Microsoft Surface Diagnostic Toolkit

Saiba como você pode usar o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit para testar o hardware de seu dispositivo Surface.

O Microsoft Surface Diagnostic Toolkit é uma ferramenta de diagnóstico pequena e portátil que executa um conjunto de testes para diagnosticar o hardware de dispositivos Surface. O arquivo executável do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit tem menos de 3 MB, o que permite que ele seja facilmente distribuído por email. Ele não requer instalação, assim, pode ser executado diretamente de um pen drive ou pela rede. O Microsoft Surface Diagnostic Toolkit realiza vários testes de componentes individuais, incluindo tela touch, câmeras e sensores.

Observação

Um dispositivo Surface deve ser inicializado no Windows para executar o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit. O Microsoft Surface Diagnostic Toolkit será executado apenas nos seguintes dispositivos Surface:

  • Surface Studio
  • Surface Book
  • Surface Pro 4
  • Surface 3 LTE
  • Surface 3
  • Surface Pro 3
  • Surface Pro 2
  • Surface Pro
Observação

Software de segurança e medidas de segurança internos em muitos serviços e aplicativos de email bloquearão arquivos executáveis que são transferidos por email. Para enviar o Surface Diagnostic Toolkit por email, anexe o arquivo .zip que foi baixado da página Ferramentas do Surface para TI, sem extrair o arquivo. Você também pode criar um arquivo. zip personalizado que contenha o arquivo .exe. (Por exemplo, se você deseja traduzir o texto, conforme descrito na seção Tradução deste artigo.)

A execução do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit é uma atividade prática. A sequência de teste inclui vários testes que exigem que você execute ações ou observe o resultado do teste e clique no botão Aprovar ou Reprovar aplicável. Alguns testes exigem conectividade com dispositivos externos, como um monitor externo. Outros testes usam as soluções de problemas internas do Windows. Ao fim dos testes, um relatório visual dos resultados dos testes é exibido, e você tem a opção de salvar um arquivo de log ou copiar os resultados para a área de transferência.

Para executar um conjunto completo de testes com o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit, você deve estar preparado com os seguintes itens:

  • Um monitor externo com a conexão HDMI ou DisplayPort apropriada

  • Um dispositivo Bluetooth que possa ser colocado no modo de emparelhamento

  • Um cartão MicroSD ou SD que seja compatível com seu dispositivo Surface

  • Uma Caneta Surface

  • Espaço para mover o dispositivo Surface

  • Alto-falantes externos ou fones de ouvido com um plug estéreo de 3,5 mm

  • Um adaptador de energia para o dispositivo Surface

Observação

Os testes do Kit de Ferramentas de Diagnóstico do Microsoft Surface verificam apenas o hardware de um dispositivo Surface e não resolvem problemas do sistema operacional ou de software.

Configurar opções de teste

Antes de selecionar os testes que deseja executar, você pode clicar no botão Ferramentas, images\surface-diagnostic-kit-gear-icon.png no canto superior direito da janela (como mostrado na Figura 1), para acessar a seção Opções do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit. Na seção Opções, você pode configurar a profundidade dos testes e logs, bem como o local para salvar os arquivos de log. Você também pode criar e usar arquivos de idioma adicionais para a caixa de diálogo de cada teste.

Botão Ferramentas destacado no canto superior direito da janela

Figura 1. O botão Ferramentas destacado no canto superior direito da janela

Observação

Todas as opções que você deseja selecionar devem ser especificadas antes da execução dos testes. Não é possível alterar as opções de teste após a sequência de teste ter sido iniciada.

Testar profundidade

Você pode escolher rapidamente entre três modos de teste e diagnóstico usando a página Testar profundidade. A página Testar profundidade exibe um controle deslizante com três posições possíveis, conforme mostrado na Figura 2. Essas posições determinam quais testes são executados e quais informações são registradas sem exigir que você selecione testes específicos com o botão Run Specific Tests. Os três modos permitem que você se concentre nos testes do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit no hardware, no software ou em ambos.

Tela que exibe o controle deslizante Testar profundidade para selecionar a profundidade da coleta de dados

Figura 2. O controle deslizante Testar profundidade para selecionar a profundidade da coleta de dados

Quando você seleciona um modo usando o controle deslizante Testar profundidade, um arquivo de configuração (.ini) com o mesmo nome do arquivo executável (.exe) do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit é criado na mesma pasta. Por exemplo, se o arquivo executável do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit for SurfaceDiagnosticToolkit.exe, o arquivo de configuração será SurfaceDiagnosticToolkit.ini. Quando o arquivo executável for executado, as opções serão automaticamente definidas pelo arquivo de configuração. Para executar o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit em um modo específico em vários dispositivos, certifique-se de que o arquivo .ini permanece na mesma pasta que o arquivo .exe usado em cada dispositivo.

