Novidades do Integration Services no SQL Server 2017

Aplica-se a: simSQL Server (todas as versões compatíveis) sim SSIS Integration Runtime no Azure Data Factory

Este tópico descreve os recursos adicionados ou atualizados no SQL Server 2017 (14.x) Integration Services.

Observação

O SQL Server 2017 também inclui os recursos do SQL Server 2016 e os recursos adicionados nas atualizações do SQL Server 2016. Para obter informações sobre os novos recursos do SSIS no SQL Server 2016, consulte Novidades do Integration Services no SQL Server 2016.

Destaques desta versão

Veja abaixo os novos recursos mais importantes do Integration Services no SQL Server 2017.

  • Scale Out. Distribua a execução de pacotes do SSIS com mais facilidade em vários computadores de trabalho e gerencie execuções e trabalhos em um único computador mestre. Para obter mais informações, consulte Integration Services Scale Out.

  • Integration Services no Linux. Execute pacotes do SSIS em computadores Linux. Para obter mais informações, consulte Extrair, transformar e carregar dados no Linux com o SSIS.

  • Melhorias de conectividade. Conecte-se a feeds OData do Microsoft Dynamics AX Online e do Microsoft Dynamics CRM Online com os componentes atualizados do OData.

Novidades do Azure Data Factory

Com a visualização pública do Azure Data Factory versão 2 em setembro de 2017, agora você pode fazer o seguinte:

  • Implantar pacotes no SSISDB (banco de dados do Catálogo do SSIS) no Banco de Dados SQL do Azure.
  • Execute os pacotes implantados no Azure no Azure-SSIS Integration Runtime, um componente do Azure Data Factory versão 2.

Para obter mais informações, consulte Migrar cargas de trabalho do SQL Server Integration Services por lift-and-shift para a nuvem.

Essas novas funcionalidades exigem o SSDT (SQL Server Data Tools) versão 17.2 ou posterior, mas não exigem o SQL Server 2017 nem o SQL Server 2016. Quando você implanta pacotes no Azure, o Assistente de Implantação de Pacotes sempre faz upgrade dos pacotes para o formato de pacote mais recente.

Novidades do Feature pack do Azure

Além das melhorias de conectividade no SQL Server, o Feature Pack do Integration Services para Azure adicionou suporte para o Azure Data Lake Store. Para obter mais informações, consulte o postagem no blog Nova versão do feature pack do Azure fortalecendo a conectividade ADLS. Consulte também Feature pack do Azure para o SSIS (Integration Services).

Novidades do SSDT (SQL Server Data Tools)

Agora você pode desenvolver projetos e pacotes do SSIS destinados ao SQL Server versões 2012 a 2017 no Visual Studio 2017 ou Visual Studio 2015. Para obter mais informações, consulte Baixar o SSDT (SQL Server Data Tools).

