Aproveitando o SharePoint 2013 ao máximo durante a atualização

Artigo original publicado no sábado, 15 de dezembro de 2012

Bojana Duke é gerente de programas da equipe do SharePoint. Ela trabalha com recursos de compartilhamento, bem como recursos herdados, de balões e de desempenho.

Sabemos que as pessoas costumam usar sites do SharePoint com informações e processos essenciais. Por isso, é extremamente importante que as atualizações dos produtos e serviços sejam tão rápidas e tranquilas quanto for possível. Quando você atualiza um site do SharePoint 2010 para o SharePoint 2013, nós não medimos esforços para garantir que o conteúdo e a estrutura do site sejam preservados. Mas há um dilema. Como não queremos interferir na personalização de seu site, alguns dos novos recursos não serão habilitados por padrão no site atualizado. Este post fala sobre esses recursos e mostra como habilitá-los.

Seu site antes e depois da atualização

Antes de entrarmos em detalhes a respeito dos recursos que NÃO estão presentes por padrão, vejamos todas as diferenças visíveis em um site de exemplo antes e após a atualização:

Figura 1. Site antes da atualização do SharePoint 2010 para o SharePoint 2013

Figura 2. Site após a atualização do SharePoint 2010 para o SharePoint 2013

Nova página mestra e estilo visual

A alteração mais óbvia após a atualização é a nova página mestra padrão. Ela é simples e limpa, e foi desenvolvida para ajudar a exibir o conteúdo do site. A nova página mestra inclui os estilos usados para formatação de texto no site. Por isso, é possível que você observe alterações nas fontes, cores e tamanhos de texto.

A maioria dos componentes principais do site continua lá, nos mesmo lugares; eles apenas ficaram um pouco diferentes.

Logotipo do site

No SharePoint 2010, o logotipo do site estava restrito a um pequeno quadrado de 60 x 60 pixels. No SharePoint 2013, o tamanho ideal do logotipo do site (supondo que você utilize a página mestra padrão) é 180 x 64 pixels. Convém fazer upload de uma nova imagem de logotipo, que ajude a aproveitar o novo espaço.

Faixa de opções

O SharePoint 2010 introduziu a faixa de opções como local central para localização de comandos de interação com o SharePoint. A faixa de opções ainda tem uma função importante no SharePoint 2013, mas ele vem minimizada por padrão para ajudar as pessoas a se concentrarem no conteúdo dos sites. Basta selecionar uma guia da faixa de opções (por exemplo, clicar em PÁGINA no canto superior esquerdo) para abrir a faixa de opções.

Barra de navegação global

Agora, a barra de navegação global azul (por padrão) aparece em todas as páginas de todos os sites do SharePoint, ajudando as pessoas a se localizarem.

O menu conhecido como "Ações de Site" no SharePoint 2010 foi movido para o canto superior direito da tela. Ele é representado por um ícone de engrenagem e, atualmente, é chamado apenas de "Configurações". Esse menu está de acordo com outros produtos do pacote Office, como o Outlook Web App.

Ações promovidas

No SharePoint 2010, havia alguns ícones de "ações rápidas" no canto superior esquerdo da tela, inseridos entre o menu Ações de Site e a faixa de opções. No SharePoint 2013, expandimos esse conjunto de ícones e o colocamos no lado direito da página.

Você verá um novo comando EDITAR LINKS disponível no final dos menus Início Rápido e Navegação Superior. Use esse comando para entrar em um modo de edição rápida para organizar a navegação do site.

Diferenças entre sites atualizados e novos

Caso você crie um novo site de equipe no SharePoint 2013, verá diversas diferenças óbvias entre ele e o site atualizados.

Blocos Introdução

Talvez a diferença mais óbvia seja a presença dos "blocos Introdução" em sites de equipe recém-criados no SharePoint 2013.

Blocos Introdução

Figura 3. Blocos Introdução

Os blocos fornecem atalhos para diversas ações comuns, como compartilhar seu site e aplicar um tema. Eles substituem os links "Introdução" do SharePoint 2010.

Os blocos são automaticamente adicionados ao site atualizado, mas não são adicionados à home page, pois não queremos interferir em seu conteúdo. Você pode acessá-los no menu Configurações, selecionando Introdução.