Ao executar o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit, você ainda pode usar o botão Run Specific Tests para habilitar ou desabilitar testes específicos. Os testes selecionados na página Please Select Tests to Run têm prioridade sobre os testes habilitados ou desabilitados pelo modo especificado na página Testar profundidade. Quando um modo for selecionado, os testes que são aplicáveis a esse modo serão habilitados por padrão e os testes que não são necessários serão desabilitados.

Cada modo tem um foco específico e registra um nível diferente de informações nos arquivos de log, da seguinte maneira:

  • Foco no hardware e software. Esse é o modo padrão para o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit. Nesse modo, todos os testes aplicáveis ao dispositivo são executados. Esse modo registra a maior quantidade de informações e leva mais tempo.
  • Foco na experiência de software. Esse modo coleta e grava informações sobre o dispositivo no arquivo de log. Nenhum teste de hardware é executado nesse modo. Os seguintes testes são executados nesse modo:
    • Teste de verificação do Windows Update
    • Teste de informações do dispositivo
    • Teste de avaliação de sistema
    • Teste de coleta de despejo de memória
    • Teste de modo de espera moderna
  • Foco na validação de hardware. Esse modo testa o hardware do dispositivo, mas não coleta arquivos de log do sistema ou informações do dispositivo. Todos os testes de diagnósticos pertinentes ao hardware do dispositivo são executados nesse modo. Os testes exatos que são executados variam de dispositivo para dispositivo dependendo da configuração de hardware. Esse modo registra a menor quantidade de informações e leva menos tempo.

Local para Salvar

Use o botão Procurar na página Local para Salvar para selecionar um local padrão para os arquivos de log do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit serem salvos. Quando os testes forem concluídos, o usuário ainda receberá uma solicitação para salvar o arquivo de log; este não será salvo automaticamente. O usuário ainda deve clicar no botão Salvar no Arquivo para salvar os arquivos de log. Da mesma forma que o modo Testar profundidade, esse local de salvamento é armazenado no arquivo de configuração (.ini) do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit e, se o arquivo não existir, a configuração dessa opção gerará o arquivo.

Idiomas adicionais

Consulte a seção Localização deste artigo para obter informações sobre como personalizar a caixa de diálogo exibida durante cada teste. Na página Idiomas adicionais, você pode gerar um arquivo de localização que poderá usar para personalizar a caixa de diálogo durante cada teste. Você também pode especificar um arquivo de localização em particular a ser usado com o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit com o botão Procurar.

Feedback

Você pode usar o formulário na página Feedback para informar a equipe do produto sobre qualquer problema que tiver com o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit ou para fornecer alguma sugestão sobre como o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit pode ser melhorado.

Os testes

O Microsoft Surface Diagnostic Toolkit executa vários testes individuais em um dispositivo Surface. Nem todos os testes são aplicáveis a todos os dispositivos. Por exemplo, o teste do botão Página Inicial não é aplicável ao Surface Pro 4, em que não há um botão Página Inicial. Você pode especificar quais testes devem ser executados ou pode optar por executar todos eles. Para testes que exigem dispositivos externos (como o teste de saída para um monitor externo), se não tiver o dispositivo externo necessário no momento do teste, você terá a opção de ignorá-lo. Se um teste falhar, você será solicitado a continuar ou parar o teste naquele momento.

Quando o teste for concluído, a página Resultados do Teste será exibida (conforme mostrado na Figura 3) apresentando o status de cada teste: aprovado, falha ou inconclusivo (ignorado). Você pode optar por executar os testes novamente, por salvar um arquivo de log, incluindo quaisquer outros arquivos de log coletados pelos testes, ou por copiar o texto do arquivo de log na área de transferência.

Amostra de exibição da página Resultados do Teste

Figura 3. Exibição dos resultados dos testes

Quando os testes forem concluídos, você também poderá adicionar anotações aos arquivos de log. Basta clicar em Add additional feedback to results -> na página Resultados do Teste. Use o campo Type any additional feedback about these tests na página Resultados do teste para adicionar anotações, conforme mostrado na Figura 4.