Novidades do SSIS no SQL Server 2017 RC1

Recursos novos e alterados no Scale Out para SSIS

  • Agora, há suporte para alta disponibilidade no Mestre de Scale Out. Habilite o Always On para o SSISDB e configure o clustering de failover do Windows Server para o servidor que hospeda o serviço Mestre do Scale Out. Aplicando essa alteração ao Mestre do Scale Out, você evita um ponto único de falha e fornece alta disponibilidade para toda a implantação do Scale Out.
  • O tratamento do failover dos logs de execução dos Trabalhos de Scale Out foi aprimorado. Os logs de execução são persistidos no disco local caso o Trabalho do Scale Out seja interrompido inesperadamente. Posteriormente, quando o trabalho for reiniciado, ele recarregará os logs persistentes e continuará salvando-os no SSISDB.
  • O parâmetro runincluster do procedimento armazenado [catalog].[create_execution] foi renomeado como runinscaleout, a fim de obter consistência e legibilidade. Essa alteração de nome de parâmetro tem o seguinte impacto:
    • Se você tiver scripts existentes para executar pacotes no Scale Out, precisará alterar o nome do parâmetro de runincluster para runinscaleout para que os scripts funcionem no RC1.
    • O SSMS (SQL Server Management Studio) 17.1 e versões anteriores não pode disparar a execução de pacote no Scale Out no RC1. A mensagem de erro é: " @runincluster não é um parâmetro para o procedimento create_execution." Esse problema é corrigido na próxima versão do SSMS, a versão 17.2. A versão 17.2 e posterior do SSMS dão suporte ao novo nome de parâmetro e execução de pacote no Scale Out. Até que o SSMS versão 17.2 esteja disponível, como solução alternativa, é possível usar a versão existente do SSMS para gerar o script de execução do pacote e, em seguida, alterar o nome do parâmetro runincluster para runinscaleout no script e executá-lo.
  • O catálogo do SSIS tem uma nova propriedade global para especificar o modo padrão de execução de pacotes do SSIS. Essa nova propriedade se aplica quando você chama o procedimento armazenado [catalog].[create_execution] com o parâmetro runinscaleout definido como nulo. Esse modo também se aplica a trabalhos do SQL Agent do SSIS. Defina a nova propriedade global na caixa de diálogo Propriedades do nó do SSISDB no SSMS ou com o seguinte comando:
    EXEC [catalog].[configure_catalog] @property_name=N'DEFAULT_EXECUTION_MODE', @property_value=1
    

Novidades do SSIS no SQL Server 2017 CTP 2.1

Recursos novos e alterados no Scale Out para SSIS

  • Agora você pode usar o parâmetro Use32BitRuntime ao disparar a execução no Scale Out.
  • O desempenho do log no SSISDB para execuções de pacote no Scale Out foi aprimorado. Os logs de Mensagem do Evento e Contexto da Mensagem agora são gravados no SSISDB no modo de lote em vez de individualmente. Estas são algumas observações adicionais sobre essa melhoria:
    • Alguns relatórios na versão atual do SSMS (SQL Server Management Studio) atualmente não exibem esses logs para execuções no Scale Out. A previsão é que eles terão suporte na próxima versão do SSMS. Os relatórios afetados incluem o relatório Todas as Conexões, o relatório Contexto do Erro e a seção Informações de Conexão no Painel do Integration Services.
    • Uma nova coluna event_message_guid foi adicionada. Use essa coluna para unir as exibições [catalog].[event_message_context] e [catalog].[event_messages] em vez de usar event_message_id ao consultar esses logs de execuções no Scale Out.
  • Para obter o aplicativo de gerenciamento para o SSIS Scale Out, baixe o SSMS (SQL Server Management Studio) 17.1 ou posterior.

Novidades do SSIS no SQL Server 2017 CTP 2.0

Não há novos recursos do SSIS no SQL Server 2017 CTP 2.0.

Novidades do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.4

Não há novos recursos do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.4.

Novidades do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.3

Não há novos recursos do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.3.

Novidades do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.2

Não há novos recursos do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.2.

Novidades do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.1

Não há novos recursos do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.1.

Novidades do SSIS no SQL Server 2017 CTP 1.0

Expansão para o SSIS

O recurso de Expansão torna muito mais fácil executar SSIS em vários computadores.

Após a instalação do Mestre de Expansão e do Trabalho de Expansão, o pacote pode ser distribuído para executar diferentes Trabalhos automaticamente. Se a execução for finalizada inesperadamente, a execução será repetida automaticamente. Além disso, todas as execuções e Trabalhos podem ser gerenciados de forma centralizada usando o Mestre.

Para obter mais informações, consulte Expansão do Integration Services.

Suporte para recursos Online do Microsoft Dynamics

O Gerenciador de Fontes OData e o Gerenciador de Conexões OData agora têm suporte para conexão aos feeds OData do Microsoft Dynamics AX Online e do Microsoft Dynamics CRM Online.