Perguntas frequentes

Sobre contêineres do Windows

O que um Contêiner do Windows Server?

Contêineres do Windows Server são um método leve de virtualização do sistema operacional usado para separar aplicativos ou serviços de outros serviços em execução no mesmo host do contêiner. Para habilitar isso, cada contêiner tem sua própria exibição do sistema operacional, processos, sistema de arquivos, Registro e endereços IP.

O que é um Contêiner do Hyper-V?

Você pode pensar em um contêiner do Hyper-V como um Contêiner do Windows Server em execução dentro de uma partição do Hyper-V.

Contêineres do Hyper-V oferecem uma opção de implantação adicional o Contêiner de alta eficiência e densidade do Windows Server e a máquina virtual altamente isolada com hardware virtualizado do Hyper-V. Para ambientes em que aplicativos de diferentes limites de confiança são executados no mesmo host, pode ser necessário ter isolamento adicional. Contêineres do Hyper-V fornecem maior isolamento usando uma virtualização otimizada e o sistema operacional Windows Server que separa contêineres uns dos outros e do sistema operacional do host. As duas opções de implantação do contêiner usam as mesmas APIs de gerenciamento, ferramentas e formatos de imagem. No momento da implantação, os clientes podem simplesmente escolher o modo de implantação que melhor atende às suas necessidades.

Qual é a diferença entre Contêineres do Linux e do Windows Server?

Contêineres do Linux e do Windows Server são semelhantes, pois ambos implementam tecnologias similares no sistema operacional principal e do kernel. A diferença está na plataforma e nas cargas de trabalho que são executadas dentro dos contêineres.
Quando um cliente estiver usando Contêineres do Windows Server, eles podem se integrar com tecnologias existentes do Windows como .NET, ASP.NET, PowerShell e muito mais.

Como desenvolvedor, é necessário reescrever meu aplicativo para cada tipo de contêiner?

Não, as imagens de contêiner do Windows são comuns a contêineres do Windows Server e do Hyper-V. A escolha do tipo de contêiner é feita quando você inicia o contêiner. Do ponto de vista do desenvolvedor, os contêineres de Hyper-V e do Windows Server são dois tipos da mesma coisa. Eles oferecem a mesma experiência de desenvolvimento, programação e gerenciamento, são abertos e extensíveis e possuem o mesmo nível de integração e suporte por meio do Docker.

Um desenvolvedor pode criar uma imagem de contêiner usando um Contêiner do Windows Server e implantá-lo como um contêiner do Hyper-V ou vice-versa sem qualquer alteração exceto especificar o sinalizador apropriado do tempo de execução.

Contêineres do Windows Server oferecem maior densidade e desempenho (por exemplo, tempo de criação inferior e desempenho de tempo de execução mais rápido em comparação com configurações aninhadas) para quando a velocidade é a chave. Contêineres de Hyper-V oferecem maior isolamento, garantindo que o código em execução em um contêiner não possa comprometer ou afetar o sistema operacional do host ou outros contêineres em execução no mesmo host. Isso é útil para cenários multilocatários (com os requisitos de hospedagem de código não confiável) incluindo aplicativos SaaS e hospedagem de computação.

Os Contêineres do Hyper-V/Windows Server são um complemento serão integrados ao Windows Server?

Os recursos de contêiner estão integrados ao Windows Server 2016.

Qual é a relação entre contêineres do Windows Server e o Drawbridge?

Drawbridge foi um dos muitos projetos de pesquisa que nos ajudaram a obter conhecimentos valiosos sobre contêineres. Grande parte da tecnologia de contêiner no Windows Server 2016 nasceu com a experiência que tivemos com Drawbridge e estamos empolgados em trazer tecnologias de contêineres de classe mundial para nossos clientes no Windows Server 2016.

Quais são os pré-requisitos para Contêineres do Windows Server e do Hyper-V?

Ambos os Contêineres do Windows Server e do Hyper-V exigem o Windows Server 2016. Essas tecnologias não funcionarão com versões anteriores do Windows.

Gerenciamento de contêiner do Windows

Os Contêineres do Hyper-V também estarão disponível para o ecossistema do Docker?

Sim. Os Contêineres do Hyper-V fornecem o mesmo nível de integração e gerenciamento com o Docker que Contêineres do Windows Server. O objetivo é ter uma experiência de plataforma cruzada, consistente e aberta.
A plataforma de Docker simplificará e aprimorá significativamente a experiência de trabalhar com nossas opções de contêiner. Um aplicativo desenvolvido usando os Contêineres do Windows Server pode ser implantado como um Contêiner de Hyper-V sem alteração.

Ecossistema aberto da Microsoft

A Microsoft está participando da OCI (Iniciativa de Contêiner Aberto)?

Para garantir que o formato de empacotamento permaneça universal, o Docker organizou recentemente a OCI (Iniciativa de Contêiner Aberto) visando garantir que o empacotamento de contêiner permaneça um formato aberto e conduzido pela fundação com a Microsoft como um dos membros fundadores.

A Microsoft realmente está em parceria com o Docker?

Sim.
Nossa parceria com o Docker permite aos desenvolvedores criar, gerenciar e implantar contêineres do Windows Server e do Linux usando o mesmo conjunto de ferramentas do Docker. Desenvolvedores voltados para o Windows Server não precisam mais escolher entre usar as amplas gamas de tecnologias do Windows Server e criar aplicativos em contêineres.

O Docker representa dois elementos: o grupo de software livre de projetos e a empresa Docker. Consideramos que essa parceria inclui ambos. A Docker é bem-sucedida, em parte, devido ao ecossistema vibrante que surgiu em torno da tecnologia de contêiner do Docker. A Microsoft está contribuindo para o Projeto Docker, habilitando suporte para Contêineres do Windows Server e do Hyper-V.

Para obter mais informações, consulte a postagem do blog New Windows Server containers and Azure support for Docker (Novos contêineres do Windows Server e suporte do Azure ao Docker).