE_AFTER_ERROR
Determina que a operação de restauração deve continuar depois que um erro for encontrado.Specifies that the restore operation is to continue after an error is encountered.

Se um backup contiver páginas danificadas, será melhor repetir a operação de restauração usando um backup alternativo que não contenha os erros, por exemplo, um backup feito antes das páginas serem danificadas.If a backup contains damaged pages, it is best to repeat the restore operation using an alternative backup that does not contain the errors-for example, a backup taken before the pages were damaged. No entanto, como um último recurso, é possível restaurar um backup danificado com o uso da opção CONTINUE_AFTER_ERROR da instrução RESTORE e tentar salvar os dados.As a last resort, however, you can restore a damaged backup using the CONTINUE_AFTER_ERROR option of the restore statement and try to salvage the data.

Opções de FILESTREAMFILESTREAM Options

FILESTREAM ( DIRECTORY_NAME =directory_name )FILESTREAM ( DIRECTORY_NAME =directory_name )
Com suporte de: RESTORE e RESTORE VERIFYONLYSupported by: RESTORE and RESTORE VERIFYONLY

Aplica-se a: do SQL Server 2012 (11.x)SQL Server 2012 (11.x) ao SQL Server 2017SQL Server 2017Applies to: SQL Server 2012 (11.x)SQL Server 2012 (11.x) through SQL Server 2017SQL Server 2017

Um nome de diretório compatível com o Windows.A windows-compatible directory name. Esse nome deve ser exclusivo entre todos os nomes de diretórios FILESTREAM no nível de banco de dados na instância do SQL ServerSQL Server.This name should be unique among all the database-level FILESTREAM directory names in the SQL ServerSQL Server instance. A comparação de exclusividade é feita sem diferenciar maiúsculas de minúsculas, independentemente das configurações de ordenação do SQL ServerSQL Server.Uniqueness comparison is done in a case-insensitive fashion, regardless of SQL ServerSQL Server collation settings.

Opções de monitoramentoMonitoring Options

Essas opções permitem monitorar a transferência de dados do dispositivo de backup.These options enable you to monitor the transfer of data transfer from the backup device.

STATS [ = percentage ]STATS [ = percentage ]
Com suporte de: RESTORE e RESTORE VERIFYONLYSupported by: RESTORE and RESTORE VERIFYONLY

Exibe uma mensagem a cada vez que outra porcentagem for concluída e é usada para medir o progresso.Displays a message each time another percentage completes, and is used to gauge progress. Se percentage for omitido, o SQL ServerSQL Server exibirá uma mensagem após a conclusão de cada 10% (aproximadamente).If percentage is omitted, SQL ServerSQL Server displays a message after each 10 percent is completed (approximately).

A opção STATS informa a porcentagem concluída de acordo com o limite de relatório do próximo intervalo.The STATS option reports the percentage complete as of the threshold for reporting the next interval. Esse limite é aproximadamente a porcentagem especificada. Por exemplo, com STATS=10, o Mecanismo de Banco de DadosDatabase Engine relata aproximadamente nesse intervalo. Por exemplo, em vez de exibir precisamente 40%, a opção pode exibir 43%.This is at approximately the specified percentage; for example, with STATS=10, the Mecanismo de Banco de DadosDatabase Engine reports at approximately that interval; for instance, instead of displaying precisely 40%, the option might display 43%. Para conjuntos de backup grandes, isso não é um problema porque a porcentagem concluída muda muito lentamente entre chamadas de E/S concluídas.For large backup sets, this is not a problem because the percentage complete moves very slowly between completed I/O calls.

Opções de fitaTape Options

Essas opções são usadas apenas para dispositivos TAPE.These options are used only for TAPE devices. Se um dispositivo que não seja de fita estiver sendo usado, essas opções serão ignoradas.If a nontape device is being used, these options are ignored.

{ REWIND | NOREWIND }{ REWIND | NOREWIND }
Essas opções são usadas apenas para dispositivos TAPE.These options are used only for TAPE devices. Se um dispositivo não fita estiver sendo usado, essas opções serão ignoradas.If a non-tape device is being used, these options are ignored.

