Janela Comando

A janela Comando é usada para executar comandos ou aliases diretamente no IDE (ambiente de desenvolvimento integrado) do Visual Studio. Você pode executar tanto comandos de menu quanto comandos que não aparecem em nenhum menu. Para exibir a janela Comando, escolha Outras Janelas no menu Exibir e selecione Janela Comando.

Exibindo os valores de variáveis

Para verificar o valor de uma variável varA, use o Comando Imprimir:

>Debug.Print varA

O ponto de interrogação (?) é um alias para Debug.Print, portanto, esse comando também pode ser escrito:

>? varA

As duas versões desse comando retornarão o valor da variável varA.

Inserindo comandos

O símbolo de maior que (>) é exibido na borda esquerda da janela Comando como um prompt para novas linhas. Use as teclas de SETA PARA CIMA e SETA PARA BAIXO para rolar os comandos emitidos anteriormente.

Tarefa Solução Exemplo
Avaliar uma expressão. Preceda a expressão com um ponto de interrogação (?). ? myvar
Mude para uma janela Imediata. Digite immed na janela, sem o sinal de maior que (>) immed
Mude de volta para a janela Comando em uma janela Imediata. Digite cmd na janela. >cmd

Os seguintes atalhos ajudarão a navegar no modo Comando.

Ação Local do cursor Keybinding
Percorra a lista de comandos inseridos anteriormente. Linha de entrada SETA PARA CIMA E SETA PARA BAIXO
Role para cima na janela. Conteúdo da janela Comando CTRL+SETA PARA CIMA
Role para baixo na janela. Conteúdo da janela Comando SETA PARA BAIXO ou CTRL+SETA PARA BAIXO

Dica

Você pode copiar todo ou parte de um comando anterior para a linha de entrada rolando até ele, realçando todo ou parte dele e pressionando ENTER.

Modo de Marca

Quando você clica em qualquer linha anterior na janela Comando, você muda automaticamente para o modo Marca. Isso permite selecionar, editar e copiar o texto de comandos anteriores como você faria em qualquer editor de texto e colá-lo na linha atual.

O sinal de igual (=)

A janela usada para inserir o comando EvaluateStatement determina se um sinal de igual (=) é interpretado como um operador de comparação ou um operador de atribuição.

Na janela Comando, um sinal de igual (=) é interpretado como um operador de comparação. Você não pode usar operadores de atribuição na janela Comando. Dessa forma, por exemplo, se os valores das variáveis varA e varB forem diferentes, o comando >Debug.EvaluateStatement(varA=varB) retornará um valor igual a False.

Na janela Imediato, por outro lado, um sinal de igual (=) é interpretado como um operador de atribuição. Portanto, por exemplo, o comando >Debug.EvaluateStatement(varA=varB) atribuirá à variável varA o valor da variável varB.

Parâmetros, Opções e Valores

Alguns comandos Visual Studio têm argumentos, opções e valores obrigatórios e opcionais. Certas regras se aplicam ao lidar com esses comandos. A seguir está um exemplo de um comando avançado para esclarecer a terminologia.

Edit.ReplaceInFiles /case /pattern:regex var[1-3]+ oldpar

Neste exemplo,

  • Edit.ReplaceInFiles é o comando

  • /case e /pattern:regex são opções (precedidas pelo caractere de barra invertida [/])

  • regex é o valor da opção /pattern; a opção /case não tem valor

  • var[1-3]+ e oldpar são parâmetros

    Observação

    Qualquer comando, parâmetro, opção ou valor que contenha espaços deve ter aspas duplas em um dos lados.

A posição de opções e parâmetros pode ser trocada livremente na linha de comando, com exceção do comando Shell, que exige uma ordem específica para opções e parâmetros.

Quase todas as opções com suporte em um comando têm dois formatos: um formato abreviado (um caractere) e um formato longo. Várias opções de formato curto podem ser combinadas em um grupo. Por exemplo, /p /g /m pode ser expressos, alternativamente, como /pgm.

Se opções de formato curto forem combinadas em um grupo e receberem um determinado valor, esse valor se aplicará a todas as opções. Por exemplo, /pgm:123 é igual a /p:123 /g:123 /m:123. Um erro ocorrerá se alguma das opções no grupo não aceitar um valor.

Caracteres de escape

Um caractere de acento circunflexo (^) em uma linha de comando significa que o caractere imediatamente a seguir é interpretado literalmente, em vez de como um caractere de controle. Isso pode ser usado para inserir aspas retas ("), espaços, barras iniciais, acentos circunflexos ou quaisquer outros caracteres literais em um parâmetro ou valor de opção, com a exceção de nomes de opção. Por exemplo,

>Edit.Find ^^t /regex

Um acento circunflexo funciona da mesma forma tanto dentro quanto fora das aspas. Se um acento circunflexo for o último caractere na linha, ele será ignorado. O exemplo mostrado aqui demonstra como pesquisar o padrão "^t".

Usar aspas para nomes de caminho com espaços

Se, por exemplo, você quiser abrir um arquivo com um caminho que contenha espaços, deverá colocar aspas duplas ao redor do caminho ou segmento do caminho que contém espaços: C:\"Arquivos de Programas" ou "C:\Arquivos de Programas".

Consulte também