Visão geral do Windows Autopilot.

Aplica-se a

  • Windows 10

O Windows Autopilot é uma coleção de tecnologias usadas para instalar e configurar previamente novos dispositivos, preparando-os para uso produtivo. Além disso, você pode usar o Windows Autopilot para redefinir, realocar e recuperar dispositivos.
Essa solução permite que um departamento de TI obtenha o que foi descrito acima com pouca ou nenhuma infraestrutura para gerenciar, com um processo é simples e fácil.

O Windows Autopilot foi projetado para simplificar todas as partes do ciclo de vida dos dispositivos Windows, para os profissionais de TI e os usuários finais, desde a implantação inicial até o eventual fim da vida útil. Ao aproveitar os serviços baseados na nuvem, ele pode reduzir os custos gerais de implantação, gerenciamento e desativação de dispositivos por meio da redução do tempo que a TI precisa reservar para esses processos e da infraestrutura que precisa ser mantida, garantindo a facilidade de uso para todos os tipos de usuários finais.

Ao implantar inicialmente novos dispositivos Windows, o Windows Autopilot aproveita a versão otimizada para OEM do Windows 10 pré-instalada no dispositivo, poupando as organizações do esforço de manter imagens personalizadas e drivers de todos os modelos de dispositivo usados. Em vez de gerar novas imagens do dispositivo, a instalação existente do Windows 10 pode ser transformada em um estado "pronto para negócios", aplicando configurações e políticas, instalando apps e até mesmo alterando a edição do Windows 10 usada (por exemplo, do Windows 10 Pro para o Windows 10 Enterprise para dar suporte a recursos avançados).

Uma vez implantados, os dispositivos Windows 10 poderão ser gerenciados por ferramentas como o Microsoft Intune, o Windows Update para Empresas, o System Center Configuration Manager e outras ferramentas semelhantes. O Windows Autopilot pode ajudar em cenários de redefinição de finalidade de um dispositivo, aproveitando a Redefinição do Windows Autopilot para preparar rapidamente um dispositivo para um novo usuário, bem como em cenários de interrupção/correção para permitir que um dispositivo volte com rapidez a um estado pronto para negócios.

Passo a passo do Windows Autopilot

O vídeo a seguir mostra o processo de configuração do Windows Autopilot:


Benefícios do Windows Autopilot

Tradicionalmente, os profissionais de TI gastam muito tempo na criação e na personalização de imagens que posteriormente serão implantadas em dispositivos com um SO perfeitamente bom já instalado neles. O Windows Autopilot apresenta uma nova abordagem.

Por parte dos usuários, bastam apenas algumas operações simples para preparar os dispositivos para uso.

Da perspectiva dos profissionais de TI, a única interação necessária do usuário final é a conexão com uma rede e a verificação das credenciais. Tudo depois disso é automatizado.

Cenários do Windows Autopilot

Baseado em Nuvem

O cenário baseado em nuvem permite que você registre previamente os dispositivos por meio do programa Windows Autopilot Deployment. Seus dispositivos serão totalmente configurados sem intervenção adicional necessária por parte dos usuários.

A experiência do programa Windows Autopilot Deployment

O programa Windows Autopilot Deployment permite que você:

  • Adicione dispositivos automaticamente ao Azure Active Directory (Azure AD)
  • Registre automaticamente os dispositivos em serviços MDM, como o Microsoft Intune (Exige uma assinatura do Azure AD Premium)
  • Restringir a criação de conta de Administrador
  • Criar e atribuir automaticamente dispositivos a grupos de configuração com base no perfil de um dispositivo
  • Personalizar o conteúdo OOBE específico da organização
Pré-requisitos

Observação

Atualmente, o modo voltado para o usuário do Windows Autopilot permite adicionar dispositivos ao Azure Active Directory. O suporte para o Ingresso híbrido no Azure Active Directory (com dispositivos ingressados em um domínio do Active Directory no local) estará disponível em uma versão futura do Windows 10. Consulte Introdução ao gerenciamento de dispositivo no Azure Active Directory para obter mais informações sobre as diferenças entre essas duas opções de ingresso.