REWINDREWIND
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

Especifica que o SQL ServerSQL Server libera e rebobina a fita.Specifies that SQL ServerSQL Server release and rewind the tape. REWIND é o padrão.REWIND is the default.

NOREWINDNOREWIND
Com suporte de: RESTORE e RESTORE VERIFYONLYSupported by: RESTORE and RESTORE VERIFYONLY

A especificação de NOREWIND em qualquer outra restauração gera um erro.Specifying NOREWIND in any other restore statement generates an error.

Especifica que o SQL ServerSQL Server mantém a fita aberta após a operação de backup.Specifies that SQL ServerSQL Server will keep the tape open after the backup operation. É possível usar essa opção para melhorar o desempenho ao executar várias operações de backup em uma fita.You can use this option to improve performance when performing multiple backup operations to a tape.

NOREWIND implica em NOUNLOAD e essas opções são incompatíveis dentro de uma única instrução RESTORE.NOREWIND implies NOUNLOAD, and these options are incompatible within a single RESTORE statement.

Observação

Se NOREWIND for usado, a instância do SQL ServerSQL Server reterá a propriedade da unidade de fita até que uma instrução BACKUP ou RESTORE em execução no mesmo processo use a opção REWIND ou UNLOAD ou que a instância do servidor seja encerrada.If you use NOREWIND, the instance of SQL ServerSQL Server retains ownership of the tape drive until a BACKUP or RESTORE statement running in the same process uses either the REWIND or UNLOAD option, or the server instance is shut down. Manter a fita aberta evita que outros processos a acessem.Keeping the tape open prevents other processes from accessing the tape. Para obter informações sobre como exibir uma lista de fitas abertas e fechar uma fita aberta, consulte Dispositivos de backup (SQL Server).For information about how to display a list of open tapes and to close an open tape, see Backup Devices (SQL Server).

{ UNLOAD | NOUNLOAD }{ UNLOAD | NOUNLOAD }
Com suporte de: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, RESTORE REWINDONLY e RESTORE VERIFYONLY.Supported by: RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, RESTORE LABELONLY, RESTORE REWINDONLY, and RESTORE VERIFYONLY.

Essas opções são usadas apenas para dispositivos TAPE.These options are used only for TAPE devices. Se um dispositivo não fita estiver sendo usado, essas opções serão ignoradas.If a non-tape device is being used, these options are ignored.

Observação

UNLOAD/NOUNLOAD é uma configuração de sessão que persiste durante a vida útil da sessão ou até que ela seja redefinida especificando a alternativa.UNLOAD/NOUNLOAD is a session setting that persists for the life of the session or until it is reset by specifying the alternative.

UNLOADUNLOAD
Especifica que a fita é rebobinada e descarregada automaticamente quando o backup for concluído.Specifies that the tape is automatically rewound and unloaded when the backup is finished. UNLOAD é o padrão quando uma sessão começa.UNLOAD is the default when a session begins.

NOUNLOADNOUNLOAD
Especifica que depois da operação RESTORE, a fita permanece carregada na unidade de fita.Specifies that after the RESTORE operation the tape remains loaded on the tape drive.

<replication_WITH_option><replication_WITH_option>

Esta opção será relevante somente se o banco de dados foi replicado quando o backup foi criado.This option is relevant only if the database was replicated when the backup was created.

KEEP_REPLICATIONKEEP_REPLICATION
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

Use KEEP_REPLICATION ao configurar a replicação para trabalhar com envio de logs.Use KEEP_REPLICATION when setting up replication to work with log shipping. Ela impede que as configurações de replicação sejam removidas quando um backup de banco de dados ou de log é restaurado em um servidor em espera passiva e o banco de dados é recuperado.It prevents replication settings from being removed when a database backup or log backup is restored on a warm standby server and the database is recovered. Não é permitido especificar essa opção ao restaurar um backup com a opção NORECOVERY.Specifying this option when restoring a backup with the NORECOVERY option is not permitted. Para garantir funções de replicação corretamente após a restauração:To ensure replication functions properly after restore:

  • Os bancos de dados msdb e mestre no servidor em espera passiva devem estar sincronizados com os bancos de dados msdb e mestre no servidor primário.The msdb and master databases at the warm standby server must be in sync with the msdb and master databases at the primary server.

