App Service em Azure Stack Hub 2020 Notas de lançamento do Q3

Estas notas de lançamento descrevem as melhorias e correções no Azure App Service no Azure Stack Hub 2020 Q3 e quaisquer problemas conhecidos. As questões conhecidas dividem-se em questões diretamente relacionadas com a implementação, processo de atualização e problemas com a construção (pós-instalação).

Importante

Atualize o Azure Stack Hub para uma versão suportada (ou implemente o mais recente Kit de Desenvolvimento de Pilhas Azure) se necessário, antes de implementar ou atualizar o fornecedor de recursos do Serviço de Aplicações (RP). Certifique-se de ler as notas de lançamento do RP para saber sobre novas funcionalidades, correções e quaisquer problemas conhecidos que possam afetar a sua implementação.

Versão suportada do Azure Stack Hub Versão RP do Serviço de Aplicações
2102 Instalador 2021.Q1(notas de lançamento)
2008 Instalador 2020.Q3(notas de lançamento)
2005 Instalador 2020.Q2(notas de lançamento)

Construir referência

O serviço de aplicações no Azure Stack Hub 2020 Q3 número de construção é 89.0.2.15

Pré-requisitos

Consulte a documentação antes de Introdução antes de iniciar a sua implantação.

Antes de iniciar a atualização do Azure App Service na Azure Stack para 2020 Q3:

  • Certifique-se de que todas as funções estão prontas na Administração de Serviços de Aplicações Azure no Portal Azure Stack Hub Admin

  • Backup App Service Secrets usando a Administração de Serviço de Aplicações no Portal Azure Stack Hub Admin

  • Apoiar o Serviço de Aplicações e Bases de Dados Principais:

    • AppService_Hosting;
    • AppService_Metering;
    • Principal
  • Faça o back up da partilha de ficheiros de conteúdo da App do Inquilino

    Importante

    Os operadores de nuvem são responsáveis pela manutenção e funcionamento do Servidor de Ficheiros e SQL Server. O fornecedor de recursos não gere estes recursos. O operador de nuvem é responsável por fazer o backup das bases de dados do Serviço de Aplicações e da partilha de ficheiros de conteúdo do inquilino.

  • Syndicate a versão de extensão de script personalizado1.9.3 do Mercado

Atualizações

O Azure App Service no Azure Stack Update Q3 inclui as seguintes melhorias e correções:

  • Atualizações para App Service Tenant, Administrador, Portais de funções e ferramentas Kudu. Consistente com a versão SDK do Portal Azure Stack.

  • Adição de Ecrã Completo Criar experiência para aplicações web e de função

  • Nova experiência do Portal de Funções Azure para ser consistente com aplicações web

  • Atualizações Azure Funções tempo de execução para v1.0.13154.

  • Atualizações ao serviço principal para melhorar a fiabilidade e mensagens de erro permitindo um diagnóstico mais fácil de questões comuns.

  • Atualizações para os seguintes quadros e ferramentas de aplicação:

    • ASP.NET Core 2.1.22
    • ASP.NET Core 2.2.14
    • ASP.NET Core 3.1.8
    • Módulo ASP.NET Core v2 13.1.19331.0
    • Azul OpenJDK
      • 8.42.0.23
      • 8.44.0.11
      • 11.35.15
      • 11.37.17
    • Caracol 7.55.1
    • Git para Windows 2.28.0.1
    • MSDeploy 3.5.90702.36
    • NodeJS
      • 14.10.1
    • NPM
      • 6.14.8
    • PHP 7.4.5
    • Tomcat
      • 8.5.47
      • 8.5.51
      • 9.0.273
      • 9.0.31
    • Kudu atualizado para 90.21005.4823
  • Atualizações para o sistema operativo subjacente de todas as funções:

  • As atualizações cumulativas para Windows Servidor são agora aplicadas às funções de Controlador como parte da implementação e atualização

Problemas corrigidos nesta versão

  • Inquilinos podem agora criar Plano de Serviço de Aplicações usando nova vista no Plano de Serviço de Aplicações no portal do arrendatário

  • Inquilinos podem gerir certificados para as suas candidaturas no portal do arrendatário

  • A monitorização de funções pode agora recuperar dados dos pontos finais de armazenamento que impõem tLS 1.2

  • Mover a espera para os Servidores de Gestão sair do passo de 'Implementar Cloud' durante a instalação para melhorar a fiabilidade da implementação e atualização

  • Problema pelo qual os trabalhadores não conseguem completar o exercício de verificação de saúde devido ao tamanho da pasta do registo de tempo de funcionamento do trabalhador que viola o limite de quota após erro na lógica de limpeza. A lógica de limpeza foi corrigida nesta atualização.

Etapas de pré-atualização

Reveja as questões conhecidas para atualização e tome todas as medidas prescritas.

Passos pós-implementação

Importante

Se forneceu ao fornecedor de recursos do Serviço de Aplicações um SQL Always On Instance deve adicionar as bases de dados appservice_hosting e appservice_metering a um grupo de disponibilidade e sincronizar as bases de dados para evitar qualquer perda de serviço em caso de falha de uma base de dados.

