Planejamento da ativação do KMS (Serviço de Gerenciamento de Chaves)

As informações a seguir descrevem as considerações de planejamento iniciais que você deve analisar para a ativação de KMS (Serviços de Gerenciamento de Chaves).

O KMS usa um modelo cliente-servidor para clientes ativos e é usado para ativação de volume. Os clientes KMS se conectam a um servidor KMS, chamado de host KMS, para ativação. O host KMS deve residir na rede local.

Hosts KMS não precisam ser servidores dedicados e o KMS pode ser hospedado juntamente com outros serviços. Um host KMS pode ser executado em qualquer sistema físico ou virtual que esteja executando um sistema operacional cliente Windows ou Windows Server com suporte. Um host KMS em execução em um sistema operacional Windows Server pode ativar computadores que executam sistemas operacionais cliente e servidor, no entanto, um host KMS em execução em um sistema operacional cliente do Windows só pode ativar computadores que também executam sistemas operacionais cliente.

Para usar o KMS, um host KMS precisa de uma chave que ativa ou autentica o host KMS com a Microsoft. Essa chave costuma ser conhecida como chave host KMS, mas é formalmente conhecida como CSVLK (chave de licença por volume específica de cliente da Microsoft). Obtenha essa chave na seção Chaves do Produto do Centro de serviço de licenciamento por volume para os seguintes contratos: Open, Open Value, Select, Enterprise e Licença de Provedor de Serviços. Você também obtém ajuda entrando em contato com o Centro de Ativação Microsoft local.

Requisitos operacionais

O KMS pode ativar computadores físicos e virtuais, mas, para se qualificar para uma ativação KMS, a rede deve ter um número mínimo de computadores físicos (o que chamamos de limite de ativação). Clientes KMS só são ativados depois que esse limite é atingido. Para garantir o cumprimento do limite de ativação, um host KMS conta o número de computadores que estão solicitando ativação na rede.

Os hosts KMS contam as conexões mais recentes. Quando um cliente ou servidor contata o host KMS, o host adiciona a ID do computador à sua contagem e, em seguida, retorna o valor atual da contagem em sua resposta. O cliente ou servidor será ativado se a contagem for alta o suficiente. Os clientes serão ativados se a contagem for 25 ou maior. Os servidores e as edições de volume dos produtos do Microsoft Office serão ativado se a contagem for cinco ou maior. O KMS conta apenas conexões únicas dos últimos 30 dias e armazena apenas os 50 contatos mais recentes.

As ativações KMS são válidas por 180 dias, um período conhecido como o intervalo de validade de ativação. Clientes KMS devem renovar suas ativações e, para isso, devem se conectar ao host KMS pelo menos uma vez a cada 180 dias para preservar a ativação. Por padrão, os computadores clientes KMS tentam renovar suas ativações a cada sete dias. Depois que a ativação de um cliente for renovada, o intervalo de validade da ativação será reiniciado.

Um único host KMS pode dar suporte a um número ilimitado de clientes KMS. Se você tiver mais de 50 clientes, recomendamos que tenha pelo menos dois hosts KMS para o caso de um deles ficar indisponível. A maioria das organizações pode operar com um mínimo de dois hosts KMS para toda a infraestrutura.

Depois que o primeiro host KMS é ativado, a CSVLK que é usada no primeiro host pode ser usada para ativar até cinco hosts KMS adicionais na rede, somando um total de seis. Após a ativação de um host KMS, os administradores podem usar a mesma chave para reativar o mesmo host nove vezes.

Se a organização precisar de mais de seis hosts KMS, você pode solicitar ativações adicionais para a CSVLK da organização – por exemplo, quando dez locais físicos são regidos por um único contrato de licenciamento por volume e você quer um host KMS local em cada um deles. Para solicitar essa exceção, contate o Centro de Ativação da Microsoft local.

Os computadores que executam edições de licenciamento por volume de cliente Windows Server e Windows são clientes KMS por padrão. Além disso, eles não precisam executar nenhuma configuração adicional.

Caso esteja convertendo um computador por meio de um host KMS, MAK ou edição comercial do Windows em um cliente KMS, você precisará instalar a chave de instalação de cliente KMS aplicável. Para obter mais informações, confira Chaves de instalação do cliente KMS.

Requisitos de rede

A ativação de KMS exige conectividade TCP/IP. Hosts e clientes KMS são configurados, por padrão, para usar DNS (Sistema de Nomes de Domínio). Os hosts KMS usam as atualizações dinâmicas de DNS para publicar automaticamente as informações que os clientes KMS precisam localizar e conectar. Você pode aceitar essas configurações padrão ou, caso tenha requisitos especiais de configuração de rede e segurança, pode configurar manualmente os hosts e clientes KMS.

Por padrão, um host KMS está configurado para usar o TCP na porta 1688.

Versões de ativação

A tabela a seguir resume as versões do cliente e host KMS para redes que incluem dispositivos cliente Windows Server e Windows.