Janela que mostra onde você pode adicionar anotações em um arquivo de log

Figura 4. Adicionar anotações ao arquivo de log

As anotações que você digitar nesta página serão exibidas nos arquivos de log após os resultados dos testes selecionados e antes da seção Arquivos. O cabeçalho da seção nos arquivos de log para essas anotações chama-se Comentários do Usuário.

Windows Update

Esse teste verifica se há Atualizações do Windows pendentes e solicita que você instale as atualizações antes de continuar com os outros testes. É importante manter um dispositivo Surface atualizado com as últimas atualizações do Windows, incluindo drivers e firmware para o dispositivo Surface. O êxito de alguns dos testes que são executados mais tarde na sequência de tarefas depende desses drivers e firmware atualizados. Você será solicitado a reiniciar o dispositivo, caso isso seja necessário para o Windows Update. Se tiver que reiniciar o dispositivo, você precisará iniciar novamente o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit.

Informações do dispositivo

Esse teste lê a ID de Dispositivo e o número de série, além de informações básicas do sistema, como modelo de dispositivo, versão do sistema operacional, processador, memória e armazenamento. A ID do Dispositivo é gravada no nome do arquivo de log e pode ser usada para identificar um arquivo de log para um dispositivo específico. Vários arquivos de log do sistema também são coletados, incluindo logs de atualização e reversão e a saída de várias ferramentas internas do Windows, como Diagnóstico do DirectX e Informações do Sistema, configuração de energia, integridade do disco e logs de eventos. Confira a lista a seguir para ver o conjunto completo dos arquivos de log coletados:

  • Saída de Get-WindowsUpdateLog se o sistema operacional for o Windows 10

  • %windir%\Logs

  • %windir%\Panther

  • %windir%\System32\sysprep\Panther

  • %windir%\System32\WinEvt\Logs

  • $windows.~bt\Sources\Panther

  • $windows.~bt\Sources\Rollback

  • %windir%\System32\WinEvt\Logs

  • Saída de dxdiag.exe /t

  • Saída de msinfo32.exe /report

  • Saída de powercfg.exe /batteryreport

  • Saída de powercfg.exe /sleepstudy

  • Saída de wevtutil.exe epl System

  • Eventos de:

    • Chkdsk

    • Microsoft-Windows-Ntfs

    • Microsoft-Windows-WER-SystemErrorReporting

    • Microsoft-Windows-Startuprepair

    • Microsoft-Windows-kernel-Power

  • Saída de powercfg.exe /q

  • Saída de powercfg.exe /qh

  • %windir%\Inf\SetupApi*.log

Esses arquivos e logs são armazenados em um arquivo .zip salvo pelo Kit de Ferramentas de Diagnóstico do Microsoft Surface quando todos os testes selecionados são concluídos, juntamente com o arquivo de log do Kit de Ferramentas de Diagnóstico do Microsoft Surface.

Teste da Capa Teclado

Observação

Uma Capa Teclado do Surface é necessária para esse teste.

Se uma Capa Teclado do Surface não for detectada, o teste solicitará que você conecte a Capa Teclado. Quando uma Capa Teclado é detectada, o teste solicita que você use o teclado e o touchpad. O cursor deve se mover enquanto você passa o dedo no touchpad, e a tecla Windows do teclado deve fazer com que o menu Iniciar ou a tela Inicial sejam exibidos para que esse teste resulte em aprovação. Você poderá ignorar esse teste se uma Capa Teclado não for usada com o dispositivo Surface.

Teste de teclado integrado

Observação

Esse teste só é aplicável ao Surface Book e requer que o Surface Book esteja encaixado no teclado.

Esse teste é basicamente o mesmo que o teste da Capa Teclado, com a diferença de que o teclado integrado à base do Surface Book é testado, em vez da Capa Teclado. Durante o primeiro estágio desse teste, um diagrama do teclado será exibido. Quando você pressionar uma tecla, a tecla correspondente será marcada no diagrama. O teste prosseguirá até quando todas as teclas no diagrama forem marcadas. Na segunda etapa desse teste, você será solicitado a fazer vários gestos no teclado. Conforme você executar cada gesto (por exemplo, um toque com três dedos), o gesto será marcado na tela. Quando você tiver executado todos os gestos, o teste será concluído automaticamente.