  • O servidor em espera passiva deve ser renomeado para usar o mesmo nome que o servidor primário.The warm standby server must be renamed to use the same name as the primary server.

<change_data_capture_WITH_option><change_data_capture_WITH_option>

Essa opção será relevante apenas se o banco de dados estiver habilitado para Change Data Capture quando o backup foi criado.This option is relevant only if the database was enabled for change data capture when the backup was created.

KEEP_CDCKEEP_CDC
Com suporte de: RESTORESupported by: RESTORE

KEEP_CDC deve ser usado para impedir que as configurações de captura de dados de alterações sejam removidas quando um backup de banco de dados ou de log é restaurado em outro servidor e o banco de dados é recuperado.KEEP_CDC should be used to prevent change data capture settings from being removed when a database backup or log backup is restored on another server and the database is recovered. Não é permitido especificar essa opção ao restaurar um backup com a opção NORECOVERY.Specifying this option when restoring a backup with the NORECOVERY option is not permitted.

A restauração do banco de dados com KEEP_CDC não cria os trabalhos de captura de dados de alterações.Restoring the database with KEEP_CDC does not create the change data capture jobs. Para extrair alterações do log após restaurar o banco de dados, recrie o trabalho do processo de captura e o trabalho de limpeza do banco de dados restaurado.To extract changes from the log after restoring the database, recreate the capture process job and the cleanup job for the restored database. Para obter informações, consulte sys.sp_cdc_add_job (Transact-SQL).For information, see sys.sp_cdc_add_job (Transact-SQL).

Para obter informações sobre como usar a captura de dados de alterações com o espelhamento de banco de dados, consulte Change Data Capture e outros recursos do SQL Server.For information about using change data capture with database mirroring, see Change Data Capture and Other SQL Server Features.

<service_broker_WITH_options><service_broker_WITH_options>

Ativa ou desativa a entrega de mensagens do Service BrokerService Broker ou define um novo identificador do Service BrokerService Broker.Turns Service BrokerService Broker message delivery on or off or sets a new Service BrokerService Broker identifier. Essa opção será relevante apenas se o Service BrokerService Broker estava habilitado (ativado) para o banco de dados quando o backup foi criado.This option is relevant only if Service BrokerService Broker was enabled (activated) for the database when the backup was created.

{ ENABLE_BROKER | ERROR_BROKER_CONVERSATIONS | NEW_BROKER }{ ENABLE_BROKER | ERROR_BROKER_CONVERSATIONS | NEW_BROKER }
Com suporte de: RESTORE DATABASESupported by: RESTORE DATABASE

ENABLE_BROKERENABLE_BROKER
Especifica que a entrega de mensagens do Service BrokerService Broker é habilitada no final da restauração para que as mensagens possam ser enviadas imediatamente.Specifies that Service BrokerService Broker message delivery is enabled at the end of the restore so that messages can be sent immediately. Por padrão, a entrega de mensagens do Service BrokerService Broker é desabilitado durante a restauração.By default Service BrokerService Broker message delivery is disabled during a restore. O banco de dados retém o identificador do Service Broker.The database retains the existing Service Broker identifier.

ERROR_BROKER_CONVERSATIONSERROR_BROKER_CONVERSATIONS
Encerra todas as conversas com um erro que declara que o banco de dados está anexado ou restaurado.Ends all conversations with an error stating that the database is attached or restored. Isso permite que seus aplicativos executem a limpeza habitual para conversas existentes.This enables your applications to perform regular clean up for existing conversations. A entrega de mensagens do Service Broker permanece desabilitada até que essa operação seja concluída e, em seguida, é habilitada.Service Broker message delivery is disabled until this operation is completed, and then it is enabled. O banco de dados retém o identificador do Service Broker.The database retains the existing Service Broker identifier.

NEW_BROKERNEW_BROKER
Especifica que o banco de dados seja atribuído a um novo identificador do Service Broker.Specifies that the database be assigned a new Service Broker identifier. Como o banco de dados é considerado um novo Service Broker, as conversas existentes nele são imediatamente removidas sem produzir mensagens de caixa de diálogo de término.Because the database is considered to be a new Service Broker, existing conversations in the database are immediately removed without producing end dialog messages. Qualquer rota que referencia o antigo identificador do Service Broker deverá ser recriada com o novo identificador.Any route referencing the old Service Broker identifier must be recreated with the new identifier.