O usuário final retira da caixa e liga um novo dispositivo. O que ocorre em seguida são algumas etapas de configuração simples:

  • Selecione um idioma e um layout do teclado
  • Conecte-se à rede
  • Forneça o endereço de email (o endereço de email da conta do Azure AD do usuário) e a senha

Várias configurações adicionais são ignoradas aqui, já que o dispositivo reconhece automaticamente que ele pertence a uma organização. Seguindo este processo, o dispositivo ingressa no Azure AD e registrado no Microsoft Intune (ou qualquer outro serviço MDM).

O registro no MDM garante que as políticas serão aplicadas, os apps serão instalados e as configuração serão definidas no dispositivo. O Windows Update para Empresas aplica as atualizações mais recentes para garantir que o dispositivo esteja atualizado.


Registro de dispositivos e personalização da OOBE

Para registrar dispositivos, você precisará obter sua ID de hardware e registrá-la. Estamos trabalhando ativamente com vários fornecedores de hardware para permitir que eles forneçam as informações necessárias a você ou carreguem-nas em seu nome.

Se quiser capturar essas informações por conta própria, você pode usar o script Get-WindowsAutopilotInfo do PowerShell, que gera um arquivo .csv com a ID de hardware do dispositivo.

Depois que os dispositivos forem registrados, estas serão as opções de personalização da OOBE disponíveis para o Windows 10 a partir da versão 1703:

  • Ignorar a seleção de uso em Casa ou no Trabalho (Automático)
  • Ignorar o registro OEM, o OneDrive e a Cortana (Automático)
  • Ignorar as configurações de privacidade
  • Ignorar o EULA (começando com o Windows 10, versão 1709)
  • Impedir que a conta usada para instalar o dispositivo obtenha permissões de administrador local

Para obter orientações sobre como registrar dispositivos, configurar e aplicar perfis de implantação, siga uma das opções de administração disponíveis:

Configurar a identidade visual da empresa para OOBE

Para que a identidade visual da sua empresa apareça durante a OOBE, será necessário configurá-la primeiro no Azure Active Directory.

Consulte Adicionar a identidade visual da empresa ao seu diretório para definir essas configurações.

Configurar o registro automático do MDM no Microsoft Intune

Para que seus dispositivos sejam registrados automaticamente no gerenciamento do MDM, o registro automático do MDM precisa ser configurado no Azure AD. Para fazer isso com o Microsoft Intune, consulte Registrar dispositivos Windows no Microsoft Intune. Para outros fornecedores MDM, consulte o fornecedor para obter mais detalhes.

Observação

O registro automático do MDM requer uma assinatura do Azure AD Premium P1 ou P2.

Requisitos de conectividade de rede

O programa Windows Autopilot Deployment usa uma série de serviços de nuvem para colocar seus dispositivos em um estado produtivo. Isso significa que esses serviços precisam estar acessíveis desde os dispositivos registrados como dispositivos Windows Autopilot.

Para gerenciar dispositivos por trás de firewalls e servidores proxy, as URLs a seguir precisam estar acessíveis:

Observação

Quando não for especificado explicitamente, HTTPS (443) e HTTP (80) precisam estar acessíveis.

Dica

Caso você esteja registrando automaticamente seus dispositivos no Microsoft Intune ou implantando o Microsoft Office, certifique-se de seguir as diretrizes de rede do Microsoft Intune e do Office 365.

Controlado por TI

Se você estiver planejando configurar estes dispositivos com soluções locais tradicionais ou baseadas em nuvem, o Designer de Configuração do Windows poderá ser usado para ajudar a automatizar o processo. Isso é mais adequado para cenários em que você exige um nível mais alto de controle sobre o processo de provisionamento. Para obter mais informações sobre a criação de pacotes de provisionamento com o Designer de Configuração do Windows, consulte Criar um pacote de provisionamento do Windows 10.

Autoimplantação

O modo de autoimplantação do Windows Autopilot oferece provisionamento realmente sem toques. Com este modo, basta ligar um dispositivo, conectá-lo via Ethernet e assistir ao Windows Autopilot configurar totalmente o dispositivo. Nenhuma interação adicional é necessária. consulte modo de autoimplantação do Windows Autopilot (prévia).

Controlado pelo professor

Se você for um profissional de TI ou um membro da equipe técnica em uma escola, seu cenário poderá ser mais simples. O app Configurar computadores escolares pode ser usado para configurar rapidamente computadores para estudantes e levará você a um estado produtivo de forma mais rápida e simples. Consulte Usar o aplicativo Configurar computadores escolares para obter todos os detalhes.