Observação

É preciso pressionar simultaneamente a tecla FN (função) no diagrama para ativar as teclas F. Por padrão, essas teclas realizam outras ações. Para as teclas Home ou End, você deve pressionar as mesmas teclas F8 e F9, mas sem pressionar a tecla FN (função).

Teste de bateria do modo de tela

Observação

Esse teste só é aplicável ao Surface Book.

Dependendo do modo em que o Surface Book está, baterias diferentes são usadas para alimentar o dispositivo. Quando o Surface Book está no modo de área de transferência (desconectado do teclado), ele usa uma bateria interna, e quando está conectado no modo de laptop ou de tela, usa conexões diferentes com a bateria no teclado. No modo de tela, a tela está conectada ao teclado, assim, quando o dispositivo é fechado, a tela permanece visível e voltada para cima. Conecte o Surface Book ao teclado dessa maneira para que o teste prossiga automaticamente.

Teste de bateria no modo de área de transferência

Observação

Esse teste só é aplicável ao Surface Book.

Desconecte o Surface Book do teclado para funcionar no modo de área de transferência. No modo de área de transferência, o Surface Book opera por meio de uma bateria interna, que é testada quando o Surface Book é desconectado do teclado. Se o Surface Book for desconectado do teclado, também será desconectado da energia, e esse teste será iniciado automaticamente.

Teste de bateria no modo de laptop

Observação

Esse teste só é aplicável ao Surface Book.

Conecte o Surface Book ao teclado no modo de laptop, o oposto ao modo de tela. No modo de laptop, a tela fica voltada para você quando o dispositivo é aberto, e o dispositivo pode ser usado da mesma maneira como qualquer outro laptop. Desconecte a energia CA da base do laptop quando solicitado nesse teste para verificar o status da bateria.

Teste de bateria

Nesse teste, a bateria é descarregada por alguns segundos, e a integridade e o tempo de execução estimado são testados. Você será solicitado a desconectar o adaptador de energia e, depois, reconectá-lo quando o teste for concluído.

Teste de gráfico discreto (dGPU)

Observação

Esse teste só é aplicável aos modelos do Surface Book com um processador gráfico discreto.

Esse teste consulta as informações de dispositivo do hardware atual para verificar a presença do processador gráfico integrado Intel no Surface Book e do processador gráfico discreto NVIDIA no teclado do Surface Book. O teclado deve estar conectado para que esse teste funcione.

Teste de ventoinha de gráfico discreto (dGPU)

Observação

Esse teste só é aplicável aos modelos do Surface Book com um processador gráfico discreto.

O processador gráfico discreto no Surface Book inclui uma ventoinha de resfriamento separada. A ventoinha é ativada automaticamente pelo teste por cinco segundos. Quando solicitado, ouça o som da ventoinha no teclado e relate se ela está funcionando corretamente.

Teste de muscle wire

Observação

Esse teste só é aplicável ao Surface Book.

Para desconectar o Surface Book do teclado, o software deve instruir o mecanismo de trava de muscle wire para que ele seja aberto. Normalmente, para isso, você pressiona e segura a tecla de desencaixe no teclado. Esse teste envia o mesmo sinal para a trava, que desbloqueia o Surface Book de seu teclado. Remova o Surface Book do teclado quando você for solicitado a fazer isso.

Testes de pixels motos e artefatos de exibição

Observação

Antes de executar esse teste, limpe a poeira ou manchas da tela.

Esse teste solicita que você exiba a tela em busca de pixels que não estão funcionando corretamente. O teste exibe imagens em tela inteira em uma única cor, incluindo imagens pretas, brancas, vermelhas, verdes e azuis. Os pixels que permanecem claros ou escuros quando a tela exibe uma imagem de uma cor diferente indicam a reprovação no teste. Você também deve procurar distorções ou variações na cor da tela.

Bordas do digitalizador

A tela touch de um dispositivo Surface deve detectar quando o usuário passa o dedo começando do lado esquerdo ou direito da tela. Esse teste solicita que você passe o dedo começando nas bordas da tela para abrir a Central de Ações e a Visão de Tarefas. A Central de Ações e a Visão de Tarefas devem ser iniciadas para que esse teste resulte em aprovação.

Pinçagem do digitalizador

O gesto de pinçagem (quando você junta dois dedos ou os separa) é usado para manipular o zoom e para posicionar o conteúdo por meio da tela touch. Esse teste exibe uma imagem no Visualizador de Imagens do Windows e solicita que você amplie, mova e reduza a imagem. A imagem deve ser ampliada, movida e reduzida à medida que os gestos são executados.