<point_in_time_WITH_options><point_in_time_WITH_options>

Com suporte de: RESTORE {DATABASE|LOG} e apenas para os modelos de recuperação bulk-logged ou completa.Supported by: RESTORE {DATABASE|LOG} and only for the full or bulk-logged recovery models.

Você pode restaurar um banco de dados para uma transação ou momento específico, especificando o ponto de recuperação de destino em uma cláusula STOPAT, STOPATMARK ou STOPBEFOREMARK.You can restore a database to a specific point in time or transaction, by specifying the target recovery point in a STOPAT, STOPATMARK, or STOPBEFOREMARK clause. Uma transação ou momento especificado sempre é restaurado a partir de um backup de log.A specified time or transaction is always restored from a log backup. Em cada instrução RESTORE LOG da sequência de restauração, você deve especificar a transação ou o tempo de destino em uma cláusula STOPAT, STOPATMARK ou STOPBEFOREMARK idêntica.In every RESTORE LOG statement of the restore sequence, you must specify your target time or transaction in an identical STOPAT, STOPATMARK, or STOPBEFOREMARK clause.

Como um pré-requisito para uma restauração pontual, você deve restaurar primeiro um backup de banco de dados completo cujo ponto de extremidade seja anterior ao ponto de recuperação de destino.As a prerequisite to a point-in-time restore, you must first restore a full database backup whose end point is earlier than your target recovery point. Para ajudar a identificar qual backup de banco de dados restaurar, opcionalmente, você pode especificar a cláusula WITH STOPAT, STOPATMARK ou STOPBEFOREMARK em uma instrução RESTORE DATABASE para gerar um erro, se um backup de dados for muito recente para o tempo de destino especificado.To help you identify which database backup to restore, you can optionally specify your WITH STOPAT, STOPATMARK, or STOPBEFOREMARK clause in a RESTORE DATABASE statement to raise an error if a data backup is too recent for the specified target time. Mas o backup de dados completo é sempre restaurado, mesmo que ele contenha o tempo de destino.But the complete data backup is always restored, even if it contains the target time.

Observação

As opções RESTORE_DATABASE e RESTORE_LOG point-in-time WITH são semelhantes, mas apenas RESTORE LOG é compatível com o argumento mark_name.The RESTORE_DATABASE and RESTORE_LOG point-in-time WITH options are similar, but only RESTORE LOG supports the mark_name argument.

{STOPAT | STOPATMARK | STOPBEFOREMARK}{ STOPAT | STOPATMARK | STOPBEFOREMARK }

STOPAT = { ' datetime ' | @ _datetime_var* }STOPAT = { 'datetime' | @_datetime_var* }
Especifica que o banco de dados seja restaurado para o estado em que estava na data e hora especificadas pelo parâmetro datetime ou @ datetime_var.Specifies that the database be restored to the state it was in as of the date and time specified by the datetime or @datetime_var parameter. Para obter informações sobre como especificar uma data e hora, consulte Tipos de dados e funções de data e hora (Transact-SQL).For information about specifying a date and time, see Date and Time Data Types and Functions (Transact-SQL).

Se uma variável for usada para STOPAT, a variável deverá ser um tipo de dados varchar, char, smalldatetime ou datetime.If a variable is used for STOPAT, the variable must be varchar, char, smalldatetime, or datetime data type. Apenas registros do log de transações gravados antes da data e hora especificadas são aplicados ao banco de dados.Only transaction log records written before the specified date and time are applied to the database.

Observação

Se a hora STOPAT for após o último backup do LOG, o banco de dados será deixado no estado sem-recuperação, exatamente como se RESTORE LOG fosse executado com NORECOVERY.If the specified STOPAT time is after the last LOG backup, the database is left in the unrecovered state, just as if RESTORE LOG ran with NORECOVERY.

Para obter mais informações, veja Restaurar um banco de dados do SQL Server em um ponto específico (Modelo de recuperação completa).For more information, see Restore a SQL Server Database to a Point in Time (Full Recovery Model).