Figura 4. Acesse os novos blocos Introdução selecionando Introdução no menu Configurações

Logicamente, você também pode editar a home page de modo a remover os antigos links Introdução e adicionar os blocos. Para simular completamente a home page do SharePoint 2013, você terá que fazer algumas alterações:

  1. Alterar o layout da página Edite a home page e, em seguida, na guia Formatar Texto da faixa de opções, selecione Layout do Texto. Em seguida, selecione Duas colunas com cabeçalho. Figura 5. Utilização da faixa de opções para alterar o layout da página
  2. Adicionar os blocos Posicione o cursor de texto na área de texto do cabeçalho e, em seguida, na guia INSERIR da faixa de opções, insira a Web Part Começar a usar o site. Figura 6. Insira a Web Part Começar a usar o site para adicionar nos novos blocos Introdução
  3. Excluir conteúdo antigo Se desejar, você pode remover conteúdo antigo ou desnecessário das duas colunas da página. Figura 7. Exclusão opcional de conteúdo antigo
  4. Mover documentos compartilhados
    No SharePoint 2013, o news feed de um site fica na coluna esquerda da home page. Depois, falaremos sobre como adicioná-lo. Por enquanto, arraste a Web Part Documentos Compartilhados da coluna da esquerda para a da direita.
  5. Salvar a página e concluir a edição

Recurso Bloco de Anotações de Site

Os sites de equipe no SharePoint 2013 vêm com um bloco de anotações do OneNote. Para adicioná-lo a um site atualizado, basta ativar o recurso Bloco de Anotações de Site (observe que esse recurso exige um servidor WAC associado).

Para ativar o Bloco de Anotações de Site:

  1. Configurações (engrenagem) -> Configurações do site -> Gerenciar recursos do site
    No menu Configurações, selecione Configurações do site, e, em seguida, Gerenciar recursos do site.
  2. Ativar Bloco de Anotações de Site No Bloco de Anotações de Site, selecione Ativar. Figura 8. O recurso Bloco de Anotações de Site

Recurso News feed de Site

Os sites vêm com um news feed no SharePoint 2013. Há alguns pré-requisitos para a adição de um feed ao site atualizado:

  • SharePoint Server obrigatório
  • Host de Meu Site deve ser implantado
  • O site deve estar no mesmo aplicativo Web de Host de Meu Site

Para adicionar um news feed de site:

  1. Configurações (engrenagem) -> Configurações do site -> Gerenciar recursos do site
    No menu Configurações, selecione Configurações do site e Gerenciar recursos do site.
  2. Ativar o recurso "Feed de Site"
    Em News feed de Site, selecione Ativar.
  3. Adicionar a Web Part Feed de Site à home page
    Posicione o cursor de texto na área de texto do cabeçalho e, em seguida, na guia INSERIR da faixa de opções, insira a Web Part Feed de Site.

Estrutura de navegação

Conforme mencionei anteriormente, a filosofia do SharePoint 2013 é focar no conteúdo dos sites em ver das ferramentas e estruturas do SharePoint. Você pode ver a manifestação dessa filosofia em nossa decisão de remover os cabeçalhos (como Bibliotecas e Listas e Discussões) do menu de navegação.

Você pode atualizar facilmente o menu de navegação do site para que corresponda à nova convenção. Para isso, remova os cabeçalhos:

  1. No menu de navegação, selecione EDITAR LINKS.
  2. Arraste os itens dos cabeçalhos.
  3. Exclua os cabeçalhos desnecessários.

Nos novos sites do SharePoint, também evitamos dificultar a navegação do site com todas as listas, bibliotecas, aplicativos ou páginas do site. Recomendamos que você selecione cuidadosamente os itens do menu de navegação, excluindo aqueles que não são comumente utilizados.

Temos também diversas alterações que não são tão óbvias quanto as descritas acima, mas que ainda fazem diferença na experiência do SharePoint.

Páginas versus caixas de diálogo para formulários

Com o SharePoint 2013 e algumas das incríveis melhorias de desempenho que desenvolvemos, a transição entre páginas é realizada de modo muito mais suave. Optamos por abrir os formulários Lista e Biblioteca em uma página inteira por padrão em vez de fazê-lo em uma caixa de diálogo. Isso o ajudar a focar no conteúdo do formulário sem ser distraído pelo plano de fundo. Além disso, há mais espaço para visualização das informações.

