az ml computetarget create

Nota

Esta referência faz parte da extensão azure-cli-ml para Azure CLI e requer a versão 2.0.28 ou superior. A extensão instalará automaticamente a primeira vez que executar um comando de criação de um computetarget az ml. Saiba mais sobre extensões.

Crie um alvo de cálculo (aks ou amlcompute ou computeinstance).

Comandos

az ml computetarget create aks

Crie um alvo de computação AKS.

az ml computetarget create amlcompute

Crie um alvo de computação AzureML.

az ml computetarget create computeinstance

Crie um alvo de instância de computação AzureML.

az ml computetarget create datafactory

Crie um alvo de computação de fábrica de dados.

az ml computetarget create aks

Crie um alvo de computação AKS.

az ml computetarget create aks --name
                               [--agent-count]
                               [--cluster-purpose]
                               [--dns-service-ip]
                               [--docker-bridge-cidr]
                               [--load-balancer-subnet]
                               [--load-balancer-type]
                               [--location]
                               [--no-wait]
                               [--path]
                               [--resource-group]
                               [--service-cidr]
                               [--ssl-cert-file]
                               [--ssl-cname]
                               [--ssl-key-file]
                               [--ssl-leaf-domain-label]
                               [--ssl-overwrite-domain]
                               [--subnet-name]
                               [--subscription-id]
                               [--vm-size]
                               [--vnet-name]
                               [--vnet-resourcegroup-name]
                               [--workspace-name]
                               [-v]

Parâmetros Obrigatórios

--name -n

Nome do alvo do cálculo para a provisão.

Parâmetros Opcionais

--agent-count -a

Número de agentes a providenciar com o cluster AKS. Predefinição: 3.

--cluster-purpose

Objetivo direcionado do aglomerado. Isto é utilizado ao a provisionar componentes AzureML para garantir o nível desejado de tolerância a falhas e QoS. Os valores aceites são "FastProd" e "DevTest". Aqui podem ser encontrados mais pormenores sobre os casos de utilização: https://aka.ms/azureml-create-new-aks-cluster .

--dns-service-ip

Endereço IP do servidor DNS dos contentores.

--docker-bridge-cidr

Uma notação CIDR IP para a ponte Docker.

--load-balancer-subnet

Pode especificar a sub-rede para o cluster AKS quando o Balançador de Carga Interna for utilizado como tipo de balançador de carga. O padrão é "aks-subnet".

--load-balancer-type

Pode criar um cluster AKS com IP público ou balançador de carga interno. Os valores aceites são "PublicIp" e "InternalLoadBalancer". O padrão é "PublicIp".

--location -l

Localização para provisão cluster em. Se não for especificado, ficará por defeito na localização do espaço de trabalho.

--no-wait

Bandeira para não esperar por chamadas assíncronos.

--path

Caminho para uma pasta de projeto. Padrão: diretório atual.

--resource-group -g

Grupo de recursos correspondente ao espaço de trabalho fornecido.

--service-cidr

Uma gama IP de notação CIDR a partir da qual atribuir IPs de cluster de serviço.

--ssl-cert-file

Ficheiro Cert pem para utilizar para validação SSL. Se fornecido, deve também fornecer cname e ficheiro pem chave.

--ssl-cname

Cname para usar para validação SSL. Se fornecido, deve também fornecer cert e ficheiros pem chave.

--ssl-key-file

Ficheiro pem chave para usar para validação SSL. Se fornecido, deve também fornecer ficheiro cname e cert pem.

--ssl-leaf-domain-label

Etiqueta de domínio de folha para usar para o certificado gerado por carro.

--ssl-overwrite-domain

Quando definido, substitui a etiqueta de domínio de folha existente.

--subnet-name

Nome da sub-rede dentro da rede.

--subscription-id

Especifica o ID de assinatura.

--vm-size -s

Tamanho VM para usar para o alvo de computação. Uma lista completa de opções pode ser consultada aqui: https://aka.ms/azureml-aks-details Padrão: Standard_D3_v2.

--vnet-name

Nome da rede virtual.

--vnet-resourcegroup-name

Nome do grupo de recursos onde se encontra a rede virtual.

--workspace-name -w

Nome do espaço de trabalho para criar este alvo de computação sob.

-v

Bandeira de verbosidade.

az ml computetarget create amlcompute

Crie um alvo de computação AzureML.

az ml computetarget create amlcompute --max-nodes
                                      --name
                                      --vm-size
                                      [--admin-user-password]
                                      [--admin-user-ssh-key]
                                      [--admin-username]
                                      [--assign-identity]
                                      [--description]
                                      [--idle-seconds-before-scaledown]
                                      [--min-nodes]
                                      [--no-wait]
                                      [--path]
                                      [--remote-login-port-public-access]
                                      [--resource-group]
                                      [--subnet-name]
                                      [--subscription-id]
                                      [--tag]
                                      [--vm-priority]
                                      [--vnet-name]
                                      [--vnet-resourcegroup-name]
                                      [--workspace-name]
                                      [-v]

Parâmetros Obrigatórios

--max-nodes

Número máximo de nós a utilizar. Predefinição: 4.