STOPATMARK = { ' mark_name ' | ' lsn:lsn_number ' } [ AFTER ' datetime ' ]STOPATMARK = { 'mark_name' | ' lsn:lsn_number' } [ AFTER 'datetime' ]
Especifica recuperação para um ponto de recuperação especificado.Specifies recovery to a specified recovery point. A transação especificada é incluída na recuperação, mas ela será confirmada apenas se tiver sido confirmada originalmente quando foi realmente gerada.The specified transaction is included in the recovery, but it is committed only if it was originally committed when the transaction was actually generated.

RESTORE DATABASE e RESTORE LOG dão suporte ao parâmetro lsn_number.Both RESTORE DATABASE and RESTORE LOG support the lsn_number parameter. Esse parâmetro especifica um número de sequência de log.This parameter specifies a log sequence number.

Há compatibilidade com o parâmetro mark_name apenas na instrução RESTORE LOG.The mark_name parameter is supported only by the RESTORE LOG statement. Esse parâmetro identifica uma marca de transação no backup de log.This parameter identifies a transaction mark in the log backup.

Em uma instrução RESTORE LOG, se AFTER datetime for omitido, a recuperação será interrompida na primeira marca com o nome especificado.In a RESTORE LOG statement, if AFTER datetime is omitted, recovery stops at the first mark with the specified name. Se AFTER datetime for especificado, a recuperação será interrompida na primeira marca que tem o nome especificado exatamente ou após datetime.If AFTER datetime is specified, recovery stops at the first mark having the specified name exactly at or after datetime.

Observação

Se a marca especificada, LSN ou hora for após o último backup do LOG, o banco de dados será deixado no estado não recuperado, exatamente como se RESTORE LOG fosse executado com NORECOVERY.If the specified mark, LSN, or time is after the last LOG backup, the database is left in the unrecovered state, just as if RESTORE LOG ran with NORECOVERY.

Para obter mais informações, consulte Usar transações marcadas para recuperar bancos de dados relacionados de forma consistente (modelo de recuperação completa) e Recuperar para um número de sequência de log (SQL Server).For more information, see Use Marked Transactions to Recover Related Databases Consistently (Full Recovery Model) and Recover to a Log Sequence Number (SQL Server).

STOPBEFOREMARK = { ' mark_name ' | ' lsn:lsn_number ' } [ AFTER ' datetime ' ]STOPBEFOREMARK = { 'mark_name' | ' lsn:lsn_number' } [ AFTER 'datetime' ]
Especifica recuperação até o ponto de recuperação especificado.Specifies recovery up to a specified recovery point. A transação especificada não é incluída na recuperação e é revertida quando WITH RECOVERY for usado.The specified transaction is not included in the recovery, and is rolled back when WITH RECOVERY is used.

RESTORE DATABASE e RESTORE LOG dão suporte ao parâmetro lsn_number.Both RESTORE DATABASE and RESTORE LOG support the lsn_number parameter. Esse parâmetro especifica um número de sequência de log.This parameter specifies a log sequence number.

Há compatibilidade com o parâmetro mark_name apenas na instrução RESTORE LOG.The mark_name parameter is supported only by the RESTORE LOG statement. Esse parâmetro identifica uma marca de transação no backup de log.This parameter identifies a transaction mark in the log backup.

Em uma instrução RESTORE LOG, se AFTER datetime for omitido, a recuperação será interrompida exatamente antes da primeira marca com o nome especificado.In a RESTORE LOG statement, if AFTER datetime is omitted, recovery stops just before the first mark with the specified name. Se AFTER datetime for especificado, a recuperação será interrompida logo antes da primeira marca que tem o nome especificado exatamente ou após datetime.If AFTER datetime is specified, recovery stops just before the first mark having the specified name exactly at or after datetime.