Para habilitar a abertura dos formulários em uma página inteira, altere as configurações de Lista ou Biblioteca:

  1. Na guia Lista ou Biblioteca da faixa de opções, selecione Configurações de Lista ou Configurações de Biblioteca.
  2. Na primeira coluna, selecione Configurações Avançadas.
  3. Role até a parte inferior para ver a opção Caixas de Diálogo:
    Figura 9: opção Caixas de Diálogo
  4. Selecione Não e OK para salvar a configuração.

Permissões padrão

Queríamos tornar o SharePoint ainda mais aberto a todos os usuários. Por isso, o novo nível de permissão padrão, Editar, permite criar e gerenciar listas e bibliotecas. Para sites existentes, você deverá alterar o nível de permissões do grupo Membros para Editar:

  1. No menu Configurações (engrenagem), selecione Compartilhado com.
  2. Selecione Avançado.
  3. Marque a caixa de seleção ao lado do grupo Membros do site.
  4. Na faixa de opções, selecione Editar Permissões do Usuário.
  5. Selecione a opção Editar e clique em OK.

Os usuários existentes do grupo Membros obterão as novas permissões, e todos os usuários adicionados ao grupo Membros conseguirão esse recurso automaticamente.

Compartilhando com todos

Para ajudar os usuários a compreender como compartilhar de forma abrangente sem preocupações com o gerenciamento de permissões complexas, renomeamos as declarações "Todos os usuários autenticados" e "Todos os usuários do locatário", atribuindo termos mais amigáveis: "Todos" e "Todos exceto os usuários externos".

Como os usuários atualizados obtêm essas cadeias

A declaração "Todos os usuários autenticados" agora é chamada de "Todos", e "Todos os usuários do locatário" agora é chamada "Todos exceto os usuários externos", mas essas alterações não são realizadas automaticamente durante a atualização. Para recebê-las, você deve ativar (por meio do Windows PowerShell) o recurso com a seguinte GUID: 10F73B29-5779-46b3-85A8-4817A6E9A6C2

$siteUrl = "http://www.contoso.com/" #URL do conjunto de sites
$site = Get-SPSite $siteUrl $site.Features.Add([System.Guid]"10F73B29-5779-46b3-85A8-4817A6E9A6C2")

Todos versus Todos exceto os usuários externos

Nas implantações locais do SharePoint, a declaração "Todos" é o novo nome da declaração conhecida como "Todos os usuários autenticados". O SharePoint Online inclui a declaração "Todos", que incluirá todos os usuários externos se o recurso for habilitado (pois os usuários externos também são "usuários autenticados"). O SharePoint Online também inclui uma segunda declaração, "Todos exceto os usuários externos", correspondente à antiga declaração "Todos os usuários do locatário" e que inclui todos os usuários autenticados, exceto usuários externos.

Acionando o MDS (Mínimo Download estratégia)

O MDS ajuda as páginas a terem um desempenho melhor e mais suave por meio do download exclusivo do conteúdo alterado quando você passa de uma página para outra.

Como o MDS não é compatível com todas as personalizações do SharePoint, deixamos esse recurso desativado por padrão. Você pode optar por ativá-lo após a atualização. Caso não tenha personalizações, poderá ativar o MDS com segurança em Recursos do Site:

  1. No menu Configurações (engrenagem), selecione Configurações do Site e Gerenciar recursos do site.
  2. Para o Download Mínimo estratégia, selecione Ativar.

Caso você tenha personalizações, consulte a documentação detalhada de orientação disponível para garantir que elas sejam compatíveis com MDS. As personalizações incluem Web Parts de terceiros, páginas mestras ou temas personalizados e a ativação do recurso de publicação.

Espero que, com este artigo, você possa aproveitar ao máximo todos os novos recursos que preparamos para o SharePoint 2013. Estamos animados com o que criamos, por isso, queremos saber como você está utilizando os recursos!

Esta é uma postagem de blog traduzida. Consulte o artigo original em Making the most of SharePoint 2013 when you upgrade