Toque do digitalizador

A tela touch do Surface deve detectar a entrada por igual em toda a tela do dispositivo. Para executar esse teste, várias linhas são exibidas na tela para que você as rastreie com um dedo em busca de áreas sem resposta. As linhas rastreadas na tela devem aparecer de forma contínua no comprimento da linha, conforme desenhado com o dedo.

Teste da caneta digitalizadora

Observação

Uma Caneta Microsoft Surface é necessária para esse teste.

Esse teste exibe as mesmas linhas que são exibidas durante o teste de Toque do Digitalizador, mas sua entrada é realizada com uma Caneta Surface em vez do dedo. As linhas deverão permanecer ininterruptas enquanto a Caneta for pressionada na tela. Rastreie todas as linhas na imagem para procurar áreas sem resposta em toda a tela do dispositivo Surface.

Multitoque do digitalizador

A tela touch do Surface é capaz de detectar 10 dedos simultaneamente. Coloque todos os dedos na tela ao mesmo tempo para executar esse teste. A tela mostrará o número de pontos detectados, que devem corresponder ao número de dedos que você colocar na tela.

Teste do botão Página Inicial

O botão Página Inicial ou o botão Windows no dispositivo Surface é usado para exibir a tela Inicial ou o menu Iniciar. Esse teste será bem-sucedido se a tela Inicial ou o menu Iniciar forem exibidos quando o botão Windows for pressionado. Esse teste não é exibido no Surface Pro 4 porque não há um botão Windows.

Teste do botão de volume

Esse teste solicita que você use o botão de volume para mover o volume até o máximo, movê-lo até o mínimo e volume até o máximo novamente. Para passar nesse teste, o controle deslizante de volume deve se mover para cima e para baixo à medida que o botão é pressionado.

Teste do slot Micro SD ou SD

Observação

Esse teste requer um cartão micro SD ou SD que seja compatível com o slot no dispositivo Surface.

Insira um cartão micro SD ou SD quando for solicitado. Quando o cartão SD é detectado, o teste solicita que você remova o cartão SD para garantir que o cartão não foi deixado no dispositivo. Durante esse teste, um pequeno arquivo é gravado no cartão SD e, depois, verificado. A detecção e a verificação do cartão SD resultam na aprovação automática desse teste, sem entrada adicional.

Teste do microfone

Esse teste exibe um medidor que mostra o nível de som do microfone e grava áudio por um curto período de tempo. Diga algumas palavras ou produza algum som e observe se o medidor exibe o nível de som adequadamente. Um temporizador de contagem regressiva é exibido para indicar quanto tempo resta para você fazer a gravação do som. Quando a contagem regressiva expirar, o áudio gravado será reproduzido. Verifique se as palavras ou sons soam claros e precisos e marque o teste como aprovado ou como falha dependendo dos resultados.

Teste da saída de vídeo

Observação

Esse teste requer um monitor externo com a conexão aplicável ao dispositivo Surface.

Os dispositivos Surface fornecem uma conexão Mini DisplayPort para a conexão a um monitor externo. Conecte o monitor por meio do Mini DisplayPort no dispositivo, quando solicitado. O monitor deve ser detectado automaticamente, e uma imagem deve aparecer no monitor externo.

Teste de Bluetooth

Observação

Esse teste requer um dispositivo Bluetooth. Para a execução desse teste, o dispositivo deve ser definido no modo de emparelhamento ou como detectável.

Depois que você receber um prompt para colocar o dispositivo no modo de emparelhamento, o teste abrirá a janela Adicionar um dispositivo e começará a procurar dispositivos Bluetooth detectáveis. Observe a janela Adicionar um dispositivo para verificar se o dispositivo Bluetooth é detectado. Selecione o dispositivo Bluetooth na lista e conecte-se a ele para concluir o teste.

Teste da câmera

Use esse teste para verificar se as câmeras no dispositivo Surface estão funcionando corretamente. Serão exibidas imagens das câmeras da frente e de trás e da câmera infravermelha no Surface Pro 4. O foco automático contínuo pode ser habilitado na câmera traseira. Aproxime e afaste o dispositivo de um objeto para verificar a operação do foco automático contínuo.

Observação

Observação:Você pode usar a opção Snapshot to Logs para salvar um instantâneo da saída de vídeo nos arquivos de log.

Teste do alto-falante

Observação

Fones de ouvido ou alto-falantes externos são necessários para testar a entrada de fone de ouvido nesse teste.