Importante

Se uma sequência de restauração parcial excluir qualquer grupo de arquivos FILESTREAM, não haverá suporte para a restauração point-in-time.If a partial restore sequence excludes any FILESTREAM filegroup, point-in-time restore is not supported. Você pode forçar a sequência de restauração a continuar.You can force the restore sequence to continue. Contudo, os grupos de arquivos FILESTREAM omitidos da instrução RESTORE nunca poderão ser restaurados.However, the FILESTREAM filegroups that are omitted from the RESTORE statement can never be restored. Para forçar uma restauração point-in-time, especifique a opção CONTINUE_AFTER_ERROR junto com a opção STOPAT, STOPATMARK ou STOPBEFOREMARK.To force a point-in-time restore, specify the CONTINUE_AFTER_ERROR option together with the STOPAT, STOPATMARK, or STOPBEFOREMARK option. Se você especificar CONTINUE_AFTER_ERROR, a sequência de restauração parcial terá êxito e o grupo de arquivos FILESTREAM se tornará irrecuperável.If you specify CONTINUE_AFTER_ERROR, the partial restore sequence succeeds and the FILESTREAM filegroup becomes unrecoverable.

Conjuntos de resultadosResult Sets

Para obter conjuntos de resultados, consulte os tópicos a seguir:For result sets, see the following topics:

RemarksRemarks

Para obter comentários adicionais, consulte os tópicos a seguir:For additional remarks, see the following topics:

Especificando um conjunto de backupSpecifying a Backup Set

Um conjunto de backup contém o backup de uma única operação de backup bem-sucedida.A backup set contains the backup from a single, successful backup operation. As instruções RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY e RESTORE VERIFYONLY funcionam em um único conjunto de backups dentro do conjunto de mídias no dispositivo de backup ou dispositivos especificados.RESTORE, RESTORE FILELISTONLY, RESTORE HEADERONLY, and RESTORE VERIFYONLY statements operate on a single backup set within the media set on the specified backup device or devices. Você deve especificar o backup necessário de dentro do conjunto de mídias.You should specify the backup you need from within the media set. Você pode obter o backup_set_file_number de um backup definido usando a instrução RESTORE HEADERONLY .You can obtain the backup_set_file_number of a backup set by using the RESTORE HEADERONLY statement.

A opção para especificar o conjunto de backup para restauração é:The option for specifying the backup set to restore is:

FILE = { backup_set_file_number | @ backup_set_file_number }FILE ={ backup_set_file_number | @backup_set_file_number }

Em que backup_set_file_number indica a posição do backup no conjunto de mídias.Where backup_set_file_number indicates the position of the backup in the media set. Um backup_set_file_number igual a 1 (FILE = 1) indica o primeiro conjunto de backup na mídia de backup e um backup_set_file_number igual a 2 (FILE = 2) indica o segundo conjunto de backup, e assim por diante.A backup_set_file_number of 1 (FILE = 1) indicates the first backup set on the backup medium and a backup_set_file_number of 2 (FILE = 2) indicates the second backup set, and so on.

O comportamento dessa opção varia conforme a instrução, como descrito na seguinte tabela:The behavior of this option varies depending on the statement, as described in the following table:

deStatement Comportamento da opção FILE do conjunto de backupBehavior of backup-set FILE option
RESTORERESTORE O número do arquivo do conjunto de backup padrão é 1.The default backup set file number is 1. Apenas uma opção FILE de conjunto de backup é permitida em uma instrução RESTORE.Only one backup-set FILE option is allowed in a RESTORE statement. É importante especificar conjuntos de backup na ordem.It is important to specify backup sets in order.
RESTORE FILELISTONLYRESTORE FILELISTONLY O número do arquivo do conjunto de backup padrão é 1.The default backup set file number is 1.
RESTORE HEADERONLYRESTORE HEADERONLY Por padrão, todos os conjuntos de backup no conjunto de mídias são processados.By default, all backup sets in the media set are processed. O conjunto de resultados de RESTORE HEADERONLY retorna informações sobre cada conjunto de backup, incluindo sua Posição no conjunto de mídias.The RESTORE HEADERONLY results set returns information about each backup set, including its Position in the media set. Para retornar informações sobre um conjunto de backup especificado, use o número de sua posição como o valor de backup_set_file_number na opção FILE.To return information on a given backup set, use its position number as the backup_set_file_number value in the FILE option.

Observação: Para mídia de fita, RESTORE HEADER apenas processa os conjuntos de backup na fita carregada.Note: For tape media, RESTORE HEADER only processes backup sets on the loaded tape.
RESTORE VERIFYONLYRESTORE VERIFYONLY O backup_set_file_number padrão é 1.The default backup_set_file_number is 1.