--name -n

Nome do alvo do cálculo para a provisão.

--vm-size -s

Tamanho VM para usar para o alvo de computação. Mais detalhes podem ser encontrados aqui: https://aka.ms/azureml-vm-details Padrão: Standard_NC6.

Parâmetros Opcionais

--admin-user-password

Palavra-passe da conta de utilizador do administrador.

--admin-user-ssh-key

SSH chave pública da conta de utilizador do administrador.

--admin-username

Nome da conta de utilizador do administrador que pode ser usada para SSH em nós.

--assign-identity

Utilize o '[sistema]' para definir um sistema atribuído identidade outros IDs de recursos de entrada separados por vírgulas (ou seja, 'ResourceID1,ResourceID2') para definir as identidades atribuídas pelo utilizador.

--description

Descrição do alvo do cálculo.

--idle-seconds-before-scaledown

O tempo de marcha lenta em segundos antes de escalonar o aglomerado. Padrão: 120.

--min-nodes

Número mínimo de nós a utilizar. Predefinição: 0.

--no-wait

Bandeira para não esperar por chamadas assíncronos.

--path

Caminho para uma pasta de projeto. Padrão: diretório atual.

--remote-login-port-public-access

Estado do porto público de SSH. Os valores possíveis são: Ativados ou Desativados.

--resource-group -g

Grupo de recursos correspondente ao espaço de trabalho fornecido.

--subnet-name

Nome da sub-rede dentro da rede.

--subscription-id

Especifica o ID de assinatura.

--tag

Chave/etiqueta de valor a adicionar (por exemplo.key=valor ). Várias tags podem ser especificadas com várias opções de tag.

--vm-priority -p

Prioridade VM para usar para o alvo do cálculo. (As opções são 'dedicadas', 'lowpriority') Padrão: dedicado.

--vnet-name

Nome da rede virtual.

--vnet-resourcegroup-name

Nome do grupo de recursos onde se encontra a rede virtual.

--workspace-name -w

Nome do espaço de trabalho para criar este alvo de computação sob.

-v

Bandeira de verbosidade.

az ml computetarget create computeinstance

Crie um alvo de instância de computação AzureML.

az ml computetarget create computeinstance --name
                                           --vm-size
                                           [--admin-user-ssh-public-key]
                                           [--description]
                                           [--no-wait]
                                           [--path]
                                           [--resource-group]
                                           [--ssh-public-access]
                                           [--subnet-name]
                                           [--subscription-id]
                                           [--tag]
                                           [--user-object-id]
                                           [--user-tenant-id]
                                           [--vnet-name]
                                           [--vnet-resourcegroup-name]
                                           [--workspace-name]
                                           [-v]

Parâmetros Obrigatórios

--name -n

Nome da instância computacional para criar.

--vm-size -s

Tamanho VM para usar para o alvo de computação. Mais detalhes podem ser encontrados aqui: https://aka.ms/azureml-vm-details Padrão: Standard_NC6.

Parâmetros Opcionais

--admin-user-ssh-public-key

SSH chave pública da conta de utilizador do administrador.

--description

Descrição do alvo do cálculo.

--no-wait

Bandeira para não esperar por chamadas assíncronos.

--path

Caminho para uma pasta de projeto. Padrão: diretório atual.

--resource-group -g

Grupo de recursos correspondente ao espaço de trabalho fornecido.

--ssh-public-access

Estado do porto público de SSH. Os valores possíveis são: Verdadeiros ou Falsos.

--subnet-name

Nome da sub-rede dentro da rede.

--subscription-id

Especifica o ID de assinatura.

--tag

Chave/etiqueta de valor a adicionar (por exemplo.key=valor ). Várias tags podem ser especificadas com várias opções de tag.

--user-object-id

O ID do Objeto AAD do utilizador designado desta instância computacional (pré-visualização).

--user-tenant-id

O ID do Inquilino AAD do utilizador designado desta instância computacional (pré-visualização).

--vnet-name

Nome da rede virtual.

--vnet-resourcegroup-name

Nome do grupo de recursos onde se encontra a rede virtual.

--workspace-name -w

Nome do espaço de trabalho para criar este alvo de computação sob.

-v

Bandeira de verbosidade.

az ml computetarget create datafactory

Crie um alvo de computação de fábrica de dados.

az ml computetarget create datafactory --name
                                       [--location]
                                       [--no-wait]
                                       [--path]
                                       [--resource-group]
                                       [--subscription-id]
                                       [--workspace-name]
                                       [-v]

Parâmetros Obrigatórios

--name -n

Nome do alvo do cálculo para a provisão.

Parâmetros Opcionais

--location -l

Localização para provisão cluster em. Se não for especificado, ficará por defeito na localização do espaço de trabalho.

--no-wait

Bandeira para não esperar por chamadas assíncronos.

--path

Caminho para uma pasta de projeto. Padrão: diretório atual.

--resource-group -g

Grupo de recursos correspondente ao espaço de trabalho fornecido.

--subscription-id

Especifica o ID de assinatura.

--workspace-name -w

Nome do espaço de trabalho para criar este alvo de computação sob.

-v

Bandeira de verbosidade.