Esse teste reproduz áudio nos canais esquerdo e direito, respectivamente, para os alto-falantes internos e para alto-falantes ou fones de ouvido conectados à entrada de fone de ouvido. Conecte seus fones de ouvido ou alto-falantes ao conector estéreo de 3,5 mm quando solicitado. O teste detectará automaticamente que um dispositivo de reprodução de som foi conectado. Marque cada canal como aprovado ou como falha à medida que você ouvir a reprodução do áudio pelos alto-falantes ou fones de ouvido.

Teste de rede

Observação

Conecte o dispositivo Surface a uma rede Wi-Fi antes de executar esse teste. As conexões feitas durante o teste são removidas quando o teste é concluído.

Esse teste usa a solução de problemas interna Diagnósticos de Rede do Windows para diagnosticar problemas potenciais da conectividade de rede, incluindo configuração de proxy, problemas de DNS e conflitos de endereços IP. Um log de eventos é salvo por esse teste nos logs do Windows e é visível no Visualizador de Eventos do Windows. A ID de Evento é 6100.

Teste de energia

Configurações como brilho da tela, tempo decorrido até a tela entrar no modo de suspensão e tempo decorrido até o dispositivo entrar no modo de suspensão são verificadas em relação aos valores padrão com a solução de problemas interna de Energia. A solução de problemas corrigirá automaticamente as configurações que possam impedir que o dispositivo economize energia ou entre no modo de suspensão.

Teste de banda larga móvel

Esse teste solicita que você habilite a banda larga móvel e tenta navegar até http://www.bing.com. Esse teste só é aplicável a dispositivos Surface que vêm equipados com banda larga móvel, como o Surface 3 LTE.

Teste de acelerômetro

O acelerômetro detecta movimentos laterais, longitudinais e verticais do dispositivo Surface. Esse teste solicita que você segure e mova o dispositivo Surface para a frente e para trás, para a esquerda e para a direita e para cima e para baixo, para testar o sensor de movimento direcional. O teste resulta em aprovação automática quando é detectado movimento.

Teste do girômetro

O girômetro detecta movimentos de rotação sobre o eixo x, rolagem e rotação sobre o eixo y. Esse teste solicita que você segure e gire o dispositivo Surface para testar os sensores de movimento angular. O teste resulta em aprovação automática quando é detectado movimento.

Teste da bússola

A bússola detecta para qual direção o dispositivo Surface está voltado em relação ao norte, sul, leste e oeste. Vire o dispositivo Surface em diferentes direções para testar o sensor. O teste resulta em aprovação automática quando uma alteração na direção é detectada.

Teste de luz ambiente

O sensor de luz ambiente é usado para ajustar automaticamente o brilho da tela em relação à iluminação ambiente. Mova o dispositivo em direção a uma fonte de luz ou afaste-o dela para fazer com que a tela seja escurecida ou clareada em resposta ao aumento ou à diminuição da luz. O teste resulta em aprovação automática quando o brilho da tela muda automaticamente.

Observação

É possível também bloquear a luz ambiente. Coloque sua mão levemente em frente ao sensor de luz, que está localizado diretamente ao lado da câmera. Use o medidor fornecido para determinar se você está bloqueando a luz do sensor.

Teste de orientação do dispositivo

Observação

Antes de executar esse teste, desabilite o bloqueio de rotação na Central de Ações, caso esteja habilitado.

O sensor de orientação do dispositivo determina em que ângulo o dispositivo Surface está em relação ao solo. Gire a tela em 90 ou em 180 graus para fazer com que a orientação da tela alterne entre os modos retrato e paisagem. Se tiver uma Capa Teclado do Surface ou teclado do Surface Book conectado, você será solicitado a desconectar o Surface do teclado para permitir a rotação da tela. O teste resulta em aprovação automática quando a orientação da tela é alternada.

Teste de brilho

Esse teste alterna a tela em níveis de brilho de 0% a 100% e exibe uma mensagem para confirmar se o nível de brilho foi alterado de maneira adequada. Você então será solicitado a testar a reação do brilho. Para testar a reação do brilho ao usar a bateria, desconecte o adaptador de energia. A tela deve ser esmaecida automaticamente quando a energia for desconectada.