Problemas conhecidos (atualização)

  • Nas situações em que um cliente tenha convertido as bases de dados appservice_hosting e appservice_metering para a base de dados contida, a atualização pode falhar se os logins não tiverem sido migrados com sucesso para utilizadores contidos

Os clientes que converteram as bases de dados appservice_hosting e appservice_metering para conter a implementação de posts de base de dados, e que não migraram com sucesso os logins da base de dados para utilizadores contidos, podem experimentar falhas de upgrade.

Os clientes devem executar o seguinte script contra o SQL Server hospedagem appservice_hosting e appservice_metering antes de atualizar o seu Serviço de Aplicações Azure na instalação Azure Stack Hub para o 3º trimestre de 2020. Este guião não é destrutivo e não causará tempo de inatividade.

Este script deve ser executado nas seguintes condições

  • Por um utilizador que tenha o privilégio de administrador de sistema, por exemplo, a conta sa SQL;

  • Se utilizar SQL Sempre ligado, certifique-se de que o script é executado a partir da SQL instância que contém todos os logins do Serviço de Aplicações no formulário:

    • appservice_hosting_FileServer
    • appservice_hosting_HostingAdmin
    • appservice_hosting_LoadBalancer
    • appservice_hosting_Operations
    • appservice_hosting_Publisher
    • appservice_hosting_SecurePublisher
    • appservice_hosting_WebWorkerManager
    • appservice_metering_Common
    • appservice_metering_Operations
    • Todos os logins webWorker - que estão no formulário WebWorker_ < endereço ip de instância>
        USE appservice_hosting
        IF EXISTS(SELECT * FROM sys.databases WHERE Name=DB_NAME() AND containment = 1)
        BEGIN
        DECLARE @username sysname ;  
        DECLARE user_cursor CURSOR  
        FOR
            SELECT dp.name
            FROM sys.database_principals AS dp  
            JOIN sys.server_principals AS sp
                ON dp.sid = sp.sid  
                WHERE dp.authentication_type = 1 AND dp.name NOT IN ('dbo','sys','guest','INFORMATION_SCHEMA');
            OPEN user_cursor  
            FETCH NEXT FROM user_cursor INTO @username  
                WHILE @@FETCH_STATUS = 0  
                BEGIN  
                    EXECUTE sp_migrate_user_to_contained
                    @username = @username,  
                    @rename = N'copy_login_name',  
                    @disablelogin = N'do_not_disable_login';  
                FETCH NEXT FROM user_cursor INTO @username  
            END  
            CLOSE user_cursor ;  
            DEALLOCATE user_cursor ;
            END
        GO

        USE appservice_metering
        IF EXISTS(SELECT * FROM sys.databases WHERE Name=DB_NAME() AND containment = 1)
        BEGIN
        DECLARE @username sysname ;  
        DECLARE user_cursor CURSOR  
        FOR
            SELECT dp.name
            FROM sys.database_principals AS dp  
            JOIN sys.server_principals AS sp
                ON dp.sid = sp.sid  
                WHERE dp.authentication_type = 1 AND dp.name NOT IN ('dbo','sys','guest','INFORMATION_SCHEMA');
            OPEN user_cursor  
            FETCH NEXT FROM user_cursor INTO @username  
                WHILE @@FETCH_STATUS = 0  
                BEGIN  
                    EXECUTE sp_migrate_user_to_contained
                    @username = @username,  
                    @rename = N'copy_login_name',  
                    @disablelogin = N'do_not_disable_login';  
                FETCH NEXT FROM user_cursor INTO @username  
            END  
            CLOSE user_cursor ;  
            DEALLOCATE user_cursor ;
            END
        GO

Questões conhecidas (pós-instalação)

  • Os trabalhadores não conseguem chegar ao servidor de ficheiros quando o Serviço de Aplicações é implantado numa rede virtual existente e o servidor de ficheiros só está disponível na rede privada, como foi chamado no Serviço de Aplicações Azure na documentação de implementação do Azure Stack.

    Se optar por implementar numa rede virtual existente e num endereço IP interno para ligar ao servidor de ficheiros, deve adicionar uma regra de segurança de saída, permitindo o tráfego SMB entre a sub-rede do trabalhador e o servidor de ficheiros. Vá ao WorkersNsg no Portal do Administrador e adicione uma regra de segurança de saída com as seguintes propriedades:

    • Fonte: Qualquer
    • Gama portuária de origem: *
    • Destino: Endereços IP
    • Intervalo de endereços IP de destino: Alcance de IPs para o seu servidor de ficheiros
    • Gama portuária de destino: 445
    • Protocolo: TCP
    • Ação: Permitir
    • Prioridade: 700
    • Nome: Outbound_Allow_SMB445

Problemas conhecidos para a Cloud Admins que operam o Azure App Service em Azure Stack

  • Domínios personalizados não são suportados em ambientes desligados

O Serviço de Aplicação realiza a verificação da propriedade de domínio contra os pontos finais públicos de DNS, como resultado, os domínios personalizados não são suportados em cenários desligados.

Passos seguintes