Observação

A opção FILE para especificar um conjunto de backup não está relacionada à opção FILE para especificar um arquivo de banco de dados, FILE = { logical_file_name_in_backup | @ logical_file_name_in_backup_var }.The FILE option for specifying a backup set is unrelated to the FILE option for specifying a database file, FILE = { logical_file_name_in_backup | @logical_file_name_in_backup_var }.

Resumo de suporte para opções WITHSummary of Support for WITH Options

As seguintes opções WITH são compatíveis apenas com a instrução RESTORE: BLOCKSIZE, BUFFERCOUNT, MAXTRANSFERSIZE, PARTIAL, KEEP_REPLICATION, { RECOVERY | NORECOVERY | STANDBY }, REPLACE, RESTART, RESTRICTED_USER e { STOPAT | STOPATMARK | STOPBEFOREMARK }The following WITH options are supported by only the RESTORE statement: BLOCKSIZE, BUFFERCOUNT, MAXTRANSFERSIZE, PARTIAL, KEEP_REPLICATION, { RECOVERY | NORECOVERY | STANDBY }, REPLACE, RESTART, RESTRICTED_USER, and { STOPAT | STOPATMARK | STOPBEFOREMARK }

Observação

A opção PARTIAL tem suporte apenas de RESTORE DATABASE.The PARTIAL option is supported only by RESTORE DATABASE.

A tabela a seguir lista as opções de WITH usadas por uma ou mais instruções e indica quais instruções oferecem suporte a cada opção.The following table lists the WITH options that are used by one or more statements and indicates which statements support each option. Uma marca de verificação (√) indica que uma opção tem suporte. Um traço (–) indica que a opção não tem suporte.A check mark (√) indicates that an option is supported; a dash (-) indicates that an option is not supported.

Opção WITHWITH option RESTORERESTORE RESTORE FILELISTONLYRESTORE FILELISTONLY RESTORE HEADERONLYRESTORE HEADERONLY RESTORE LABELONLYRESTORE LABELONLY RESTORE REWINDONLYRESTORE REWINDONLY RESTORE VERIFYONLYRESTORE VERIFYONLY
{ CHECKSUM{ CHECKSUM

| NO_CHECKSUM }| NO_CHECKSUM }
-
{ CONTINUE_AFTER_ERROR{ CONTINUE_AFTER_ERROR

| STOP_ON_ERROR }| STOP_ON_ERROR }
-
FILE1FILE1 - -
LOADHISTORYLOADHISTORY - - - - -
MEDIANAMEMEDIANAME -
MEDIAPASSWORDMEDIAPASSWORD -
MOVEMOVE - - - -
PASSWORDPASSWORD - -
{ REWIND | NOREWIND }{ REWIND | NOREWIND } Apenas REWINDOnly REWIND Apenas REWINDOnly REWIND Apenas REWINDOnly REWIND -
STATSSTATS - - - -
{ UNLOAD | NOUNLOAD }{ UNLOAD | NOUNLOAD }

1 FILE = backup_set_file_number, which is distinct from {FILE | FILEGROUP}.1 FILE =backup_set_file_number, which is distinct from {FILE | FILEGROUP}.

PermissõesPermissions

Para permissões, consulte os tópicos a seguir:For permissions, see the following topics:

ExemplosExamples

Para obter exemplos, consulte os tópicos a seguir:For examples, see the following topics:

Consulte TambémSee Also

BACKUP (Transact-SQL) BACKUP (Transact-SQL)
RESTORE (Transact-SQL) RESTORE (Transact-SQL)
RESTORE FILELISTONLY (Transact-SQL) RESTORE FILELISTONLY (Transact-SQL)
RESTORE HEADERONLY (Transact-SQL) RESTORE HEADERONLY (Transact-SQL)
RESTORE LABELONLY (Transact-SQL) RESTORE LABELONLY (Transact-SQL)
RESTORE REWINDONLY (Transact-SQL) RESTORE REWINDONLY (Transact-SQL)
RESTORE VERIFYONLY (Transact-SQL) RESTORE VERIFYONLY (Transact-SQL)
Fazer backup e restaurar bancos de dados do SQL Server Back Up and Restore of SQL Server Databases
FILESTREAM (SQL Server)FILESTREAM (SQL Server)