Teste do Surface Dock

O Microsoft Surface Diagnostic Toolkit usa esse teste somente se um Surface Dock for conectado ao dispositivo. Se um Surface Dock for detectado, este teste verificará se o firmware do driver do Surface Dock está atualizado. Para uma análise mais detalhada do status do firmware do Surface Dock e como iniciar o processo de atualização de firmware manualmente, consulte o artigo Microsoft Surface Dock Updater.

Avaliação do sistema

Observação

O dispositivo Surface deve ser conectado à energia CA antes que você execute esse teste.

O WinSAT (Ferramenta de Avaliação de Sistema do Windows) executa uma série de parâmetros de comparação em relação ao processador, à memória, ao adaptador de vídeo e aos dispositivos de armazenamento. Os resultados incluem a velocidade de processamento de vários algoritmos, o desempenho de leitura e gravação da memória e do armazenamento e o desempenho em vários testes gráficos Direct3D.

Teste do Monitor de Desempenho

Logs de rastreamento de diagnóstico e desempenho são gravados do Monitor de Desempenho por 30 segundos e coletados na saída do arquivo .zip do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit por esse teste. Você pode analisar esses logs de rastreamento com o Windows Performance Analyzer para identificar as causas de falhas de aplicativos, problemas de desempenho ou outros comportamentos indesejáveis no Windows.

Coleta de despejo de memória

Se o dispositivo Surface tiver encontrado um erro que tenha feito o dispositivo falhar ou gerar um erro de tela azul, esse estágio do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit registrará no log de diagnóstico as informações dos arquivos de despejo de memória gravados automaticamente. Você pode usar esses arquivos de despejo de memória para identificar um driver, componente de hardware ou aplicativo defeituoso por meio de análise. Use a Ferramenta de Depuração do Windows para analisar esses arquivos. Se não estiver familiarizado com a análise de arquivos de despejo de memória, você poderá descrever o problema e postar um link para os arquivos de despejo de memória (carregados no OneDrive ou em outro serviço de compartilhamento de arquivos) nos Fóruns do TechNet do Windows.

Teste de modo de espera conectado

Observação

Esse teste está disponível somente em dispositivos Surface que executam o Windows 8 ou Windows 8.1.

Se o modo de espera conectado estiver habilitado no dispositivo Surface, esse teste será aprovado automaticamente. Se o modo de espera conectado não estiver habilitado, uma falha será registrada para esse teste. Saiba mais sobre o modo de espera conectado e o modo de espera moderna em Espera modernas no MSDN.

Teste de modo de espera moderna

Observação

Esse teste está disponível somente em dispositivos Surface que executam o Windows 10.

Esse teste grava arquivos de log da configuração de energia para o dispositivo Surface usando o comando powercfg.exe /a. O teste é concluído automaticamente e uma falha somente é registrada se o comando não for executado.

Linha de comando

Você pode executar o Kit de Ferramentas de Diagnóstico do Microsoft Surface na linha de comando ou como parte de um script. A ferramenta dá suporte aos seguintes argumentos:

Observação

Muitos dos testes realizados pelo Kit de Ferramentas de Diagnóstico do Microsoft Surface exigem a interação de um técnico. O Microsoft Surface Diagnostic Toolkit não pode ser executado de forma autônoma.

excluir

Use esse argumento para excluir testes específicos.

Exemplo:

Surface_Diagnostic_Toolkit_1.0.60.0.exe “exclude=BatteryTest,CameraTest”

Confira a seguinte lista para obter os nomes dos testes:

  • AccelerometerTest

  • AmbientLightSensorTest

  • BatteryTest

  • BluetoothTest

  • BrightnessTest

  • CameraTest

  • CanvasModeBatteryTest

  • ChargingTest

  • ClipboardModeBatteryTest

  • CrashDumpCollectionTest

  • DeadPixelDetectionTest

  • DeviceInformationTest

  • DeviceOrientationTest

  • DigitalCompassSensorTest

  • DigitizerEdgeTest

  • DigitizerMultiTouchTest

  • DigitizerPenCoverageTest

  • DigitizerPinchTest

  • DigitizerTouchCoverageTest

  • DisplayArtifactsTest

  • DualGraphicsTest

  • FanTest

  • GyrometerSensorTest

  • HomeButtonTest

  • IntegratedKeyboardTest

  • LaptopModeBatteryTest

  • MicrophoneTest

  • MicroSdCardTest

  • MobileBroadbandTest

  • MuscleWireTest

  • NetworkTest

  • PenTest

  • PerformanceMonitorTest

  • PowerTest

  • SdCardTest

  • SpeakerTest

  • SystemAssessmentTest

  • TypeCoverTest

  • VideoOutTest

  • VolumeRockerTest

  • WindowsUpdateCheckTest

forceplatformsupport

Use esse argumento para forçar os testes a serem executados quando a marca e o modelo do dispositivo não forem detectados corretamente pelo Windows. O Surface Diagnostic Toolkit destina-se a ser executado somente em dispositivos Surface.