Importante

  • Podem ser necessárias Atualizações do Windows no servidor KMS para dar suporte à ativação de clientes mais recentes. Se você receber erros de ativação, verifique se tem as atualizações adequadas listadas abaixo desta tabela.
Grupo de CSVLK A CSVLK pode ser hospedada em Edições do Windows ativadas por este host KMS
Licença de volume para Windows Server 2022
  • Windows Server 2022
  • Windows Server 2019
  • Windows Server 2016
  • Windows Server 2022 (todas as edições)
  • Windows Server Canal Semestral
  • Windows Server 2019 (todas as edições)
  • Windows Server 2016 (todas as edições)
  • Windows 11 Enterprise/Enterprise N
  • Windows 11 Professional/Professional N
  • Windows 11 Professional para Estações de Trabalho/Professional N para Estações de Trabalho
  • Windows 11 for Education/Education N
  • Windows 10 Enterprise LTSC/LTSC N/LTSB
  • Windows 10 Enterprise/Enterprise N
  • Windows 10 Professional/Professional N
  • Windows 10 Professional for Workstations/Professional N for Workstations
  • Windows 10 for Education/Education N
  • Windows Server 2012 R2 (todas as edições)
  • Windows 8.1 Professional
  • Windows 8.1 Enterprise
  • Windows Server 2012 (todas as edições)
  • Windows Server 2008 R2 (todas as edições)
  • Windows Server 2008 (todas as edições)
  • Windows 7 Professional
  • Windows 7 Enterprise
Licença de volume para Windows Server 2019
  • Windows Server 2019
  • Windows Server 2016
  • Windows Server 2012 R2
  • Windows Server Canal Semestral
  • Windows Server 2019 (todas as edições)
  • Windows Server 2016 (todas as edições)
  • Windows 10 Enterprise LTSC/LTSC N/LTSB
  • Windows 10 Enterprise/Enterprise N
  • Windows 10 Professional/Professional N
  • Windows 10 Professional for Workstations/Professional N for Workstations
  • Windows 10 for Education/Education N
  • Windows Server 2012 R2 (todas as edições)
  • Windows 8.1 Professional
  • Windows 8.1 Enterprise
  • Windows Server 2012 (todas as edições)
  • Windows Server 2008 R2 (todas as edições)
  • Windows Server 2008 (todas as edições)
  • Windows 7 Professional
  • Windows 7 Enterprise
Licença de volume para Windows Server 2016
  • Windows Server 2016
  • Windows Server 2012 R2
  • Windows Server 2012
  • Windows Server Canal Semestral
  • Windows Server 2016 (todas as edições)
  • Windows 10 LTSB (2015 e 2016)
  • Windows 10 Enterprise/Enterprise N
  • Windows 10 Professional/Professional N
  • Windows 10 Professional for Workstations/Professional N for Workstations
  • Windows 10 Education/Education N
  • Windows Server 2012 R2 (todas as edições)
  • Windows 8.1 Professional
  • Windows 8.1 Enterprise
  • Windows Server 2012 (todas as edições)
  • Windows Server 2008 R2 (todas as edições)
  • Windows Server 2008 (todas as edições)
  • Windows 7 Professional
  • Windows 7 Enterprise
Licença de volume para Windows 10
  • Windows 10
  • Windows 8.1
  • Windows 7
  • Windows 10 Professional
  • Windows 10 Professional N
  • Windows 10 Enterprise
  • Windows 10 Enterprise N
  • Windows 10 Education
  • Windows 10 Education N
  • Windows 10 Enterprise LTSB (2015)
  • Windows 10 Enterprise LTSB N (2015)
  • Windows 10 Pro for Workstations
  • Windows 8.1 Professional
  • Windows 8.1 Enterprise
  • Windows 7 Professional
  • Windows 7 Enterprise

Atualizações necessárias para o host KMS

Dependendo do sistema operacional no qual o host KMS está sendo executado e os sistemas operacionais que você deseja ativar, talvez seja necessário instalar uma ou mais dessas atualizações abaixo. Isso é necessário quando você deseja ativar uma versão do Windows que seja mais recente que a versão que o host KMS está executando.

Observação

As atualizações listadas abaixo são as mínimas necessárias. Sempre que as últimas atualizações cumulativas ou distribuições mensais estiverem listadas como uma opção, instale a versão mais recente disponível para seu sistema operacional para se beneficiar da segurança adicional e outras correções.

Versão do SO do host KMS Versão do SO do Cliente KMS para ativar Atualização necessária
Windows Server 2019
  • Windows Server 2022
8 de junho de 2021 – KB5003646 ou atualização cumulativa posterior
Windows Server 2016
  • Windows Server 2022
  • Windows Server 2019
8 de junho de 2021 – KB5003638 ou atualização cumulativa posterior
Windows Server 2016
  • Windows Server 2019
3 de dezembro de 2018 – KB4478877 ou atualização cumulativa posterior
Windows Server 2012 R2
  • Windows Server 2019
  • Windows Server 2016
  • Windows 10
27 de novembro de 2018 – KB4467695 (versão prévia do pacote cumulativo de atualizações mensal) ou pacote cumulativo de atualizações mensal posterior
Windows Server 2012 R2
  • Windows Server 2016
  • Windows 10
Pacote cumulativo de atualizações de julho de 2016 para Windows 8.1 e Windows Server 2012 R2 ou pacote cumulativo de atualizações posterior
Windows Server 2012
  • Windows Server 2016
  • Windows Server 2012 R2
  • Windows 10
Pacote cumulativo de atualizações de julho de 2016 para Windows Server 2012 ou pacote cumulativo de atualizações posterior
Windows Server 2008 R2
  • Windows Server 2012 R2
  • Windows Server 2012
  • Windows 10
Atualização que permite que hosts KMS do Windows 7 e Windows Server 2008 R2 ativem o Windows 10
Windows 8.1
  • Windows 10
Pacote cumulativo de atualizações de julho de 2016 para Windows 8.1 e Windows Server 2012 R2 ou pacote cumulativo de atualizações posterior
Windows 7
  • Windows 10
Atualização que permite que hosts KMS do Windows 7 e Windows Server 2008 R2 ativem o Windows 10