Exemplo:

Surface_Diagnostic_Toolkit_1.0.60.0.exe forceplatformsupport

include

Use esse argumento para incluir testes ao executar o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit na linha de comando. Os testes especificados pelo comando Include serão executados mesmo se o teste não tiver suporte no modelo de dispositivo Surface. No exemplo a seguir, os testes específicos do Surface Book para o mecanismo de trava e de gráfico discreto serão executados mesmo que o comando seja executado em um Surface Pro 4 ou em outro modelo do Surface.

Exemplo:

Surface_Diagnostic_Toolkit_1.0.60.0.exe “include=DualGraphicsTest,FanTest,MuscleWireTest”

logpath

Use esse argumento para especificar o caminho para o arquivo de log.

Exemplo 1:

Surface_Diagnostic_Toolkit_1.0.60.0.exe logpath=C:\Folder

Exemplo 2:

Surface_Diagnostic_Toolkit_1.0.60.0.exe “logpath=C:\Folder with spaces”

Tradução

Por padrão, o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit está disponível apenas em inglês. Se quiser localizar o texto dos prompts do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit em outro idioma, você poderá fazer isso criando um arquivo de localização personalizado. Para criar um novo arquivo de localização, siga estas etapas:

  1. Clique no botão Ferramentas images\surface-diagnostic-kit-gear-icon.png .
  2. Clique na página Idiomas Adicionais.
  3. Clique no botão Gerar e o novo arquivo .locale será criado.

O arquivo de localidade que é criado quando você usa essas etapas terá o mesmo nome do arquivo executável, mesmo se ele tiver sido alterado a partir do padrão. Por exemplo, se o arquivo executável do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit for SurfaceDiagnosticToolkit.exe, o arquivo de localização será SurfaceDiagnosticToolkit.locale. O arquivo de localidade será criado na mesma pasta que o arquivo executável. Se um arquivo traduzido com esse nome já existir, você será solicitado a substituir o arquivo existente. O arquivo criado quando você clica no botão Gerar sempre é gerado no idioma padrão, em inglês.

Para personalizar o arquivo de localização, abra o arquivo em um editor de texto ou de XML, como o Bloco de Notas. Para editar a caixa de diálogo de cada teste, substitua o texto pelas frases de marca. (Por exemplo, <phrase key="testdialog">text</phrase>.) Para usar o arquivo automaticamente ao iniciar o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit, basta salvar o arquivo com o mesmo nome que ele tinha quando foi criado. Para salvar o arquivo para uso com outras instâncias do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit, copie o arquivo para outro local ou salve-o com outro nome.

Se um arquivo de localização com o mesmo nome e na mesma pasta que o arquivo executável for detectado ao iniciar o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit, o texto alternativo especificado nesse arquivo de localização substituirá a caixa de diálogo padrão e os prompts. Se não houver um arquivo de localização personalizado ou o nome do arquivo não for o mesmo que o do arquivo executável, a ferramenta usará como padrão o texto em inglês. A qualquer momento, é possível especificar explicitamente um arquivo de localização a ser usado pelo Microsoft Surface Diagnostic Toolkit. Para especificar um arquivo de localização, siga estas etapas:

  1. Clique no botão Ferramentas images\surface-diagnostic-kit-gear-icon.png .
  2. Clique na página Idiomas Adicionais.
  3. Clique em Procurar.
  4. Procure e selecione o arquivo de localização personalizado.

Um arquivo de localização personalizado selecionado por esse processo não precisa de um nome específico. Depois que você selecionar o arquivo de localização personalizado, o Microsoft Surface Diagnostic Toolkit importará e gravará o conteúdo em um arquivo .locale com o mesmo nome do arquivo .exe, da mesma forma que você faria ao clicar no botão Gerar para criar um novo arquivo .locale.

Observação

Se você clicar no botão Procurar para importar um arquivo de localização, o arquivo de localização existente será substituído sem o aviso de que esse arquivo tem o mesmo nome que o arquivo executável do Microsoft Surface Diagnostic Toolkit.